A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
Fundamentos de biologia   Exercício 10   Padrões de Herança

Pré-visualização | Página 1 de 1

FACULDADE ESTÁCIO DO AMAZONAS 
 
	DISCIPLINA: Fundamentos de Biologia 
	PROFESSOR (A): Erika Portela 
	Exercício de fixação X – Padrões de Herança 
 
1. A cariotipagem é um método que analisa células de um indivíduo para determinar seu padrão cromossômico. Essa técnica consiste na montagem fotográfica, em sequência, dos pares de cromossomos e permite identificar um indivíduo normal (46, XX ou 46, XY) ou com alguma alteração cromossômica. A investigação do cariótipo de uma criança do sexo masculino, com alterações morfológicas e comprometimento cognitivo, verificou que ela apresentava fórmula cariotípica 47, XY, +18. 
A alteração cromossômica da criança pode ser classificada como: a) estrutural, do tipo deleção. 
numérica, do tipo euploidia. 
numérica, do tipo poliploidia. 
estrutural, do tipo duplicação. 
numérica, do tipo aneuploidia. 
 
2. As anomalias cromossômicas são bastante frequentes na população humana. Cada espécie apresenta um cariótipo típico, isto é, um conjunto de cromossomos caracterizado e identificado em número, forma e tamanho. Alterações no material genético, quantitativas ou qualitativas, podem ocorrer durante os processos de preparação para duplicação. Mesmo durante as divisões mitóticas ou meióticas acontecem irregularidades (aberrações) na divisão celular ou ocorrem ação de agentes externos como as radiações que podem cortar cromossomos. Como os cromossomos são os depositários dos genes, qualquer alteração numérica ou estrutural é capaz de modificar a expressão gênica, originando organismos anormais ou inviáveis. Qual das seguintes síndromes humanas apresenta uma monossomia? 
a) Síndrome de Edwards. 
Síndrome de Klinefelter. 
Síndrome de Turner. 
Síndrome de Patau. 
Síndrome de Down. 
 
3. Todas as alterações cromossômicas abaixo são exemplos de aneuploidia, exceto: 
a) Síndrome de Down. 
Síndrome de Turner. 
Síndrome de Klinefelter. 
Síndrome de Edwards. 
Síndrome do miado do gato. 
 
4. A síndrome de Turner trata-se de uma aneuploidia, cujo indivíduo é do sexo feminino e apresenta ovário rudimentar, pouco desenvolvimento das mamas e baixa estatura. Essa síndrome é um tipo de monossomia, que pode ser representado pela fórmula cariotípica. 
a) 47, XX +21 
47, XX +18 
45, Y0 
45, X0 
45, 00 
 
5. Frequentemente, no estudo de Genética, encontramos representações gráficas que demonstram as relações de descendência e a ocorrência de alguma característica em uma família. Essa representação recebe o nome de: 
a) Cladograma. 
FACULDADE ESTÁCIO DO AMAZONAS 
 
Filogenia. 
Heredograma. 
Hemograma. 
Quadro de Punnett. 
 
6. Uma criança do sexo masculino, que acaba de nascer, tem como pai um indivíduo que apresenta hemofilia e é normal com relação ao daltonismo. Sua mãe é portadora do gen para o daltonismo, mas não para o gen da hemofilia. Quanto a essa criança, podemos afirmar que: 
a) tem 50% de chance de ser daltônica. 
tem 50% de chance de ser hemofílica. 
tem 25% de chance de ser hemofílica. 
tem 75% de chance de ser daltônica. 
não tem chance de ser daltônica. 
 
7. Duas irmãs, que nunca apresentaram problemas de hemorragia, tiveram filhos. E todos eles, após extrações de dente, sempre tinham hemorragia. No entanto os filhos do irmão das duas mulheres nunca apresentaram esse tipo de problema. É CORRETO afirmar que essa situação reflete, mais provavelmente, um padrão de herança:
 a) dominante ligada ao cromossoma Y. 
dominante ligada ao cromossoma X. 
recessiva ligada ao cromossoma X. 
restrita ao cromossoma Y. 
restrita, dominante recessiva ligada ao cromossoma Y. 
 
8. A Doença de Huntington ocorre em um par de genes alelos presentes no cromossomo n.º 4. Esse par de alelos promove uma progressiva degeneração do Sistema Nervoso Central provocando problemas motores e mentais. Não possui cura, manifesta-se após os 40 anos de idade. O heredograma representa uma família que apresenta a doença. Analisando o heredograma, pode-se concluir que se trata de uma herança genética: 
 
 
 
ligada ao sexo. 
autossômica recessiva. 
restrita ao sexo. 
codominante. 
autossômica dominante.