Buscar

Exercícios Aulas 2 e 3- HISTÓRIA ANTIGA ORIENTAL

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 25 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 25 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 9, do total de 25 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Prévia do material em texto

EXERCÍCIOS – AULA 2 
 
1 
 Questão 
 
Os estudiosos encontram grande dificuldade de recuperar os fatos de sociedades muito antigas 
porque parte delas era ágrafa. Os sumérios,, um dos primeiros povos a ocupar a planície da 
Mesopotâmia, foram responsáveis pela criação do primeiro código escrito da história, o que nos 
fornece, ainda que os vestígios não seja expressivos, um elemento a mais para o conhecimento 
desse povo. Com relação à escrita cuneiforme é correto afirmar que: 
 
 sua criação atendeu as necessidades básicas daquele Estado nascente como, controle 
sobre arrrecadação de impostos e administração dos palácios. 
 
era similar à egípcia, ou seja, pictórica, não conhecendo nenhuma forma simplificada para 
uso cotidiano. 
 
era baseada em agrupamentos de letras, formando sílabas com significação peculiar. 
 
constituía-se de 58 símbolos que, associados formavam enunciados complexos 
 
a facilidade de sua concepção fez com que vários povos, inclusive os egípcios e gregos se 
inspirassem em seus símbolos para criar sua forma de escrita. 
Respondido em 08/09/2021 16:33:20 
 
 
Explicação: 
A criação da escrita cuneiforme atendeu, em um primeiro momento, a necessidades básicas dos 
primeiros grupos humanos. A escrita atendia ao controle da produção, da população e ainda, para a 
fixação das normatizações. 
 
 
 
2 
 Questão 
 
Gwendolyn Leick em seu livro "Mesopotâmia: a invenção da Cidade" afirma que a escrita cuneiforme 
surgiu no sul da Mesopotâmia e parece ter sido inventada pelos sumérios. Sobre essa forma de 
escrita podemos afirmar que: 
 
 
Era aplicada em folhas de papiro e, por esse motivo, muitas se perderam ou foram 
destruídas ao longo dos séculos. 
 
É juntamente com o grego arcaico uma evolução das primeiras formas de escrita 
empregadas pela humanidade. 
 
Se tornou legível graças ao trabalho do pesquisador francês Jean-François Champollion, 
que decifrou a Pedra de Roseta. 
 Se trata de uma designação geral dada a certos tipos de escrita feita com o auxílio de 
objetos em formato de cunhas. 
 
A sua invenção se deve a necessidade de registrar todas as vontades dos reis afim de 
orientar a vida dos escravos e evitar o caos nas cidades. 
Respondido em 08/09/2021 16:34:12 
 
 
Explicação: 
A escrita cuneiforme foi uma maneira convencionada de identificar a forma de expressão adotada 
pelos povos mesopotâmios. Tratava-se de uma escrita realizada a partir de símbolos grafados e com 
o formato de cunha. 
 
Gabarito 
 
Comentado 
 
 
 
3 
 Questão 
 
"Ao contrário da liderança nas aldeias, provisória e sujeita a permanentes contestações, aqui o rei 
esquece as razões que o levaram a liderar [...] e sob a alegação de sua origem divina (no caso do 
Egito) ou legitimação divina (no caso da Mesopotâmia e, mais tarde, entre os reis de Israel e Judá) 
passa a justificar suas atitudes autoritárias, seu luxo acintoso e sua vida desligada da dos 
produtores diretos. A cidade é populosa. Concentrações entre 10 mil e 35 mil habitantes eram 
comuns, segundo os especialistas. Há lugares predeterminados para as casas e as oficinas, mas os 
palácios e templos ocupam os locais de destaque. " (PINSKY, Jaime. As primeiras civilizações. São 
Paulo: Editora Contexto, 2011, p.69). 
A partir da leitura do texto, identifique as assertivas corretas com relação ao processo de 
urbanização e liderança nas cidades do Crescente Fértil: 
I - As lideranças na região chamada de Crescente Fértil eram indicadas pela população e, a 
posteriori, justificavam seu poder com explicações sobrenaturais. 
II - As lideranças na região chamada de Crescente Fértil eram justificadas por uma suposta origem 
divina ou legitimação divina sem qualquer possibilidade de contestação por parte da população. 
III - A organização da cidade na região do Crescente Fértil baseava-se em critérios sociais; palácios 
e templos estavam em posição destacada em relação às demais construções. 
 
 
Apenas II está correta. 
 Apenas III está correta. 
 
Apenas I e II estão corretas. 
 
Apenas I está correta. 
 Apenas II e III estão corretas. 
Respondido em 08/09/2021 16:35:11 
 
 
Explicação: 
A questão aborda os elementos utilizados na região do Crescente Fértil para legitimar o poder do rei. 
Em geral eram associados a uma divindade ou indicados por ela. Além disso, destaca a maneira com 
as cidades eram organizadas, ou seja, priorizando os espaços do templo e do palácio. 
 
 
 
4 
 Questão 
 
"A Mesopotâmia só pode ser entendida pelas suas cidades." A afirmação de Gwendoly Leick pode ser 
entendida se observarmos que: 
 
 
As cidades são o que sobraram da Mesopotâmia, por isso temos a impressão que o seu 
sistema era em torno das mesmas. 
 
A cidade de Ur é uma das mais antigas cidades mesopotâmicas, fazendo referência ao 
período Ubaid, sendo inteiramente ocupada por grandes templos e grandes concentrações 
populacionais. 
 As escavações arqueológicas de Assur, e as plaquetas descobertas em regiões turcas que 
fazem referência a Assur, demonstram ser este um importante centro comercial. 
 
A afirmação é equivocada e obtida a partir de uma observação somente de listas reais e 
monumentos que se mantiveram. Na Mesopotamia é provável que as cidades fossem 
espaços religiosos e não socialmente ocupados. 
 As escavações da cidade de Nínive revelam que o crescimento das cidades mesopotâmicas, 
em especial sumérias, foram importantes centros de poder local. 
Respondido em 08/09/2021 16:36:59 
 
 
Explicação: 
As escavações arqueológicas de Assur, e as plaquetas descobertas em regiões turcas que fazem 
referência a Assur, demonstram ser este um importante centro comercial. 
 
 
 
5 
 Questão 
 
 
 
REDE, M. A Mesopotâmia. São Paulo: Saraiva, 1997. p. 32 
A escrita cuneiforme surgiu na Suméria no final do IV Milênio a.C.. A partir da análise do quadro 
acima e dos conhecimentos sobre a história da Mesopotâmia, assinale a alternativa correta. 
 
 A estrutura da escrita muda radicalmente no primeiro milênio depois de seu aparecimento, 
ou seja, do período caracterizado pelo sinal arcaico até o aparecimento do sumério. 
 Não devemos ver o surgimento da escrita como um aparecimento repentino, mas sim como 
um processo mais longo, conectado às necessidades de organização derivadas do 
surgimento de estruturas estatais. 
 
O surgimento de estruturas mais complexas de organização, dando base ao Estado, fica 
claramente demonstrado na evolução da escrita, uma vez que não há quaisquer sinais de 
representações simbólicas antes do surgimento da forma de organização estatal. 
 
A modificação na representação dos cereais acompanha o aumento da produtividade 
agrícola naquela sociedade no decorrer do tempo. Por isto, o conceito deixa de ser 
representado por apenas um sinal, passando a simbolizar colheitas cada vez maiores. 
 
