A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Direito do Consumidor

Pré-visualização | Página 1 de 2

SEBASTIÃO DA CONCEIÇÃO FIGUEIREDO
201608126341 PARÁ
 
 DIREITO DO CONSUMIDOR
 
Avaliação Parcial: CCJ0023_SM_201608126341 V.1 
Aluno(a): SEBASTIÃO DA CONCEIÇÃO FIGUEIREDO Matrícula: 201608126341
Acertos: 9,0 de 10,0 Data: 23/10/2018 14:07:14 (Finalizada)
 
1a Questão (Ref.:201609023203) Acerto: 1,0 / 1,0
Em relação à formação histórica do Direito do Consumidor, um fato relevante foi a revolução industrial, que trouxe
consigo a revolução do consumo. Assinale a opção que não corresponde a uma mudança introduzida por essa
revolução nas relações de consumo?
d) Aumento das cláusulas abusivas.
e) Separação entre produtor e consumidor.
b) Surgimento dos contratos coletivos e contratos de adesão com cláusulas de interesse somente do
fornecedor.
a) A produção passa a ser em massa.
 c) Um forte aparato jurídico capaz de suprir as novas demandas dos consumidores.
 
2a Questão (Ref.:201611181569) Acerto: 0,0 / 1,0
Conceituando o Código Brasileiro de Defesa do Consumidor (CDC) é um ordenamento jurídico, um
conjunto de normas que visam a proteção e defesa aos direitos do consumidor, assim como disciplinar as
relações de consumo entre fornecedores e consumidores finais e as responsabilidades que tem esses
fornecedores (fabricante de produtos ou o prestador de serviços) com o consumidor final, estabelecendo
padrões de conduta, prazos e penalidades. Diante dessa definição podemos definir Consumidor como
sendo:
toda pessoa física que adquire ou utiliza produto ou serviço como
destinatário final.
 toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como
destinatário final.
 é toda pessoa física ou jurídica, pública ou privada, nacional ou estrangeira, bem
como os entes despersonalizados, que desenvolvem atividades de produção,
montagem, criação, construção, transformação, importação, exportação, distribuição
ou comercialização de produtos ou prestação de serviços
é toda pessoa física pública ou privada, nacional ou estrangeira, bem como os entes
despersonalizados, que desenvolvem atividades de produção, montagem, criação,
construção, transformação, importação, exportação, distribuição ou comercialização
de produtos ou prestação de serviços.
toda pessoa jurídica que adquire ou utiliza produto ou serviço como
destinatário final.
 
3a Questão (Ref.:201609003683) Acerto: 1,0 / 1,0
Vários princípios informam as relações de consumo que são regulamentadas por lei especial no Brasil. Dentre esses
princípios, podem ser identificados, os seguintes, exceto:
Transparência.
Prevenção.
Boa-fé.
Veracidade.
 Ambivalência.
 
4a Questão (Ref.:201608911442) Acerto: 1,0 / 1,0
Maria e Manoel, casados, pais dos gêmeos Gabriel e Thiago que têm apenas três meses de vida, residem há seis
meses no Condomínio Vila Feliz. O fornecimento do serviço de energia elétrica na cidade onde moram é prestado por
um única concessionária, a Companhia de Eletricidade Luz S.A. Há uma semana, o casal vem sofrendo com as
contínuas e injustificadas interrupções na prestação do serviço pela concessionária, o que já acarretou a queima do
aparelho de televisão e da geladeira, com a perda de todos os alimentos nela contidos. O casal pretende ser
indenizado. Nesse caso, à luz do princípio da vulnerabilidade previsto no Código de Proteção e Defesa do Consumidor,
assinale a afirmativa correta.
É dominante o entendimento no sentido de que a vulnerabilidade nas relações de consumo é sinônimo exato
de hipossuficiência econômica do consumidor. Logo, basta ao casal Maria e Manoel demonstrá-la para receber
a integral proteção das normas consumeristas e o consequente direito básico à inversão automática do ônus
da prova e a ampla indenização pelos danos sofridos.
A vulnerabilidade nas relações de consumo se divide em apenas duas espécies: a jurídica ou científica e a
técnica. Aquela representa a falta de conhecimentos jurídicos ou outros pertinentes à contabilidade e à
economia, e esta, à ausência de conhecimentos específicos sobre o serviço oferecido, sendo que sua
verificação é requisito legal para inversão do ônus da prova a favor do casal e do consequente direito à
indenização.
 A doutrina consumerista dominante considera a vulnerabilidade um conceito jurídico indeterminado,
plurissignificativo, sendo correto afirmar que, no caso em questão, está configurada a vulnerabilidade fática
do casal diante da concessionária, havendo direito básico à indenização pela interrupção imotivada do serviço
público essencial.
NENHUMA DAS RESPOSTAS ACIMA
Prevalece o entendimento jurisprudencial no sentido de que a vulnerabilidade no Código do Consumidor é
sempre presumida, tanto para o consumidor pessoa física, Maria e Manoel, quanto para a pessoa jurídica, no
caso, o Condomínio Vila Feliz, tendo ambos direitos básicos à indenização e à inversão judicial automática do
ônus da prova.
 
