Psicologia Aplicada a Reabilitacao
160 pág.

Psicologia Aplicada a Reabilitacao


DisciplinaPsicologia Aplicada à Reabilitação3 materiais110 seguidores
Pré-visualização33 páginas
Psicologia aplicada à Reabilitação
Menyr Antonio Barbosa Zaitter
Meillyn Hasenauer Zaitter Lemos
2011
Curitiba-PR
PARANÁ
Matemática Ie-Tec Brasil 2
Catalogação na fonte pela Biblioteca do Instituto Federal de Educação, 
Ciência e Tecnologia - Paraná 
© INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA - PARANÁ - 
EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
Este Caderno foi elaborado pelo Instituto Federal do Paraná para o Sistema Escola 
Técnica Aberta do Brasil - e-Tec Brasil.
Presidência da República Federativa do Brasil
Ministério da Educação
Secretaria de Educação a Distância
Prof. Irineu Mario Colombo
Reitor 
Profª. Mara Christina Vilas Boas
Chefe de Gabinete
Prof. Ezequiel Westphal
Pró-Reitoria de Ensino \u2212 PROENS
Prof. Gilmar José Ferreira dos Santos
Pró-Reitoria de Administração \u2212 PROAD
Prof. Paulo Tetuo Yamamoto
Pró-Reitoria de Extensão, Pesquisa e Inovação \u2212 
PROEPI
Neide Alves
Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas e Assuntos 
Estudantis - PROGEPE
Prof. Carlos Alberto de Ávila
Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento 
Institucional \u2212 PROPLADI
Prof. José Carlos Ciccarino
Diretor Geral de Educação a Distância
Prof. Ricardo Herrera
Diretor de Planejamento e Administração 
EaD \u2212 IFPR
Profª Mércia Freire Rocha Cordeiro Machado
Diretora de Ensino, Pesquisa e Extensão 
EaD \u2212 IFPR
Profª Cristina Maria Ayroza
Coordenadora Pedagógica de Educação a
Distância
Prof. Rubens Gomes Corrêa
Coordenador do Curso
Adriana Valore de Sousa Belo
Cassiano Luiz Gonzaga da Silva
Karmel Louise Pombo Schultz
Rafaela Aline Varella
Assistência Pedagógica
Profª Ester dos Santos Oliveira
Profª Telma Lobo Dias
Luara Romão Prates
Revisão Editorial
Paula Bonardi
Diagramação
e-Tec/MEC
Projeto Gráfico
e-Tec Brasil
Apresentação e-Tec Brasil
Prezado estudante,
Bem-vindo ao e-Tec Brasil!
Você faz parte de uma rede nacional pública de ensino, a Escola Técnica 
Aberta do Brasil, instituída pelo Decreto nº 6.301, de 12 de dezembro 2007, 
com o objetivo de democratizar o acesso ao ensino técnico público, na 
modalidade a distância. O programa é resultado de uma parceria entre o 
Ministério da Educação, por meio das Secretarias de Educação a Distância 
(SEED) e de Educação Profissional e Tecnológica (SETEC), as universidades e 
escolas técnicas estaduais e federais.
A educação a distância no nosso país, de dimensões continentais e grande 
diversidade regional e cultural, longe de distanciar, aproxima as pessoas ao 
garantir acesso à educação de qualidade, e promover o fortalecimento da 
formação de jovens moradores de regiões distantes, geograficamente ou 
economicamente, dos grandes centros.
O e-Tec Brasil leva os cursos técnicos a locais distantes das instituições de 
ensino e para a periferia das grandes cidades, incentivando os jovens a 
concluir o ensino médio. Os cursos são ofertados pelas instituições públicas 
de ensino e o atendimento ao estudante é realizado em escolas-polo 
integrantes das redes públicas municipais e estaduais.
O Ministério da Educação, as instituições públicas de ensino técnico, seus 
servidores técnicos e professores acreditam que uma educação profissional 
qualificada \u2013 integradora do ensino médio e educação técnica, \u2013 é capaz 
de promover o cidadão com capacidades para produzir, mas também com 
autonomia diante das diferentes dimensões da realidade: cultural, social, 
familiar, esportiva, política e ética.
Nós acreditamos em você!
Desejamos sucesso na sua formação profissional!
Ministério da Educação
Janeiro de 2010
Nosso contato
etecbrasil@mec.gov.br
Indicação de ícones
Os ícones são elementos gráficos utilizados para ampliar as formas de 
linguagem e facilitar a organização e a leitura hipertextual.
Atenção: indica pontos de maior relevância no texto.
Saiba mais: oferece novas informações que enriquecem o 
assunto ou \u201ccuriosidades\u201d e notícias recentes relacionadas ao 
tema estudado.