A permanência de alguns símbolos sem alterações estruturais pode ser conectada à 
importância maior de alguns elementos na sociedade mesopotâmica. Neste sentido, pode-se 
observar, por exemplo, que a representação da montanha se mantém mais próxima do 
original, em razão da sacralidade que esta formação geológica tinha naquela sociedade. 
Respondido em 08/09/2021 16:37:06 
 
 
Explicação: 
Não devemos ver o surgimento da escrita como um aparecimento repentino, mas sim como um 
processo mais longo, conectado às necessidades de organização derivadas do surgimento de 
estruturas estatais. 
 
 
 
6 
 Questão 
 
A arqueologia é extremamente importante para o estudo da história antiga, entretanto, até meados 
do século XX, o historiador não costumava utilizar os dados arqueológicos. Ele não visualizava a 
arqueologia como uma ciência independente, antes preferia crer que era, assim como numismática, 
uma ciência auxiliar da história. Entretanto, o procedimento coerente que deve ser adotado pelos 
profissionais destas duas ciências, deve ser: 
 
 os arqueólogos devem partirpara a construção de trabalhos mirabolantes, afim de 
igualarem-se aos historiadores 
 reconhecer que existem limitações para cada uma das áreas, mas estas ciências devem 
trabalhar juntas em parceria 
 
fomentar a disputa da produção historiográfica entre a arqueologia e a história 
objetivando análises cada vez científicas 
 
reconhecer que existem limitações para cada uma das áreas, por isso, é melhor que cada 
ciência siga sua prática isoladamente 
 
saber que não existe limitações para cada uma destas áreas, mas que devem realizar 
trabalhos conjuntamente, respeitando os objetos 
Respondido em 08/09/2021 16:37:11 
 
 
Explicação: 
A Arqueologia não é uma ciência auxiliar da História. Cada área possui suas peculiaridades, métodos 
próprios e limitações. Por isso, devem caminhar e trabalhar juntas para que possamos 
conhecer melhor o passado. 
 
 
 
 
7 
 Questão 
 
Assinale a Alternativa Correta. Gwendolyn Leick em seu livro ¿ Mesopotâmia: a invenção da Cidade¿ 
afirma que a escrita cuneiforme surgiu no sul da Mesopotâmia e parece ter sido inventada pelos 
sumérios. Sobre essa forma de escrita podemos afirmar que: 
 
 Se trata de uma designação geral dada a certos tipos de escrita feita com o auxílio de 
objetos em formato de cunhas. 
 
A sua invenção se deve a necessidade de registrar as leis e ordens dos reis que orientavam 
a vida em sociedade e evitam o caos nas cidades que começavam a se desenvolver. 
 
É juntamente com o grego arcaico uma evolução das primeiras formas de escrita 
empregadas pela humanidade. 
 
Se tornou legível graças ao trabalho do pesquisador francês Jean-François Champollion, 
que decifrou a Pedra de Roseta. 
 
Era aplicada em folhas de papiro e, por esse motivo, muitas se perderam ou foram 
destruídas ao longo dos séculos. 
Respondido em 08/09/2021 16:37:15 
 
 
Explicação: 
Se trata de uma designação geral dada a certos tipos de escrita feita com o auxílio de objetos em 
formato de cunhas. 
 
 
 
8 
 Questão 
 
Roy Porter, no seu livro Das Tripas Coração, sobre a história da medicina, chama a atenção para a 
sedentarização, que trouxe ao homem mais do que uma evolução. Analise as afirmativas a seguir, 
identifique as que estão de acordo com as afirmações do autor e assinale a alternativa correta: 
1. Confrontados com a fome, os seres humanos aprenderam por tentativa e erro a explorar os 
recursos naturais e a produzir seu próprio alimento. Começaram a cultivar gramíneas selvagens e a 
transformá-las em cereais domesticados. 
2. Se o advento da agricultura e da domesticação dos animais livrou a humanidade da ameaça de se 
extinguir devido a inanição, desencadeou também um novo perigo: as doenças infecciosas. 
3. Através de processos evolutivos longos e complexos: as doenças dos animais, agora 
domesticados, saltaram por sobre o abismo das diferenças entre espécies e trasmudaram em 
doenças humanas. 
 
 
Somente a afirmativa 1 está correta. 
 
Somente as afirmativas 2 e 3 estão corretas. 
 Todas as afirmativas estão corretas. 
 
Somente as afirmativas 1 e 2 estão corretas. 
 Somente as afirmativas 1 e 3 estão corretas. 
Respondido em 08/09/2021 16:38:39 
 
 
Explicação: 
O processo de sedentarização, desenvolvimento da agricultura e domesticação dos animais criou 
meios mais eficazes para garantir a sobrevivência humana. Provavelmente, o início da agricultura 
não foi um processo intencional e foi resultado de várias tentativas e erros. Além disso, estas novas 
técnicas apresentaram consequências inesperadas como o surgimento de enfermidades passadas 
dos animais para os humanos. 
 
1 
 Questão 
 
Sobre a região da Mesopotâmia e os povos que se desenvolveram naquela região dando origem a 
importantes sociedades da Antiguidade Oriental é correto afirmar: 
 
 A Mesopotâmica, importante vale entre o Nilo e o Eufrates, pode ser dividida em duas 
partes: a Alta Mesopotâmia, mais montanhosa, e a Baixa Mesopotâmia, região 
extremamente plana. 
 
Os grandes rios da Mesopotâmica têm enchentes bastante regulares, sendo as águas que 
descem suavemente das montanhas o principal agente responsável pelo processo de 
fertilização dos vales mais baixos da região. 
 A agricultura de irrigação, ao permitir o aumento demográfico e a produção de excedentes, 
foi condição necessária para o surgimento das civilizações na Mesopotâmia. 
 
Tanto na agricultura como no artesanato, a produtividade era bastante alta, o que exigia 
um baixo uso de trabalhadores, consequentemente uma boa parte da população era 
liberada para se dedicar às artes, à filosofia e aos conhecimentos científicos e à política. 
 
Ao domínio Neobabilônico sucedeu-se o Império assírio, época na qual os templos tiveram 
papel fundamental na economia, sendo o principal possuidor os agriultores mais pobres. 
Respondido em 08/09/2021 16:39:41 
 
 
Explicação: 
Todas as opções, exceção feita a que relaciona o aumento populacional a agricultura de irrigação, 
apresentam pequenas inconsistências. Uma delas cita a propriedade da terra vinculada aos 
camponeses, o que nunca ocorreu. Outra menciona a possibilidade de grande parte da população 
ficar dedicada a atividades culturais sendo que, a maioria era agricultora. Há uma questão ainda, 
que menciona o Nilo como fonte da água doce dos mesopotâmios, contudo, o Nilo está situado na 
África. 
 
 
 
2 
 Questão 
 
As sociedades possuíram e possuem formas diferenciadas de marcar o tempo. Hoje em dia, por 
exemplo, as pessoas regulam sua vida em virtude de um tempo detalhado do relógio, temos horas, 
minutos, segundos.... Na Antiguidade, esse controle era diferente, isto porque; 
 
 as estações do ano eram bastante significativas na contagem do tempo, contudo, os 
períodos de cheias eram desprezados. 
 
hoje em dia, contamos com um calendário que sempre existiu, pois, foi formado na 
Antiguidade, ainda com os mesopotâmicos 
 
o controle do tempo na Antiguidade era diferente do contemporâneo, pois era feito sem a 
participação humana. 
 
não existia o relógio para controlar a vida das pessoas, então, contava-se o tempo a partir 
da indicação dos deuses. 
 contagem do tempo tinha relação com as estações do ano, com o resultado das condições 
climáticas e a posição do sol. 
Respondido em 08/09/2021 16:39:53 
 
 
Explicação: 
A contagem do tempo era pensada no tempo útil, ou seja, tinha relação com coisas práticas. O ritmo 
da agricultura, a passagem das estações do ano, as condições climáticas e a posição do sol serviam 
como referência. 
 
