exercicio aula completos
112 pág.

exercicio aula completos


DisciplinaAnálise Textual9.606 materiais293.993 seguidores
Pré-visualização39 páginas
do parágrafo é fruto de uma dedução.
	
	O raciocínio indutivo serviu de base para a construção do parágrafo, porque há subsunção da premissa menor à maior, que gerou a conclusão.
	 
	O parágrafo está estruturado no raciocínio dedutivo, já que partiu de uma premissa geral.
	 5a Questão (Ref.: 201407290496)
	
	Leia o parágrafo a seguir:
"São expedientes bem eficientes, pois, diante de fatos, não há o que questionar... No caso do Brasil, homicídios estão assumindo uma dimensão terrivelmente grave. De acordo com os mais recentes dados divulgados pelo IBGE, sua taxa mais que dobrou ao longo dos últimos 20 anos, tendo chegado à absurda cifra anual de 27 por mil habitantes. Entre homens jovens (de 15 a 24 anos), o índice sobe a incríveis 95,6 por mil habitantes¿" (Folha de S. Paulo. 14/04/2004)
Nele, temos um argumento de :
		
	
	ilustração
	
	causa e consequência
	
	autoridade
	 
	provas concretas ou senso comum
	
	exemplificação
	 6a Questão (Ref.: 201407285456)
	
	Uma pesquisa de mercado busca saber qual é a possível população alvo de um produto inovado a ser lançado por uma indústria alimentícia. Foi Elaborada por meio de exemplos e dados estatísticos em sua análise, a fim de levar aos resultados. Esta pesquisa utilizou um tipo de raciocínio argumentativo
		
	
	Dissertativo.
	 
	Dedutivo.
	
	Injuntivo.
	 
	Indutivo.
	
	Descritivo.
	 1a Questão (Ref.: 201408690024)
	
	Identifique a opção abaixo em que há raciocínio dedutivo:
		
	 
	Todo ser humano é mortal. Maria é um ser humano. Logo, Maria é mortal.
	 
	O ferro, o ouro, o chumbo e a prata conduzem eletricidade. Logo, todo metal conduz eletricidade
	
	Todos os cães, gatos, peixes e pássaros são mortais. Logo, todo animal é mortal
	
	Meu gato, o de minha mãe e o de Pedro Henrique miam sem parar. Logo, todo gato mia sem parar
	
	Maria, Joana e Clarice leem muito e são professoras. Logo, toda professora lê muito
	 2a Questão (Ref.: 201409024438)
	
	Considere as frases a seguir, e identifique o tipo de raciocínio:
"Hugo é mortal. Rafael é mortal. David é mortal. Hugo, Rafael e David são homens. Logo, homens são mortais."
		
	
	Raciocínio Dedutivo
	
	Raciocínio Jurídico
	
	Raciocínio Filosófico
	 
	Raciocínio Indutivo
	 
	Raciocínio Lógico
	 3a Questão (Ref.: 201409022234)
	
	Suponho que a cadeira onde estou sentado aguentará o meu peso. Que justificativa tenho para acreditar nisso? Bem, a cadeira sempre aguentou o meu peso no passado. Portanto, concluo que aguentará também desta vez. É evidente que o fato de a cadeira ter aguentado comigo no passado não me dá garantia lógica de que agora aguentará. É possível que a cadeira se desmorone. Ainda assim, supomos que o fato de a cadeira ter sempre aguentado comigo me dá razões para acreditar que continuará a fazê-lo. (LAW, 2007, pp. 179-189, apud MARQUES, 2008).
Este tipo de raciocínio, usado também por cientistas, é considerado:
		
	
	matemático
	 
	dedutivo
	 
	indutivo
	
	complexo
	
	linguístico
	 4a Questão (Ref.: 201408716631)
	
	
Para defender a tese de que a maioria das pessoas não usam todas as funções do telefone celular o blogueiro Ricardo Simm Costa utiliza um tipo de argumento denominado:
		
	 
	Por exemplificação ou ilustração
	
	Por provas concretas
	
	De senso comum
	
	Psicológico
	
	De autoridade
	 5a Questão (Ref.: 201408697458)
	
	Leia o techo que se segue:
"O cinema nacional conquistou nos últimos anos qualidade e faturamento nunca vistos antes. "Uma câmera na mão e uma ideia na cabeça" - a famosa frase-conceito do diretor Glauber Rocha virou uma fórmula eficiente para explicar os R$ 130 milhões que o cinema brasileiro faturou no ano passado" ( Época, 14/04/2004).
Quando queremos demonstrar "uma verdade" sobre algum assunto, podemos partir de raciocínios, os mais diversos. Segundo o trecho acima transcrito, a argumentação que sustenta a tese/opinião de quem escreve é de qual tipo:
		
	 
	Autoridade
	
	Exemplificação
	 
	Consequência
	
	Causa
	
	De prova concreta ou senso comum
	 6a Questão (Ref.: 201408686225)
	
	Analise a afirmativa a seguir: "A base da argumentação é o encadeamento de afirmações, na pretensão de persuadir; por conseguinte o argumento que se sustenta por citação de uma fonte confiável". Essa definição é de
		
	
	argumento de provas concretas ou senso comum.
	
	argumento por causa e consequência.
	
	argumento de exemplificação/ilustração.
	 
	argumento de provas concretas.
	 
	argumento de autoridade.
	1a Questão (Ref.: 201408856445)
	
	O senso comum, muito utilizado na contra argumentação, é:
		
	 
	Algo que as pessoas consideram uma verdade irrefutável que todos repassam oralmente por séculos de geração a geração.
	