5a Questão (Ref.:201608917907) Acerto: 1,0 / 1,0
A despeito da identificação do elemento subjetivo da relação de consumo, indique a opção incorreta:
A teoria maximalista entende que basta o produto ou serviço seja retirado do mercado de consumo para a
pessoa física ou pessoa jurídica ser considerada consumidor;
 Considera-se consumidor todo destinatário final de produtos e serviços;
Também é considerado como consumidor terceiros que, embora não estejam diretamente envolvidos na
relação de consumo, são atingidos pelo aparecimento de um defeito no produto ou no serviço;
Pela teoria finalista mitigada permite a aplicação do Código de Defesa do Consumidor para pequenas
empresas e profissionais liberais, mesmo que não comprovada uma vulnerabilidade;
 
6a Questão (Ref.:201608330076) Acerto: 1,0 / 1,0
Ficam excluídas da definição de consumidor:
apenas as pessoas jurídicas de direito público interno.
apenas as pessoas jurídicas de direito privado com fins econômicos.
as pessoas físicas não consideradas hipossuficientes, segundo os critérios legais.
todas as pessoas jurídicas, ainda que utilizem o produto ou o serviço como destinatárias finais.
 as pessoas físicas ou jurídicas que utilizem o produto ou o serviço como bens de produção.
 
7a Questão (Ref.:201608963653) Acerto: 1,0 / 1,0
MPE-SPMPE-SP (0.5) Promotor de Justiça Verifique a exatidão dos seguintes conceitos à luz da lei nº 8.078/90
(Código de Defesa do Consumidor): I- Consumidor é toda pessoa física ou jurídica que adquire ou utiliza produto ou
serviço para satisfazer suas necessidades. II- Fornecedor é toda pessoa física ou jurídica, pública ou privada, nacional
ou estrangeira, bem como os entes despersonalizados, que desenvolvem atividade de produção, montagem, criação,
construção, transformação, importação, exportação, distribuição ou comercialização de produtos ou prestação de
serviços. III- Produto é qualquer bem material, móvel ou imóvel. IV- Serviço é qualquer atividade fornecida no
mercado de consumo, mediante remuneração, de natureza bancária, financeira, de crédito e securitária, inclusive as
decorrentes das relações de caráter trabalhista. Pode-se afirmar que:
b) Apenas as assertivas I, II e IV estão corretas.
a) Apenas as assertivas II e III estão corretas.
d) Apenas as assertivas II e IV estão corretas.
 e) Apenas a assertiva II está correta.
c) Apenas as assertivas I, III e IV estão corretas.
 
8a Questão (Ref.:201611096504) Acerto: 1,0 / 1,0
Joana em viagem aos Estados Unidos da América adquiriu uma máquina filmadora da loja X, que possui rede
credenciada no Brasil, em razão de apresentar defeitos e levando em conta a garantia do produto pela empresa
estrangeira vendedora, foi até a autorizada da loja X para analisarem o produto. Para sua surpresa, foi informada que
ao produto, por ter sido comprado no exterior, não seria assegurada assistência técnica pela rede credenciada da loja
X no Brasil. Consultado por Joana você diria que:
A assistência técnica não é da responsabilidade da loja X credenciada no Brasil,