PAPER COMPLETO
9 pág.

PAPER COMPLETO


DisciplinaGestão de Pessoas I15.420 materiais116.068 seguidores
Pré-visualização3 páginas
\ufffd PAGE \* MERGEFORMAT \ufffd9\ufffd
PRATICAS DE DEPARTAMENTO DE PESSOAL
Tutor Externo
Centro Universitário Leonardo da Vinci \u2013 UNIASSELVI
Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos (Turma Flex)
Diretrizes da Disciplina de Seminário Interdisciplinar III
RESUMO
Em tempos de novas metodologias e avanços legais dos direitos trabalhistas, as organizações obrigatoriamente tiveram que se modernizar e se basear nas leis estabelecidas pelos órgãos que controlam a garantia desses direitos. Com isso, a necessidade de se ter um Departamento de Pessoal nas empresas é de extrema importância, seja ela: micro, pequena, média ou grande empresa, as Práticas que ocorrem dentro deste Departamento é o tema de nossa pesquisa documental de caráter qualitativa e integrando a busca desse conhecimento nos fundamentamos na descrição e analise de estudos e teses de autores renomados no assunto e realizamos uma entrevista individual com uma representante de uma Empresa Publica em nossa cidade, que nos mostra a realidade contida neste ambiente de serviços basicamente burocráticos. Para relatar essa situação realizaremos o trabalho que tem como objetivo ditar as rotinas aplicadas no dia a dia do Departamento de Pessoal mostrando várias maneiras e métodos empregados pelos profissionais, além de qualificar as obrigações do empregador em relação ao vinculo empregatício com o empregado e todos os direitos trabalhistas que a legislação lhes preceitua. Conclui-se que a boa pratica na realização de qualquer tarefa baseia-se em reconhecimento, respeito, satisfação e trabalho em equipe. 
Palavras-chave: Praticas de Departamento de Pessoal; Empregador; Direitos trabalhistas. 
INTRODUÇÃO 
É de fundamental importância o conhecimento da rotina do trabalho de práticas no Departamento de Pessoal, suas respectivas funções e objetivos dentro de uma organização, visando mostrar as principais obrigações e deveres que envolvem a execução burocrática diária das referidas práticas desde a admissão, contrato de trabalho, registro dos funcionários, confecção de folha de pagamento, garantias de direitos como 13ª, FGTS e outros, até o desligamento (demissão). 
Seu objetivo inicial é a aquisição e conservação de uma força de trabalho alinhando as necessidades de uma organização ao contentamento de seus colaboradores nas atividades desempenhadas dentro de cada departamento, visando selecionar ou agregar candidatos que se encaixem em uma seleção ou quadro de colaboradores que influenciem futuramente no crescimento e na produtividade dessa empresa.
O Departamento de Pessoal desempenha as funções burocráticas, com extensões mais amplas integradas a todos os departamentos, assuntos de interesses do conhecimento básico e trabalhistas, com questões sociais a empresas e obrigações diretas ou indiretamente relacionadas com direitos do trabalhador, isso envolve, planejar, organizar, integrar, remunerar e manter os colaboradores para fins de contribuir com seus objetivos.
Com o passar do tempo, se fez necessário, que os serviços de pessoal começassem a se adaptar as tecnologias de forma revolucionária, na área de recursos humanos ao longo dos anos deixou de ser coadjuvante e passou a ser protagonista dentro das organizações, onde antes a visão do empregado prevalecia à obediência e a execução da tarefa e ao chefe o controle centralizado.
 Dado o exposto temos por objetivo mencionar sobre as práticas realizadas em um departamento de pessoal, dada sua importância na organização, seja ela qual for sua abrangência.
Na tipologia utilizamos a prática de pesquisa documental como constituição federal, leis trabalhistas e na metodologia baseia-se na pesquisa bibliográfica de autores estudiosos do assunto, em parte de CHIAVENATO, 2006 menciona o novo papel do RH nas organizações, RUFINO, 2012, destaca as praticas de (DP), MARTINS, 2007, comenta a CLT, e outros, assim como, de pesquisas em banco de dados digitais, e artigos científicos. 