 
 
3 
 Questão 
 
Os sumérios foram os primeiros habitantes da Mesopotâmia. Eles se autodenominavam "as cabeças 
negras" e a região na qual habitavam denominavam de "terra de Sumer". Sobre este povo, assinale 
o correto. 
 
 Eram nômades, voltados para a guerra e a conquista de novos territórios. Ao contrário de 
outros povos, repudiavam o comércio, não possuíam uma cultura definida ou uma religião 
organizada, com um panteão e seu ritos. 
 Eram sedentários. Agricultores, realizaram obras de irrigação e canalização dos rios. 
Construíram as primeiras cidades fortificadas que funcionaram como cidades-estados. 
Utilizavam técnicas de metalurgia e a escrita. 
 
Eram pastores e agricultores que habitavam a baixa mesopotâmia de onde conquistaram a 
península arábica. Foram os responsáveis formação do caráter belicoso dos amoritas, 
caudeus e egípcios no oriente próximo e médio. 
 
Oriundos de diversos grupos étnicos, vindos do deserto da Síria, começaram a penetrar aos 
poucos nos territórios da região mesopotâmica em busca de terras agricultáveis. Eram 
conhecidos pela sua habilidade no comércio. 
 
Eram, sobretudo, comerciantes e artesãos. Sem nenhuma aquisição cultural significativa. 
Fundaram um império unitário com um regime político único. Descendentes dos semitas, 
foram os primeiros a buscar uma religião monoteíta. 
Respondido em 08/09/2021 16:39:57 
 
 
Explicação: 
Os sumérios sãoconhecidos pelo domínio das técnicas agrícolas e controle do ritmo das cheias dos 
rios de Tigre e Eufrates. Formaram as primeiras cidades-estados da região, estabeleceram uma 
organização burocrática e a primeira manifestação de escrita que conhecemos. 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
4 
 Questão 
 
É correto afirmar que o desenvolvimento da agricultura favoreceu ao surgimento das cidades? 
 
 
sim, porque não convinha aos grupos sedentarizados participar de aspectos da vida 
nômade rural 
 
não, porque os homens progrediam vertiginosamente e acabariam criando as cidades sem 
a agricultura 
 sim, porque o grande número de comunidades sedentarizadas favoreceu à criação das 
cidades 
 
não, porque a agricultura favoreceu o sedentarismo e as cidades são o resultado das 
disputas humanas 
 
sim, porque com a produção agrícola precisavam vender os produtos nos centros urbanos 
Respondido em 08/09/2021 16:41:46 
 
 
Explicação: 
Sem dúvida há uma relação direta entre a sedentarização e a criação das cidades. A partir do 
momento em que os grupos humanos fixam residência, são organizadas comunidades e, por 
conseguinte, cidades. 
 
 
 
 
5 
 Questão 
 
Quando um Império executa sua dominação sobre os dominados à base de muita violência, torturas 
e execuções, a tendência é que surjam diversos movimentos de resistência. Na Antiguidade 
Oriental, na região da Mesopotâmia, um houve um império que marcou sua história com 
procedimentos violentos parecidos com os descritos acima. Estamos falando dos: 
 
 
Sumérios 
 
Neo-babilônicos 
 
Persas 
 Assírios 
 
Babilônios 
 
Respondido em 08/09/2021 16:41:19 
 
 
Explicação: 
A violência com a qual os assírios tratavam seus vencidos, forjou um amplo sentimento de 
resistência, o que acabou prejudicando a própria vida do império assírio. 
 
 
 
6 
 Questão 
 
Leia o texto a seguir: A maior parte das regiões vizinhas {da antiga Mesopotâmia} caracteriza-se 
pela aridez e pela falta de água, o que desestimulou o povoamento e fez com que fosse ocupada por 
populações organizadas em pequenos grupos que circulavam pelo deserto. Já a Mesopotâmia 
apresenta uma grande diferença, embora marcada pela paisagem desértica, possui planície cortada 
por dois grandes rios e diversos afluentes e córregos. (Marcelo Rede. A Mesopotâmia, 2002) A partir 
do texto acima, é correto afirmar que 
 
 A ocupação das áreas vizinhas da Mesopotâmia tinha características nômades e os povos 
mesopotâmicos praticavam a agricultura irrigada. 
 
A ocupação sedentária das regiões desérticas representava uma ameaça militar aos 
habitantes da Mesopotâmia. 
 
Os povos mesopotâmicos dependiam apenas da caça e do extrativismo vegetal para a 
obtenção de alimentos. 
 
A ocupação da planície mesopotâmica e das áreas vizinhas a ela, durante a Antiguidade, 
teve caráter sedentário e ininterrupto. 
 
Os povos mesopotâmicos jamais puderam se sedentarizar, devido às dificuldades de 
obtenção de alimentos na região. 
Respondido em 08/09/2021 16:40:59 
 
 
Explicação: 
Comparando a população mesopotâmia com aquela localizada nas áreas vizinhas, o destaque foi a 
possibilidade remota de sedentarização dos primeiros em relação aos outros. Esta possibilidade foi 
ofertada, sem dúvida, pela abundância de água doce o que permitiu o desenvolvimento da 
agricultura. 
 
 
 
7 
 Questão 
 
"Assim, é compreensível que na Suméria estabeleçam-se padrões mais cuidadosos, referências mais 
precisas quando o comércio se desenvolve e os 
tributos têm de ser arrecadados. Padrões e referências objetivas dependiam de transmissão formal, 
de sistemas de ensino. Ensinava-se também a dividir o dia em doze horas duplas e o ano pelos 
ciclos da Lua. Como no atual calendário hebraico, de vez em quando criava-se um 13 o mês para 
corrigir as discrepâncias acumuladas. Ensinavam-se noções de volume (concretizadas em terra ou 
grãos), daí se aprenderem as principais operações aritméticas. A relação da circunferência de um 
círculo com o seu diâmetro era estabelecida em 3 (quase igual ao nosso π, que vale 3,1416...), o 
que, na prática, servia muito bem para calcular o conteúdo de um celeiro cilíndrico, deduzindo-se 
eventuais espaços vazios." (PINSKY, Jaime. As primeiras civilizações. São Paulo: Editora Contexto, 
2011, p.84). 
A partir da leitura do texto é possivel aferir sobre os sumérios que: 
I - Eram extremamente cuidadosos no que diz respeito à divisão do tempo e noções de volume. 
II - Desenvolveram vastos conhecimentos matemáticos ainda utilizados nos dias de hoje. 
III - Não tinham preocupação com detalhes administrativos, visto que suas invenções não 
apresentavam aplicabilidade prática. 
IV - Seu calendário era muito avançado e baseado nos ciclos solares. 
 
 
As opções corretas são II e III. 
 
As opções corretas são I, II e III. 
 As opções corretas são I e II. 
 Todas as opções estão corretas. 
 
As opções corretas são III e IV. 
Respondido em 08/09/2021 16:40:45 
 
 
Explicação: 
Os sumérios deixaram importantes contribuições para os povos seguintes; algumas delas ainda são 
utilizadas em nossos dias. Dentre elas podemos mencionar: concepções relacionadas a padrões de 
pesos e medida e divisão do calendário. O objetivo destas criações era facilitar a administração e 
controle da produção. 
 
