A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
106 pág.
História Antiga Oriental (Questionario Completo)

Pré-visualização | Página 12 de 29

de forma satisfatória a fertilidade das margens. 
 
34a Questão 
Os assírios, povo que habitou a parte norte da mesopotâmia, destacaram-se: 
 Pela codificação do antigo direito consuetudinário. 
 Pelas suas realizações científicas no campo da astronomia. 
 Pelo notável intercâmbio comercial realizado com os fenícios. 
JHºNJHºN
Realce
Certo Pelo militarismo organizado e cruel. 
 Pela construção de tumbas monumentais para seus reis. 
 
35a Questão 
"Se um homem negligenciar a fortificação de seu dique, se ocorrer uma brecha e o cantão inundar-se, o homem será 
condenado a restituir o trigo destruído por sua culpa. Se não puder restituí-lo, será vendido, assim como seus bens, e as 
pessoas do cantão de onde a água levou o trigo repartirão entre si o produto da venda." O texto faz referência:(Adaptada 
PUC - RJ) 
 Ao Livro dos Mortos 
Certo à Lei de Talião e ao Código de Hamurábi 
 Ao Zoroastrismo 
 As leis Hititas 
 As Leis Bíblicas 
 
36a Questão 
Sobre os povos da Mesopotâmia é correto afirmar: 
 Foram responsáveis pelos primeiros registros escritos conhecidos como hieróglifos. 
 Criaram uma rica civilização as margens do rio Nilo. 
Certo Ocupavam uma região onde hoje se localiza o Iraque. 
 Adotavam a religião monoteísta. 
 Formavam uma sociedade isenta de hierarquias e distinções 
 
Aula 04 - EGITO - A UNIFICAÇÃO 
1a Questão 
As sociedades que na Antiguidade habitavam os vales dos rios Nilo, Tigre e Eufrates tinham em comum o fato de: 
serem povos ocidentais que formaram diversas cidades-estado, mas não se organizavam e não controlavam a 
produção de cereais; 
possuírem, baseados na prestação de serviço dos comerciantes, imensos exércitos esporádicos que viabilizaram a 
formação de pequenos reinos milenares. 
 terem desenvolvido um intenso comércio marítimo que favoreceu a constituição de grandes império ultramarinos 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
possuírem, baseados na prestação de serviço dos camponeses, exércitos profissionais que se dedicavam 
exclusivamente a atividade da guerra, construindo impérios milenares. 
Certo haverem possibilitado a formação do Estado a partir da produção de excedentes, aperfeiçoando o controle das 
águas dos rios e construindo uma diferenciação social; 
 
2a Questão 
Leia o texto a seguir: (...) uns dos traços mais visíveis da economia antiga era, sem dúvida, o estatismo faraônico: a quase 
totalidade da vida econômica passava pelo faraó e seus funcionários, ou pelos templos. Esses últimos devem ser 
considerados parte integrante do Estado, mesmo se, em certas ocasiões, houve atritos entre a realeza e a hierarquia 
sacerdotal (...). As atividades produtivas e comerciais, mesmo quando não integravam os numerosos monopólios estatais, 
eram estritamente controladas, regulamentadas e taxadas pela burocracia governamental. (Ciro Flamerion Cardoso. O 
Egito Antigo, 1982. Adaptado) A partir do texto, conclui-se que, no antigo Egito, 
A economia era ineficiente, pois funcionários corruptos exploravam os camponeses e desviavam os impostos 
devidos ao Estado. 
As constantes disputas entre a burocracia estatal e os sacerdotes levaram à separação entre o poder político e 
religioso, o que comprometeu o poder do faraó. 
O domínio do poder público sobre a sociedade inibiu o surgimento de iniciativas privadas, capazes de racionalizar a 
produção e evitar o desperdício. 
Certo A organização da economia garantia ao estado o controle dos excedentes de produção, que se constituíam em 
importante fator de poder político. 
A cobrança de impostos constituía-se na principal atividade do Estado, que não dispunha de exércitos organizados 
para enfrentar inimigos externos. 
 
