A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
AV1 LIBRAS

Pré-visualização | Página 1 de 1

Avaliação: CEL0101_AV1_201307088511 » TÓPICOS EM LIBRAS: SURDEZ E INCLUSÃO
	Tipo de Avaliação: AV1
	Aluno: 
	Professor:
	ALESSANDRA RIBEIRO BAPTISTA
	Turma: 9038/AO
	Nota da Prova: 7,0 de 8,0         Nota do Trab.: 0        Nota de Partic.: 0        Data: 16/04/2015 15:00:10
	�
	 1a Questão (Ref.: 201307707741)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Marque a alternativa em que a datilologia representada abaixo corresponde ao nome que se atribui à peculiaridade lingüística relativa ao fato de a mão estar voltada para uma determinada direção no momento da produção do sinal:
	
	 
	Orientação
	
	Movimento
	
	Expressão Facial
	
	Configuração de Mão
	
	Ponto de Articulação
	
	�
	 2a Questão (Ref.: 201307707716)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Marque a alternativa que apresenta a leitura correta da palavra abaixo:
 
	
	
	Raio
	
	Rifa
	 
	Rato
	
	Rata
	
	Rafa
	
	�
	 3a Questão (Ref.: 201307707704)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Geralmente as pessoas estão acostumadas a associar língua ao uso de voz. Assim, quando se referem à língua de sinais, que exige uma associação entre língua e sinais, normalmente apresentam concepções inadequadas à associação Língua/Sinais. Marque a opção que desmistifica tais concepções:
	
	
	A língua de sinais é um sistema linguístico inferior as demais línguas
	
	A língua de sinais seria uma mistura de pantomima e gesticulação concreta, incapaz de expressar conceitos abstratos.
	
	A língua de sinais seria um sistema de comunicação superficial com conteúdo restrito.
	 
	As línguas de sinais apresentam-se numa modalidade diferente das línguas orais, ou seja, são línguas em que a produção discursiva não é estabelecida através do canal oral-auditivo, mas, sim, visoespacial.
	
	Haveria uma única língua de sinais usada por todas as pessoas surdas.
	
	�
	 4a Questão (Ref.: 201307707707)
	Pontos: 0,5  / 0,5
	Para Saussure, linguagem é uma faculdade humana, uma capacidade que os homens têm para produzir, desenvolver, compreender a língua e outras manifestações simbólicas semelhantes à língua. Desse modo, marque a opção que se associa aos estudos de Saussure:
	
	
	Línguas de sinais não são línguas.
	
	As línguas de sinais são apenas linguagem, sem estruturas gramaticais.
	
	Línguas orais são superiores às línguas de sinais.
	 
	"Línguas dependem do cérebro humano, não do ouvido humano". (William Stokoe)
	
	As línguas de sinais não são sistemas linguísticos desenvolvidos.
	
	�
	 5a Questão (Ref.: 201307707607)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	Para identificar uma pessoa surda que não usa língua de sinais, mas faz leitura labial é adequado utilizar como o termo:
	
	
	Surdo-mudo.
	
	Mudinho.
	
	Sinalizante.
	
	Mudo.
	 
	Surdo oralizado.
	
	�
	 6a Questão (Ref.: 201307707602)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	A Lei de LIBRAS também é conhecida como:
	
	 
	Lei 10.436/2002.
	
	Lei 10.098/2000
	
	Lei 10.426/1999.
	
	Lei 10.048/2000.
	
	Lei 10.4382005.
	
	�
	 7a Questão (Ref.: 201307707680)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O termo sujeito sinalizante, usado nesta disciplina, faz referência:
	
	
	Aos professores que usam LIBRAS.
	
	Aos surdos que aprenderam a língua de sinais em casa.
	 
	A todo sujeito que domina e é usuário assíduo da língua de sinais.
	
	Aos surdos, suas famílias e a alguns surdos oralizados.
	
	A toda e qualquer pessoa surda.
	
	�
	 8a Questão (Ref.: 201307707683)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	O intérprete não empresta apenas os ouvidos e as mãos aos surdos. Para desempenhar bem sua tarefa, ele coloca à disposição muitas outras habilidades e competências (intelectuais, corporais, etc.). Assinale a alternativa que NÃO corresponde a uma das competências exigidas de um intérprete de LIBRAS:
	
	 
	Capacidade de suprimir ou adicionar informações ao conteúdo interpretado.
	
	Conhecimento das especificidades linguísticas e culturais próprias das comunidades de surdos e de ouvintes.
	
	Conhecimento da língua de partida e da língua alvo.
	
	Capacidade de interpretação nas duas modalidades de tradução, de LIBRAS para português e de português para LIBRAS.
	
	Boa memória e rapidez de raciocínio.
	
	�
	 9a Questão (Ref.: 201307707672)
	Pontos: 1,0  / 1,0
	De acordo com Skliar, naturalizar os surdos, aceitando apenas sua língua como elemento integrador, significa ouvintizálos da mesma forma que o discurso clínico-patológico propõe. Este mecanismo é um disfarce que esconde a diferença, desconsiderando a diversidade. Na concepção socioantropológica, a língua de sinais tem a função de
	
	
	integrar o deficiente auditivo apenas no contexto educacional.
	 
	emancipar o surdo enquanto sujeito político e social.
	
	eximir o surdo de seus compromissos na sociedade.
	
	tornar o sujeito linguisticamente mais próximo da língua oral.
	
	emancipar o deficiente auditivo no aspecto social.
	
	�
	 10a Questão (Ref.: 201307718189)
	Pontos: 0,0  / 1,0
	Cada povo desenvolve uma língua específica, um sistema de interação constituído por infinitas combinações, permitidas por regras desse sistema inato. Isso quer dizer que uma criança que nasce no Japão terá a mesma capacidade linguística de aprender o japonês como uma criança nascida no Brasil tem para aprender o português. Marque a ÚNICA alternativa que indica a língua mais adequada para a aquisição à uma criança surda e mais apropriada para o seu desenvolvimento cognitivo linguístico:
	
	 
	Linguagem de sinais.
	
	Braille.
	 
	LIBRAS.
	
	Esperanto.
	
	Código Morse.