A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
24 pág.
Aula 3   forma

Pré-visualização | Página 1 de 1

A FORMA E O ESPAÇO 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
Termo abrangente, com vários significados 
• Aparência externa, passível de ser reconhecida – cadeira, corpo humano... 
• Condição particular na qual algo atua ou se manifesta – água em forma de 
gelo ou de vapor... 
Em arte e projeto 
• Termo usado para se referir à estrutura formal de um trabalho 
“...maneira de dispor e coordenar os elementos e partes de uma composição de 
modo a produzir uma imagem coerente.” (p. 34) 
Estrutura interna 
Perfil externo 
Princípio que confere unidade ao todo 
Ideia de massa ou volume tridimensional. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Formato: 
contorno característico ou configuração da superfície de uma forma 
específica. Principal aspecto por meio do qual identificamos e 
classificamos uma forma. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Tamanho: 
dimensões físicas – comprimento, largura profundidade. 
Embora essas dimensões determinem as proporções de uma forma, sua 
escala é determinada por seu tamanho relativo a outras formas de seu 
contexto. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Cor: 
fenômeno de luz e percepção visual. Atributo que mais claramente 
distingue uma forma do seu ambiente. 
Breslávia, Polônia 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Textura: 
qualidade visual e táctil conferida a uma superfície. Determina o grau de 
reflexão e absorção da luz. 
Márcio Kogan, Casa de veraneio em Paraty, RJ. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Posição: 
localização de uma forma em relação ao seu ambiente. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Posição: 
localização de uma forma em relação ao seu ambiente. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Posição: 
localização de uma forma em relação ao seu ambiente. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Orientação: 
direção de uma forma em relação ao plano do solo, aos pontos cardeais, a outras 
formas ou ao observador. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Inércia visual: 
Grau de concentração e estabilidade de uma forma. Depende da sua geometria, 
da sua orientação em relação ao plano do solo, à força da gravidade e à nossa 
linha de visão. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
PROPRIEDADES DA 
Propriedades afetadas pelas condições sob as quais a observamos: 
• Ponto de vista: formatos. 
• Distância: tamanho aparente. 
• Iluminação: cor e textura. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
TRANSFORMAÇÃO DA 
Todas as formas podem ser compreendidas como transformações dos 
sólidos primários, variações geradas pela manipulação de uma ou mais 
dimensões ou pela subtração ou adição de elementos. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
TRANSFORMAÇÃO DA 
Todas as formas podem ser compreendidas como transformações dos 
sólidos primários, variações geradas pela manipulação de uma ou mais 
dimensões ou pela subtração ou adição de elementos. 
Uma forma pode ser transformada com a alteração de uma ou mais de 
suas dimensões e, mesmo assim, conservar sua identidade como membro 
de uma família de formas. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
TRANSFORMAÇÃO DA 
Todas as formas podem ser compreendidas como transformações dos 
sólidos primários, variações geradas pela manipulação de uma ou mais 
dimensões ou pela subtração ou adição de elementos. 
Uma forma pode ser transformada com a subtração de uma porção de 
seu volume, podendo conservar sua identidade inicial ou ser 
transformada em uma forma de outra família 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
TRANSFORMAÇÃO DA 
Todas as formas podem ser compreendidas como transformações dos 
sólidos primários, variações geradas pela manipulação de uma ou mais 
dimensões ou pela subtração ou adição de elementos. 
Uma forma pode ser transformada pela adição de elementos ao seu 
volume. A natureza do processo aditivo e o número e os tamanhos reltivos 
de elementos acrescentados determinam se a identidade da forma inicial 
será alterada ou preservada. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
TRANSFORMAÇÃO DA 
ADITIVAS – Possibilidades de Agrupamento 
Tensão espacial: se baseia na grande proximidade das formas ou de 
elas compartilharem uma característica visual, como formato, cor ou 
material. 
Contato de arestas: Neste tipo de relação, as formas têm uma aresta 
comum e podem girar em torno delas. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
TRANSFORMAÇÃO DA 
ADITIVAS – Possibilidades de Agrupamento 
Contato de faces: Esse tipo de relação exige que as duas formas tenham 
superfícies planas correspondentes e paralelas entre si. 
Volumes interseccionados: Neste tipo de relação, as formas se sobrepõem 
parcialmente no espaço. Elas não precisam dividir quaisquer 
características visuais. 
FORMA 
Projeto 1 | Profa. Ana Pinheiro 
TRANSFORMAÇÃO DA 
ADITIVAS – Relações entre os elementos (disposição) 
As formas aditivas resultantes dos acréscimos de elementos distintos 
podem ser caracterizadas por sua capacidade de crescer e se fundir a 
outras formas. Para que possamos perceber os agrupamentos aditivos 
como composições unificadas de formas, os elementos combinados devem 
estar relacionados entre si de maneira coerente. 
Centralizado: 
várias formas 
secundárias 
agrupadas ao 
redor de uma 
forma principal. 
Modular / malha: 
um grupo de 
formas modulares 
relacionadas e 
regradas por 
meio de uma 
malha 
tridimensional. 
Agrupado: 
quando os 
elementos não 
estão dispostos 
de forma 
irregular, mas nos 
remete a ideia 
de conjunto. 
Radial: 
Quando a 
disposição dos 
elementos nos 
remete à 
ideia de 
circularidade 
Linear: 
Quando a 
disposição dos 
elementos nos 
remete à 
ideia de 
continuidade 
Casa em Ondina – Salvador – Tainá Rehder 
Casa na Espanha – Cadaval & Solà-Morales 
Casa em Santa Teresa – Nelson Kon