Explicação: 
O Estado faraônico exercia estrito controle sobre a produção. Desta forma, é correto relacionar o seu poder a este 
controle. 
 
3a Questão 
"Salve, ó Nilo (...) regas a terra em toda parte, ó deus dos grãos, senhor dos peixes, produtor do trigo e da cevada (...) Logo 
tuas águas se erguem (...) todo ventre se agita, o dorso é sacudido de alegria e os dentes rangem." O trecho acima 
celebra:(Questão adaptada FGV) 
 o relativo isolamento do vale, limitado pelos desertos da Arábia e da Líbia; 
 a crença numa vida de além-túmulo e as dores do parto; 
 o Egito, região quente e seca como o Saara; 
 as nascentes desconhecidas do Rio Nilo; 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
Certo o poder criador do regime de cheias e vazantes do rio Nilo, que somado às obras para aproveitamento deste 
recurso natural, garantiu a sobrevivência egípcia. 
 
4a Questão 
Dentre as afirmativas abaixo qual pode ser apontada como um indício de que a participação humana no processo de 
ocupação das terras do Egito foi fundamental: 
 as condições geográficas favoráveis do Egito foram suficientes para seu desenvolvimento 
 como afirmou Heródoto, o Egito deve ser considerado uma dádiva do Nilo 
 é preciso considerar as narrativas míticas, pode ter havido extraterrestres no Egito antigo 
 a fertilidade das terras egípcias relacionava-se com o sistema de cheias do rio Nilo 
Certo os egípcios ocuparam territórios para além do Delta, área das principais inundações 
 
5a Questão 
Com reação ao domínio da terra e a mão-de-obra utilizada nas sociedades egípcia e mesopotâmica, é correto afirmar que: 
desenvolveu-se o modo de produção escravista intimamente relacionado ao caráter bélico e expansionista desses 
povos. 
a produção de excedentes, necessária a intensificação das trocas comerciais e para o progresso econômico era 
garantida pela ampla utilização do trabalho livre. 
a superação das comunidades levou ao surgimento da propriedade privada e, conseqüentemente , à utilização da 
mão-de-obra escrava. 
Certo predominava a servidão coletiva, onde o indivíduo explorava a terra como membro da comunidade e servia ao 
estado, proprietário absoluto dessa terra. 
o Estado constituía o principal instrumento de poder das camadas populares, assegurando e ampliando seu 
domínio sobre os outros grupos. 
 
6a Questão 
No vale do rio Nilo, situado no nordeste da África, formou-se o primeiro Estado unificado da história, o Egito. Tal Estado se 
alicerçava 
na exploração da mão-de-obra de povos estrangeiros dominados e escravizados em conseqüência das campanhas 
imperialistas dos faraós. 
Certo na servidão coletiva, cabendo à população camponesa pagar impostos sob a forma de produtos ou trabalhos. 
 na agricultura familiar praticada em inúmeras aldeias, que exploravam as margens fertilizadas pelas enchentes. 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
 na economia comercial, utilizando mão-de-obra escrava, tanto do povo como de estrangeiros vencido nas guerras. 
na rede comercial que se estendia ao longo da bacia mediterrânica e era controlada pelo faraó, representante da 
classe mercantil. 
 
7a Questão 
A Paleta Narmer, a Lista de Manethon, o Papiro de Turim, as Histórias de Heródoto, dentre outros, são documentos 
históricos que apresentam dados sobre o processo de unificação do Egito. Analisando esta documentação, podemos 
concluir que: 
 o texto de Heródoto não deveria ser considerado, pois, possui um olhar estrangeiro 
 são unânimes em apontar Menés como o grande unificador do Egito faraônico 
Certo há indicações distintas sobre quem teria sido o faraó unificador das duas coroas 
 são documentos de caráter jurídico e não deveriam ser postos em comparação 
 não mencionam o primeiro faraó e ignoram completamente a primeira dinastia 
 
8a Questão 
Em relação à economia no Egito Antigo é correto afirmar que: 
Certo a base do trabalho era a servidão coletiva aplicada aos felás (camponeses). 
 a base do trabalho

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.