apostila_logica_gensler.pdf
114 pág.

apostila_logica_gensler.pdf


DisciplinaLógica Proposicional15 materiais277 seguidores
Pré-visualização29 páginas
Lógica - FIL0103
Apostila
Tradução Livre Resumida
da 1a Parte do Livro
Introduction to Logic
de H. J. Gensler
UFRN - Natal
1
Introduction to Logic H. J. Gensler
CAPÍTULO 1 \u2013 Introdução
 1.1 Lógica
\u25cf A Lógica trata de raciocínios \u2013 sobre como, a partir de certos dados (premissas) chegar a uma 
conclusão.
\u25cf A lógica pode ser definida como a análise crítica de argumentos. Com a lógica tentamos 
clarificar os raciocínios, separando os bons raciocínios dos maus.
\u25cf Nesta disciplina examinaremos muitos raciocínios filosóficos dos mais variados tópicos como 
o livre arbítrio, o determinismo, a existência de Deus e a natureza da moralidade.
\u25cf Mas também examinaremos raciocínios sobre muitos outros tópicos, desde os mais 
corriqueiros como viagens de férias, futebol, até assuntos mais sérios como poluição e 
decisões judiciais.
\u25cf A intenção é que você veja a lógica não como um mero jogo de símbolos, mas como uma 
ferramenta útil para clarificar e avaliar nossos raciocínios, sejam eles sobre assuntos 
corriqueiros do dia a dia, ou sobre questões mais profundas.
\u25cf Por que Estudar Lógica? 
1. Primeiro, por incrível que pareça, a lógica pode ser agradável. Fazer lógica é parecido com 
resolver um quebra-cabeças. A lógica vai desafiar seus processos de pensamento de 
muitas maneiras novas, e seu rigor e clareza poderão te fascinar.
2. Segundo, a lógica pode melhorar sua compreensão filosófica. As questões que a filosofia 
propõe são extremamente profundas, tais como "Temos de fato livre-arbítrio?", "Podemos 
provar ou refutar a existência de Deus?", "Como pode ser justificada uma certa crença 
moral?". O método filosófico de tratamento destas questões é racional. Envolve raciocínio 
e inferência. Se você não souber lógica, jamais poderá compreender com profundidade as 
diversas abordagens filosóficas a estas questões.
3. Por fim, a lógica pode melhorar suas habilidades analíticas gerais. Você vem a vida toda 
raciocinando sobre as coisas, tirando certas conclusões, fazendo escolhas,... agora pode ser 
a primeira vez em que você vai parar para pensar sobre o próprio ato de raciocinar e 
tentar melhorar esta sua habilidade. A prática lógica será útil para qualquer área em que o 
raciocínio esteja envolvido: direito, medicina, finanças, arte (por que não?), jardinagem,...
\u25cf Esta "apostila" está repleta de exercícios. Encare-os como quebra-cabeças que foram 
especialmente desenvolvidos para ajudá-lo a pensar com mais clareza, com mais lógica.
\u25cf Aprender lógica é muito semelhante a aprender a, por exemplo, tocar um instrumento 
musical, ou a aprender uma língua estrangeira.
\u25cb Ninguém (exceto talvez alguns gênios) aprende a tocar piano se não sentar à frente do 
piano e praticar um MONTE de exercícios. Para aprender a tocar piano a prática é 
fundamental.
\u25cb Da mesma forma, ninguém aprende bem uma língua estrangeira se não praticar. Se não 
fizer muitos exercícios para aprender a gramática e o significado das palavras.
\u25cb Com a lógica se dá o mesmo. Você não vai aprender lógica se não fizer muitos exercícios, 
se não praticar. Tentar resolver os exercícios é mais importante até do que ler o texto!
2
 Pré-Teste de Lógica
Marque a conclusão que se segue das premissas. Utilize apenas a informação dada. O objetivo deste pré-teste 
é mostrar-lhe sobre o que é a lógica. Não vale nota, nem serve para verificar quão bom você é em lógica.
1. Alguns habitantes das cavernas usam fogo. 
Todos que usam fogo têm inteligência. 
Portanto:
(a) Todos os habitantes das cavernas têm 
inteligência.
(b) Todos que têm inteligência usam fogo.
(c) Alguns habitantes das cavernas têm 
inteligência.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
2. Se você dormir demais, você se atrasa. Você 
não está atrasado. Portanto:
(a) Você dormiu demais.