Glossário: indica a definição de um termo, palavra ou expressão 
utilizada no texto.
Mídias integradas: sempre que se desejar que os estudantes 
desenvolvam atividades empregando diferentes mídias: vídeos, 
filmes, jornais, ambiente AVEA e outras.
Atividades de aprendizagem: apresenta atividades em 
diferentes níveis de aprendizagem para que o estudante possa 
realizá-las e conferir o seu domínio do tema estudado. 
e-Tec Brasil
e-Tec Brasil
Sumário
Palavra do professor-autor 11
Aula 1 \u2013 O início da dependência química 13
1.1 A dependência química começa em casa 13
1.2 O consumo de álcool e tabaco também começa em casa 14
1.3 Subvícios da família 15
1.4 Como é adquirido o vício 15
1.5 As dependências física e psicológica 16
Aula 2 \u2013 Drogas e suas consequências 19
2.1 A droga e o grupo 19
2.2 As drogas e suas vítimas 20
2.3 Distúrbios psicológicos e a droga 23
Aula 3 \u2013 A doença mental e a psicologia da droga 25
3.1 Limitações emocionais 28
Aula 4 \u2013 O aspecto psicológico do álcool 35
4.1 Álcool 35
4.2 Dependência do álcool 36
4.3 Sintomas comportamentais 38
Aula 5 \u2013 Alcoolismo: doença ou modismo? 41
5.1 A psicologia do bebedor 41
5.2 A doença do álcool 42
5.3 Álcool e a família 43
5.4 Padrões de funcionamento em famílias alcoolistas 44
Aula 6 \u2013 Características ocultas do cigarro 47
6.1 Dependência do cigarro 47
6.2 Função psicológica do cigarro 50
Aula 7 \u2013 Emagrecedores e seus efeitos mentais 53
7.1 Emagrecedores 53
7.2 Efeitos colaterais psicológicos das anfetaminas 54
Aula 8 \u2013 Ansiolíticos 59
8.1 Efeitos colaterais 60
8.2 Efeitos físicos e psíquicos 61
Aula 9 \u2013 Soníferos 63
9.1 Stress e drogas 64
9.2 Comportamento e autoconhecimento 65
Aula 10 \u2013 A família na dependência 69
10.1 Família psicológica 69
10.2 O papel da família 71
10.3 O papel do pai e da mãe na família adicta 72
Aula 11 \u2013 A co-dependência 75
11.1 Quem é o co-dependente? 75
Aula 12 \u2013 O casamento \u201cquímico\u201d 81
12.1 Famílias disfuncionais 82
Aula 13 \u2013 O álcool e a sexualidade 87
13.1 Álcool, sexo e televisão 89
Aula 14 \u2013 Como identificar o usuário 91
14.1 Tipos de usuários 91
14.2 O jogo é droga? 92
Aula 15 \u2013 Preconceito ao dependente químico 95
Aula 16 \u2013 Aspectos psicopatológicos da droga 99
16.1 Toxicomania 99
16.2 O espelho partido 100
16.3 Estágio do excesso 102
e-Tec Brasil
Aula 17 \u2013 A desintoxicação 105
17.1 Objetivos da Desintoxicação 105
17.2 Processo de desintoxicação 106
Aula 18 \u2013 Prevenção familiar 109
18.1 Como orientar as famílias 109
18.2 A importância da família no tratamento 110
18.3 O que pode atrapalhar a participação da família? 111
Aula 19 \u2013 Métodos de utilização terapêutica 117
19.1 Observação 117
19.2 Avaliação 118
19.3 Diálogo 119
19.4 Atitude 120
Aula 20 \u2013 Encaminhamento se necessário 121
20.1 Em busca da cura 121
Referências 135
Atividades autoinstrutivas 143
Currículo do professor-autor 159
e-Tec Brasil
e-Tec Brasil11
Palavra dos professores-autores
Caro estudante, 
Seja bem vindo à disciplina de Psicologia.
A dependência da droga vem atingindo cada vez mais os nossos jovens, 
causando à família conflito e questionamento.
Os fenômenos da droga angustiam os pais, preocupam os estudantes, inter-
pelam as autoridades, fascinam os jovens.
O centro do problema é como a sociedade e a família, tratam dos pro-
blemas próprios da crise da adolescência, não procurando muitas vezes, 
ajuda necessária.
Objetivando uma orientação adequada aos alunos, pais e sociedade no pro-
cesso ao qual procura reabilitar os dependentes químicos, não podemos es-
quecer que um dos pontos especiais é a formação da personalidade.
Esta disciplina capacitará o estudante, futuro profissional do curso em reabi-
litação de dependentes químicos,