Segurança Aula 3
12 pág.

Segurança Aula 3

Disciplina:Qsms - Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde32 materiais91 seguidores
Pré-visualização2 páginas
12/09/2017

1

Técnico em Química

Segurança, Meio Ambiente e Saúde
Prof. Edil Lins
Aula 3

1

Fatores para ocorre um Acidente
As Pessoas

O trabalhador é, geralmente, o elemento humano envolvido
diretamente na maioria dos acidentes, com dano material ou pessoal, e
a sua ação de fazer ou não alguma coisa pode ser considerada como
o fator de causa imediata do acidente.

Os Equipamentos

Incluem as ferramentas e máquinas utilizadas pelo trabalhador
na execução de seu trabalho. Este elemento ou subsistema tem sido
uma das fontes principais de acidentes e desde o início do movimento
de segurança industrial é o alvo principal das leis, normas e
regulamentos relacionados com proteções, inspeções e treinamento do
pessoal.

12/09/2017

2

Fatores para ocorre um Acidente
O Ambiente

É formado por tudo o que circunda as pessoas. Geralmente,
relaciona-se com a iluminação, com o ruído, com a vibração, com as
condições atmosféricas, etc. Relaciona-se também com problemas de
saúde ocupacional. O ambiente tem sido apontado como uma das
grandes causas de acidentes imediatos, e que está diretamente
relacionado com a ausência e má qualidade do trabalho.

O Material
A adequação dos materiais ou substâncias com as quais as

pessoas trabalham, usam, fabricam ou manuseiam, são outras das
grandes causas dos acidentes, especialmente os relacionados com
doenças profissionais devido à exposição a substâncias tóxicas ou por
problemas decorrentes dos produtos fabricados.

Categorias dos acidentes
Os acidentes são provocados por várias causas que

podem ser destacadas em três principais categorias:
 Erro de conhecimento: há uma deficiência ou de material

ou no ambiente que não é conhecida;

 Erro de avaliação: risco envolvido no material ou ambiente
foi estimado, durante a sua implantação, como sendo
menor do que realmente se apresentava;

 Erro de gerenciamento: as deficiências e os riscos são
conhecidos e mesmo assim, decide-se pela ação do
trabalho.

12/09/2017

3

Dominó BIRD

Nas causas ou origens dos acidentes é muito
utilizada a sequência do Dominó de BIRD para comunicar
os princípios da prevenção de acidentes e controle de
perdas. Serve para simbolizar a relação direta que existe
entre a administração e as causas e entre os efeitos das
perdas, produto de acidentes.

As pedras estão associadas a cinco
fases:

1ª Pedra 2ª Pedra 3ª Pedra 4ª Pedra 5ª Pedra

Falta de
Controle Origens Sintomas Contato

Pessoas /
Propriedades

↓ ↓ ↓ ↓ ↓
Causas

Administrativas
Causas
Básicas

Causas
Imediatas Acidente Perdas

12/09/2017

4

BIRD

O modelo de Dominó de BIRD mostra as causasadministrativas de acidentes ou a falta de controle, que é ainexistência de ações gerenciais. Consequentemente,essas causas permitem o aparecimento de causas básicase imediatas e, através de uma reação em cadeia, têmcomo consequência um incidente ou acidente.
Este sempre está relacionado com perdas, as quaisafetam as pessoas, a propriedade, o meio ambiente, etc.Por outro lado, a análise das causas imediatas e básicasde um acidente ou incidente ocorrido permite que sedescubram as causas administrativas do evento e assimse determinem os controles ou as ações gerenciaisadequadas que deverão ser implementadas.

Falta De Controle  Causas Administrativas:

São representadas como falta de controle dagerência; são as ações que devem ser tomadas pelogerente, supervisor, chefe, na execução de seu trabalho.As falhas administrativas mais frequentes que causamperdas, acidentes e danos materiais são:
 Não fazer inspeções sobre as condições do ambiente eda área de trabalho;
 Não treinar os trabalhadores novos sobre a maneiracorreta de operar o equipamento;
 Não analisar e nem observar se o trabalho está sendodesenvolvido correta- mente;

12/09/2017

5

Falta De Controle  Causas Administrativas:

 Não revisar os procedimentos de trabalho;
 Inexistência de procedimentos de trabalho adequadospara todas as tarefas;
 Não acompanhar as variações de estado físico-psicológico dos subordinados no cotidiano do trabalho;

Origens  Causas Básicas:

São as origens dos atos e condições abaixo dos
padrões que levam aos acidentes. Existem e são
conhecidos atos e condições, num determinado estágio já
desenvolvido e aceito como seguro, sendo suficiente para
a realização de um trabalho, sem expor a saúde e nem
agredir fisicamente o trabalhador.

