Buscar

RELAÇÕES ÉTNICAS UNID III

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

RELAÇÕES ÉTINICA-RACIAIS UNID. III
	
	1- A partir da vigência da Lei 10.639/2003, todo professor precisa encontrar estratégias para uma educação para a igualdade racial. As alternativas abaixo apresentam algumas dessas possibilidades, exceto:
	
		
	d. Preparar os alunos para se adequarem aos modelos sociais estabelecidos e ao ideal de vida moderno.
	
	
	
	2- A prática educativa precisa ser desenvolvida com intencionalidade e persistência, com vistas à promoção da igualdade racial. Quais os desafios para os professores nessa prática? I. A desconstrução do mito da democracia racial. II. A simplificação excessiva de fatos históricos apresentados nos livros didáticos. III. A ausência da perspectiva étnico-racial na definição de currículos e conteúdos. Estão corretas as seguintes afirmações:
	
	
	
	
		
	c. I, II e III.
	
	
	
	
	
	
	3- De que formas a literatura, a mídia e a escola podem ser responsáveis pela permanência de estereótipos raciais? I. Nas novelas, filmes e livros, reservando aos negros as personagens subservientes e submissas. II. Nos currículos escolares, pressupondo que todos os alunos apresentam as mesmas condições, o que acaba discriminando certos grupos. Estão corretas as afirmações: 
	
	
	
	
		
	a. I e II.
	
	
	
	
	
	
	4- Todas as afirmações abaixo expressam alguns motivos pelos quais crianças e adolescentes negros no Brasil encontram dificuldades em construir sua identidade negra, exceto:
	
	
	
	
		
	c. As crianças e os adolescentes negros podem construir sua identidade a partir das representações e imagens positivas dos negros presentes na mídia, na literatura, nos livros didáticos etc
	
	
	
XXXXXX
	
	1- (Adaptado de Cetro, 2008/SEE-SP). Ao tratarmos da presença de racismo, preconceito e discriminação nas escolas brasileiras, é correto afirmar que:
	
		
	e. a percepção do comportamento discriminatório e do preconceito racial é central numa análise histórica e sociológica que tente compreender as relações sociais vivenciadas na escola.
	
	
	
	2- (Adaptado de UEM, verão de 2008) Leia o texto a seguir: “Desde o início a criança desenvolve uma interação não apenas com o próprio corpo e o ambiente físico, mas também com outros seres humanos(...). Podemos concluir do texto que: I. Os indivíduos, desde o nascimento, são influenciados pelos valores e pelos costumes que caracterizam sua sociedade. III. As experiências individuais, até mesmo aquelas que parecem mais relacionadas às nossas necessidades físicas, contêm dimensões sociais. IV. Aos poucos a criança vai percebendo o mundo que a rodeia; passa a compreender suas regras, linguagens, hábitos, proibições etc. e também é capaz de interiorizar alguns desses elementos culturais, momento em que inicia o processo de sua constituição como indivíduo, sujeito de sua própria identidade. Está correto o que se afirma em:
	
	
	
	
		
	a. I, III e IV.
	
	
	
	
	
	
	3- Como educadores, precisamos observar que os currículos são fruto de escolhas políticas, cabendo aos profissionais da educação, em especial aos professores, incluir ou excluir assuntos que servem ou não servem ao propósito de formação da criança e do jovem. Nesta atitude de consciência crítica para uma educação pela igualdade racial, o professor deverá trabalhar ativamente:
	
	
	
	
		
	e. todas as alternativas estão corretas.
	
	
	
	
	
	
	4- De acordo com Hélio Santos, analise as afirmações a seguir e assinale a alternativa correta. I. O negro, no Brasil, tem como inimigo a “centopeia de duas cabeças”: de um lado, a sociedade aferindo ao negro características negativas, impedindo seu progresso e discriminando-o; de outro, o negro sentindo-se inferior. II. O negro introjetou os estereótipos negativos vindos da sociedade e, assim, atua nesta entendendo-se como subjetivamente rebaixado em seu potencial e responsável pela desigualdade social que a ele se apresenta.
	
