A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
50 pág.
Módulo 5   Modalidades

Pré-visualização | Página 1 de 2

Modalidades paralímpicas que podem 
ser trabalhadas na escola 
Esportes paralímpicos na escola 
• Das modalidades apresentadas alguma se adaptam melhor 
para serem utilizadas nas aulas de EF na escola ou em 
programas de esporte com crianças e jovens. 
• O Golbol, a bocha adaptada, o futsal de 5 (cegos) e o vôlei 
sentado permitem adaptações de local, regras, material (tipos 
de bolas) e participantes, o que permite uma participação da 
maioria dos alunos nas atividades. 
GOALBALL 
 Criado em 1946: Hanz Lorenzen e Sett Reindle; 
 Enfoque terapêutico; 
 Paraolimpíadas de 1976 (Toronto-Canadá); 
DINÂMICA DO JOGO 
Composição da Equipe; 
 6 jogadores – 3 tit. + 3 res. 
 Técnico 
 Auxíliar Técnico 
 Fisioterapeuta 
 Cruzar a linha completamente (gol); 
 Diferença de 10 gols. 
TRAVES 
QUADRA 
Marcações em alto relevo; 
Linha 5cm (±1cm); 
Barbante 3mm (±0,5mm); 
Área de defesa; 
Orientação alas; 
Orientação central (pivô); 
BOLA 
 Diâmetro = 24-25cm; 
 Circunferência = 75,5 – 78,5cm; 
 Peso = 1,250gr ± 50gr; 
 Guizos = 2pcs; 
 Borracha natural; 
 Cor = Azul; 
 Superfície = Áspera. 
VENDAS E BANDAGENS 
 Não podem utilizar óculos ou lentes de contato; 
 Vendas utilizadas do inicio ao final do período; 
PENALIDADES INDIVIDUAIS 
 Jogador que cometeu que defende; 
 High Ball – Bola alta; 
 Short Ball – Bola curta; 
 Long Ball – Bola longa; 
 Eyeshades – Mãos na venda; 
 Third Time Throw – 3 arremessos consecutivos; 
 Illegal Defense – Defesa ilegal; 
 Personal Delay of Game – Atraso individual de jogo; 
 Personal Unsportmenlike Conduct – Conduta anti-desportiva 
individual. 
 Noise – Barulho; 
 
 
 
 
 
 
 
 
PENALIDADES DA EQUIPE 
 Último a arremessar defende o pênalti. 
 Ten Seconds – 10 segundos; 
 Illegal Coaching – Instrução Ilegal; 
 Team Delay of Game – Atraso coletivo de jogo; 
 Team Unsportmenlike Conduct – Conduta Antidesportiva Coletiva; 
 Noise – Barulho excessivo. 
 
 
 
 
TÉCNICA DE DEFESA 
 Expectativa 
 Reação 
• Finalização 
TÉCNICA DE ATAQUE 
 Arremesso parado • Arremesso em movimento 
• Arremesso por baixo das pernas 
• Arremesso com giro 
• Arremesso com mergulho 
• Arremesso saindo de costas 
Vídeos 
 https://www.youtube.com/watch?v=u7Zv_3P8woo&t=69s 
 
 https://www.youtube.com/watch?v=UinvTFoRpP8&t=84s 
 
 https://www.youtube.com/watch?v=5WKdWCsRZks 
 
 
Bocha Paraolímpica 
Histórico 
 A maior referência é que seja uma adaptação para quadra fechado do jogo 
italiano de Boliche na Grama; 
 
 Anos 70, o jogo foi resgatado pelos países nórdicos com o fim de adaptá-lo a 
pessoas com deficiência; 
 
 No início era um jogo voltado apenas para pessoas com paralisia cerebral, com 
um grave grau de comprometimento motor (os quadro membros afetados e o 
uso da cadeira de rodas). 
 
• Pessoas com outras deficiências – competir; 
 
• Inseridas numa mesma classe e com um grau de deficiência similar ao da paralisia cerebral, ou 
seja, um quadro de tetraplegia. (ex: Distrofia Muscular Progressiva e AVC); 
 
• No Brasil - 1995 / Dois atletas do atletismo, aceitaram de ultima hora participar da competição 
de bocha como uma forma de aprendizado para posteriormente implantar a modalidade; 
 
