Atividade 4.2 História da Educação

Atividade 4.2 História da Educação

Disciplina:História da Educaç194 materiais157 seguidores
Pré-visualização1 página
Atividade 4.2 - Os desafios da educação: uma história a ser (re)construída
Nome: Flávia de Abreu Cesário – T112 – Itamonte.

Escreva um texto, relacionando os conhecimentos adquiridos nesta disciplina buscando responder às seguintes questões:

A partir de um olhar sobre as permanências e mudanças ocorridas no pensamento educacional, quais os principais desafios a vencer? De que forma o documento elaborado pela UNESCO contribui com essas questões?

A história da educação pode contribuir para indicar caminhos a seguir sobre questões educacionais do nosso tempo?

Que reflexões/análises o vídeo nos permite fazer sobre os pilares da educação.

Os desafios da educação atual

Ao longo dos anos o processo educacional perpassou por inúmeras mudanças, e acredito que tais mudanças são infindáveis, visto que o ensino visa abarcar a realidade dos estudantes, de acordo com a época em que vivem, seus interesses, fatores socioeconômicos, avanços tecnológicos e demais fatores que permeiam o âmbito escolar e que contribuem para a construção dos indivíduos como cidadãos.
Diante disso, surgem problemáticas acerca dos professores, alunos, métodos pedagógicos, livros didáticos, sistema educacional, iniciativas governamentais, como falta de recursos, verbas escassas, preparo do corpo docente – educação continuada – valorização profissional, relações interpessoais, mas em concordância com Aranha (1996), a pior crise dentre todas as supracitadas, é a intitulada “crise de paradigmas”, que pode ser a causadora de muitos outros problemas, pois tende a engessar tanto alunos, como professores, pelo medo da mudança, do novo, pelo comodismo e do ato falho ao pensar que o que já vem sendo feito de determinada forma, tem dado certo, para quê mudar?
Como caráter ajutório, o documento da UNESCO, tendo em vista as constantes transformações no mundo atual, viu a necessidade da elaboração desse documento, que evidencia o termo “responsabilidade social”, como principio essencial na formação dos alunos educando-os ativamente para o convívio na sociedade democrática, afim de que promovam as mudanças que propiciarão a igualdade e justiça social.
O estudo da História da Educação se faz indispensável para as reflexões no que concerne à educação contemporânea, pois oferece uma visão ampla no sentido do desenvolvimento das práticas, métodos, e de todos os aspectos que estão inseridos na sociedade como um todo. De um modo geral, História vem a ser o registro de todos os acontecimentos que envolvem um povo, o reconto das raízes das gerações futuras e a explicação para inúmeras mudanças nos hábitos, costumes e demais características que indicam a identidade peculiar de cada povo.
	Os quatro pilares da educação elaborados por Jacques Delors, em 1998, tem o intuito de proporcionar aos alunos e professores um mundo (na escola e fora dela) melhor, produtivo, justo e agradável para todos, pois competem em: aprender a conhecer; aprender a fazer; aprender a viver juntos; e aprender a ser.
O vídeo intitulado “Aprender a aprender” nos remete a um misto de todos os quatro pilares juntos, pois ao fazer parte do processo de aprendizagem, o aluno conhece o novo, faz suas próprias reflexões, desenvolve-se nas formas das relações sociais e, sobretudo, molda-se como ser único, autêntico e possuidor de uma bagagem cultural e social peculiar, que o torna especial e o diferencia dos demais, bem como descobre-se como indivíduo cumpridor de seus direitos e deveres dentro do âmbito social.

Referências Bibliográficas:

Webartigos – Disponível em: http://www.webartigos.com/artigos/a-educacao-em-seu-contexto-historico-desafios-da-educacao-publica-brasileira-frente-ao-terceiro-milenio/16486/ <acesso em 05/07/2015>.
Scielo – Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-32832011000400017&script=sci_arttext <acesso em 05/07/2015>.

UNESDOC – Disponível em: http://unesdoc.unesco.org/images/0010/001095/109590por.pdf <acesso em 05/07/2015>.

YouTube – Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=Pz4vQM_EmzI <acesso em 05/07/2015>.