Avaliando e simulado Eja
26 pág.

Avaliando e simulado Eja


DisciplinaEja - Educação de Jovens e Adultos801 materiais12.226 seguidores
Pré-visualização9 páginas
Avaliando
Simulado
	1a Questão (Ref.: 201408343401)
	2a sem.: Os novos paradigmas da Educação de Jovens e Adultos
	Pontos: 1,0 / 1,0 
	O trabalho de Paulo Freire foi interrompido com o Golpe Militar de 1964, inclusive as experiências que vinham sendo desenvolvidas foram interrompidas. Apesar disso os pressupostos teóricos e metodológicos de Paulo Freire continuaram a serem referências em outros países. Com a redemocratização do Brasil, nos anos 80, o poder público e o meio acadêmico, por força da demanda dos movimentos sociais, incorporaram as contribuições da matriz crítica nas pesquisas da Educação de Jovens e Adultos. Em consequência e a partir dos anos 2000, surgem novos marcos normativos da Educação de Jovens e Adultos. Dentre esses marcos estão: 
I- A aprovação do Parecer CEB/CNE 09/2000. 
II- As diretrizes Curriculares para a Educação de Jovens e Adultos. 
III- A aprovação do Parecer CEB/CNE 11/2000 
Marque a opção correta: 
		
	
	III
	
	I e II 
	
	I e III 
	
	II e III
	
	I 
		
	
	
	2a Questão (Ref.: 201408344538)
	4a sem.: Abordagem histórica da EJA no Brasil - Anos 70/80/90
	Pontos: 0,0 / 1,0 
	Na década de 1990 observa-se um movimento de desresponsabilização da União pela EJA. Assinale o item que NÃO caracteriza esse cenário histórico: 
		
	
	O MEC transfere para a esfera pública a responsabilidade pela EJA e exige dos municípios e estados a implementação imediata dessa política educacional.
	
	No contexto das reformas neoliberais da educação, percebe-se um evidente esvaziamento no Ministério da Educação na área da escolarização de jovens e adultos.
	
	Novas bases legais redefiniram os rumos da política educacional e significaram expressivo retrocesso e desqualificação da Educação de Jovens e Adultos, acentuando-se o lugar secundário por ela ocupado no conjunto das políticas educacionais.
	
	A crise econômica aponta a falência do modelo autoritário de governo sob o controle militar, o Brasil entra num lento e gradual processo de transição.
	
	Na visão de agências internacionais, como o Banco Mundial, educar Jovens e Adultos no mundo "globalizado e competitivo" é infértil. 
		
	
	
	3a Questão (Ref.: 201408340927)
	1a sem.: Campanhas de alfabetização de adultos
	Pontos: 1,0 / 1,0 
	Observe este depoimento e identifique a que movimento ele se refere: 
Esse era o lema de um conjunto de palhoças (...) O prefeito, sem ter meios para construir escolas formais (...) aproveitou algo que estava sobrando nos bairros periféricos da cidade: a palha de coqueiro. E assim promoveu a construção de barracos, feitos com paus e cobertos com palha para dar ás crianças pobres um pouco de saber. Isso foi no ano de 1961. 
Disponível em: http://nataldeontem.blogspot.com.br/2008/10/de-p-no-cho-tambm-se-aprende-ler-texto.html
		
	
	Campanha Pé no Chão Também se Aprende a Ler
	
	MOBRAL
	
	Movimento de Cultura Popular - MCP 
	
	Alfabetização Solidária
	
	As quarenta horas de Angicos
		
	
	
	4a Questão (Ref.: 201408344800)
	13a sem.: Currículo e Práticas Curriculares de Alfabetização na Educação de Jovens e Adultos.
	Pontos: 1,0 / 1,0 
	É entendido como o conjunto de prescrições das diretrizes curriculares, produzidas tanto no âmbito nacional quanto nas secretarias e na própria escola é indicado nos documentos oficiais, nas propostas pedagógicas e nos regimentos escolares. Chamamos essa diferente forma de expressão do currículo de: 
		
	
	currículo oculto
	
	currículo formal
	
	currículo integrado
	
	composição curricular 
	
	currículo real 
		
	
	
	5a Questão (Ref.: 201408344561)
	4a sem.: Abordagem histórica da EJA no Brasil - Anos 70/80/90
	Pontos: 0,0 / 1,0 
	A Constituição de 1988 significou um marco legal importante no campo da EJA ao garantir a educação para todos como direito, principalmente no seu artigo 208, que aponta: "O dever do Estado com a educação será efetivado mediante a garantia de ensino fundamental obrigatório e gratuito, assegurada inclusive sua oferta gratuita para todos os que a ele não tiveram acesso na idade própria". Assinale a opção que NÃO retrata essa mudança legal: 
		
	
	A EJA passa a ter financiamento exclusivamente federal e as políticas educacionais para essa modalidade são centralizadas no âmbito do MEC.
	
