UNIDADE 1 E 2   HOMEM E SOCIEDADE
3 pág.

UNIDADE 1 E 2 HOMEM E SOCIEDADE

Disciplina:Psicologia - Homem e Sociedade152 materiais912 seguidores
Pré-visualização1 página
UNIDADE 1 – Homem e Sociedade

Segundo os estudos antropológicos, as diferenças de comportamento dos seres humanos podem ser explicadas:

Determinismo geográfico
Determinismo biológico
Traços psicológicos e de caráter
Pela cultura
Pela contracultura

Numa perspectiva antropológica, entre outros aspectos, os talentos e habilidades dos indivíduos só se realizam plenamente como resultado:

Do processo de socialização
Do processo de Inteligência
De características hereditárias
Do esforço do ser humano
Da diversidade de temperamentos

Imagine uma situação hipotética na qual um bebê recém-nascido no Japão fosse adotado por uma família alemã. Ao crescer a tendência observada seria:

Essa criança estaria sujeita ao preconceito pois seus hábitos de outra cultura fariam com que ela não conseguisse se adaptar
Essa criança desenvolveria os hábitos típicos de um alemão, falando corretamente a língua, tendo hábitos alimentares locais, se comportaria em todas as situações sociais como um alemão, demonstrando o mesmo perfil cultural de comportamento.
Essa criança desenvolveria os hábitos típicos de sua própria origem, demonstrando a colocação correta defendida pela antropologia sobre o determinismo biológico.
Essa criança desenvolveria os hábitos típicos de um alemão, enquanto fosse criança, mas na idade adulta, demonstraria mais aptidão a reações e escolhas de sua própria origem japonesa.
Essa criança conseguiria desenvolver hábitos típicos de ambas as culturas, de sua origem biológica e de sua cultura adotiva.

O surgimento do humano se deu através de um processo muito longo e só foi possível graças ao desenvolvimento da capacidade de simbolização, a criação de ferramentas, o uso cada vez mais aprimorado da linguagem, o estabelecimento de regras de solidariedade e de sociabilidade. A esse conjunto de características da espécie humana é dado o nome de:

Antropologia
Filosofia
Cultura
Paleontologia Humana
Teoria do Ponto Crític
	UNIDADE 2 – Homem e Sociedade

Qual é o mais importante sistema de regras e normas que possibilitou o surgimento da cultura?

É o sistema de movimentos corporais padronizados, que se constitui a dança.
É o sistema de sinais vocais, que se constitui a linguagem (entendida aqui como conjunto de palavras de uma Língua ou de todas as Línguas)
É o sistema de trânsito, porque sem ele haveria muitos acidentes.
É o sistema de sinais gesticulatórios, pois as mímicas e outros gestos nos possibilita eficiente comunicação.
Não há um sistema mais importante, pois todos são igualmente importantes e se completam.

Supervalorização da própria cultura em detrimento das demais. Todos os indivíduos são portadores desse sentimento e a tendência na avaliação cultura é julgar as culturas segundo os moldes da sua própria. Isto é denominado como:

Processo de endoculturação
Processo de inteligência
Características hereditárias
Etnocentrismo
Consciência coletiva.

Relativismo cultural é:

Uma crítica ao etnocentrismo é o rompimento com os valores e juízos absolutos, percebendo a cultura particular de cada povo como um fato relativo aos seus próprios valores, construídos localmente.
Afirmação da superioridade de determinadas culturas em comparação a outras.
O entendimento de que há histórias e culturas mais evoluídas do que outras.
O entendimento de que há uma história e cultura única.
Negação da pluralidade de comportamentos e singularidade de cada desenvolvimento histórico-cultural.

Segundo a Antropologia, o comportamento dos indivíduos depende de um aprendizado que se realiza desde a infância, na cultura a que estão inseridos. Esse processo é denominado:

Endoculturação.
Inteligência.
Característica Hereditárias.
Esforço Humano.
Diversidade Cultural.