A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
Projeto e Relatorio

Pré-visualização | Página 1 de 4

UNIVERSIDADE ANHANGUERA – UNIDERP
CENTRO DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
POLO: BOA VIAGEM – CE
CURSO: SERVIÇO SOCIAL
ESTÁGIO SUPERVISIONADOII
VITÓRIA DE ARAÚJO CARNEIRO - RA 2708177596
PROJETO DE INTERVENÇÃO – Estágio II 
DADOS DA INSTITUIÇÃO CONCEDENTE:
- Prefeitura Municipal de Boa Viagem – CE / Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Vânia Araújo da Silva (CREAS) 
- CNPJ: 07.963.515/0001-36
- Endereço: Rua Antônio Queiroz, n° 237,Centro-Boa Viagem,Ceará. 
- CEP: 63.870-000
- Telefone: (88) 3427-1425
- E-mail: creas.bv@hotmail.com
- Representante legal: Gardel Carneiro Pinto (Coordenador do CREAS) 
- Descrição: No centro de Referência Especializado de Assistência Social sempre chegam muitos casos que vão desde negligências, exploração patrimonial, abandono, situações de rua, violências tanto psicológica, como física e sexual, além das abordagens realizadas, das denúncias que chegam até o equipamento e também dos casos em análises. No município de Boa Viagem, CE, o CREAS foi inaugurado em 04 de junho de 2009, o prédio atual não segue as recomendações da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS), no entanto já se encontra em construção a nova sede do CREAS, atendendo a todas as recomendações necessárias para que assim possa ofertar um trabalho social especializado no Sistema Único de Assistência Social (SUAS), oferecer atividades e atenções para as famílias em serviços socioassistenciais, saúde, educação e em diversas políticas públicas.
2. DADOS DO PROJETO
 Título do Projeto
Acessibilidade do Idoso ao Passe Livre Intermunicipal.
 Local e desenvolvimento das atividades
 
A intervenção será através de palestra sócio-educativa e distribuição de panfletos no Centro Comunitário da referida cidade, localizado na Rua Antônio Queiroz N° 237 , Bairro centro, no município de Boa Viagem - CE
 Área de abrangência 
Através do Estágio Supervisionado, surgiu o interesse pelo tema a partir das demandas apresentadas durante os atendimentos da equipe interdisciplinar do Centro de Referência Especializado de Assistência Social ( CREAS), com recorte acessibilidade do idoso ao Passe Livre Intermunicipal. No Centro Comunitário localizado na Rua Antônio Queiroz na cidade de Boa Viagem – CE, composto por cerca de cinquenta (50) idosos, foram entrevistados no Diagnóstico Social vinte (20) idosos de ambos o sexo. Durante o processo foi fundamental a participação da equipe técnica do CREAS, da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (SETAS), e principalmente das estagiárias de Serviço Social do 6° semestre da Universidade da Anhanguera, polo Boa Viagem – CE. Outro aspecto relevante para viabilização do projeto foi à articulação com os serviços ofertados pelo CREAS. Dentro dessa perspectiva, consideramos que existe dificuldade na garantia de direitos e destacamos que se tratarmos o período da terceira idade de maneira respeitosa e justa, o país tomará novos rumos culturais de modo que toda a sociedade sairá beneficiada.
 Problema Diagnosticado
Como favorecer os idoso a terem acesso aos seus direitos na hora de viajar?
 Objetivo Geral:
 Com esta intervenção acadêmica, é pretendido aumentar o respeito e valorização da pessoa idosa juntamente com os representantes das empresas de linha de ônibus e demais pessoas da sociedade.
Objetivos Específicos:
Conhecer e analisar as condições de vida objetiva e subjetiva vivenciadas pelos idosos participantes e contribuir para o planejamento e elaboração de uma proposta de intervenção interdisciplinar de direitos e expressão de sua voz.
Propor o reconhecimento de que o idoso participante do grupo de convivência está reinserido na sociedade e que esse exercício da prática social com compromisso com o bem-estar individual e coletivo que poderá favorecer um envelhecimento bem sucedido no qual o idoso adentra num cenário político, garantindo-lhes maior autonomia, realização pessoal que contribuem para a construção de uma nova mentalidade, uma melhor percepção de suas condições de vida.
Justificativa
Foi por estes os motivos que instigou à realização de uma investigação científica que retratasse a situação de idosos participantes de comunidades organizadas levando-se em conta a complexidade presente nos fatos sociais, que representam experiências já vividas como resultados de sua história que busque a sensibilidade de uma transformação para a melhoria das condições de vida, repensando a realidade hegemônica vigente e apresentando propostas que encaminhem mudanças no resgate à cidadania do idoso na sociedade brasileira. Nesse sentido o Estatuto do idoso Art.9° traz: “ É obrigação do Estado garantir a pessoa idosa a proteção a vida e a saúde, mediante efetivação e políticas sociais públicas que permitam um envelhecimento saudável e em relações de dignidade”.
 A partir do exposto, o presente projeto de intervenção pretende conhecer e analisar as condições de vida vivenciadas pelos idosos participantes do grupo de convivência vinculado pela o SETAS ( Secretaria de Trabalho e Assistência Social) do município de Boa Viagem/CE e contribuir para a elaboração e uma proposta de intervenção interdisciplinar junto à população idosa da nossa cidade na perspectiva de uma melhor interação Universidade-Comunidade, através da educação para a vida e que atendam a necessidade integral do ser idoso participante. Acreditamos que este estudo é importante para o Serviço Social como campo de atuação com as demais políticas públicas e buscaremos oferecer também produção científica.
Público-Alvo : 
Idosos do Centro Comunitário de Boa Viagem/CE.
Descrição do espaço físico e dos recursos institucionais, físicos, materiais e humanos necessários para o desenvolvimento das atividades.
 
