A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
2. Sistemas Informações Organizações

Pré-visualização | Página 1 de 3

1 
2. SISTEMAS DE INFORMAÇÕES NAS ORGANIZAÇÕES 
 
2.1. SISTEMAS DE APOIO ÀS OPERAÇÕES 
 
2.1.1. SISTEMAS COLABORATIVOS 
 
Os sistemas colaborativos nas empresas nos oferecem ferramentas para nos ajudar a 
colaborar, comunicando idéias, compartilhando recursos, e coordenando nossos esforços 
de trabalho cooperativo como membros de muitos processos formais e informais e 
equipes e grupos de trabalho de projetos que compõem muitas organizações atuais. 
A meta dos sistemas colaborativos é ajudar a: 
 Comunicar - compartilhar informações com outros 
 Coordenar - coordenar esforços individuais e utilização compartilhada de recursos 
 Colaborar - trabalhar cooperativamente em projetos e tarefas comuns 
 
Ferramentas para Colaboração nas Empresas: 
As tecnologias da Internet estão fornecendo o hardware, o software, os dados e as 
plataformas de rede para muitas das ferramentas de groupware de colaboração que os 
usuários de empresas desejam. 
 
a) Ferramentas de Comunicação Eletrônica 
Abrange o e-mail, o correio de voz, o envio de fax, a publicação na Web e os sistemas de 
telefonia pela Internet. Essas ferramentas possibilitam o envio de mensagens, 
documentos e arquivos de dados, texto, voz, ou multimídia em redes de computadores, 
com seus colegas de equipe, onde quer que eles estejam. 
 
b) Ferramentas de Conferência Eletrônica 
Os membros de grupos de trabalho em diferentes locais podem trocar idéias 
interativamente, ao mesmo tempo ou em momentos diferentes, graças a uma variedade 
de métodos. As opções de conferência eletrônica também incluem sistemas eletrônicos 
de reunião, no qual os membros de uma equipe podem encontrar-se num mesmo tempo e 
lugar num ambiente de sala de decisões. São exemplos: whatsapp, videoconferência, 
sistemas de bate-papo, fóruns de discussão, sistemas de reunião eletrônica, etc. 
 
c) Ferramentas de Administração do Trabalho em Colaboração 
Ajudam as pessoas a executar ou a controlar atividades do trabalho do grupo. 
 Ferramentas de agendamento e programação; 
 Gerenciamento de atividades e projetos; 
 Sistemas de fluxo de trabalho; e 
 Ferramentas de gerenciamento do conhecimento. 
 
2.1.2. SISTEMAS DE PROCESSAMENTO DE TRANSAÇÃO (SPT) 
 
Os SPT são sistemas que servem o nível operacional da organização, monitorando as 
atividades diárias ou normais de uma empresa. O principal objetivo dos SPT é responder 
a questões rotineiras e acompanhar o fluxo de transações através da organização como: 
 Quantas peças existem em estoque? 
 O que aconteceu com o pagamento de tal funcionário? 
 Quantos empregados foram pagos no mês? 
 
2 
Os SPT capacitam as organizações a executar suas atividades mais importantes de 
maneira mais eficiente. Esses sistemas são importantes fornecedores de dados para o 
nível operacional da empresa e também para os níveis mais elevados da empresa. 
 
Alguns exemplos de SPT 
 Sistema de reserva de hotel, 
 Cadastro de clientes, 
 Folha de pagamento, 
 Cadastro de matéria-prima, 
 Processamento de pedidos, 
 Controle de produção, 
 Controle de estoques, 
 Contas a pagar e receber, 
 Controle de pontos de funcionários, 
 Expedição de material, 
 Controle de notas de alunos, 
 Controle de empréstimo de livros, 
 Controle de vendas, 
 Cadastro de colaboradores. 
 