12/09/2017

6

É possível dividir as causas básicas em:

.

Fatores Pessoais Fatores do Trabalho

 Falta de conhecimento 
ou capacidade para a 
tarefa;

 Falta de habilidade para 
executar a tarefa; 

 Falta de motivação ou 
motivação inadequada;

 Problemas físicos, 
psicológicos ou mentais.

 Liderança ou supervisão inadequada; 

 Normas e procedimentos 
inadequados de trabalho;

 Compras inadequadas;

 Manutenção inadequada;

 Projetos errados, mal dimensionados; 

 Ferramentas, equipamentos, 
materiais inadequados.

Sintomas  Causas Imediatas:
São as razões que levaram a existência dos atos e condições

abaixo do padrão, que são sintomas de falhas administrativas.

 Ato abaixo do padrão - ato do funcionário que, com ou sem
intenção, despreza os procedimentos ou práticas corretas e, dessa
maneira, reduz a sua segurança e a do próprio trabalho. Temos
como exemplos: postura inadequada no trabalho, uso de
ferramentas improvisadas, não uso dos equipamentos de proteção.

 Condição abaixo do padrão - é a condição que gera um ambiente
propício para a ocorrência de um acidente. Temos por exemplo:
defeito no equipamento, falta de limpeza e conservação, não
fornecimento de E.P.I’s, maquinário com proteção inadequada.

12/09/2017

7

 Contato  Acidente:
Quando ocorre um evento não desejado einesperado.

 Pessoas/Propriedades  Perdas:
É a consequência do acidente que pode acontecercom as pessoas ou com a propriedade, com o processo defabricação ou com o ambiente.
O acidente é difícil de prever, assim como suasconsequências, sejam lesões, doenças, danos ao patrimônioou deterioração do processo produtivo.

CUSTO DOS ACIDENTES
Os itens que podem ser incluídos no custo de um

acidente variam de empresa para empresa, na tabela a
seguir, listamos alguns:

CUSTO DEFINIÇÃO

Custo dos 
danos 

materiais

Indica o que foi danificado após o acidente ocorrer, incluindo
máquinas, equipamentos, edificações, ferramentas, produtos,
matérias‐ primas, etc.

12/09/2017

8

Custo do Salário 
do Acidentado

O período em que o acidentado não trabalhar, deverá ser computado em
termos de horas em relação ao custo destas horas.

Custo do 
Atendimento 

Médico

Deverá ser incluído o custo do pessoal médico (Médico, Enfermeiro, etc.) mais os
recursos utilizados para o atendimento (medicamentos, produtos cirúrgicos,
ambulâncias, exames, etc.).

Custo da Quebra 
de Produção

O período que o acidentado não produzir deverá ser calculado em termos
monetários. Normalmente este é o maior fator contributivo no custo total.

Custo de Encargos 
Sociais É o valor das despesas de encargos sociais que a empresa tem com o acidentado.

CUSTO DOS ACIDENTES

Custo de 
Reparação / 
Manutenção

É o custo do conserto pela manutenção ou terceiros,
que o acidente gerou na empresa.

Custo de 
Transporte / 
Hospital

No caso de internamento em hospital, calcular o custo
com o mesmo mais o transporte.

Outros 
Custos

Todos os outros custos, que porventura sejam
detectados, poderão entrar neste item.

CUSTO DOS ACIDENTES

12/09/2017

9

Os custos dos acidentes no Brasil
dividem-se em diretos e indiretos.

Custo Direto é o que se gasta com as despesas
médico-hospitalares, como o auxílio doença. O Custo
Indireto decorre dos prejuízos materiais, paralisação da
produção, queda de produtividade geral, dias de trabalho
perdidos, custos sociais, etc.

ATOS E CONDIÇÕES INSEGURAS