 Será utilizado para apresentação do projeto, a palestra que será ministrada pela assistente social do CREAS Thaiane Vasconcelos, advogada e psicóloga da rede de proteção básica e especial do município. Referente aos recursos materiais: data show, notebook, panfletos, bingo, água e luz.
Relação de Atividades e datas de execução
 
Serão realizadas na data prevista de 03 de março á 31 de maio de 2019 uma palestra e distribuição de panfletos sobre o Estatuto do idoso e também sobre o Passe Livre Intermunicipal, que fica , assegurado no Art.39. Aos idosos maiores de 65 ( sessenta e cinco) anos a gratuidade dos transportes coletivos públicos urbanos e semi urbanos, para ter acesso à gratuidade, basta que o idoso apresente documento pessoal que faça prova de sua idade. Após realizaremos um bingo com sorteio de prêmios e o encerramento com coffee break.
Parceiros Técnicos / Financeiros
 
 Tendo a parceria técnica da assistente social Thaiane Vasconcelos e a psicóloga Karine Suellane e a advogada Nagila Fonseca como palestrantes, financeiros e custeados pelas estagiárias de Serviço Social do CREAS 
Produtos dos Projetos
 Inicialmente foi realizado o mapeamento dos (as) idosos do Centro Comunitário do município de Boa Viagem/CE; perfazendo um total de 50 idosos acima dos 60 anos. Sendo realizado um sorteio, onde apenas 20% foram convidados a participarem desse estudo, e que tornaram-se os sujeitos do Diagnóstico Social. O instrumento utilizado para o trabalho foi questionário, onde ocorreu em lugar previamente marcado de acordo com a conveniência do sujeitos (as), foram analisados estatisticamente e demonstrados no breve relatório, juntamente com a ideia da intervenção.
Impactos Esperados
 
Por meio da intervenção e através da palestra procuramos contribuir sobre seus direitos de idoso, percebemos que se eles tivessem acesso ao Estatuto do Idoso não passariam por tantas privações em relação aos seus direitos. Espera-se que o Estado, a família e a sociedade, como um todo,assumam o seu papel frente á política do idoso, principalmente no tocante ao