Características dos SPT 
 Entrada e alimentação de dados 
 Processamento e armazenamento 
 Geração de documentos 
 Grande quantidade de dados de entrada e de saída 
 Necessidade de processamento eficiente (on-line ou em lote) 
 Alto grau de repetição no processamento 
 Computação simples 
 Necessidade de auditoria e problemas relacionados com segurança 
 
As atividades do SPT compreendem a: 
 Coleta (entrada) de dados: pode ser manual ou automatizada 
 Edição de dados: validação e integridade 
 Correção de dados: erros diversos 
 Manipulação dos dados: cálculos, classificação, disposição... 
 Armazenamento: guarda dos dados em um ou mais bancos de dados 
 Produção de documentos: podem ser impressos ou na tela do computador 
 
 
2.2. VANTAGEM ESTRATÉGICA 
 
2.2.1. Vantagem Estratégica Competitiva 
 
Os SI devem ser vistos como algo mais do que um conjunto de tecnologias que apoiam a 
colaboração entre grupos de trabalho e empresas, as operações eficientes ou a tomada 
de decisões gerenciais eficazes. A TI pode alterar o modo como as empresas competem. 
Por isso, você deve encarar os SI estrategicamente, ou seja, como redes competitivas 
vitais, como um meio de renovação organizacional e como um investimento necessário 
em tecnologias que ajudam uma empresa a alcançar seus objetivos estratégicos. 
 
3 
Conceito de Estratégia Competitiva 
O papel estratégico dos SI envolve utilizar a TI para desenvolver produtos, serviços e 
capacidades que confiram a uma empresa vantagens estratégicas sobre as forças 
competitivas que ela enfrenta no mercado mundial. 
Um sistema estratégico pode ajudar uma organização a: 
 Obter uma vantagem competitiva; 
 Reduzir uma desvantagem competitiva; 
 Alcançar outros objetivos estratégicos. 
 
Qual o papel da Tecnologia da Informação (TI) 
A velocidade, a capacidade de processamento e armazenamento dos dados e das 
informações, a fácil utilização do hardware, software e das redes de computadores 
modernos podem aumentar a eficiência dos processos empresariais, as comunicações e 
a colaboração entre as pessoas responsáveis por seu funcionamento e administração. 
 
2.2.2. Melhorando os Processos Empresariais 
 
Rápidas transformações no mundo globalizado influenciam em necessidades de 
mudanças nas organizações, pelo crescente poder e declínio do custo da TI, além do 
relacionamento dos sistemas e organizações, resultante da crescente complexidade dos 
sistemas e suas aplicações. 
Os investimentos em TI podem ajudar a tornar mais eficientes os processos operacionais 
de uma empresa e muito mais eficazes os seus processos gerenciais. Ao realizar essas 
melhorias em seus processos empresariais, uma empresa pode ser capaz de: 
 Drasticamente reduzir custos; 
 Melhorar a qualidade e o atendimento ao cliente; 
 Desenvolver produtos inovadores para novos mercados. 
 
a) Promovendo a Inovação Empresarial 
Os investimentos em tecnologia dos SI podem resultar no desenvolvimento de produtos, 
serviços e processos. Isto pode: 
 Gerar novas oportunidades de negócios; 
 Possibilitar que uma empresa se expanda para novos mercados; 
 Permitir que uma empresa se expanda para novos segmentos de mercados. 
 
b) Desenvolvendo uma Base Estratégica de Informações 
Os SI permitem que uma empresa desenvolva uma base estratégica de informações para 
apoiar as estratégias competitivas da empresa. O banco de dados de uma empresa é 
considerado um recurso estratégico que é utilizado para apoiar o planejamento 
estratégico, o marketing e outras iniciativas estratégicas. 
 
c) Alavancando o investimento em Tecnologia da Informação (TI) 
Investindo em TI avançados para melhorar sua própria eficiência, as empresas 
conseguem desenvolver novos produtos e serviços que não seriam possíveis sem uma 
forte capacidade de TI. Intranets e extranets corporativos possibilitam às empresas 
alavancar seus investimentos anteriores em navegadores de Internet, sistemas de 
computador, servidores e redes. 
 
2.2.3. Reengenharia de Processos Empresariais 
 
4 
É a reformulação fundamental e reestruturação radical dos processos empresariais para 
obter melhorias drásticas no custo, qualidade, velocidade e atendimento. 
É uma das estratégias competitivas mais populares atualmente, quase sempre chamada 
simplesmente de reengenharia. 
Combina uma estratégia de promoção da inovação empresarial com uma estratégia de 
realização de melhorias importantes nos processos empresariais de forma