A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
172 pág.
Responsabilidade Civil e Criminal (1)

Pré-visualização | Página 29 de 32

afirmar que:
a) A responsabilidade civil é independente da criminal.
b) Na responsabilidade civil há preocupação com o crime praticado.
c) Na responsabilidade criminal há preocupação com os efeitos patrimo-
niais.
d) A responsabilidade civil está vinculada à criminal.
e) Responsabilidade civil e criminal são sinônimos.
10. Marque a alternativa correta em relação à ligação entre a 
responsabilidade civil e criminal:
a) Todo ato da vida civil gera consequências no âmbito criminal.
b) Nenhum ato da vida civil gera consequências no âmbito criminal.
c) Se no âmbito criminal o Juiz já tiver prolatado a sentença, no âmbito civil 
deverá, também, ser investigada a autoria e a existência do fato ilícito.
d) Se no âmbito criminal o Juiz já tiver prolatado a sentença, no âmbito civil 
não será necessário investigar a autoria e a existência do fato ilícito.
e) O termo “autoria” significa desvendar o nome e qualificação da vítima.
11. Assinale a alternativa que traz todos os pressupostos da 
responsabilidade civil:
a) ação voluntária, por culpa ou dolo, que cause um dano a outrem.
b) ação ou omissão voluntária, por culpa ou dolo, que cause um dano a 
outrem, sendo necessária a existência de nexo causal.
c) O nexo causal é indispensável.
d) O ato ilícito decorre apenas do descumprimento de um contrato.
e) O ato ilícito decorre somente de um ato criminal.
12. A respeito da culpa, é correto afirmar que:
a) culpa é a ação intencional voltada a um resultado desejado.
b) culpa é sinônimo de dolo.
c) negligência é inobservância das precauções necessárias.
e-Tec Brasil 156 Responsabilidade Civil e Criminal
d) imperícia é a falta de habilidade ou experiência reputada necessária para 
a realização de certas atividades profissionais. Ex: exige-se que o técnico 
em segurança no trabalho aja de forma ativa, a fim de evitar acidentes e 
danos à saúde e integridade dos trabalhadores.
e) imprudência é sinônimo de descuido.
13. Em relação à responsabilização criminal, assinale a alterna-
tiva incorreta:
a) A omissão é relevante para o âmbito criminal quando o omitente deveria 
e poderia evitar o resultado.
b) A omissão não é causa de responsabilização criminal.
c) O dever de agir incumbe a quem tenha por lei obrigação de cuidado, 
proteção ou vigilância.
d) O dever de agir incumbe a quem assumiu a responsabilidade de impedir 
o resultado.
e) A empresa que descumpre normas de saúde e higiene no trabalho está 
sujeita ao pagamento de multa, por ser tal ato considerado como con-
travenção penal.
14. A respeito das ações e omissões do técnico em segurança 
no trabalho, assinale a alternativa correta:
a) Ao técnico em segurança no trabalho cabe apenas a identificação dos 
riscos da atividade, não sendo lícito que indique quais os equipamentos 
de proteção individual mais adequados a diminuir esses riscos.
b) O técnico em segurança no trabalho pode ser responsabilizado, tanto 
civil quanto criminalmente, por suas ações e omissões.
c) O técnico em segurança no trabalho pode ser responsabilizado apenas 
no âmbito criminal por suas ações e omissões.
d) O técnico em segurança no trabalho deve manter-se informado de toda 
a legislação de sua área de atuação, sendo desnecessário participar de 
seminários, treinamentos, congressos e cursos visando o intercâmbio e o 
aperfeiçoamento profissional.
e) A atuação do técnico em segurança do trabalho deve se dar de maneira 
isolada, sem qualquer relação com outros setores (ex: RH).
