lesao_ligamento_cruzado_anterior_atividade_esportiva
36 pág.

lesao_ligamento_cruzado_anterior_atividade_esportiva


DisciplinaReabilitação e Restauração1 materiais91 seguidores
Pré-visualização9 páginas
Curso de Fisioterapia 
 
 
 
 
 
 
CAMILA ALLEVATO MOREIRA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR NA 
ATIVIDADE ESPORTIVA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Rio de Janeiro 
2007 
 
 
Curso de Fisioterapia 
 
 
 
 
 
 
 
LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR NA 
ATIVIDADE ESPORTIVA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Monografia de Conclusão de Curso apresentada ao Curso de 
Fisioterapia da Universidade Veiga de Almeida, como requisito 
para obtenção do título de Fisioterapeuta. 
 
Por: CAMILA ALLEVATO MOREIRA 
Orientador: Profº Nelson Marques 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 Rio de Janeiro 
2007 
CAMILA ALLEVATO MOREIRA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
LESÃO DO LIGAMENTO CRUZADO ANTERIOR NA 
ATIVIDADE ESPORTIVA 
 
 
 
 
 
 
 
Monografia de Conclusão de Curso apresentada ao 
Curso de Fisioterapia da Universidade Veiga de 
Almeida, como requisito para obtenção do título de 
Fisioterapeuta. 
 
 
 
 
 
 
 
Aprovada em: ____/____/2007. 
 
 
BANCA EXAMINADORA 
 
 
 
Prof. Dr. 
Universidade Veiga de Almeida - Presidente da Banca Examinadora. 
 
 
 
Prof. Dr. 
Universidade Veiga de Almeida - Membro da Banca Examinadora. 
 
 
 
Prof. Dr. 
Universidade Veiga de Almeida - Membro da Banca Examinadora. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 DEDICATÓRIA 
Ao meu Avô Francisco Allevato 
(Em memória). 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 AGRADECIMENTOS: 
 
 
A Deus por ter me dado o dom da vida e por ter 
me escolhido para esta profissão. A Nossa Senhora 
por me amparar nos momentos mais difíceis e por 
sempre guiar o meu caminho. Agradeço aos meus 
Pais pelo inesgotável apoio e por nunca me deixar 
desistir, aos meus irmãos porque sempre 
acreditaram em mim, e a toda minha família pelo 
carinho e apoio. 
 
RESUMO 
 
 
O trabalho realizado se assemelha pelo fato de objetivar um melhor entendimento das 
estruturas que compõem a articulação do joelho, bem como suas funções atentando para as 
lesões que podem ocorrer devido a uma força maior do que a absorvida pela articulação, e os 
membros mais precisos para uma melhor recuperação. A articulação do joelho envolve três 
ossos: o fêmur, a tíbia e a patela. Esta é rodeada de músculo, ligamentos, menisco e cápsula 
articular, que agem em conjunto para dar harmonia aos movimentos que são de flexão e 
extensão, com pouca rotação. O joelho é articulação mais complexa do corpo humano, para 
isso, tratar da mesma é necessário conhecimento anatômico, fisiológico e de biomecânica. As 
superfícies articulares estão frequentemente expostas à tensões e esforços. A maior ocorrência 
de lesões se dá no ligamento cruzado anterior que pode ser uma lesão isolada ou não, podendo 
acometer meniscos, ligamento colateral e outros. O mecanismo de lesão do ligamento cruzado 
anterior está usualmente associado com a desaceleração ou mudança brusca de direção do 
movimento da perna. As lesões do joelho são suscetíveis a qualquer individuo, seja ele 
praticante ou não de esportes, tanto profissional quanto amador. Ocorrendo a lesão, é preciso 
determinar o grau da lesão ligamentar a fim de preceder um tratamento adequado desde o 
inicio, realizando um prognóstico referente a recuperação definitiva e necessidade de cirurgia 
e descrever procedimentos cinesiológicos no pós operatório caso tenha cirurgia. 
 
 
Palavras-chave: Joelho, Ligamento cruzado anterior, Mecanismo de lesão, Tratamento. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
ABSTRACT 
 
 
The work is similar because of a intention to get a better understanding of the structures that 
make up the knee joint as well as their function looking for injuries that may occur due to a 
force greater than that absorbed by articulation, and the members more precise for a better 
recovery. The articulation of the knee involves 3 bones: the femur, tibia and patella. This is 
surrounded by muscle, ligaments, meniscus and articular capsule, which act together to make 
harmony to movements that are of flexion and extension, with little rotation. The knee is the 
most complex articulation of the human body so to treat it is necessary an anatomical 
knowledge, physiological and biomechanical. The articular surfaces are often exposed to 
tension and efforts. The highest occurrence of injuries is given in the previous ligament cross 
that can be an isolated injury or not, can acometer meniscus, collateral ligament and others. 
The mechanism of injury in the previous cross ligament is usually associated with the 
downturn or sudden change of direction of movement of the leg. The lesions of the knee are 
susceptible to any individual, whether or not practitioner of sports, both professional as 
amateur. If occurs the lesion, we must determine the degree of ligament injury to precede 
appropriate treatment from the beginning, carrying out a definitive prognosis for recovery and 
the need of surgery and describe procedures cinesiológicos in the post operatively if you have 
surgery. 
 
 
Key-words: Knee, Anterior cruciate ligament, Mechanisms injuries, Treatment. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
SUMÁRIO 
 
 
INTRODUÇÃO ................................................................................................................. 10 
 
CAPÍTULO 1 ANATOMIA DO JOELHO..................................................................... 11 
1.1 Conceito geral do joelho.............................................................................................. 11 
1.2 Osteologia ..................................................................................................................... 11 
1.2.1 Fêmur.......................................................................................................................... 11 
1.2.2 Patela .......................................................................................................................... 12 
1.2.3 Tíbia............................................................................................................................ 12 
1.2.4 Fíbula .......................................................................................................................... 13 
1.3. Meniscos ...................................................................................................................... 13 
1.4 Miologia ....................................................................................................................... 14 
1.4.1 Semitendinoso ........................................................................................................... 14 
1.4.2 Semimembranoso ....................................................................................................... 15 
1.4.3 Bíceps femoral ............................................................................................................ 15 
1.4.4. Adutor magno ............................................................................................................ 15 
1.4.5. Grácil .........................................................................................................................