(b) Você não dormiu demais.
(c) Você está atrasado.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
3. Ninguém que tenha seguro de vida é fiador. 
José não tem seguro de vida. Portanto:
(a) José é fiador.
(b) José não é fiador.
(c) José é inocente.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
4. Nenhum tribunal que oculta evidências é 
imparcial. Alguns tribunais sujeitos a pressão 
política ocultam evidências. Portanto:
(a) Alguns tribunais sujeitos a pressão política 
não são imparciais.
(b) Nenhum tribunal sujeito a pressão política é 
imparcial.
(c) Alguns tribunais sujeitos a pressão política 
são imparciais.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
5. Se você dormir demais, você se atrasa. Você 
não dormiu demais. Portanto:
(a) Você está atrasado.
(b) Você não está atrasado.
(c) Você dormiu demais.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
6. Toda revolução é a quebra de um acordo. 
Algumas quebra de acordos causam 
instabilidade financeira. Portanto:
(a) Algumas revoluções causam instabilidade 
financeira.
(b) Algumas revoluções não causam instabilidade 
financeira.
(c) Todas as quebras de acordo causam 
instabilidade financeira.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
7. Qualquer um que acabou de perder muito 
sangue está prestes a desmaiar. Ninguém que 
esteja prestes a desmaiar é um motorista 
seguro. Portanto:
(a) Todos que acabaram de perder muito sangue 
são motoristas seguros.
(b) Ninguém que acabou de perder muito sangue 
é um motorista seguro.
(c) Todos os motoristas seguros acabaram de 
perder muito sangue.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
8. Se há conhecimento, então ou algumas coisas 
são conhecíveis sem prova ou conseguimos 
demonstrar todas as premissas por 
argumentos anteriores, infinitamente. Não 
conseguimos demonstrar todas as premissas 
por argumentos anteriores, infinitamente. Há 
conhecimento. Portanto:
(a) Tudo que é conhecível é demonstrável.
(b) Não há conhecimento.
(c) Algumas coisas são conhecíveis sem 
demonstração.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
9. Ninguém que deseja ajudar ao próximo reluta 
em fazer sacrifícios. Alguns masoquistas não 
relutam em fazer sacrifícios. Portanto:
(a) Alguns masoquistas desejam ajudar ao 
próximo.
(b) Alguns masoquistas não desejam ajudar ao 
próximo.
(c) Todos os masoquistas desejam ajudar ao 
próximo.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
10. Apenas usuários de linguagem fazem 
generalizações. Não há animais que utilizam 
linguagem. Pelo menos alguns animais 
raciocinam. Portanto:
(a) Nem todos os seres que raciocinam fazem 
generalizações.
(b) Apenas seres que raciocinam fazem 
generalizações.
(c) Nenhum ser que raciocina faz generalizações.
(d) Nenhuma das alternativas anteriores.
3
 1.2 Argumentos Válidos
\u25cf Cada questão do Pré-teste de lógica apresenta algumas informações (premissas) e pergunta 
qual é a conclusão que se segue necessariamente destas informações.
\u25cf Os problemas são fáceis, mas a maioria dos alunos costuma errar metade deles. Vejamos dois 
destes problemas:
Se você dormir demais, você se atrasará. Você 
não está atrasado. Portanto:
(a) Você dormiu demais.
(b) Você não dormiu demais.
(c) Você está atrasado.
(d) Nenhuma destas alternativas se segue.
Se você dormir demais, você se atrasará. Você não 
dormiu demais. Portanto:
(a) Você está atrasado.
(b) Você não está atrasado.
(c) Você dormiu demais.
(d) Nenhuma destas alternativas se segue.
\u25cf A maioria dos estudantes acerta o primeiro problema mas erra o segundo, marcando a letra (b).
\u25cf "Você não está atrasado" não se segue necessariamente das premissas, porque você poderia 
estar atrasado por outro motivo. Talvez o ônibus tenha quebrado.
\u25cf Sem treino, nossa intuição lógica não é muito confiável. Mas ela pode ser desenvolvida. Nesta 
disciplina sua intuição lógica será bastante desenvolvida. Além disso, você aprenderá muitas 
técnicas para testar argumentos.
ARGUMENTO: um argumento é um conjunto de sentenças em que uma delas é chamada