A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
1 pág.
palestra2

Pré-visualização | Página 1 de 1

No dia 30/05/2019 realizou-se uma palestra no auditório do UGB, onde os palestrantes tinham como objetivo mostrar com três eixos: Autoestima, miscigenação e ancestralidade. Com duração de três meses, realizado no bairro de periferia Padre Josimo, o projeto que foi realizado dando um novo título para os negros e também para o preconceito com a mulher e principalmente com a mulher negra no nosso país, mostrar um novo título chamado resistência e/ou luta e geração de solução em um cenário de dupla discriminação. Para os elaboradores do projeto a parte mais importante de tudo foi às oportunidades que as famílias tiverem em universidades, onde as crianças foram levadas e com isso obtiveram várias outras referencia na vida dessas famílias e crianças que participaram do propósito.
 O bairro padre Josimo antes de ser realizado esse projeto com as crianças e famílias tinha muitas noticias de criminalidades e violências, e, após o projeto, conseguiu-se levar uma visão diferente sobre o bairro, tanto nas ruas como na mídia, contribuindo não apenas para as famílias, mas para a comunidade como um todo, ficando o projeto como referência do bairro. Para os autores do projeto a parte mais importante de tudo foi às oportunidades que as famílias tiverem em universidades, onde as crianças foram levadas para conhecer e com isso obtiveram várias outras referencia na vida dessas famílias e crianças que participaram do projeto.
Todo esse processo para a realização do projeto foi construído em base de embranquecimento da população, ocultação da população feminina, negra e indígena, ou seja, toda a historia oficial do Brasil foi escrita com base em exclusão, de acordo com a conclusão dos palestrantes.