Segurança Aula 6
11 pág.

Segurança Aula 6


DisciplinaQsms - Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde46 materiais112 seguidores
Pré-visualização2 páginas
20/09/2017
1
Técnico em Química
Segurança, Meio Ambiente e Saúde
Prof. Edil Lins
Aula 6
1
Temas
\u2022 NR\u20106
\u2022 Primeiros Socorros
\u2022 Prevenção de combate a incêndios
\u2022 SGA\u2010 Sistema de Gestão ambiental
\u2022 ISO \u2010 14000
2
20/09/2017
2
Risco e Exposição da Interação Química
Risco: é a probabilidade do efeito tóxico inerente de uma
substância química aparecer em um sistema biológico exposto.
Os elementos para avaliação do risco são: propriedades físico-
químicas da substância, vias de exposição propriedades
metabólicas, efeitos toxicológicos, resultados de exposições
imediatas e prolongadas em animais e resultados de estudos no
homem.
Exposição: é o contato do organismo com uma determinada
substância tóxica. Estão relacionadas à exposição: as diversas
vias de penetração das substâncias, a frequência, a duração e a
dose.
PROTEÇÃO DO TRABALHADOR
As substâncias muito tóxicas podem ser utilizadas de maneirasegura. Isto depende de alguns fatores:
\uf0a7 Processo \u2013 condições favoráveis à expansão das substânciaspodem aumentar o risco tóxico, por isso o enclausuramentorepresenta maior segurança. Altas temperaturas e pressões, poroutro lado, significam maior risco. Substâncias mais voláteistambém representam mais risco.
\uf0a7 Ambiente \u2013 ventilação, exaustão, presença de anteparos e outrascondições no local, podem diminuir o contato do homem com assubstâncias.
\uf0a7 Organização do trabalho \u2013 a forma como o trabalho é organizadopode implicar em um número menor de pessoas envolvidas emoperações de maior risco ou maior proximidade da fonte tóxica.
20/09/2017
3
PROTEÇÃO DO TRABALHADOR
Procedimentos \u2013 a maneira de realizar determinadas ações
representa maior ou menor risco, e esta é uma das bases do
procedimento seguro.
Equipamentos \u2013 a manutenção dos equipamentos é importante
no controle de risco, uma vez que contribui para a prevenção de
acidentes que envolvam vazamentos e outros eventos de risco.
Uso de E.P.I \u2013 o equipamento de proteção individual impede o
contato entre o agente tóxico e o organismo humano e assim
reduz o risco tóxico.
20/09/2017
4
LEGISLAÇÃO E NORMAS 
REGULAMENTADORAS \u2013 NR\u2019s
As Normas Regulamentadoras são de observância obrigatória,
tanto para as empresas, pessoas jurídicas, quanto por qualquer outro
que possua empregados regidos pela CLT.
A seguir estão relacionadas todas as Normas
Regulamentadoras vigentes no Brasil:
\uf0a7 NR 1 \u2013 Disposições Gerais: especifica as competências do poder
público, das empresas e dos empregados quanto à preservação da
saúde do trabalhador.
\uf0a7 NR 2 \u2013 Inspeção Prévia: estabelece procedi- mentos para a
aprovação de instalações, antes que um novo estabelecimento
entre em atividade.
Normas Regulamentadoras
\uf0a7 NR 3 \u2013 Embargo ou Interdição: confere poderes para interrupção de
atividades que apresente grave e iminente risco de acidentes
\uf0a7 NR 4 \u2013 SESMT: estabelece as exigências e critérios para
constituição do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança
e Medicina do Trabalho.
\uf0a7 NR 5 \u2013 CIPA: estabelece as exigências e critérios para constituição
da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes.
\uf0a7 NR 6 \u2013 EPI: estabelece as exigências feitas às empresas e aos
empregados com relação ao uso dos equipamentos de proteção
individual.
20/09/2017
5
\uf0a7 NR 7 \u2013 PCMSO: estabelece as diretrizes para elaboração eimplementação do Programa de Controle Médico de SaúdeOcupacional.
\uf0a7 NR 8 \u2013 Edificações: estabelece critérios mínimos a seremobservados nas edificações, visando garantir a segurança e oconforto das pessoas que ali trabalharão.
\uf0a7 NR 9 \u2013 PPRA: estabelece as diretrizes para elaboração eimplementação do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais.
\uf0a7 NR 10 \u2013 Instalações e Serviços em Eletricidade: especificaexigências mínimas com vistas a garantir a segurança dostrabalhadores cujas atividades envolvam o manuseio deinstalações elétricas, em suas diversas etapas, incluindo projeto,execução, operação, manutenção, reforma, ampliação e ainda asegurança de usuários e de terceiros.
