ESTUDO DIRIGIDO   NEUROCIENCIAS NP1
10 pág.

ESTUDO DIRIGIDO NEUROCIENCIAS NP1


DisciplinaNeurociência1.878 materiais10.984 seguidores
Pré-visualização3 páginas
ESTUDO DIRIGIDO \u2013 NEUROCIÊNCIAS (NP1) \u2013 PROF. GABRIEL
 
Qual(ais) a(s) função(ões) geral(ais) do sistema nervoso?
Condução de informação responsável pelo controle das funções orgânicas e do comportamento
O SN permite a adaptação do organismo a variações e eventos ambientais. Ele intermedia e coordena a reação entre o organismo e o meio externo. 
O SN está, funcionalmente, acima hierarquicamente dos demais sistemas fisiológicos, pois coordena a função destes. 
Anatomicamente qual porção do tecido nervoso constitui o sistema nervoso periférico? 
Nervos, gânglios nervosos e órgãos terminais. 
O  SNP é a parte do sistema nervoso que se encontra fora do sistema nervoso central (SNC). É constituído por fibras (nervos), gânglios nervosos e órgãos terminais. A função do SNP é conectar o SNC com as outras partes do corpo humano. Ele se encarrega de conduzir as informações pelo corpo. 
Formado por nervos de entrada e saída de informação, e gânglios, que realizam um processamento imediato de alguns reflexos viscerais.
Responsável pela transmissão de informação centro-periferia corporal, periferia corporal-centro
Todo o tecido nervoso localizado fora do crânio e fora da coluna vertebral.
Anatomicamente qual porção do tecido nervoso constitui o sistema nervoso central? 
Cérebro, Cerebelo, Tronco Encefálico e Medula Espinhal.
Localizado na Caixa Craniana e na Coluna Vertebral
Responsável pelo comando das funções orgânicas e superiores (Inteligência, comportamento)
Funcionalmente qual o nome da porção do sistema nervoso que se encontra sobre controle voluntário?
SNP Voluntário ou Somático (ações como andar, sorrir, mudar a expressão facial, controla os estímulos do ambiente externo)
Funcionalmente qual o nome da porção do sistema nervoso que se encontra sobre controle involuntário? 
SNP Autônomo ou Involuntário. Este se dividi em Autônomo Simpático e Parassimpático. Controla atividades do sistema digestório, cardiovascular, urinário e endócrino. Ou seja, controla movimentos involuntários, não precisamos pensar para respirar e para o controlar os movimentos cardíacos. 
a. O que é uma via aferente? 
São Nervos Sensoriais ou Sensitivos que conectam os receptores sensoriais e os órgãos sensoriais ao SNC. Ou seja, representam caminho de entrada de informação (estímulo) do ambiente externo e do meio interno do organismo para o SNC.	
b. O que é uma via eferente?
 São Nervos Motores que conectam o SNC aos músculos esqueléticos, órgãos, pele e glândulas do corpo. Ou seja, representam caminho de saída de informação (comandos) do SNC para a periferia, isto é, para todo o corpo. 
c. Entre o SNC e o organismo, em que sentido e que tipo de informação conduz um neurônio sensorial? 
Sentido de entrada de informação (estímulo) e conduz informação sensorial
d. Entre o SNC e o organismo, em que sentido e que tipo de informação conduz um neurônio motor? 
Sentido de saída de informação (comandos) e conduz comandos do SNC ao órgão ou tecido estimulados.
Qual função do Sistema Nervoso Simpático? 
Estimula ações que mobilizam energia, permitindo ao organismo responder a situações de estresse. Por exemplo, o sistema simpático é responsável pela aceleração dos batimentos cardíacos, pelo aumento da pressão arterial, da concentração de açúcar no sangue e pela ativação do metabolismo geral do corpo. Secreta o hormônio noradrenalina (hormônio de luta ou fuga em situações de estresse)
Qual a função do sistema nervoso parassimpático? 
Estimula, principalmente, atividades relaxantes, como a redução do ritmo cardíaco e da pressão arterial, entre outras. Secreta o hormônio acetilcolina
Obs.: De modo geral, esses dois sistemas têm funções contrárias (antagônicas). Um corrige os excessos do outro. Por exemplo, se o sistema simpático acelera demasiadamente as batidas do coração, o sistema parassimpático entra em ação, diminuindo o ritmo cardíaco. Se o sistema simpático acelera o trabalho do estômago e dos intestinos, o parassimpático entra em ação para diminuir as contrações desses órgãos.
