A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
33 pág.
download-210743-E-BOOK REFLEXOES GUERREIRAS DE FERNANDO BELATTO-7747956

Pré-visualização | Página 1 de 4

Reflexões Guerreiras 
por Fernando Belatto 
Vol. 1
Saudações, queridos amigos e queridas amigas. 
É com grande alegria que compartilho esse pequeno livro com vocês. 
Agora vocês têm mãos uma compilação de 10 textos por mim escritos e que 
representam bastante o Caminho do Guerreiro da forma como eu o vejo e sinto. 
Esses textos (que são minhas reflexões) trazem muitas de minhas inspirações 
ao longo desses mais de 20 anos mergulhados no caminho da arte marcial, o qual 
eu chamo respeitosamente de “O Sagrado Caminho Do Guerreiro”. 
Comecei na arte marcial desde muito cedo, assistindo os filmes de Bruce Lee. 
Aos 14 anos de idade já estava no Jiu-Jitsu, arte que me dediquei muito para as 
competições. Aos 25 conheci meu Mestre Espiritual, Sri Prem Baba, e em 
2008 ,com 26 anos, fui pela primeira vez (6x até agora) para a Índia. Tudo isso 
unido às diversas leituras e estudos, me ajudou a criar O-DGI, O Despertar do 
Guerreiro Interno. Filosofia de vida a qual une diversas disciplinas oriundas do 
sagrado caminho do guerreiro. 
Minha intenção com esses textos é a de te ajudar a compreender um pouco mais 
desse caminho e perceber como ele pode te ajudar na busca da autorrealização, 
além de compreender que esse caminho não é rígido, e sim equilibrado entre 
nossas forças masculina e feminina. É sem dúvida um caminho justo e gentil. 
Desejo aqui bons estudos para vocês. Que possam ler e reler cada linha destas 
reflexões abaixo. 
Os ensinos são vivos e em cada momento de suas vidas podem aparecer com 
uma roupagem diferente. Mas assim é! 
Bons estudos. 
Em reverência e respeito, 
Fernando Belatto 
Introdução 
O Espírito Guerreiro 
Primeiro Texto 
Ouça o áudio desse texto no Youtube, clicando aqui
O espírito guerreiro bem sabe que é necessário conexão com o divino 
para realizar sua nobre missão. Agir no mundo desconectado da fonte é 
como trilhar um deserto sem água e sem comida, tudo é mais sofrido. A 
conquista pode até acontecer, mas o sentimento de preenchimento 
essencial não. A sede continua, a fome continua. 
  
O espírito guerreiro age mas dedica todas as suas conquistas ao divino, 
ao grande Mestre que o habita. O guerreiro sabe que é só um servo, está 
aqui para ajudar na nobre missão de levar paz e consciência para a vida 
daqueles que estão abertos para isso e necessitados da mesma fonte. 
  
