A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
paper seminario da pratica ii  EDUCAÇÃO E SOCIEDADE

Pré-visualização | Página 1 de 4

����
� PAGE \* MERGEFORMAT �6�
Acadêmicos¹
	
RESUMO
Abordar o tema família/escola no processo de ensino e aprendizagem sempre é muito desafiador. Esta pesquisa retrata a realidade onde a família e as escolas estão inseridas e foi baseada na comparação de vários artigos científicos leituras e análises de livros, assim como a troca de experiências pessoais vividas pelos autores sobre o tema, concretizando uma pesquisa bibliográfica a qual confirmou que com o acompanhamento dos pais na vida escolar, a criança passa a se desenvolver melhor e de forma proveitosa. Analisa a participação dos pais na escola e procura mostrar que tanto os pais quanto os professores têm a responsabilidade de ajudar na formação da criança procurando sempre estar presente na sua vida escolar. A ausência dos pais na escola pode prejudicar o desenvolvimento da criança. A interação entre essas duas partes é destacada como importante papel para construção da identidade da criança. Nesse sentido a pesquisa tem como objetivo compreender a importância da relação família-escola no processo de ensino-aprendizagem do educando, sendo essa a principal questão a ser respondida.
Palavras-chave: Educação. Escola. Família.
1. INTRODUÇÃO
2. RELAÇÃO ESCOLA-FAMILIA 
3 AÇÕES QUE PODEM FORTALECER A RELAÇÃO ESCOLAR SOCIAL
3 AÇOES QUE FORTALECEM ESSA RELAÇÃO
	
4. MATERIAIS E MÉTODOS
	A pesquisa deve ser entendida como um posicionamento político, bem como deve estar presente em toda ação educativa.
	Demo (1996, p.34) insere a pesquisa como atividade cotidiana considerando-a como uma atitude, um ‘’ questionamento sistemático crítico e criativo, mais a intervenção competente na realidade, ou o dialogo critico permanente com a realidade em sentido teórico e prático. ’’ 
	Sendo a pesquisa uma ação que visa o estudo da realidade e dos que nela estão envolvidos, é preciso que os dados e as informações coletadas sejam confrontados com o conhecimento teórico já elaborado.
	A metodologia de pesquisa, conforme afirma Garcia (2003)
					
[...] é completamente interessada nos processos que buscam, simplesmente, mudar o mundo. Indagando os processos permanentemente produzidos nas relações sociais para ofuscar e ocultar as múltiplas dimensões da realidade e do ser humano, a pesquisa amplifica as possibilidades de interpretação e compreensão do cotidiano e vai encontrando meios para melhorar e compreender a complexidade humana. (GARCIA, 2003, p. 128)
A presente pesquisa teve como foco principal verificar a importância da relação família e escola no cotidiano. Foi utilizado um método de pesquisa onde comparamos vários artigos científicos de vários autores a fim de identificar o que realmente acontece na realidade escolar e familiar.
Foi montado um grupo de estudos com intuito de debater ideias, tantos de artigos já prontos como de experiências vividas pelos próprios acadêmicos autores desse trabalho no contexto sócio escolar de sua própria comunidade.
A experiência retirada dos artigos acadêmicos e as experiências pessoais que foram compartilhadas, tiveram um importante papel na produção deste trabalho, pois lidamos com vários tipos de realidades que vem desde escolas que servem apenas de depósitos de crianças como as que realmente se preocupam com o que acontece com o aluno não só dentro da escola, mais também fora dela.
A mesma situação acontece com os diferentes tipos de pais e comunidades, onde foi percebido que no entender de muitas pessoas o que acontece fora da escola não é de responsabilidade escolar, dando a entender que a escola serve apenas para alfabetizar as crianças, e não para transforma-las em cidadãos de bem e com pensamentos coerentes voltados ao bem comum da sociedade.
Fonte:https://prefeitura.pbh.gov.br/noticias/escolas-municipais-oferecem-atividades-para-comunidade
 
 
5. RESULTADOS E DISCUSSÃO
6. CONCLUSÃO
REFERÊNCIAS
RELAÇÃO ENTRE A FAMILIA E A ESCOLA
Na sociedade atual, a educação tem saído cada vez mais dos muros da escola e alcançado outros espaços sociais. Esse é um cenário desafiador para os educadores, pois eles precisam repensar a prática pedagógica.
Um assunto que ganhou relevância nos últimos anos é a relação entre escola e família, lembrando que a educação é um assunto muito importante para estar apenas nas mãos da família ou da escola. Hoje em dia, � HYPERLINK "http://educacaoinfantil.aix.com.br/entenda-a-importancia-da-boa-relacao-entre-familia-e-escola-e-saiba-como-desenvolver-isso/" �a parceria com as famílias� não é mais o único objetivo da gestão escolar. Construir uma relação positiva com a população do entorno também é importante para o desenvolvimento da escola e dos alunos. No entanto, a família e a escola acabam se tornando os principais pontos de sustentação do indivíduo. Pensando nisso vamos analisar essa relação por vezes conflitante, mas de extrema necessidade para a criança.
 	Essa educação partilhada é que constrói o caráter do cidadão consciente que buscamos ter hoje em nossa sociedade, pois a educação passa pela família e depois pela escola mostrando seus reflexos na sociedade. Considerando esta relação tão complexa e importante, estaremos desenvolvendo esta pesquisa com finalidade de tentar contribuir com esse tema, a fim de compreender a relação da família com escola, ressaltando os pontos positivos dessa relação, pois é a educação que constrói e orienta a formação do caráter da criança, assim a educação deve ser desenvolvida de acordo com a realidade social em que a criança está inserida.
A escola, tem um papel fundamental no desenvolvimento das crianças e na construção da cidadania. Sua função ultrapassa a prática dentro das salas de aula. Assim, a atuação dos educadores influencia não apenas as crianças e suas famílias, mas também o bairro em que a escola se insere e a sociedade como um todo. A presença dessa instituição deve ser um diferencial positivo na comunidade.
Uma ligação estreita e continuada entre os professores e os pais leva, pois a muita coisa que a uma informação mútua: este intercâmbio acaba resultando em ajuda recíproca e, frequentemente, em aperfeiçoamento real dos métodos. Ao aproximar a escola da vida ou das preocupações profissionais dos pais, e ao proporcionar, reciprocamente, aos pais um interesse pelas coisas da escola chega-se até mesmo a uma divisão de responsabilidades [...] (PIAGET 2007, p.50)
Essa ligação gera reconhecimento para a escola e cria uma reputação positiva junto aos pais do aluno, o que a fortalece e promove o serviço escolar. A família também colhe frutos, já que passa a contar com uma nova parceira.
Além disso, os benefícios chegam até os alunos. A escola, ao se aproximar da família, tem mais condições para atuar no desenvolvimento integral das crianças, oferecendo uma educação de qualidade.
A educação sempre ocupou um espaço importante na sociedade, na qual a escola e a família desempenham papéis fundamentais na transmissão dos conhecimentos. Entretanto, há muitos desafios em relação às responsabilidades que cada instituição possui no trabalho pedagógico. A família e a escola formam uma equipe. É fundamental que ambas sigam os mesmos princípios e critérios, bem como a mesma direção em relação aos objetivos que desejam atingir.
A experiência escolar tem mostrado que a participação dos pais é de

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.