	
	
	
		
	b. A primeira afirmação é correta e a segunda completa a primeira.
	
	
	
	
	
	
	5- Em relação aos estereótipos raciais presentes na literatura brasileira, é incorreto afirmar que:
	
	
	
	
		
	c. não há estudos conclusivos sobre a produção de discursos de cunho racista na literatura clássica brasileira.
	
	
	
	
	
	
	6- Leia o seguinte trecho: “O boi da cara preta não pega nenhum menino, o boi da cara preta tem uma cara bonita, não é uma careta, o boi da cara preta é irmão do boi da cara branca, do boi da cara malhada, o boi da cara preta tem a cor do rosto da mamãe, o rosto que você, criança, se alegra quando olha, o boi da cara preta é bonito e risonho, parecido com você.” (ANDRADE, Inaldete Pinheiro, 1988, p. 8). Um professor que trabalhe esse texto com seus alunos durante suas aulas de língua portuguesa está procurando desenvolver, principalmente:
	
	
	
	
		
	d. a desconstrução de estereótipos raciais e de cor.
	
	
	
	
	
	
	7- Pense na seguinte situação: um professor do Ensino Fundamental I depara-se com estes versos no livro didático que está adotando no trabalho com a turma do 3º ano: A borboleta/De manhã bem cedo/Uma borboleta(...). O que esse professor deveria pensar e/ou fazer, segundo uma perspectiva que leve em conta as relações equitativas entre brancos e negros? I. Deveria concluir que este poema colabora para reforçar o preconceito gerado pelos estereótipos que consideram negros e pardos como feios. II. Poderia construir uma outra versão do poema, junto com as crianças, que desconstruísse tais estereótipos. IV. Faria um debate sobre o teor preconceituoso do singelo poema, a fim de que as crianças pudessem perceber como são construídos os estereótipos e preconceitos raciais. É correto o que se afirma em:
	
	
	
	
		
	c. I, II e IV.
	
	
	
	
	
	
	8- Pierre Bourdieu, sociólogo francês, explica-nos outra forma de compreender a configuração do racismo à brasileira, por meio do que denominou violência simbólica, a saber:
	
	
	
	
		
	d. As alternativas “a”, “b” e “c” estão corretas.
	
	
	
	
	
	
	9- Podemos considerar, segundo inúmeras pesquisas produzidas pelas universidades, que os livros didáticos apresentam os seguintes problemas quando os analisamos segundo uma perspectiva das relações étnico-raciais e da promoção da igualdade racial: I. A maioria dos livros didáticos traz uma representação muito simplificada dos fatos históricos, acabando por estigmatizar ou caricaturar segmentos sociais como mulheres, negros, idosos e trabalhadores, por exemplo, colaborando com o reforço de estereótipos. II. A invisibilidade desses segmentos sociais desfavorecidos, que aparecem representados no conjunto dos conteúdos didáticos numa relação desproporcional àquela existente na sociedade brasileira. III. A falta de representatividade negra ou de figuras de pessoas negras desempenhando os mais diversos papéis sociais faz, por exemplo, com que a criança afrodescendente não tenha parâmetros de igualdade e diversidade para a construção de sua identidade étnico-racial. Estão corretas as afirmativas:
	
	
	
	
		
	d. I, II e III.
	
	
	
	
	
	
	10- Segundo o material produzido pela Universidade Federal de São Carlos* utilizado na formação de professores para uma educação cidadã e para a igualdade racial no Brasil, os professores e professoras devem: *(SILVÉRIO, V. R.; ABRAMOWICZ, A.; BARBOSA, L. M. A. (Coordenadores). Projeto São Paulo Educando pela Diferença para a Igualdade. Módulo II - Ensino Médio. 2004. UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS – NEAB / UFSCar. Disponível em: <http://www.ufscar.br/~neab/pdf/enmedio_verde_compl.pdf> Acesso em: 24 jul. 2011)
	
	
	
	
		
	e. todas as alternativas anteriores são estratégias válidas para a promoção da igualdade racial na escola.

Outros materiais