Normas Regulamentadoras
\uf0a7 NR 11 \u2013 Transporte, Movimentação, Armazenagem e Manuseio de
Materiais: estabelece requisitos de segurança para operações de
elevadores, guindastes, transportadores industriais e máquinas
transportadoras.
\uf0a7 NR 12 \u2013 Máquinas e Equipamentos: estabelecem critérios para o
uso seguro de máquinas e equipamentos, incluindo sistemas de
proteção, dispositivos de acionamento e arranjo físico.
\uf0a7 NR 13 \u2013 Caldeiras e Vasos de Pressão: especifica as exigências de
operação e manutenção de caldeiras e vasos de pressão, incluindo
a o treinamento e a habilitação dos operadores.
\uf0a7 NR 14 \u2013 Fornos: especifica as exigências de uso e manutenção em
fornos industriais que utilizem combustíveis gasosos ou líquidos.
Normas Regulamentadoras
20/09/2017
6
\uf0a7 NR 15 \u2013 Atividades e Operações Insalubres: trata das atividades
que, por conclusão de investigações técnicas, qualitativas ou
quantitativas, possam gerar condições insalubres decorrentes de
agentes de risco de natureza física, química ou biológica.
\uf0a7 NR 16 \u2013 Atividades e Operações Perigosas: trata das atividades
que, mediante investigações técnicas, exponham os trabalhadores
a riscos envolvendo explosivos, inflamáveis, radiações ionizantes
e eletricidade.
\uf0a7 NR 17 \u2013 Ergonomia: estabelece critérios que permitam a
adaptação das atividades laborativas às condições
psicofisiológicas dos trabalhadores, visando ao conforto,
segurança e eficiência desses trabalhadores.
\uf0a7 NR 18 \u2013 Condições e Meio Ambiente do Trabalho na Indústria da
Construção: estabelece diretrizes com vistas à implementação de
medidas de prevenção de acidentes nas atividades de construção
civil.
Normas Regulamentadoras
\uf0a7 NR 19 \u2013 Explosivos: especifica as exigências para manuseio e
armazenamento de explosivos.
\uf0a7 NR 20 \u2013 Líquidos Combustíveis e Inflamáveis: especifica as
exigências para manuseio e armazenamento de líquidos
combustíveis e inflamáveis, inclusive gás liquefeito de petróleo.
\uf0a7 NR 21 \u2013 Trabalhos a Céu Aberto: estabelece as exigências com
vistas à proteção dos trabalhadores contra as intempéries.
\uf0a7 NR 22 \u2013 Segurança e Saúde Ocupacional na Mineração:
estabelece as exigências a serem cumpridas com vistas a tornar
compatível o planejamento e o desenvolvimento da atividade de
mineração com a busca permanente da segurança e saúde dos
trabalhadores.
Normas Regulamentadoras
20/09/2017
7
\uf0a7 NR 23 \u2013 Proteção Contra Incêndios: estabelece os procedimentos
para prevenção e combate a incêndios, visando à segurança das
instalações e das pes- soas nos locais de trabalho.
\uf0a7 NR 24 \u2013 Condições Sanitárias e de Conforto nos Locais de
Trabalho: regulamenta as exigências com relação às instalações
sanitárias, incluindo banheiros, alojamentos, refeitórios, chuveiros,
vestiários, cozinha, etc., a fim de assegurar condições de conforto e
higiene dos trabalhadores.
\uf0a7 NR 25 \u2013 Resíduos Industriais: estabelece as exigências feitas às
empresas com relação à liberação de poluentes na forma de
energia, gases, líquidos ou sólidos nos ambientes de trabalho ou no
ambiente externo.
Normas Regulamentadoras
\uf0a7 NR 26 \u2013 Sinalização de Segurança: estabelece procedimentos aserem seguidos pelas em- presas com vistas a padronizar assinalizações educativas e de advertência, dentro dosestabelecimentos, de modo a visar à prevenção de acidentes.
\uf0a7 NR 27 \u2013 Registro Profissional do Técnico de Segurança noMinistério do Trabalho: trata, exclusivamente, do registroprofissional do técnico de segurança do trabalho no Ministério doTrabalho e Emprego.
\uf0a7 NR 28 \u2013 Fiscalização e Penalidades: estabelece as penalidades eos critérios de aplicação das mesmas, para o caso de não cumpri-mento das normas regulamentadoras (NR).
\uf0a7 NR 29 \u2013 Segurança e Saúde no Trabalho Portuário: trata,exclusivamente, da prevenção de acidentes de trabalho e doençasassociadas ao trabalho dos empregados que exercem atividadesportuárias.