	No processo de elaboração da nova Constituição havia a consciência do papel social e econômico da educação, apesar de não terem sido criados mecanismos para mudar substancialmente o sistema educacional brasileiro.
	
	Essa legislação significou um avanço, ainda que apenas formalmente, ao garantir o direito universal ao ensino fundamental público e gratuito, independente da idade.
	
	Dentre as iniciativas que ganham destaques estão àquelas ligadas a grupos populares organizados e movimentos sociais da época.
	
	Dada a nossa composição federativa, os sistemas são autônomos para definir a organização, a estrutura e o funcionamento da EJA.
		Gabarito Comentado.
	
	
	6a Questão (Ref.: 201408344545)
	4a sem.: Abordagem histórica da EJA no Brasil - Anos 70/80/90
	Pontos: 0,0 / 1,0 
	O Movimento Brasileiro de Alfabetização (MOBRAL), criado em 1967 pelo governo federal perdurou durante todo o período da ditadura militar com significativa força política e financeira. Nas colocações MARQUE a ÚNICA que NÃO que não corresponde ao MOBRAL. 
		
	
	Trabalhava com os conceitos de autonomia e conscientização.
	
	Instrumento de controle ideológico das massas. 
	
	Forjou sucesso dos resultados divulgados com relação à alfabetização. 
	
	Esvaziado da ótica problematizadora e conscientizadora da perspectiva freireana.
	
	Gozava de plena autonomia. 
		Gabarito Comentado.
	
	
	7a Questão (Ref.: 201408344190)
	3a sem.: Abordagem histórica da EJA no Brasil - Anos 40/50/60
	Pontos: 0,0 / 1,0 
	A partir de 1945, com o fim da Segunda Guerra Mundial, que acarreta a queda da ditadura de Vargas, a educação popular e a educação de adultos, pela primeira vez, tornam-se verdadeiros temas de interesse nacional. É nesse espaço específico que a Educação de Jovens e Adultos se delineou. Marque o item que apresenta as principais características políticas e econômicas vividas no Brasil neste período: 
		
	
	Expansão da industrialização no nordeste brasileiro.
	
	Ampliação do estado oligárquico e da produção agroexportadora.
	
	Ruptura do estado oligárquico e consolidação de um governo popular revolucionário.
	
	Incentivo à produção agrária.
	
	Ruptura com o estado oligárquico e expansão da industrialização, sobretudo no sudeste.
		
	
	
	8a Questão (Ref.: 201408344979)
	14a sem.: Diferentes ações desenvolvidas na EJA: experiências em políticas públicas.
	Pontos: 1,0 / 1,0 
	Aliado ao analfabetismo que atinge 16,2 milhões de pessoas entre a população de menos de quinze anos e mais, encontram-se cerca de 33 milhões de jovens e adultos que possuem menos de quatro anos de estudo, e 65,9 milhões de jovens que não concluíram o ensino fundamental. Nos últimos anos, ocorreu um crescimento significativo do número de jovens e adultos matriculados no ensino fundamental, avançando de 3.770230 estudantes, em 2000, para 6.968.531 estudantes em 2003, o que certamente resulta de políticas adotadas com o objetivo de sanear essa distorção que deve ser intensificada buscando assegurar a articulação entre as políticas de acesso e permanência. (DOURADO, 2005,p. 16/17). Leia o texto anterior e responda colocando "V" para verdadeira e "F' para falsa, nas frases que seguem e depois marque a resposta correspondente. 
( ) O analfabetismo ainda é uma realidade a ser enfrentada no Brasil, apenas nos estados do Sudeste e Nordeste. 
( ) A superação do fracasso escolar envolve questões pedagógicas.