A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
104 pág.
Apostila de Gerenciamento de Riscos

Pré-visualização | Página 16 de 16

logo, o Plano de Gerenciamento de Custos, que estabelece como será 
gerenciado, planejado, estruturado e controlado o custo do projeto, é 
fundamental para o processo de análise quantitativa dos riscos que, nesse 
caso, tem por objetivo obter informações sobre a probabilidade de atender as 
restrições de custo. 
 
Aula 4 
Atividade proposta 
Como não existem "estratégias padrões”, seguem alguns exemplos de 
estratégias para dois dos riscos que poderiam ser identificados: escopo não 
definido adequadamente e novos equipamentos não entregues no prazo. 
 
 Analisar os impactos do não atendimento às expectativas do cliente e 
possíveis medidas minimizadoras; 
 
 102 
 Elaborar um plano de divulgação para o caso de a demanda real não 
ser compatível com a estimada; 
 Manter um plano de contingência que pode ser focado na utilização de 
equipamentos antigos ou no aluguel de outros. 
 
Exercícios de fixação 
Questão 1 - B 
Justificativa: A efetividade do gerenciamento de riscos depende da escolha de 
uma estratégia adequada e do desenvolvimento de ações para lidar com os 
fatores de risco de maior impacto sobre o projeto. Assim, para cada risco, 
deve ser selecionada a estratégia ou a associação de estratégias com maior 
probabilidade de eficácia. 
 
Questão 2 - D 
Justificativa: É possível haver mudanças aprovadas, devido ao gerenciamento 
de riscos que podem afetar os documentos do Plano de Gerenciamento do 
Projeto, e, por isso, devem ser revisados para conter tais mudanças. 
 
Questão 3 - A 
Justificativa: Os planos de contingência e as outras ações contra os riscos 
devem ser implementados quando necessários, sem que haja o medo da 
equipe de projeto em modificar o planejamento inicial. 
 
Questão 4 - B 
Justificativa: O monitoramento e o controle de riscos tratam do processo de 
acompanhamento das possíveis ocorrências dos riscos anteriormente 
identificados, dos riscos residuais ou mesmo dos novos riscos. 
 
Questão 5 - E 
Justificativa: O registro dos riscos é uma das entradas do processo de 
monitoramento e controle de riscos. 
 
 103 
Questão 6 - E 
Justificativa: Reveja as considerações sobre as responsabilidades pelos riscos 
e as oportunidades geradas por meio do gerenciamento de risco. 
 
Questão 7 - D 
Justificativa: As ações de respostas ao risco são implementadas conforme um 
planejamento prévio. 
 
Questão 8 - B 
Justificativa: As medições de desempenho técnico servem para indicar se o 
produto está de acordo com os requisitos do cliente, em que os desvios 
encontrados correspondem ao grau de risco técnico do projeto. 
 
Questão 9 - D 
Justificativa: Devemos lembrar que existe o conceito de risco positivo. Diante 
disso, o Gerente de Projeto e/ou a equipe de trabalho devem introduzir o 
risco com a finalidade de ganhar muito mais valor posteriormente. 
 
Questão 10 - B 
Justificativa: Atualmente se acredita que os riscos, por mais sérios que 
possam ser e por mais consequências negativas que possam ter, podem e 
devem ser tratados de forma a gerar uma consequência positiva, 
transformando o risco em vantagem competitiva para a empresa. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 104 
Eduardo de Moura é Bacharel em Ciências Navais com ênfase em 
Administração de Sistemas pela Escola Naval (RJ), com Mestrado em 
Administração Pública pela FGV-RJ e Pós-Graduação em Gestão Empresarial 
pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Atua academicamente como 
Coordenador do MBA a distância em Gerenciamento de Projetos e coordena o 
curso de Graduação Tecnológica, presencial, na unidade Via Brasil, da UNESA. 
Atua como docente de diversas disciplinas na área de gestão nas modalidades 
a distância e presencial, sendo, também, conteudista de algumas disciplinas 
de Graduação e Pós-Graduação. Nos últimos dez anos atuou 
profissionalmente em diversas atividades, como Chefe de Departamento de 
Compras do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro e Vice-Diretor de órgão 
público federal na área de Educação Corporativa. Entre as diversas atividades 
que exerceu, de forma específica na área de projetos, possui experiência de 
cerca de cinco anos gerenciando projetos e supervisionando gerentes de 
projetos na área de indústria naval e de dois anos em projeto voltado à 
educação corporativa em órgão público federal. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Atualizado em: 22 jun. 2014