A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Avaliando 2 PENAL IV

Pré-visualização | Página 1 de 1

DIREITO PENAL IV
	Avaliando Aprend.: CCJ0034_SM_201607114411 V.1 
	Desemp.: 0,5 de 0,5
	01/10/2018 07:00:22 (Finalizada)
	
	1a Questão (Ref.:201608029621)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	João é o funcionário público responsável pelo abastecimento de veículos da Prefeitura de uma cidade. O motorista de um veículo oficial solicitou que abastecesse um veículo particular de sua propriedade, dizendo que iria utilizá-lo em serviço. João atendeu e efetuou o abastecimento, negligenciando quanto à verificação da existência de autorização para tanto e quanto à veracidade da afirmação feita pelo motorista, que viajou com a família para o litoral. João, nesse caso:
		
	
	Praticou delito de corrupção ativa.
	
	Cometeu crime de condescendência criminosa.
	
	Praticou delito de prevaricação.
	 
	Cometeu crime de peculato culposo.
	
	Não praticou crime contra a administração pública.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201607251203)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	(FCC - Magistratura Federal - TRF 5ª Região) O condenado por crime hediondo:
		
	
	pode requerer o livramento condicional após o cumprimento de metade da pena, se for reincidente em crime doloso.
	
	não tem direito a livramento condicional, embora faça jus ao sistema progressivo de cumprimento de pena.
	 
	pode pedir o livramento condicional após o cumprimento de dois terços da pena, se não for reincidente em crime da mesma natureza.
	
	pode pleitear o livramento condicional após o cumprimento de um terço da pena, se não for reincidente em crime doloso e tiver bons antecedentes.
	
	não tem direito a livramento condicional, devendo cumprir a pena integralmente no regime fechado.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201607971874)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	Tripa Seca cometeu um latrocínio (crime considerado hediondo) em 11/06/2015 e mesmo não sendo reincidente, foi condenado a 15 anos de reclusão. Em quanto tempo ele terá direito a progressão de regime:
		
	
	1/5, ou seja, 3 anos.
	
	3/5, ou seja, 9 anos.
	
	2/5, ou seja 3 anos.
	
	1/6, ou seja 5 anos.
	 
	2/5, ou seja, 6 anos.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201607245113)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	SICRANO, sabedor de que uma grande empresa estaria sendo fiscalizada pela Receita Federal, se apresenta ao dono da mesma, dizendo, de forma mentirosa, ser muito amigo do fiscal responsável, tendo capacidade de influir de maneira decisiva paro o desfecho da ação fiscal sem qualquer autuação. Para tanto, solicita para si significativa importância. O dono da empresa aceita a proposta, efetuando o pagamento solicitado. Ocorre que SICRANO não tinha qualquer relacionamento com o fiscal, vindo a empresa a ser autuada em valor de monta. Neste caso, é correto afirmar que SICRANO praticou o(s) delito(s) de: (30º Exame de Ordem - MODIFICADA).
		
	 
	tráfico de influência
	
	estelionato e falsidade ideológica em concurso de crimes
	
	estelionato
	
	tráfico de influência e estelionato em concurso de crimes
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201607316126)
	Pontos: 0,1  / 0,1  
	V Exame de Ordem Unificado
Ao tomar conhecimento de um roubo ocorrido nas adjacências de sua residência, Caio compareceu à delegacia de polícia e noticiou o crime, alegando que vira Tício, seu inimigo capital, praticar o delito, mesmo sabendo que seu desafeto se encontrava na Europa na data do fato. Em decorrência do exposto, foi instaurado inquérito policial para apurar as circunstâncias do ocorrido. A esse respeito, é correto afirmar que Caio cometeu
		
	 
	delito de denunciação caluniosa.
	
	crime de falso testemunho.
	
	delito de comunicação falsa de crime.
	
	delito de calúnia.