A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
19 pág.
Sistemas de Avalição da Qualidade Aula 6

Pré-visualização | Página 1 de 4

1 
CCDD ─ Centro de Criação e Desenvolvimento Dialógico 
 
 
 
 
Sistemas de Avalição da Qualidade 
 
 
 
 
 
Aula 6 
 
 
 
 
 
Professor Ricardo Lucena de Souza 
 
 
2 
CCDD ─ Centro de Criação e Desenvolvimento Dialógico 
Conversa Inicial 
Nesta aula, iremos aplicar os conceitos de sistemas integrados e 
normalização com foco na mudança organizacional. 
Contextualizando 
A busca pela diferenciação passa por um mercado que está cada vez 
mais exigente. Antigamente ter uma certificação de ISO 9001 era um grande 
diferencial, hoje os clientes querem produtos que venham de empresas 
sustentáveis, com responsabilidade social e preocupadas com o meio 
ambiente, seja na organização ou no reflorestamento consciente. 
 No primeiro tema estudaremos o Sistema de Gestão Integrada, unindo as 
principais normas da série Isso ─ utilizar recursos de maneira inteligente, 
otimizando-os, é uma maneira de buscar a excelência operacional. 
 Fornecedores são nossos parceiros diretos e precisamos trabalhar para 
que esta parceria seja duradoura, gerando frutos para a organização e os 
fornecedores. A empresa atual deve sair do seu papel antigo de cliente para 
um fomentador de capacidades de seus fornecedores. 
 A responsabilidade social deve ser um dos temas base para as empresas 
e um dos grandes focos da Qualidade, pois precisamos buscar o tripé de 
sustentabilidade econômica, ambiental e social. A responsabilidade social pode 
ser integrada às principais normas da série ISO como forma de agregar valor. 
 O Sistema de Gestão Ambiental é a base para termos uma empresa 
ambientalmente correta, na qual aprenderemos que temos dois grandes focos 
de trabalho, por um lado a organização, gerando um sistema perene, e por 
outro os trabalhos sobre produtos e processos. 
 Os diferenciais atuais passam pela rotulação e selos ambientais que 
agregam mais do que valor comercial à marca, eles demonstram que a 
empresa está integrada em um propósito maior. Como exemplo de selos 
também podemos citar o FSC, que trabalha com o tripé Social, 
Econômico e Ambiental. 
 
3 
CCDD ─ Centro de Criação e Desenvolvimento Dialógico 
Tema 1: Estratégia de Implementação de Sistemas Integrados 
Um sistema integrado de gestão não consiste em juntar sistemas 
separados, mas integrados, com ligações para que processos semelhantes 
sejam perfeitamente geridos e executados sem duplicação. 
Muitas vezes, é mais eficiente combinar os três sistemas partilhando as 
cláusulas e os procedimentos comuns. Os componentes do SGI, comuns a 
todos os sistemas, incluem os recursos (pessoas, instalações, equipamento 
etc.) e certos processos documentados e aplicados em toda a organização. O 
SGI interliga sistemas de gestão da qualidade (SGQ) — ISO 9001, sistemas de 
gestão ambiental (SGA) — ISO 14001, e sistemas de gestão da segurança e 
saúde no trabalho (SGSST) — OHSAS 18001. 
A integração desses sistemas visa simplificar a implementação dessas 
normas nas organizações. Não é tão simples assim, mas, atualmente, 
fortalece-se cada vez mais a proposta de um modelo de gestão integrada ou 
sistema integrado de gestão (SIG). 
Muitos são os pontos comuns entre os sistemas da qualidade, do meio 
ambiente e da saúde e segurança. Como exemplo temos a política que trata de 
qualidade, meio ambiente, saúde e segurança; a organização da 
documentação envolvendo um único manual geral de gestão; os 
procedimentos; as instruções e os registros; a capacitação do pessoal e até a 
definição de responsabilidades. A realização de ação corretiva, ação 
preventiva, melhorias, auditorias internas e análise crítica também podem ser 
unificadas. O Quadro 1 compara pontos específicos e comuns aos sistemas de 
qualidade, ambiental e de saúde e segurança do trabalho. 
Mesmo que os documentos normativos de referência sejam diferentes, 
eles são complementares e baseiam-se na atuação da empresa. 
 