15. Por mais que todos os pressupostos da responsabilidade 
civil estejam presentes, algumas causas podem excluir a ilici-
tude do ato. Em relação a esse tema, assinale a alternativa 
correta, assim entendida a que contém todas as causas de 
exclusão.
a) Essas causas são as seguintes: caso fortuito, força maior, culpa exclusi-
va da vítima, fato de terceiro e exercício regular de um direito (estrito 
e-Tec Brasil157Atividades autoinstrutivas
cumprimento do dever legal).
b) Essas causas são as seguintes: força maior, culpa exclusiva da vítima, le-
gítima defesa, fato de terceiro e exercício regular de um direito (estrito 
cumprimento do dever legal).
c) (c) Essas causas são as seguintes: caso fortuito, força maior, culpa exclu-
siva da vítima, fato de terceiro, legítima defesa e exercício regular de um 
direito (estrito cumprimento do dever legal).
d) (d) Uma vez praticado um ilícito que cause um dano, há obrigatoriamen-
te o dever de indenizar, não existindo hipóteses alguma de exclusão da 
ilicitude do ato.
e) (e) O esquecimento do técnico em segurança no trabalho de cumprir 
alguma norma específica durante o desempenho de suas atribuições é 
entendido como caso de exclusão da ilicitude do ato.
16. Ainda em relação às causas excludentes da ilicitude do ato, 
é correto afirmar que:
a) A legislação penal entende que se o fato é cometido sob coação irresis-
tível ou em estrita obediência a ordem, não manifestamente ilegal, de 
superior hierárquico, só é punível o autor da coação ou da ordem.
b) Na legítima defesa não se exige a repulsa de forma moderada.
c) A greve é um exemplo de fato de terceiro.
d) Os fenômenos da natureza são considerados como exercício regular de 
direito. 
e) Caso fortuito e força maior estão atrelados à vontade do agente.
17. Assinale a alternativa correta:
a) Dano moral é aquele que atinge o patrimônio material da vítima.
b) Um dos pressupostos (requisitos) da responsabilidade civil é a existência 
de um nexo de causa entre a atitude ilícita praticada pelo agente e o 
dano que causou.
c) A responsabilidade civil protege apenas o patrimônio material da vítima.
d) A responsabilidade criminal protege somente o patrimônio material da 
vítima.
e) Todo ato ilícito, mesmo que não acarrete dano à vítima, incorrerá no 
dever de indenizar.
18. Imputabilidade é a condição mínima para que determinado 
ato ilícito possa ser atribuído ao seu agente. Assim, é correto 
afirmar que:
a) O menor de 16 (dezesseis) anos é imputável segundo a legislação civil.
b) Os excepcionais sem desenvolvimento mental completo são imputáveis 
segundo a legislação civil. 
e-Tec Brasil 158 Responsabilidade Civil e Criminal
c) o empregador não é responsável perante terceiros em relação aos atos 
praticados por seus empregados.
d) Os emancipados não respondem por seus atos.
e) o empregador é responsável perante terceiros em relação aos atos pra-
ticados por seus empregados. Contudo terá direito de cobrar desses os 
valores pagos pela reparação dos danos causados.
19. Em relação às modalidades de responsabilidade civil, 
analise as seguintes afirmações:
I A responsabilidade civil extracontratual é aquela que decorre por mera 
violação de um dever previsto em contrato.
II A responsabilidade civil contratual é aquela que decorre do descumpri-
mento de obrigações previstas em contrato.
III Um acidente automobilístico é exemplo que pode acarretar na responsa-
bilidade civil extracontratual.
IV O fundamento do dever de indenizar, no caso da responsabilidade civil 
extracontratual, tem origem na obrigação genérica de todos de não cau-
sar danos a outrem.
Assinale a única alternativa correta:
a) Todas as afirmações estão corretas.
b) Todas as afirmações estão incorretas.
c) Somente as afirmações II e IV estão corretas.
d) Somente a afirmação III está correta.
e) Somente as afirmações II, III e IV estão corretas.
20. Ainda com relação às modalidades de responsabilidade, é 
correto afirmar que:
a) Na responsabilidade civil objetiva, a ocorrência da culpa ou dolo do agen-
te é indispensável para o dever de reparar o dano.
b) A culpa para a responsabilidade civil subjetiva pode ser subdividia em 
atos de imprudência, negligência e imperícia.
c) Não há qualquer diferença entre responsabilidade civil objetiva e subje-
tiva. 
d) O cachorro que se soltou