O espírito guerreiro se alegra de ver o outro feliz, pois ele está aqui para 
isso, para se doar. 
O guerreiro aprende a dura lição de não querer nada para si, de servir o 
outro e ajudá-lo a se tornar uma pessoa melhor e mais feliz. 
O guerreiro não faz isso se desmerecendo. Na verdade, durante a jornada 
aprendeu que querer tudo para si é um caminho solitário, vazio. Percebeu 
quando serve ao outro, sente-se conectado a uma linda missão de união. 
Querer ver o outro feliz é a grande batalha, mas ao mesmo tempo é a 
grande alegria de realizar a vitória da humildade sobre o orgulho, do 
altruísmo sobre o egoísmo, da união sobre a separação. 
Em reverência ao espírito guerreiro de cada um de vocês, 
Fernando Belatto
O Caminho Justo da Espada
Segundo Texto 
Cada um de nós porta uma espada interna.⠀ 
Essa espada nos ajuda a vencer os obstáculos da vida.⠀ 
Alguns já são maduros e sabem utilizar muito bem essa espada, fazem 
um bom uso dela. Outros já não têm essa consciência e acabam 
“cortando a cabeça” de todos que passam na sua frente.⠀ 
⠀ 
A espada interna é a espada da vida.⠀ 
Ela é utilizada na intenção de conquistar a vitória final, A SAGRADA 
PAZ.⠀ 
Quando estamos com ela alinhada com o coração, todo o corte é 
construtivo e está a serviço de romper com os apegos e os maus hábitos 
que nos prendem na cela da inconsciência. Não estando alinhados com o 
nosso centro de presença, a espada é dominada pelas dores internas. 
Quando isso acontece, para nos protegermos, cortamos de qualquer 
jeito, de maneira impensada. Isso é perigoso pois podemos machucar as 
pessoas que estão por perto, e que muitas vezes são grandes amigos e 
aliados.⠀ 
⠀ 
O caminho da espada é justo e nos ensina o caminho do AMOR E DA 
CONSCIÊNCIA.⠀Ele é justo, pois vai nos espremendo conforme vamos 
amadurecendo.⠀Nos espreme até que não sobre mais nada a não ser a 
nossa essência, e conforme vamos utilizando essa espada para gerar 
vida e amor, mais vamos nos sentindo leves e plenos, e sem a 
necessidade de guerrear. Quando utilizamos essa espada para ferir, 
aumentamos a guerra interna e ficamos cada vez mais enrolado nas 
teias do insconsciente.⠀ 
⠀ 
O caminho da espada é JUSTO, pois não existe culpa e não existem 
culpados.⠀Somos autorresponsáveis pelos nossos cortes.⠀ 
É um estudo interno e profundo sobre nossos atos e a serviço de quem 
que eles estão: do amor maior ou da energia inferior da inconsciência 
dominada pelas dores não curadas que carregamos no sistema.⠀ 
Se em um determinado momento da jornada os nossos cortes estão 
desalinhados com o amor, fiquem atento, fique atenta e tenha a 
autorresponsabilidade para entender que estamos onde nos colocamos, 
e que colhemos aquilo que plantamos.⠀ 
⠀ 
O que queres para a vossa vida? Amor? Então traga cortes de 
consciência…⠀ 
⠀ 
O caminho da espada é solitário, pois esse caminho é um caminho 
sagrado entre você e você mesmo. Por mais que no externo estejamos 
rodeados de bons guerreiros, esse honrado fato não nutre o buraco 
interno da solidão. Então, devemos pegar a espada na mão e mergulhar 
fundo nessa caverna escura com a intensão de iluminá-la. Só assim 
vamos vencendo esse fantasma e conseguindo sustentar a solitude.⠀ 
⠀ 
O Caminho da espada é sagrado, pois o que ele nos ensina é fazer a boa 
batalha.⠀ 
Combater o mau com amor e consciência.⠀ 
Ele ensina que os nossos atos devem ser plenos de sabedoria, e que 
cada corte deve ser usado para gerar vida e vitalidade para todos os 
seres! 
⠀ 
Que a nossa espada esteja no fino alinhamento da vida.⠀ 
⠀ 
Em reverência e respeito, 
Fernando Belatto 
Mídia de Jiu-Jitsu quando eu ainda competia.
Dúvida x Confiança
Terceiro Texto 
Sinto que a grande batalha do Guerreiro Interno é travada entre a dúvida 
e aquela certeza vinda de nossos corações: a confiança. 
⠀ 
A dúvida é como uma porta, que quando deixamos aberta, o inimigo entra 
e domina a confiança. A dúvida e a confiança brincam de esconde-
esconde dentro da gente. Quando estamos tomados pela dúvida, 
sentimos confusão e perda de energia. Quando estamos tomados pela 
confiança, então sentimos vitalidade e clareza. 
⠀ 
É claro que acredito que existe um tipo saudável de dúvida, aquela em 
nível mais mental que nos ajuda a encontrar respostas para as diversas 
questões de nosso dia a dia. Mas existe um tipo de dúvida que abre a 
porta para perdermos a confiança. Essa dúvida se dá em nível pessoal. 
Dúvida do caminho, do nosso poder pessoal, das nossas escolhas. E 
quando estamos tomados por ela caímos em uma espécie de 
entorpecimento. Claro que está tudo certo, isso faz parte do 
treinamento. ⠀ 
⠀ 
Sinto que o caminho do Guerreiro, no mais profundo, faz com que 
estudemos essa batalha entre a dúvida e a confiança. A fé é uma 
tremenda aliada nesse processo, neste caminhar... é importante 
entender que essa fé não é cega, ela obviamente permite reflexões, mas 
é uma fé não mental, é sentida. Sendo assim, algumas das maiores 
forças do Guerreiro interior são a Fé no que sente e a coragem para 
sustentar essa confiança. É a real coragem de seguir o coração. 
⠀ 
Quando fechar os olhos e sentir amor no seu coração, então, mesmo que 
em algum lugar existam pessoas dizendo que você é maluco ou maluca, 
firme-se em seu coração. Isso é verdade, esse sentir é mais real que mil 
explicações vindas da mente. 
⠀ 
E compreenda, ninguém pode definir o seu caminho de vida.
Você é livre para seguir