Qual a função dos neurônios? 
Os neurônios são as principais células do tecido nervoso e são capazes de transmitir o impulso nervoso para outras células. Função principal: condução, transmissão dos impulsos nervosos. O neurônio converte o sinal elétrico em sinal químico com o objetivo de transmitir informação para o neurônio alvo. 
a. Qual a localização e a função do(s): 
i. Dendritos: Local: após o corpo celular do neurônio. Função: receptores de estímulos. Local de entrada de informações do neurônio.
ii. Corpo celular 
iii. Axônio \u2013 Função: responsável por conduzir os impulsos elétricos gerados nos dentritos até longas distâncias.
iv. Terminais axonais 
b. Qual região neuronal converte informação química em informação elétrica? 
Nos dentritos
c. Qual região neuronal converte informação elétrica em informação química? 
Terminais axonais.
d. O que constitui, qual a função, e em torno de qual região neuronal localiza-se a bainha de mielina? 
A bainha de mielina atua como um isolamento elétrico e aumenta a velocidade de propagação do impulso nervoso ao longo do axônio.
Na doença degenerativa conhecida como esclerose múltipla, por exemplo, ocorre um deterioração gradual da bainha de mielina, resultando na perda progressiva da coordenação nervosa.
e. Aonde ficam armazenados os neuromediadores liberados na sinapse? 
Nas vesículas sinápticas: bolsas de armazenamento e liberação de neuromediadores.
A quantidade de vesículas que liberam seu conteúdo depende da intensidade do impulso elétrico que chega no terminal axonal.
Qual a função geral das sinapses? 
Sinapse é o local/estrutura de contato entre dois neurônios.
Em qual estrutura da sinapse atuam a maioria das drogas psicoativas? 
Os receptores moleculares presentes na membrana plasmática de neurônios do nosso cérebro são os alvos mais comuns das drogas psicotrópicas que terminam por alterar o comportamento.
b. Quais os dois tipos de sinapse e quais as diferenças entre elas? 
Sinapse química:
\u2022 Sinapse química: \u2013 lenta. Presença de mediadores químicos. Não há contato ou continuidade entre os neurônios; \u2013 Sentido de tráfego do impulso elétrico: unidirecional; \u2013 Nos neurônios é formada por uma terminação axonal e uma ramificação dendrítica; \u2013 O neurônio que emite a informação pela terminação axonal é o neurônio pré-sináptico; \u2013 O neurônio que recebe a informação, do outro lado da sinapse, é o neurônio pós-sináptico; \u2013 Também é a estrutura de contato entre um neurônio e uma célula muscular esquelética;
Sinapse elétrica:
Sinapse elétrica: Rápida. Sem mediadores químicos. \u2022 Tipo de contato somente entre neurônios; \u2013 Diferente da sinapse química, na sinapse elétrica existe continuidade entre os neurônios pré-sináptico e póssináptico; \u2022 Os meios intracelulares de ambos os neurônios se comunicam; \u2022 Sentido de tráfego do impulso elétrico: bidirecional; \u2013 Os citoplasmas dos neurônios pré e pós-sináptico são contínuos, permitindo a passagem do impulso elétrico de uma célula para outra; \u2022 Citoplasma = conteúdo da célula (água, sais, moléculas e organelas) \u2022 Na sinapse química o impulso elétrico é interrompido na sinapse, sendo traduzido em informação química (neuromediador) \u2013 Na sinapse elétrica a transmissão da informação de um neurônio para outro é mais rápida (instantânea)
Quais estruturas constituem a sinapse química? 
\u2022 Estruturas da sinapse química: 
Qual o nome das estruturas de sensibilidade celular localizados no neurônio pós-sináptico? 
Dentritos 
O que desencadeia a liberação de neuromediadores pelos neurônios? 
O impulso elétrico
Qual dos dois tipos de sinapse é mais rápida na transmissão de informação entre os neurônios pré e pós-sináptico?
Sinapse elétrica: Rápida. Sem mediadores químicos. 
Qual dos dois tipos de sinapse mantem continuidade entre os citoplasmas dos neurônios pré e pós?
Sinapse elétrica. 
Quais as estruturas do sistema nervoso central?