 
 
8 
 Questão 
 
Partindo da cidade de Constantinopla e seguindo em direção a Ásia, no contexto do mundo antigo, 
se encontrava a região que chamamos de: 
 
 
Europa 
 Oriente 
 
Ocidente 
 
Extremo Oriente 
 
África oriental 
Respondido em 08/09/2021 16:40:30 
 
 
Explicação: 
O termo Oriente, utilizado desde a Antiguidade, é uma designação genérica adotada para identificar 
aqueles que não estavam na área de influência do mundo greco-romano. 
 
1 
 Questão 
 
Sobre a região da Mesopotâmia, assinale a alternativa incorreta: 
 
 Ao sul, a Baixa Mesopotâmia é mais plana e muito fértil em razão da inundação, mas 
carente de madeira de qualidade e minérios. Este cenário impulsionou as trocas na região, 
tanto por terra quanto por mar e rios. A pecuária era favorecida pelas áreas de pastagem 
das estepes do sul. 
 
Os rios Eufrates e Tigre nascem nas montanhas da Anatólia e correm para desaguar juntos 
no Golfo Pérsico. Enquanto o Eufrates é abastecido pelo degelo de primavera e por seus 
afluentes, o Tigre depende das chuvas nos Montes Zagros e dos diversos rios tributários. 
 
Os rios Tigre e Eufrates fertilizam as terras em suas margens com suas inundações, o 
primeiro em abril e o segundo em maio, alcançando seu limite respectivamente em 
setembro e outubro. Isto faz com que as cheias estejam localizadas muito próximas do 
período da colheita e, consequentemente, obras hidráulicas eram fundamentais para 
proteger as plantações da irregularidade dos rios que transbordavam de maneira mais 
intensa que o Nilo, por exemplo. 
 
A "terra entre rios" (meso potamus) pode ser dividida em dois, limitada pela região onde os 
Eufrates e o Tigre correm mais próximos. Ao norte, a Alta Mesopotâmia é uma região mais 
elevada e, portanto, com irrigação mais difícil, mas que tem sua agricultura facilitada pelas 
chuvas e complementada pela pecuária e pelos recursos florestais. 
 Muito semelhante ao Rio Nilo, as cheias do Eufrates e do Tigre eram regulares e tranquilas. 
Respondido em 08/09/2021 16:43:11 
 
 
Explicação: 
Diferentemente do Nilo, as cheias do Eufrates e do Tigre eram mais irregulares e intensas. Como a 
região da Baixa Mesopotâmia era mais plana, o escoamento da água das cheias era, muitas vezes, 
um problema, que acabava ocasionando a salinização do terreno por conta da drenagem 
insuficiente. 
 
 
 
2 
 Questão 
 
Ao estudarmos as formas de marcação do tempo do homem antigo e contemporâneo, perceberemos 
que o calendário tem um valor muito grande. Isto porque: 
 
 Mesmo havendo alguma diferença na forma de marcar o tempo,na Antiguidade o homem 
dependia mais da terra do que hoje 
 
Mesmo havendo variações na forma de marcar o tempo, na Antiguidade e hoje, os homens 
seguem o mesmo calendário 
 
Pode até haver alguma diferença na forma de marcar o tempo entre a Antiguidade e os dias 
de hoje, mas o nascimento de Cristo é o marco inicial de ambos os calendários 
 Mesmo havendo variações na forma de marcar o tempo, esta atitude é necessária para 
saber o tempo apropriado ao plantio e posteriormente a colheita 
 
 
Pode até haver alguma diferença na forma de marcar o tempo entre a Antiguidade e os dias 
de hoje, mas as datas religiosas são as mesmas em ambos os calendários 
Respondido em 08/09/2021 16:43:18 
 
 
Explicação: 
O homem antigo baseava o planejamento do plantio e da colheira de acordo com o tempo da 
natureza, ou seja, o tempo em que as estações do ano favoreceriam as atividades propostas 
 
 
 
3 
 Questão 
 
"No Egito e na Mesopotâmia havia, portanto, condições potenciais altamente favoráveis à 
agricultura, condições essas, entretanto, que precisavam ser 
aproveitadas com um trabalho sistemático, organizado e de grande envergadura. Talvez por isso a 
urbanização tenha-se desenvolvido antes aí e não em outras regiões do Oriente Próximo. No Egito e 
na Mesopotâmia havia, portanto, condições potenciais altamente favoráveis à agricultura, condições 
essas, entretanto, que precisavam ser aproveitadas com um trabalho sistemático, organizado e de 
grande envergadura." (PINSKY, Jaime. As primeiras civilizações. São Paulo: Editora Contexto, 2011, 
p. 63) 
O texto acima descreve a ocupação da região denominada Crescente Fértil e o processo de 
urbanização. Sobre este período é correto afirmar que: 
 
 
 o autor não relaciona o processo de urbanização das regiões do Egito e da Mesopotâmia à 
Revolução agrícola visto que entende ser um movimento distinto e independente. 
 
o autor, embora não manifeste explicitamente, entende que a diferenciação do Egito e da 
Mesopotâmia em relação aos povos do mesmo período, era o fato de possuir abundância 
de fonte de água doce 
 
O autor compreende o processo de urbanização como sendo anterior ao processo de 
desenvolvimento agrícola. Para ele, o incremento da agricultura exigia uma infraestrutura 
anterior. 
 o autor relaciona a urbanização das regiões do Egito e Mesopotâmia a uma necessidade de 
trabalho significativo para desenvolvimento da agricultura, o que não seria possível no caso 
de uma população nômade. 
 
O autor compreende o processo de desenvolvimento agrícola como sendo anterior à 
urbanização; não seria possível a segunda sem o incremento da primeira. 
Respondido em 08/09/2021 16:43:23 
 
 
Explicação: 
A questão busca relacionar o processo de urbanização ao desenvolvimento da agricultura. O texto 
descreve a necessidade de um trabalho sistemático para bom aproveitamento da abundância de 
água doce e, por conseguinte, de ocupação sistemática do solo através da sedentarização. 
 
 
 
4 
 Questão 
 
A divisão geográfica tradicional fala em Oriente Próximo; Oriente Médio e Extremo Oriente. Acerca 
dessas regiões, analise as afirmativas a seguir e assinale a alternativa correta. 
1. Oriente próximo é a região que atualmente inclui a Coréia do Norte, O Vietnam, o Laos e a 
Tailândia e que recebe essa denominação em função de estar próximo do Japão, localizado no 
Extremo Oriente. 
2. Oriente Médio: Expressão frequentemente usada para designar as possessões ligadas às antigas 
áreas Hindus e Persas; se referindo geograficamente aos territórios que se situam entre o mar 
Mediterrâneo e o mar Arábico, incluindo atualmente países como o Irã, o Iraque e o Afeganistão. 
3. Extremo Oriente inclui regiões vistas como exóticas e que até o início do século XX, eram pouco 
estudadas pelos ocidentais. Quando começaram a estudá-las, uma das características consideradas 
é que essas regiões apresentavam um traço cultural comum, identificadas, em especial, com a 
cultura chinesa. 
 
 Somente as alternativas 2 e 3 estão corretas. 
 
Somente as Alternativas 1 e 3 estão corretas 
 
Somente as alternativas 1 e 2 estão corretas. 
 Somente a alternativa 2 está correta. 
 
Todas as alternativas estão corretas 
Respondido em 08/09/2021 16:44:46 
 
 
Explicação: 
A questão trata sobre a localização do Oriente. A opção incorreta é a que trata do Oriente próximo. 
Áreas como Coréia do Norte, O Vietnam, o Laos e a Tailândia estariam no âmbito do "exótico", ou 
seja, seriam o chamado Extremo Oriente. 
 
