Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
679809

Pré-visualização | Página 1 de 1

18/03/2015 
1 
Ginástica Artística 
 Guilherme Kamel 
 
Santos (no prelo) afirma que os educadores estão cientes de que a 
prática é que torna viável todo o projeto educativo-formativo em 
nossas vidas, certamente na Educação Física esta deve ser a base 
das ações do Professor. 
 
Sabemos que qualquer ação motora humana envolve uma gama 
variada de componentes sociais, biológicos, psicológicos e 
educacionais, aspectos que nos permitem situar a Educação Física 
como elemento primordial na formação humana. 
 
A Ginástica Artística, devido à sua multiplicidade de gestos motores, 
contribui para a educação e a formação integral dos indivíduos, 
abrangendo, de forma inequívoca e ampla, as questões 
biopsicossociais 
® © A utilização integral ou parcial deste texto, em trabalhos ou publicações, deve ter a citação do 
autor. 
Prof. José Carlos Eustáquio dos Santos 
www.josecarloseustaquio.com.br 
 
Aspectos Biopsicossociais da Ginástica Artística 
 
 
Aspectos biológicos 
 
• Estímulo ao crescimento - Qualquer outra atividade física realizada 
dentro de limites fisiológicos aceitáveis, a prática da Ginástica Artística 
estimula o desenvolvimento do Crescimento ósseo; 
 
• Aprimoramento das qualidades físicas - Princípio da Individualidade 
Biológica; 
 
• Adaptações dos órgãos internos - A variação nas posições corporais, 
promove adaptações no sistema vestibular; 
 
• Estabilização dos órgãos e vísceras - Variação constante das posições 
corporais; 
 
• Motilidade vascular - os movimentos de giros fazem com que o sangue 
se desloque para as extremidades do corpo e levem os vasos sanguíneos, 
principalmente os das extremidades corporais, a adquirirem um 
movimento de contração e relaxamento, conforme o volume de sangue em 
seu interior; 
 
• Capacidade de orientação - o domínio do corpo, nas diversas situações, 
leva os praticantes a adquirirem uma grande capacidade de se orientar no 
espaço, ou seja, tenham uma grande percepção espacial. 
 
 
• Perseverança - Capacidade que os praticantes desenvolvem para 
não desistir, para continuarem firmes, para prosseguir nas suas 
tentativas de realizações; 
 
• Volitividade - Força de vontade; 
 
• Coragem - Capacidade de enfrentar os receios, de superar o medo; 
 
• Autossuperação - Capacidade de superar a si próprio; 
 
• Autoconfiança - Capacidade de confiar em si mesmo; 
 Controle emocional - é o domínio mental sobre as situações que se 
 apresentam desafiadoras. É o domínio das emoções; 
 
• Afetividade - Conjunto de emoções e de sentimentos que facilitam a 
compreensão do outro, as dificuldades que o outro pode vir a 
enfrentar ou está enfrentando. 
 
Aspectos psicológicos 
 
 
• Cooperação - é a capacidade que o indivíduo adquire para colaborar, 
ajudar, auxiliar o outro; 
 
• Disciplina - é a capacidade de observar e seguir normas de conduta 
para o bem próprio ou para o bem comum; 
 
• Solidariedade - Compromisso pelo qual as pessoas se obrigam 
umas pelas outras e cada uma delas por todas; 
 
• Conceitos éticos e morais - são conceitos filosóficos fundamentais 
à convivência social. Alguns valores éticos fundamentais: 
honestidade, verdade, integridade e justiça; 
 
• Criatividade - Capacidade de criar, arranjar soluções inovadoras 
para situações já existentes; 
 
• Companheirismo - Capacidade de conviver bem entre amigos; 
 
• Valorização da prática de atividades físicas - Compreensão do 
valor da prática regular de atividades físicas para a qualidade de vida. 
 
Aspectos sociais 
a 
 
Para que seja entendido o surgimento da denominação Ginástica 
Para Todos (GPT), é necessário abordar alguns fatos históricos. Em 
1950, foi criada a Gymnaestrada, como um festival oficial da 
Federação Internacional de Ginástica (FIG), sendo o mesmo realizado 
pela primeira vez em 1953. 
 