• Em 1996, dando continuidade ao Programa de Fomento Esportivo, a ANDE lançou o Projeto 
Boccia para Portadores de Paralisia Cerebral Severa em Curitiba, quando cinco estados foram 
representados: Paraná, com duas entidades, Rio de Janeiro com cinco entidades, Mato Grosso 
do Sul, São Paulo e Minas Gerais com uma entidade cada. 
O Jogo e suas Adaptações 
 A finalidade da Bocha Paraolímpica é a mesma da Bocha tradicional, ou seja, 
encostar o maior numero de bolas na bola-alvo; 
 
 Pode ser disputado individualmente, em duplas e ou em equipes; 
 
 O conjunto de bolas da Bocha Paraolímpica consiste em: seis bolas azuis, seis 
bolas vermelhas e uma bola branca; 
 
 O peso das bolinhas é de 275g cada; 
 
 O superfície da bola deve ser lisa e dura. 
Características 
 Pode ser utilizado como um jogo competitivo, recreativo e como atividade de 
educação física nos programas escolares; 
 
 Pode ser facilmente adaptado para permitir que pessoas com limitação 
funcional utilizem dispositivos auxiliares, como calhas, rampas e capacetes 
com ponteira; 
 
 Dessa forma o jogo garante a participação das pessoas com um grau elevado 
de comprometimento motor. 
Características 
 O jogo requer planejamento, estratégia no momento de colocar as bolas perto 
da bola-alvo, além de desenvolver e aumentar inúmeras funções como 
coordenação, raciocínio e entre outros; 
 
 A habilidade e a inteligência são fundamentais no desenvolvimento das 
jogadas. 
 
O Jogo 
 É jogado em quatro parciais, exceto no caso de empate 
 Cada jogador inicia duas parciais com o controle da bola-alvo 
 Cada jogador recebe seis bolas de cor 
 O lado que lança a bola vermelha ocupa a casa 03, e que lança a 
bola azul ocupa a casa 04. 
 A decisão das cores das bolas é feita na câmara de chamada antes 
do início da partida com cara ou coroa. Quem ganhar escolhe a cor 
da bola que quer jogar. 
 
 Cada jogador tem direito a 06 bolas antes do início do jogo como 
aquecimento 
 O lado vermelho inicia a primeira parcial, tendo o controle da bola-
alvo, após o lançamento da bola branca, o jogador deve jogar uma 
bola vermelha 
 Com isso, é a vez do lado azul lançar a bola e tentar colocar sua 
bola mais perto da branca 
 O fim da parcial se dá, quando os dois lados tiverem lançados 
todas as 06 bolas. 
 Ao final das 04 parciais, se houver empate, teremos uma quinta 
parcial. 
 
O Jogo 
Tempo 
 Individual BC1, BC2 e BC4: 05 minutos cronometrados 
 
 Individual BC3: 06 minutos cronometrados 
 
 Pares BC3: 08 minutos cronometrados 
 
 Pares BC4: 06 minutos cronometrados 
 
 Equipes: 06 minutos cronometrados 
 
Penalizações 
 Invasão lateral ou frontal no momento do lançamento da bola 
 
 Lançamento da bola sem autorização do arbitro 
 
 Mexer a cadeira fora de seu tempo 
 
 Atrapalhar a jogada do adversário 
 
 A penalização consiste em duas bolas para o adversário 
 
 
 
TIPOS DE CALHAS 
Vídeos 
 https://www.youtube.com/watch?v=S7X-5PlmidU 
 
 https://www.youtube.com/watch?v=a03_IUPgRtU&t=160s 
 
 https://www.youtube.com/watch?v=Ge4qYjRJY5I&t=105s 
 
 
Vôlei Sentado 
 Conhecido como voleibol adaptado também, o voleibol 
sentado é um esporte Paralímpico, que pode ser praticado 
tanto por equipes masculinas, quanto por equipes femininas. 
 Sua prática é responsável, principalmente, pela integração 
social das pessoas que possuem deficiência. Além disso, é 
uma oportunidade para que elas possam praticar uma 
modalidade esportiva. 
 
Introdução 
• Os jogadores são divididos em dois 
grupos, de acordo com o grau de limitação 
ocasionado pela sua deficiência. 
• Os com amputações e com problemas 
locomotores mais acentuados são 
classificados como D (disabled). 
• Já os que possuem deficiências quase 
imperceptíveis como problemas de 
articulações leves ou pequenas 
amputações nos membros são 
classificados como MD (minimally 
disabled). 
• Por equipe apenas dois jogadores da 
classe MD. Os dois não podem estar em 
quadra ao mesmo tempo. 
 Apesar de guardar muitas semelhanças em relação ao vôlei tradicional, 
esta modalidade