 
 
5 
 Questão 
 
A história antiga, sobretudo a oriental, se comparada à história contemporânea, apresenta um 
obstáculo que dificulta seu estudo, falamos: 
 
 
da escassez de artefatos arqueológicos 
 
da falta de historiadores interessados 
 da falta de fontes escritas 
 
da falta de fontes visuais 
 
da falta de investimentos públicos 
Respondido em 08/09/2021 16:45:27 
 
 
Explicação: 
Em relação à história antiga oriental, a escassez de fontes é a tônica, o que dificulta enormemente o 
trabalho dos historiadores. Contudo, a falta de materiais de natureza escrita é o que mais chama 
atenção em relação ao quesito dificuldade para o estudo. 
 
 
 
6 
 Questão 
 
"Como diz Gordon Childe, a invenção de um sistema de escrita foi apenas um acordo sobre os 
significados que deviam ser atribuídos aos símbolos pela 
sociedade que deles se utilizava para seus objetivos comuns. Assim, os primeiros símbolos são 
praticamente autoexplicativos, os pictogramas." (PINSKY, Jaime. As primeiras civilizações. São 
Paulo: Editora Contexto, 2011, p.79). 
O texto descreve um importante evento ocorrido na região ocupada pelos sumérios. Sobre este 
evento é correto afirmar que: 
 
 
 
narra a invenção dos primeiros símbolos de escrita associados aos povos da região da 
atual China. 
 
narra a criação da escrita pictórica, forma de expressão utilizada pelos egípcios em 
primeiro lugar. 
 trata-se da invenção da primeira forma de escrita fruto do esforço dos sumérios. 
 
trata-se a invenção da primeira forma de escrita, feito atribuído aos babilônios. 
 
narra a criação da escrita cuneiforme, invento atribuído aos egípcios. 
Respondido em 08/09/2021 16:46:07 
 
 
Explicação: 
O texto apresenta os primeiros passos para a criação da escrita cuneiforme atribuída aos povos 
sumérios. Esta forma de escrita, em seus primórdios, era concebida através de símbolos - desenhos, 
chamados de pictóricos. 
 
 
 
7 
 Questão 
 
"Foi no Crescente Fértil com seu clima favorável, que se originaram, há cerca de 10.000 anos, os 
primeiros assentamentos humanos e os primórdios da agricultura e da criação de animais 
domésticos" (Gwendolyn Leick. Mesopotâmia: A invenção da cidade. Rio de Janeiro: Imago, 2003.) 
A região da Mesopotâmia possuía um solo de aluvião com elevado e variado conteúdo mineral, 
assim, era propício para o plantio. Contudo, para que a agricultura fosse viável nesta região foi 
necessário: 
 
 
capacidade econômica das populações sedentarizadas para saber tirar proveito do 
comércio agrícola 
 a adaptação do homem ao meio, controlando o curso das águas, construindo diques e 
canais 
 
acúmulo de conhecimentos náuticos que permitissem a navegação dos rios escoando a 
produção 
 
o surgimento das primeiras comunidades humanas, para povoar a região e produzir 
excedentes 
 
muitas chuvas em suas montanhas, para que gerasse as cheias dos rios Tigre e Eufrates 
Respondido em 08/09/2021 16:51:24 
 
 
Explicação: 
O homem precisou se adaptar à região que era banhada por dois rios: o Tigre e o Eufrates. Para que 
pudesse se beneficiar destas características, promoveu inúmeras obras de natureza hidráulica com 
propósito de controlar as cheias e inundações dos rios. 
 
 
 
8 
 Questão 
 
O terceiro milênio a.C. testemunha um grande número de núcleos urbanos se desenvolvendo ao longo 
do Tigre e do Eufrates. Historiadorescomo Paul Garelli levantaram, só para o período que vai de 2700 a 
2100 a.C., uma enorme lista de reis em localidades como Lagash, Umma, Kish, Ur, Uruk, Akad, Gatium 
e Elam ¿ incluindo o herói Gilgamesh e outros, de nomes quase impronunciáveis por nós, como 
Lugalkinishedudu, Meskiagnunna e Kutik-in-shushinak. (PINSK, Jaime. As primeiras civilizações. São 
Paulo: Editora Contexto, 2011, p.73). 
As primeiras comunidades mesopotâmias estão listadas no texto acima. Desta forma, percebemos uma 
diversidade de reis e comunidades surgidas ao longo dos séculos. É correto afirmar sobre as cidades da 
região: 
 
 
 
estabeleceram dinastias 
duradouras que conseguiram 
ocupar as comunidades vizinhas 
com relativa facilidade. 
 
eram facilmente dominadas por 
povos vizinhos, sobretudo, pelos 
inimigos mais próximos, os 
persas. 
 não formavam um Estado 
unificado e o termo 
Mesopotâmia foi uma criação 
dos gregos para identificar os 
povos que ocuparam esta 
região. 
 formavam um Estado unificado 
e governado por um monarca 
considerado uma divindade 
viva. 
 
formavam um Estado unificado 
e com um poder real 
considerado teocrático. 
Respondido em 08/09/2021 16:52:36 
EXERCÍCIOS – AULA 3 
 
1 
 Questão 
 
Estudar a Mesopotâmia deve ser entendido como a análise de uma região, uma idéia, uma disputa 
importante entre as muitas discussões de onde está o berço da humanidade. Podemos, de maneira 
mais interessante no entanto, definir este estudo como: 
 
 A Babilônia e seus vizinhos representam alguns marcos importantes de identificações do 
mundo ocidental, em especial no que se refere as referências cristãs e islâmicas e budistas 
 
A identificação do conjunto verdadeiro de cidades do Crescente Fértil nas quais se 
desenvolveu o uso exclusivo da mão de obra escrava e ao mesmo tempo, uma sociedade 
culturalmente igualitária 
 
O estudo de Mesopotâmia tem haver com a busca dos grandes impérios da humanidade, 
revelando que o homem antigo era superior ao contemporâneo no que diz respeito à 
organziação imperial 
 
A Mesopotâmia é uma das áreas do Crescente Fértil, local em que a arquitetura e a 
organização social são base para o desenvolvimento do mundo grego e romano, vitais para 
a compreensão da História da Humanidade 
 As cidades mesopotâmicas formam um conjunto que nos ajuda a refletir historicamente 
como se deu a organização da sociedade no período antigo, o que amplia nosso 
conhecimento e capacidade de discussão sobre o tema 
Respondido em 09/09/2021 13:27:00 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
2 
 Questão 
 
Ao compararmos o processo de organização política da parte norte e sul da Mesopotâmia, 
concluiremos que esta ação estava mais avançada, primeiro, no sul. Entretanto, com a liderança de 
ChamshiAddu, o norte experimentou uma forte organização política e, neste cenário, uma de suas 
principais cidades apresentava-se como um forte centro comercial, falamos de: 
 
 Assur 
 
Nínive 
 
Babilônia 
 
Kish 
 
Akkad 
Respondido em 09/09/2021 13:26:21 
 
 
 
3 
 Questão 
 
 
 
(LIVERANI, M. El Antiguo Oriente. Historia, sociedade y economía. Barcelona: Crítica, 1995.) 
A figura acima reconstrói a partir dos vestígios arqueológicos a zona sagrada de Eanna, dedicada à 
deusa Ishtar, na cidade de Uruk durante a segunda metade do IV Milênio a.C.. Através de fontes 
como estas, a Arqueologia pode montar explicações acerca do funcionamento da sociedade 
mesopotâmica. Sobre isto, assinale a alternativa correta. 
 