2 PRATICAS DE DEPARTAMENTO DE PESSOAL
Toda Organização para prosperar e conseguir melhores resultados depende da boa atuação de seu Departamento de Pessoal. Os responsáveis por esse setor buscam garantir que a empresa possua sempre um quadro de funcionários dinâmico e capacitado, além de proporcionar a esses colaboradores as melhores condições de trabalho.
O Departamento de Pessoal costumeiramente é confundido com o Setor de Recursos Humanos, contudo os mesmos não praticam as mesmas atividades. Conforme Silva (2009) cabe ao departamento de pessoal: realizar a parte burocrática tanto com relação à legislação Trabalhista quanto à Previdenciária. É responsável ainda, pela elaboração da folha de pagamento, registro das carteiras de seus funcionários, o calculo das guias do INSS e FGTS para pagamento, além de cuidar da parte demissional, etc.
2.1 O CONCEITO DE DEPARTAMENTO DE PESSOAL
O Departamento de Pessoal é considerado hoje como o setor mais importante da estrutura Organizacional de qualquer grande empresa, responsável por cuidar dos assuntos referentes aos funcionários, desde sua contratação, cálculos salariais, férias, transporte, 13º salário, jornada de trabalho, desligamento, dentre outros. Cuida exclusivamente de números e papeis. 
É fundamental que os funcionários que fazem parte desse setor estejam em constante atualização quanto às mudanças que ocorrem nas legislações para que suas ações estejam sempre em conformidade com a Lei atual, garantindo que a Empresa atue sempre de forma a garantir os seus direitos e os de seus colaboradores. (Dessler, 2003)
2.1.1 O Departamento de pessoal é dividido em três setores:
Dependendo do porte da organização, os setores que envolvem um Departamento de Pessoal são: Admissão, a compensação e o desligamento.
1- Setor de Admissão: É responsável por cuidar de todo processo de integração da pessoa contratada para empresa, dentro dos critérios administrativos e jurídicos. Após o exame médico de admissão o candidato deverá trazer os documentos necessários e obrigatórios para efetivação do registro (Art. 168 \u2013 Consolidação das Leis Trabalhistas - CLT).
a) Carteira de Trabalho (CPTS);
b) uma Fotografia 3X4;
c) Cópia do documento de Identificação Pessoal (RG), Carteira de Habilitação, CPF, Título de Eleitor, Certidão de Nascimento;
d) Comprovante de residência.
De posse desses documentos de responsabilidade do departamento de pessoal outras tarefas serão realizadas como:
Elaborar o contrato de trabalho conforme as normas do Ministério do Trabalho;
Contrato por prazo determinado. (Experiência);
Contrato por tempo indeterminado (Existe período de vigência preestabelecido);
Preencher o livro ou registro de empregados;
Verificar se o candidato está devidamente cadastrado no PIS-PASEP;
Opção vale transporte ( Decreto nº 92.180 de 19 de dezembro de 1985, de acordo com a Lei de nº 7.428, de 16 de dezembro de 1985);
Informá-lo no CAGED - Determinado na Lei. 4.923, de 23 de dezembro de 1965 (Registro de Admissão e Desligamento).
2 - Setor de Compensação: Este Setor é responsável pelo processo de jornada de trabalho, elaboração de folha de pagamento, controle de benefícios, pagamento de 13º salário, cálculos de tributos e contribuições, licença maternidade, auxilio doença, (dentre outros documentos).
Ex: Contribuição sindical: É devido aos sindicatos pelos empregados que compõem uma determinada categoria econômica e profissional, representadas por estas entidades;
Ex: IRRF (Imposto de renda retido na fonte): Calculado mediante aplicação de correspondentes alíquotas, sobre a somatória das verbas recebidas pelo empregado que possui caráter salarial.
3 - Setor de Desligamento; é responsável por todo processo de desligamento e rescisão do contrato de trabalho, estendendo-se na fundamentação legal da empresa junto aos órgãos oficiais.
- Demissão de empregado significa rescindir o contrato de trabalho;
- Pedido de dispensa;
- Dispensa sem justa causa;
- Dispensa com justa causa;
- Aviso prévio;
- Rescisão de