	É a resposta na maior parte das vezes sem fundamento algum que visa levar a discussão para outro lado.
	
	A crença em um ponto de vista sem nenhum fundamento e, em geral, de caráter preconceituoso e inverossímil.
	
	Um tipo de argumentação que convence rapidamente os ouvintes ou leitores por ser irrefutável e que, por isso, não permite réplicas ou tréplicas.
	 
	O que as pessoas pensam que é verdade, por ser fácil de entender, e geralmente porque ouviram de alguém, antes.
	 2a Questão (Ref.: 201408862853)
	
	Dentre as frases assinaladas abaixo, assinale a que constitui um Argumento de Autoridade:
		
	
	Tanto é verdade a situação precária em que nos encontramos que conheci uma pobre jovem que, não tendo sido atendida num hospital, deu à luz na calçada, em frente ao estabelecimento.
	 
	Machado de Assis, por meio do inesquecível personagem de Simão Bacamarte, no conto 'O alienista' criticou com veemência os sábios despreparados: "Sinto dizer que estamos cercados de Bacamartes, por toda a parte."
	 
	Não podemos continuar na situação em que estamos, pois o país não suporta mais a pressão de tantos problemas sociais.
	
	Estamos muito longe de conseguir um preparo adequado para termos um bom rendimento nas Olimpíadas, tanto que nem mesmo o futebol tem obtido bons resultados.
	
	O Brasil não depende apenas de si, mas pode conseguir bons resultados se fizer os esforços necessários para obter êxito no cenário internacional.
	 3a Questão (Ref.: 201408856757)
	
	"O problema da evasão escolar no Brasil deve-se à falta de professores, às péssimas condições de nossas escolas, ao ensino distanciado da realidade do aluno e às necessidades que muitos de nossos alunos têm de ajudar financeiramente em casa."
Assinale a opção em que o tópico frasal acima foi desenvolvido pelo uso de um argumento de ilustração ou exemplo:
		
	 
	"Esse problema deve ser combatido com rigor pelos nossos governantes - estaduais, municipais e federal, e pelos nossos parlamentares em qualquer instância ou nível."
	 
	"É o que nos mostra a história de Caio Ferreira, de 14 anos, que largou os estudos aos 11 para ajudar o pai na roça. Hoje, aos 19, trabalha como entregador em uma farmácia de São Paulo e não vê perspectivas profissionais melhores pela falta de estudo."
	
	"A pedagoga Maria Russolini defende que as escolas, além da contratação de novos e bem preparados professores e da melhoria de suas instalações, adaptem-se à realidade dos alunos para que se tornem mais agradáveis para eles."
	
	"Por causa disso, muitos jovens e adultos não têm formação escolar básica e vivem de subempregos ou engrossam os números da informalidade."
	
	"Segundo o IBGE, apenas 27% das crianças que ingressam no Ensino Fundamental terminam o Ensino médio."
	 4a Questão (Ref.: 201408868521)
	
	O .................................... é aquele que parte de uma observação feita do mundo, de uma realidade, de um evento, de um fato. Esse é um conceito que define corretamente:
Madson
Madson fez um comentário
resumo prática informática contabilidade 1
1 aprovações
Maryana
Maryana fez um comentário
Tendo em vista que o narrador representa um ser fictício do qual o autor se utiliza para nos repassar sua habilidade inventiva, torna-se imprescindível compreender os pontos que demarcam o chamado foco narrativo. O foco narrativo se define pela perspectiva por meio da qual esse narrador opta para relatar os acontecimentos inerentes ao enredo. Ele participará da história, será ele um mero espectador, enfim, como tudo isso decorrerá? Partindo desse princípio, o artigo em questão tem por finalidade discorrer acerca das modalidades que se atribuem ao narrador. De acordo com seu posicionamento, o foco assume distintas funções, entre as quais podemos citar: * Foco narrativo de terceira pessoa – nele o narrador não participa ativamente dos fatos relatados. Nessa condição podemos afirmar que a narrativa assume um caráter mais objetivo, tendo em vista que ele permanece “do lado de fora”, limitando-se somente a nos repassar o que vê. Assim sendo, manifesta-se sob dois aspectos: - Narrador onisciente – é o tipo de narrador que conhece toda a história, até mesmo o pensamento dos personagens. - Narrador observador – ele não conhece toda a história, apenas se limita a narrar os fatos à medida que eles acontecem. Assim sendo, o narrador se abstém de quaisquer intervenções, ou seja, não é concedida a ele nenhuma atitude que porventura possa nos adiantar o que ocorrerá. * Foco narrativo de primeira pessoa – nesta modalidade, como o próprio nome nos indica, o narrador se torna também um personagem, assumindo a condição de narrador protagonista ou narrador coadjuvante. Por essa razão, afirma-se que traços subjetivos tendem a se manifestar, tendo em vista o envolvimento emocional mediante o desenrolar dos fatos.... Veja mais
4 aprovações
MARISTELA
MARISTELA fez um comentário
Alguém pode me ajudar a falar sobre narrador e foco narrativo
4 aprovações
Jaquelina
Jaquelina fez um comentário
Gente,preciso de ajuda!!alguém ja fez Planejamento de carreira e Análise Textual desse ano,no caso AV2 2014?
2 aprovações
Carregar mais