 O tamanho e centralidade dos complexos templários nas estruturas urbanas demonstram o 
poderio político-econômico destes e sua posição como principal foco de poder naquela 
sociedade. 
 
O investimento na construção de complexos templários gigantescos serviu para empregar 
milhares de trabalhadores, que eram remunerados com grãos. Desta maneira, os 
governantes planejavam tais obras para manter as classes mais baixas da sociedade 
alimentadas e proteger a economia. 
 
A complexidade das estruturas templárias demonstra um exemplo claro de obras suntuosas, 
implicando enormes gastos públicos, o que acabou resultando na crise deste tipo de cidade. 
 
A centralidade das estruturas religiosas demonstra claramente uma sociedade marcada por 
um fanatismo religioso que constituiu as bases da relação atual entre religião e política, no 
que pode ser entendido como um efeito de longa duração. 
 
O tamanho e centralidade dos complexos templários refletiam uma sociedade na qual o 
poder se organizava em torno de representações religiosas, sendo o rei na Mesopotâmia 
adorado como uma divindade viva. 
Respondido em 09/09/2021 13:27:05 
 
 
Explicação: 
O tamanho e centralidade dos complexos templários nas estruturas urbanas demonstram o poderio 
político-econômico destes e sua posição como principal foco de poder naquela sociedade. 
 
 
 
4 
 Questão 
 
Estudar a Mesopotâmia deve ser entendido como a análise de uma região, uma idéia, uma disputa 
importante entre as muitas discussões de onde está o berço da humanidade. Podemos, de maneira 
mais interessante no entanto, definir este estudo como: 
 
 As cidades mesopotâmicas são um conjunto que nos ajuda a refletir historicamente, como 
um exemplo entre muitos, as organizações do período antigo, ampliando nossa capacidade 
de discussão. 
 
A Babilônia e seus vizinhos representam alguns marcos importantes de identificações do 
mundo ocidental, em especial no que se refere as referências cristãs e islâmicas. 
 
A Mesopotâmia é uma das áreas do Crescente Fértil, local em que a arquitetura e a 
organização social são base para o desenvolvimento do mundo grego e romano, vitais para 
a compreensão da História da Humanidade 
 
O estudo de Mesopotâmia tem haver com a busca dos grandes impérios da humanidade, 
revelando a capacidade de grandes homens 
 
A identificação do conjunto do crescente fértil como berço da civilização organizada, 
histórica e hierarquizada. 
Respondido em 09/09/2021 13:27:44 
 
 
Explicação: 
As cidades mesopotâmicas são um conjunto que nos ajuda a refletir historicamente, como um 
exemplo entre muitos, as organizações do período antigo, ampliando nossa capacidade de 
discussão. 
 
 
 
5 
 Questão 
 
Na Antigüidade Oriental, o Modo de Produção Asiático caracterizou-se fundamentalmente pelo(a): 
 
 
fracionamento da propriedade fundiária em partes entregues a nobres da Casa Real; 
 apropriação formal da terra pelo Estado e efetiva pela comunidade camponesa, cujos 
membros deveriam pagar impostos e prestar serviços ao Estado; 
 
emprego da força de trabalho escravo, com um comércio operoso, controlado por uma 
burguesia ativa e numerosa. 
 
industrialização acentuada, calcada sobre uma farta e barata força de trabalho servil, 
amplamente dominada pela aristocracia fundiária. 
 
concentração do controle da produção num partido político; 
Respondido em 09/09/2021 13:28:49 
 
 
 
6 
 Questão 
 
A forma de trabalho mais utilizada nas cidades da Mesopotâmia era a servidão coletiva. Podemos 
conceituar esse modelo da seguinte maneira: 
 
 sistema de trabalho em que os escravos são super explorados pelos donos das terras. 
 
sistema de trabalho em que os camponeses trabalham separados dos escravos. 
 sistema de trabalho em que as terras pertencentes a elite são compulsoriamente cultivadas 
por camponeses. 
 
sistema de trabalho em que escravos e servos têm o mesmo valor. Não existe diferença 
entre eles. 
 
sistema de trabalho em que os escravos são menos explorados pelos proprietários, por isso 
são chamados servos. 
Respondido em 09/09/2021 13:28:53 
 
Gabarito 
 
Comentado 
 
 
 
7 
 Questão 
 
Assur, uma das cidades localizadas ao norte do território da Mesopotâmia, era uma cidade 
essencialmente comercial. Sobre seus primeiros tempos é correto afirmar que: 
 
 
foi seguidamente dominada por assírios, egípcios e hebreus, nunca obtendo real 
autonomia.estabeleceram diferenciadas formas de escrita, sendo considerados os criadores da 
cuneiforme. 
 
já apresentava uma intrincada rede de ligações internacionais e centralização política 
avançada. 
 
verificou uma forma diferenciada de religiosidade no mundo antigo, adorando apenas dois 
deuses. 
 pagou durante um tempo tributos aos acádios pelo reconhecimento do seu espaço e rotas 
comerciais. 
Respondido em 09/09/2021 13:29:48 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
8 
 Questão 
 
No período da liderança babilônica sobre a Mesopotâmia, Marduk era visto como um dos principais 
ícones do panteão babilônico. Sua estátua era o símbolo da autonomia babilônica e era afirmada 
com orgulho pela população local. Caso ela fosse usurpada, o poder político ficava enfraquecido... 
Este quadro explicita uma aproximação entre: 
 
 
a ideia sobre Marduk e seus usurpadores 
 Marduk e os outros deuses do panteão babilônico 
 
os deuses do panteão babilônico e a população local 
 
o orgulho da população local e a política imperialista 
 o imaginário religioso sobre Marduk e o modelo de governo. 
 
 
 
 
 
 
 
 
1 
 Questão 
 
O primeiro grupo a ocupar a região da Mesopotâmia foram os indo-europeus que viajavam pelo 
norte da região. Porém, posteriormente, verifica-se também a presença de grupos semitas. Isto nos 
permite dizer que: 
 
 fica clara a existência de várias migrações na região 
 
os semitas tomaram a Mesopotâmia com muita violência 
 
a Mesopotâmia estava abandonada quando os semitas chegaram 
 
os semitas eram invasores terríveis e violentos 
 
as migrações na região ficaram restritas a estes dois grupos 
Respondido em 09/09/2021 13:35:38 
 
 
 
2 
 Questão 
 
Ao estudar a região da Mesopotâmia devemos superar a ideia de povos que se sucederam em 
épocas distintas. Sobre o processo de ocupação, portanto, seria correto afirmar que: I - A região 
teve apenas uma leva migratória, o que gerou unidade territorial e política. II - A região conheceu 
várias levas de invasores oriundos da Ásia e indo-europeus. III - Os sumérios são responsáveis 
pelas primeiras possibilidades de escrita organizada. 
 