 
 
 
 
 
 
4 
CCDD ─ Centro de Criação e Desenvolvimento Dialógico 
Quadro 1: Integração de sistemas.
 
Fonte: Gozzi, 2015. 
 
 
O elo entre os três temas está na organização dos processos da 
empresa. É nos processos que os colaboradores executam as atividades da 
empresa, representando o meio, fazendo uso de recursos, como materiais, 
máquinas, métodos e medições, gerando o produto final, subprodutos e 
também os rejeitos. 
 
Benefícios da gestão integrada 
 A gestão integrada apresenta os seguintes benefícios: 
• Otimização e redução do tempo com atividades de conscientização 
e treinamento (treinamentos integrados); 
• Economia de tempo e custos; 
• Melhoria na gestão de processos; 
• Maior controle dos riscos de acidentes; 
• Análises críticas, pela direção, mais eficazes; 
• Maior comprometimento da direção; 
• Redução e controle de custos ambientais; 
• Redução de documentos; 
• Utilização mais eficaz de recursos internos e infraestrutura; 
• Melhor comunicação com as partes interessadas; 
• Redução de custos de manutenção do sistema; 
 
5 
CCDD ─ Centro de Criação e Desenvolvimento Dialógico 
• Simplificação das normas e das exigências dos sistemas de gestão; 
• Menor tempo total de paralisação das atividades durante a 
realização das auditorias; 
• Possibilidade da realização de uma implementação progressiva e 
modular dos sistemas; 
• Alinhamento dos objetivos, processos e recursos para diferentes 
áreas funcionais (segurança e qualidade ambiental); 
• Redução da burocracia; 
• Redução do nível de complexidade dos sistemas; 
• Eliminação de esforços duplicados e de redundâncias; 
• Sinergia gerada pelos diferentes sistemas implementados de 
maneira conjunta; 
• Aumento da eficácia e melhoria da eficiência do sistema; 
• Redução de custos de desenvolvimento e implementação (menor 
número de elementos a serem implementados); 
• Redução dos custos com auditorias internas e de certificação; 
• Satisfação de clientes, funcionários e acionistas; 
• Satisfação dos critérios dos investidores e melhoria do 
acesso ao capital; 
• Aumento de competitividade; 
• Controle preventivo do processo. 
 
Sem dúvida, a organização e a implementação do sistema integrado de 
gestão representam um investimento direto na modernização da gestão da 
empresa, pois propiciam a redução de custos, aumentam a satisfação dos 
colaboradores e a confiança dos clientes, o que gera resultados para a 
empresa e para a sociedade. 
A gestão integrada conduz a empresa à excelência empresarial. 
 
 
 
 
 
6 
CCDD ─ Centro de Criação e Desenvolvimento Dialógico 
Tema 2: Avaliação da Qualidade na Logística e Fornecedores 
Uma das exigências da ISO 9001 é que as empresas avaliem seus 
fornecedores e prestadores de serviços. As empresas certificadas pela ISO 
9001 passaram a fazer exigências a seus fornecedores, geralmente empresas 
de pequeno e médio porte. 
O requisito 7.4 (Aquisição) para a versão 2008, e na versão 2015 da 
norma, passa a ser o requisito 8.4 (Controle de processos, produtos e serviços 
providos externamente). Este é aplicado a materiais e prestadores de serviços 
críticos, que afetam diretamente a qualidade do produto, do serviço fornecido 
ou a capacidade de a empresa cumprir a legislação. 
A solicitação para compra de material crítico deve ser feita utilizando 
formulário específico, anexando-se a especificação do material. 
A especificação deve descrever de modo suficiente o material a ser 
adquirido. Quando aplicável, a especificação deve definir critérios de aprovação 
do material e exigências relativas à implantação de sistema de qualidade 
pelo fornecedor. A área de

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.