Mecânica Técnica - Hibbeler  (cap. 1 e 2)
17 pág.

Mecânica Técnica - Hibbeler (cap. 1 e 2)


DisciplinaMecânica Técnica254 materiais2.744 seguidores
Pré-visualização1 página
MECÂNICA TÉCNICA ESTÁTICA
Os dados deste conteúdo foram retirados do livro Hibbeler
Estática Mecânica para Engenharia, 12ª ed.
Livro: http://twixar.me/jKQ3
Informações
Sumário
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
1.1 - Mecânica 
1.2 - Quantidades básicas utilizadas na 
Mecânica
1.3 - Unidades de medida no SI (Sistema 
Internacional de Unidades)
1.4 - Prefixos
Cap. 2 \u2013 Vetores de Força
2.1 - Escalares e vetores
2.2 \u2013 Adição e subtração de um sistema de 
forças coplanares
2.3 \u2013 Resultante de forças coplanares
2.5 \u2013 Vetores Cartesianos
2.7 \u2013 Vetores Posição
2.8 \u2013 Vetor força orientado ao longo de uma 
reta
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
1.1 - Mecânica
É o estudo do estado de repouso ou movimento de corpos sujeitos às forças. Se divide em:
\u2022 Mecânica dos corpos rígidos (ou Mecânica Técnica);
\u2022 Mecânica dos corpos deformáveis e,
\u2022 Mecânica dos fluidos.
A Mecânica Técnica se dedica ao estudo dos corpos rígidos. Se divide em Estática e Dinâmica.
\u2022 Estática \u2013 trata do equilíbrio do corpo (repouso ou em movimento com velocidade
constante);
\u2022 Dinâmica \u2013 trata do movimento acelerado dos corpos.
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
Mapa mental:
1.2 - Quantidades básicas utilizadas na Mecânica
\u2022Comprimento: localizar a posição de um ponto no espaço;
\u2022Tempo: sucessão de eventos;
\u2022Massa: quantidade de matéria;
\u2022Força: \u201cempurrão\u201d ou \u201cpuxão\u201d exercido por um corpo sobre outro.
Ex.: P (Força Peso) = m * g
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
1.3 - Unidades de medida no SI (Sistema Internacional de Unidades)
Distância Tempo Massa Força
Metro Segundo Quilograma Newton
(m) (s) (kg) (N ou Kg*m/s2)
Lembre-se também que:
Aceleração da 
gravidade (g) \u2248 9,81 m/s2
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
1.4 - Prefixos
Múltiplos 
Formas Exponenciais
109 
1000 000 000
106
1000 000
103
1000
Prefixo / Símbolo SI Giga (G) Mega (M) Quilo (k)
Submúltiplos
Formas Exponenciais
10-3
0,001
10-6
0,000001
10-9
0,000000001
Prefixo / Símbolo SI Mili (m) Micro (µ) Nano (n)
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
Macete para não esquecer os prefixos...
* Faça uma abreviatura com a primeira letra dos nomes:
Giga 
Mega
Quilo 
Mili
Micro 
Nano 
POSITIVOS / NEGATIVOS
GMQ / MMN
* Lembre-se de começar com 9, ir decrescendo, até 
terminar com -9. 
POSITIVOS / NEGATIVOS
GMQ / MMN
109
106 10
3 10-3
10-6 10
-9
Cap. 1 \u2013 Princípios gerais
Cap. 2 \u2013 Vetores de força
2.1 - Escalares e vetores
\u2022 Escalar: é qualquer quantidade física, positiva ou negativa, especificada por sua intensidade
(tamanho).
Ex.:
Comprimento = 2m
Massa = 3 kg
Tempo = 5s
\u2022 Vetor: é qualquer quantidade física que requer intensidade e direção para sua completa
descrição.
Ex.:
(força) = (50 î + 20 \u135 \u2013 10 K) N
F = escalar
e F = vetor
Cap. 2 \u2013 Vetores de força
= 200KN \u3b1 = 30°
2.1 - Escalares e vetores
= 50 î + 20 \u135 \u2013 10 K (vetor)
= 120KN (Intensidade)
\ud835\udf03 (ângulo teta) = direção do vetor
Sentido do vetor
\u2022 Intensidade do vetor -> tamanho dele (metros, centímetros, etc.);
\u2022 Direção do vetor (\ud835\udf03) -> se está na horizontal ou vertical;
\u2022 Sentido -> da direita para a esquerda, de A para B.
Cap. 2 \u2013 Vetores de força
Entendendo
melhor o vetor...
\ud835\udf03 = 30°
\u2022 Intensidade do vetor - 2m
\u2022 Sentido - de A para B
\u2022 Direção - 30°
Cap. 2 \u2013 Vetores de força
2.2 \u2013 Adição e subtração de um sistema de forças coplanares
x
y
F
Fy
Fx
\ud835\udf03
Cap. 2 \u2013 Vetores de força
Vídeo explicativo (1): https://bit.ly/2E2rBvE
Macete para decompor as forças...
x
FFy
Fx
y
= Fx + Fy
Cap. 2 \u2013 Vetores de força
Vídeo explicativo (2): http://twixar.me/8FM3
Fx = F * cos \ud835\udf03
Fy = F * sen \ud835\udf03
Ah não! Acabou...?
Não precisa se desesperar! 
Confira a apostila completa no link abaixo:
https://goo.gl/forms/8FyiU5wwW9SFRzkF2