 Apenas I está correta. 
 Apenas III está correta. 
 Apenas II está correta. 
 Apenas II e III estão corretas. 
 Apenas I e II estão corretas. 
Respondido em 09/09/2021 13:35:51 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
3 
 Questão 
 
Por ocasião da Guerra do Iraque, estudiosos do mundo inteiro se mostraram temerosos diante das 
perdas provocadas pelo conflito. Além de vidas, perdeu-se muitos vestígios dos povos que ocuparam 
aquela região como os assírios. Acerca desse povo que ocupou a planície do Tigre e do Eufrates é 
correto afirmar que: 
 I - A necessidade de embates constantes provocou uma exacerbação do preparo desse povo para a 
arte militar 
II - Técnicas de combates e armamentos poderosos permitiram aos assírios a formação de um 
grande império mesopotâmico 
III - A utilização de métodos violentos na captura de seus inimigos atribuiu aos assírios a fama de 
dominadores cruéis 
 
 
Apenas a I está correta 
 As opções I, II e III estão corretas 
 
Apenas I e II estão corretas 
 
Apenas I e III estão corretas 
 
Apenas II e III estão corretas 
Respondido em 09/09/2021 13:36:10 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
4 
 Questão 
 
No que se referem às condições sociais, políticas e econômicas da Mesopotâmia, pode-se afirmar, 
CORRETAMENTE que: 
 
 Na Mesopotâmia destacou-se o modo de produção escravista, relacionado ao caráter bélico e 
expansionista desses povos. 
 Apesar de independentes politicamente, as diversas civilizações mesopotâmicas eram 
interdependentes economicamente, o que gerou um dinâmico processo de trocas. 
 
As estruturas geo-climáticas da região nos ajudam a compreender porque a agricultura de 
irrigação das civilizações mesopotâmicas eram obrigatoriamente individualistas. 
 
Na economia da baixa Mesopotâmia, próximo à foz dos grandes rios, não existiam fomes ou 
crises de produção, graças à regularidade das cheias. 
 
A regularidade das cheias dos grandes rios e a tranqüilidade política permitiram à 
Mesopotâmia a formação do primeiro reino unificado da história. 
Respondido em 09/09/2021 13:36:13 
 
 
Explicação: 
Apesar de independentes politicamente, as diversas civilizações mesopotâmicas eram 
interdependentes economicamente, o que gerou um dinâmico processo de trocas. 
 
 
 
5 
 Questão 
 
A Mesopotâmia, embora conhecida por esse nome, não constituiu um Estado unificado. Vários povos 
se sucederam na hegemonia do território. Apesar disso, é inegável sua importância como grande 
centro cultural e político da Antiguidade. São elementos atribuídos aos povos que ocuparam essa 
região os seguintes: 
I - A elaboração do primeiro código escrito da humanidade, a escrita fusiforme. 
II - A elaboração do primeiro código de leis da humanidade, o Código de Hamurábi. 
III - A utilização de um modelo de trabalho que submetia parcelas da população ao trabalho 
compulsório em obras estatais. 
IV - A edificação de templos conhecidos como zigurates. 
 
 
Apenas as opções I e IV estão corretas 
 apenas I, II e IV estão corretas 
 apenas II, III e IV estão corretas 
 
apenas I, II e III estão corretas 
 
Apenas a opção IV está correta 
Respondido em 09/09/2021 13:36:56 
 
 
 
6 
 Questão 
 
O Código de Hamurábi foi um documento de natureza muito importante. Seu fundamento era o da 
proporção da punição em relação ao dano causado. Sobre ele, também seria correto afirmar que: 
 
 
foi um documento utilizado por vários povos além dos sumérios devido à sua 
complexidade. 
 
era um documento muito avançado para época, mas compreendia apenas a dimensão do 
direito penal. 
 embora tenha recebido o nome do governante Hamurábi, foi compilado séculos após sua 
morte, representando uma homenagem póstuma. 
 regulamentava diversas matizes do direito, tais como: relações trabalhistas, cíveis, 
criminais e direito do consumidor. 
 
sua importância para a história é mais cultural, pois foi o único vestígio da escrita 
cuneiforme que nos restou. 
Respondido em 09/09/2021 13:37:40 
 
 
 
7 
 Questão 
 
Sobre o modo de produção asiático podemos afirmar que 
I. a base econômica era a agricultura, praticada por camponeses que viviam num regime de 
servidão coletiva e pagavam ao Estado imposto sob a forma de produtos ou trabalho nas obras 
públicas; 
II. existia uma parcela considerável da população formada por escravos obtidos entre os prisioneiros 
de guerra ou nas atividades comerciais; 
III. caracteriza as primeiras civilizações surgidas no Ocidente, como a dos gregos e romanos; 
IV. o Estado, além de intervir diretamente no controle da produção e na sua distribuição, 
controlando, inclusive, as práticas comerciais, se apropriava do excedente agrícola, distribuindo-o 
entre a nobreza governante (sacerdotes e guerreiros). 
Quais afirmativas estão corretas? 
 
 Apenas a II, III e IV. 
 
Apenas a III e IV. 
 Apenas a I, II e IV. 
 
Apenas a I e II. 
 
Apenas a II e III. 
Respondido em 09/09/2021 13:37:44 
 
 
 
8 
 Questão 
 
Sobre o Egito Antigo, assinale a alternativa incorreta: 
 
 A vazante dessas águas também se 
dava naturalmente, fosse por 
correntezas ou por evaporação, 
ainda que em algumas regiões, em 
especial no delta do rio, mantivesse 
a característica pantanosa em razão 
da menor inclinação do terreno. 
Deve-se destacar que, em sua 
história, o Nilo mudou de leito muitas 
vezes, levando a flutuações cíclicas 
entre cheias mais ou menos 
abundantes. 
 
A primeira questão a ser levantada 
sobre a geografia do Egito pode 
parecer óbvia, mas é muito pouco 
acentuada pela Egiptologia 
tradicional: a civilização egípcia 
localizou-se no continente africano. 
 
A hidrografia do Nilo mantinha o ciclo 
anual de cheias de forma bastante 
regular. No verão, aságuas subiam 
de nível com as chuvas e degelo na 
nascente, inundando e fertilizando a 
planície no seu entorno com os 
sedimentos orgânicos revirados do 
fundo do rio. 
 A escassez mineral do Egito foi 
sempre um grande problema, sendo 
necessário muitas vezes a 
importação de minérios. 
 
A cheia se alongava entre julho e 
novembro, formando diques naturais 
nas duas margens e penetrando 
pelos canais e bacias naturais de 
extensão variável. 
Respondido em 09/09/2021 13:37:48 
 
 
Explicação: 
A riqueza mineral do Egito também é bastante conhecida. As colinas que delimitavam 
o vale do rio forneciam pedras abundantes para a construção, como o calcário. As 
margens do Nilo também eram ricas em sílex, principal matéria-prima para a 
produção das ferramentas cotidianas. 
 
1 
 Questão 
 
Sobre os povos da Mesopotâmia é correto afirmar: 
 
 
Formavam uma sociedade isenta de hierarquias e distinções 
 
Foram responsáveis pelos primeiros registros escritos conhecidos como hieróglifos. 
 
Criaram uma rica civilização as margens do rio Nilo. 
 Ocupavam uma região onde hoje se localiza o Iraque. 
 
Adotavam a religião monoteísta. 
Respondido em 09/09/2021 13:39:14 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
2 
 Questão 
 
A Bíblia conta a história de Noé, um herói mítico que conseguiu sobreviver a uma espécie de dilúvio 
universal. Entretanto, ao analisarmos a região da Mesopotâmia, território no qual é narrado a 
história do Dilúvio, percebermos a presença de dois grande rios com um histórico conhecido de 
cheias e inundações. Tal constatação significa: 
 
 que os rios representam o elemento que garantiu a unidade populacional mesopotâmica 
 
que a Bíblia além de livro de teor religioso é uma fonte histórica incontestável 
 
que o Dilúvio de Noé realmente aconteceu e falta só a arqueologia encontrar os indícios 
 que a água representou um elemento simbólico significativo para a região mesopotâmica 
 
que a água fez surgir as civilizações mesopotâmicas e controlou os inimigos destas 
Respondido em 09/09/2021 13:40:37 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
3 
 Questão 
 
"As terras e demais propriedades podiam pertencer ao Estado, ao templo ou a particulares. Todos 
deveriam permitir a passagem dos dutos de água pelas suas propriedades, assim como zelar pela 
manutenção dos canais, mas fora isso os particulares tinham liberdade formal para dispor de seus 
bens." (PINSKY, Jaime. As primeiras civilizações. São Paulo: Editora Contexto, 2011, p.92). 
Com relação ao modelo conhecido como servidão coletiva é correto afirmar que: 
I - Obrigava sacerdotes e nobres a executar de forma obrigatória trabalhos nos templos pelo menos 
uma vez ao ano. 
II - Obrigava a população camponesa a trabalhar nas terras do Estado e dos templos em 
determinados períodos do ano. 
III - Aqueles que se declarassem incapazes poderiam ser dispensados do serviço obrigatório. 
IV - Além das terras do Estado e dos templos, os camponeses poderiam ser cooptados a trabalhar 
nas construções e obras públicas. 
 