 
O que é Ginástica Para Todos ? 
 
A Ginástica Geral é um campo bastante abrangente da Ginástica, 
valendo-se de vários tipos de manifestações, tais como danças, 
expressões folclóricas e jogos, expressos através de atividades livres 
e criativas, sempre fundamentadas em atividades gímnicas. 
 
Por que a denominação Ginástica Para Todos? 
18/03/2015 
2 
 Ginastica Para Todos 
 
 
Objetiva promover o lazer saudável, proporcionando bem-estar 
físico, psíquico e social aos praticantes, favorecendo a 
performance coletiva, respeitando as individualidades, em busca 
da auto superação pessoal. 
 
Sem qualquer tipo de limitação para a sua prática, seja quanto às 
possibilidades de execução, gênero, idade, utilização de 
elementos materiais, musicais e coreográficos, havendo a 
preocupação de apresentar, neste contexto, aspectos da cultura 
nacional, sempre sem fins competitivos. 
 
 
 
Principais aspectos a serem observados na 
elaboração das coreografias 
 
 • Participantes 
 - Número 
 - Experiência motora 
 - Capacidade física 
 
• Tema 
 - História 
 - Abstrato 
 
• Música 
 - Uma ou mais músicas 
 - Qualidade da gravação 
 - Mixagem 
 - Instrumental ou cantada? 
 - Alternância 
 
 
• Escolha dos movimentos 
 - Capacidade dos integrantes 
 - Qualidade de execução 
 - Adequação: integrantes / tema / música 
 - Alternância 
 - Contrastes 
 
• Material (equipamentos e adereços) 
 - Adequação: proposta do trabalho 
 - Tradicionais ou não / Criatividade 
 - Posicionamento 
 - Segurança 
 
 
 
 
Principais aspectos a serem observados na 
elaboração das coreografias 
 
 
 
• Ocupação espacial 
 - Tridimensional: altura / largura / profundidade 
 - Vários níveis: alto / médio / baixo 
 - Direções: frente / trás / diagonais 
 - Área disponível 
 - Integração dos participantes e da plateia 
 
• Unidade 
 - Composição do conjunto equilibrado / cada qual cumprindo o seu papel 
 
• Harmonia 
 - Equilíbrio entre as elementos / exercícios / música / vestimenta... 
 
• Originalidade 
 - Considerando todas as possibilidades: música / exercícios / materiais ... 
 
• Empatia 
 - Situações para aceitação: palmas / marcações / cores / tarefas repetidas... 
 
 
 
 
 
 
 
Principais aspectos a serem observados na 
elaboração das coreografias 
 
 
 
• Transições 
 - Passagens sem interrupções ou quebras de continuidade. 
 - Criação de expectativa: 
 - Entrada 
 - Preparação para o início 
 - Finalização 
 - Saída 
 
• Duração 
 - Não existe regra 
 - Prender atenção 
 - Gosto de “quero mais” 
 
• Segurança 
 - Auxílio pessoal 
 - Material 
 - Psicológica 
 
 
 
 
 
 
 
Principais aspectos a serem observados na 
elaboração das coreografias 
 
 
• Produção 
 - Vestimenta 
 - Maquiagem 
 - Cores: 
 
• Branca: luz / limpeza / simplicidade / alma ... 
• Preta: negatividade / mal / miséria / dor ... 
• Vermelha: vida / paixão / força / movimento / coragem ... 
• Amarela: sol / brilho / espontaneidade / euforia ... 
• Azul: mar / céu / nobreza / paz... 
• Violáceas: miséria / noite / fé /poder ... 
• Laranja: festa / pôr-do-sol /euforia / prazer ... 
• Marrom: terra / doença / resistência ... 
 
® © A utilização integral ou parcial deste texto, em trabalhos ou publicações, 
deve ter a citação do autor. 
Prof. José Carlos Eustáquio dos Santos 
www.josecarloseustaquio.com.br