GARANTIA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DOS RESERVATÓRIOS CASTANHÃO E BANABUIÚ E IMPLICAÇÕES NA OUTORGA
49 pág.

GARANTIA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DOS RESERVATÓRIOS CASTANHÃO E BANABUIÚ E IMPLICAÇÕES NA OUTORGA


DisciplinaHidrologia6.376 materiais37.825 seguidores
Pré-visualização10 páginas
0 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
UNIVERSIDADE REGIONAL DO CARIRI - URCA 
CENTRO DE CIÊNCIAS E TECNOLOGIA 
DEPARTAMENTO DE CONSTRUÇÃO CIVIL 
CURSO DE TECNOLOGIA DA CONSTRUÇÃO CIVIL \u2013 HABILITAÇÃO 
EM EDIFÍCIOS 
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
GARANTIA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA 
DOS RESERVATÓRIOS CASTANHÃO E BANABUIÚ 
E IMPLICAÇÕES NA OUTORGA 
 
 
 
 
 
PEDRO VICTOR BATISTA DE ALMEIDA 
 
 
 
 
 
JUAZEIRO DO NORTE \u2013 CE 
2016 
1 
 
PEDRO VICTOR BATISTA DE ALMEIDA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
GARANTIA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DOS 
RESERVATÓRIOS CASTANHÃO E BANABUIÚ E 
IMPLICAÇÕES NA OUTORGA 
 
 
 
 
 
 
Trabalho de Conclusão de Curso apresentado à 
Comissão Examinadora do Curso de Tecnólogo 
da Construção Civil com habilitação em 
Edifícios, da Universidade Regional do Cariri \u2013 
URCA, como requisito para obtenção do Grau 
de Tecnólogo em Construção Civil \u2013 habilitação 
em Edifícios, sob orientação do Prof. Me. 
Renato de Oliveira Fernandes. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
JUAZEIRO DO NORTE \u2013 CE 
2016 
2 
 
PEDRO VICTOR BATISTA DE ALMEIDA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
GARANTIA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DOS RESERVATÓRIOS 
CASTANHÃO E BANABUIÚ E IMPLICAÇÕES NA OUTORGA 
 
 
 
 
 
BANCA EXAMINADORA 
 
 
__________________________________________________________ 
PROF. Me. RENATO DE OLIVEIRA FERNANDES, URCA. 
(ORIENTADOR) 
 
 
__________________________________________________________ 
PROF. Me. JEFFERSON LUIZ ALVES MARINHO, URCA. 
(AVALIADOR) 
 
 
__________________________________________________________ 
PROF. DR. RODOLFO JOSÉ SABIÁ, URCA. 
(AVALIADOR) 
 
 
 
 
DATA DE APROVAÇÃO:____ DE__________ DE 2016 
 
 
 
3 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dedico este trabalho ao meu pai Raimundo Pereira de 
Almeida (in memoriam), embora tenha partido cedo ele 
pôde contribuir para a minha formação pessoal, e à 
minha mãe Antônia Isálida Batista de Almeida que fez e 
tem feito de tudo por seus filhos, tem sido mãe e pai. 
 
 
4 
 
AGRADECIMENTOS 
 
 
Primeiramente a Deus pois ele é a base de tudo, é a fé que nos provê grande parte 
da nossa força. 
 
 
Aos meus pais por terem me ensinado o valor de família e por sempre terem 
demonstrado encorajamento e apoio nas minhas escolhas. 
 
 
Ao meu orientador, Prof. Me. Renato de Oliveira Fernandes, por me incentivar e 
acreditar no meu potencial. 
 
 
A todo o corpo docente do curso de Tecnologia da Construção Civil, por todo o 
conhecimento e ajuda que me foram fornecidos. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
\u201cA atenção é a mais importante de todas as faculdades para o 
desenvolvimento da inteligência humana.\u201d 
 
Charles Darwin 
6 
 
RESUMO 
 
 
A disponibilidade de água e sua garantia de abastecimento é um pré-requisito para o 
desenvolvimento e a sobrevivência das pessoas de uma região. A alta variabilidade 
hidrológica da região semiárida reduz as garantias de abastecimento de água dos 
reservatórios e dificulta a aplicação de instrumentos de gestão dos recursos hídricos 
como a outorga. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a variação das vazões 
de regularização de dois grandes reservatórios localizados no semiárido Nordestino e 
suas implicações na aplicação da outorga. Para obter os resultados foram realizadas 
simulações com o auxílio do Sistema de Suporte a Decisões, AcquaNet. Os resultados 
mostraram um grande impacto que a variabilidade hidrológica causa nas garantias de 
abastecimento dos reservatórios estudados, indicando que ao aumentar a garantia de 
abastecimento de 50% para 95% a vazão regularizada poderá reduzir em até 60% 
para o Castanhão e em 68% para o Banabuiú. Além disso, aumentar as garantias 
representou grandes perdas de água por evaporação nos reservatórios. 
 
 
PALAVRAS-CHAVE: variabilidade hidrológica; outorga; garantias de abastecimento 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7 
 
 
ABSTRACT 
 
 
The availability of water and its supply guarantee is a prerequisite for the development 
and survival of people of a region. The high hydrologic variability of the semiarid region 
reduces the water supply guarantees of reservoirs and hampers the implementation of 
water resources management instruments as the grant. The present work aims to 
evaluate the variation of regularization flows of two large reservoirs located in the 
Northeastern semiarid and their implications for the implementation of grant. To get 
the results were carried out simulations with help of the Decision Support System, 
AcquaNet. The results showed a great impact that hydrologic variability causes on 
supply guarantees of the reservoirs studied, indicating that increasing of 50% supply 
guarantee for 95% the regularized flow may reduce by up to 60% for the Castanhão 
and in 68% for the Banabuiú. Also, increase guarantees represented big losses of 
water by evaporation in the reservoirs. 
 
KEYWORDS: hydrologic variability; grant; supply guarantees 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
8 
 
LISTA DE FIGURAS 
 
Figura 1 ................................................................................................................... 13 
Figura 2 ................................................................................................................... 15 
Figura 3 ................................................................................................................... 17 
Figura 4 ................................................................................................................... 22 
Figura 5 ................................................................................................................... 28 
Figura 6 ................................................................................................................... 30 
Figura 7 ................................................................................................................... 32 
Figura 8 ................................................................................................................... 33 
Figura 9 ................................................................................................................... 33 
Figura 10 ................................................................................................................... 34 
Figura 11 ................................................................................................................... 35 
Figura 12 ................................................................................................................... 35 
Figura 13 ................................................................................................................... 36 
Figura 14 ................................................................................................................... 36 
 
Figura 15 ................................................................................................................... 37 
 
Figura 16 ................................................................................................................... 38 
 
Figura 17 ................................................................................................................... 38