 Apenas I e II estão corretas. 
 
Apenas II e III estão corretas. 
 
Apenas III e IV estão corretas. 
 
Apenas I e III estão corretas. 
 Apenas II e IV estão corretas. 
Respondido em 09/09/2021 13:40:46 
 
 
Explicação: 
O tipo de trabalho utilizado nas terras mesopotâmias, bem como no Egito era a chamada servidão 
coletiva. Neste modelo, o camponês era obrigado a trabalhar (trabalho compulsório) nas terras do 
Estado e templo e ainda, em construções públicas necessárias. 
 
 
 
4 
 Questão 
 
" Com o Tigre e o Eufrates, na Mesopotâmia, as condições naturais eram diferentes, mas o processo 
caminhava na mesma direção. Lá, por conta da 
irregularidade do degelo nas vertentes, as cheias eram surpreendentes e intempestivas ¿ às vezes 
destruidoras. A extrema fertilidade das terras às suas 
margens (pelo menos ao sul de Bagdá) requeria uma defesa contra a imprevisibilidade dos rios, o 
que era obtido por meio da construção de valas que, 
graças à topografia plana e aos canais e braços naturais, desviavam as águas para onde fosse 
necessário." (PINSKY, Jaime. As primeirs civilizações. São Paulo: Editora Contexto, 2011, p. 63) 
Com base no texto acima, podemos identificar como características naturais da região conhecida 
como Mesopotâmia: 
I - a região era banhada pelos rios Tigre e Eufrates, que tinham um ritmo irregular de cheias e 
vazantes. 
II - as áreas que margeavam os rios eram conhecidas por sua fertilidade e abundância. 
III - os povos da região realizaram várias obras com o propósito de controlar a imprevisibilidade dos 
rios. 
IV - os povos da região produziram valas que atendiam ao propósito de desviar o excedente de 
águas, se necessário. 
 
 Todas as as afirmativas estão corretas. 
 
Apenas as afirmativas II, III e IV estão corretas. 
 
apenas as afirmativas I e II estão corretas. 
 
Apenas as afirmativas I, II e IV estão corretas. 
 
Apenas as afirmativas I e III estão corretas. 
Respondido em 09/09/2021 13:40:53 
 
 
Explicação: 
O aluno deve identificar o caráter irregular das cheias dos rios Tigre e Eufrates o que determina a 
preocupação dos povos que ocuparam a região em promover uma série de obras com o objetivo de 
controlar estes eventos. A construção de diques, barragens e valas permitu que estes povos 
pudessem aproveitar de forma satisfatória a fertilidade das margens. 
 
 
 
5 
 Questão 
 
A Mesopotâmia foi um dos primeiros locais onde se registrou focos de vida sedentária, esta 
constatação pode ser entendida quando pensamos nas características da região mesopotâmica, 
falamos: 
 
 do fato de ter muitos animais na região, o que facilitava a domesticação dos mesmos 
 
 do fato da região possuir rios, permitindo o consumo de água e da produção agrícola 
 
do fato de haver povos dispostos a trabalharem para tornar a região habitável 
 
do fato das terras mesopotâmicas serem muito conhecidas na época em questão 
 
 
do fato de ter água potável, mas apresentava terras marcadas pela desertificação 
Respondido em 09/09/2021 13:40:58 
 
 
Explicação: 
A oferta de água e terra fértil ao plantio serviu como atrativos para as populações se fixassem na 
Mesopotâmia. 
 
 
 
6 
 Questão 
 
Na Babilônia e em outras cidades da região da Mesopotâmia, percebemos uma forma diferenciada 
de trabalho identificada como servidão coletiva. Sobre esse modelo de trabalho podemos afirmar 
que: 
 
 sistema de trabalho em que o indivíduo trabalha parte da semana para o proprietário das 
terras e os demais dias para si mesmo. 
 
sistema de trabalho voluntário, mas que era adotado por muitas pessoas em respeito às 
divindades locais. 
 
sistema de trabalho em que terras são doadas em modelo de parceria e parte da produção 
é doada a quem cedeu a propriedade. 
 
sistema de trabalho semelhante à escravidão com a única diferença que o indivíduo não 
pode ser vendido. 
 sistema de trabalho em que terras pertencentes a elite são cultivadas compulsoriamente 
por camponeses. 
Respondido em 09/09/2021 13:41:04 
 
Gabarito 
Comentado 
 
 
 
 
7 
 Questão 
 
Analise as afirmativas abaixo acerca das sociedades da Mesopotâmia e do Egito: I. As sociedades do 
Egito e da Mesopotâmia podem ser consideradas não capitalistas, ou seja, são sociedades cujo 
funcionamento da chamada economia se daria não pela lógica do mercado, mas pelo mecanismo da 
reciprocidade. II. Apesar de terem muitos pontos em comuns, as sociedades do Egito e da 
Mesopotâmia se diferenciam profundamente no que se refere ao tipo de mão-de-obra utilizada. 
Enquanto na Mesopotâmia predominava a servidão, o Egito Antigo desenvolveu a chamada 
escravidão-mercadoria. III. Egito e Mesopotâmia se diferenciavam no que se refere à questão da 
agricultura: enquanto nos rios Tigre e Eufrates as inundações eram violentas, no Nilo eram mais 
regulares e menos fortes. Está(ão) correta(s):Somente a afirmativa II. 
 Somente as afirmativas I e III. 
 
Somente a afirmativa III. 
 
Somente a afirmativa I. 
 
Somente as afirmativas I e II. 
Respondido em 09/09/2021 13:41:10 
 
 
 
8 
 Questão 
 
Dentre as variadas motivações do contexto, a criação da escrita cuneiforme pode ser entendida 
dentro de um cenário no qual se pretendia estabelecer regras que possibilitassem o convívio social 
entre os grupos sedentarizados. Seguindo esta constatação, a escrita cuneiforme foi utilizada pelas 
civilizações mesopotâmicas para: 
 
 fixar leis e registrar as transações econômicas 
 
anotar os dias de trabalho e registrar a vontade de faraó 
 
 
fixar leis e estabelecer e produzir desenhos artísticos 
 
registrar letras de hinos religiosos e fixar limites para a autoridade dos senhores 
 
fixar leis e estabelecer as regras da sucessão do governante 
 
Respondido em 09/09/2021 13:41:19 
 
 
Explicação: 
A partir do momento que as populações se fixaram em um determinado território, foi necessário 
estabelecer regras de convivência, as leis, e registrar os dados das relações econômicas. Assim, a 
escrita cuneiforme serviu inicialmente, dentre outros fatores, a estas motivações.

Outros materiais

Materiais relacionados

Perguntas relacionadas

Materiais recentes

Perguntas Recentes