AD1 Fundamentos 2
2 pág.

AD1 Fundamentos 2


Disciplina<strong>estágio</strong> <strong>i</strong>38 materiais3 seguidores
Pré-visualização1 página
AD1 \u2013 AVALIAÇÃO A DISTÂNCIA 1 FUNDAMENTOS DA EDUCAÇÃO II \u2013 PSICOLOGIA - UENF \u2013 2017/2
Coordenadora: Prof. Rosiane Ribeiro Tutora a distância: Rafaela Machado. 
Estudante: Débora Vieira Wandelli
Polo: Itaperuna
Matrícula: 15213120001 Notas:__________
Psicologia (Psique: alma, mente/ logos: estudo) é a área da ciência que estuda o comportamento e a mente humana, bem como de outros animais. Seu estudo se divide em subáreas com focos diferentes de atenção, tais como a escolar, social, cognitiva, etc. e que por sua vez, são úteis para outros campos de estudo.
Dentro de seus estudos, é necessário fazer a distinção entre Senso Comum e Ciência, dois diferentes tipos de saber. Senso comum é um conhecimento que absorvemos de forma espontânea ao longo da vida; tal conhecimento é passado de geração em geração e está envolvido em um contexto cultural. É um saber raso, sem aprofundamento e sem explicações; a preocupação do senso comum não é justificar, mas apenas transmitir uma informação que muitas vezes partirá de alguma teoria ou constatação científica, ou apenas de um saber milenar. Isso se justifica com o fato de o senso comum abarcar conhecimento sobre todas as coisas do mundo, mas o ser humano ser incapaz de guardar tantas informações específicas acerca de todas as áreas da ciência. É por isso, então, que a ciência se subdivide em tantas áreas de especializações. A ciência é um conhecimento mais elaborado que o senso comum; é sistematizado, objetivo, regido por regras da metodologia científica e as verdades extraídas de pesquisas rigorosas são questionáveis e verificáveis. Apesar de diferentes, uma depende da outra; ou como extraído da visão de Rubem Alves: a ciência é o microscópio e o senso comum é o olho humano.
Tais conceitos nos levam a outras questões como a Educação Formal e a Informal. A primeira é um processo de ensino-aprendizagem institucionalizado e gradual, normatizado pelas Políticas Públicas em Educação. Portanto, tal educação é oferecida pelo governo ou submetida a ele. Esse tipo de conhecimento está totalmente ligado ao saber científico, dado que precisa ser baseado em pesquisas, constatações e fundamentos. Já a segunda \u2013 educação informal \u2013, ocorre na experiência de vida e fora de um contexto formal e, portanto, ligada ao senso comum. Pode acontecer na educação dos pais em casa, no convívio social, na igreja, na internet, entre outros, e pode ter um objetivo pedagógico ou não.
Como se pode perceber, psicologia e educação estão interligadas, de certa forma. O professor tem o papel de mediador do processo de formação do aluno, não só como um ser pensante e conhecedor de assuntos gerais, mas também no desenvolvimento de sua personalidade. O docente precisa conhecer e saber lidar com as diferenças entre discentes, de forma a garantir que seu conhecimento seja passado aos alunos e de forma satisfatória. Entender a mente e o processo de aquisição e assimilação do conhecimento também é importante para o professor, e é a psicologia que o auxilia nessa tarefa. Além disso, a psicologia atua na área da educação envolvendo a família, a direção da escola e outros elementos que contribuem para o aprendizado, e não somente na relação professor-aluno.