A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
584 pág.
Caderno de Normas Tecnicas para Projetos SAA e SES - CAGECE(v2)

Pré-visualização | Página 8 de 50

as informações hidráulicas do sistema. A 
Data Substitui Assinatura
09/07/2010 SPO-005 - 17/4/2009
NORMA INTERNA Identificação Versão Folha
SPO-005 2 7/12
Título
APRESENTAÇÃO DO PROJETO TÉCNICO
decisão por volume específico ficará explicitado em termo de referência, no caso de 
projeto contratados ou orientações internas, no caso de projetos desenvolvidos pela 
Gproj;
3.4.2 A elaboração do projeto de arquitetura tem por finalidade manter uma perfeita 
harmonia visual, estética e funcional das diversas unidades, inclusive com as unidades 
existentes, compatibilizando-se com os projetos hidráulicos, elétricos e de 
instrumentação/automação.
3.4.3 Os aspectos urbanísticos e paisagísticos, caracterizados em projeto, visam buscar um 
equilíbrio entre a obra a ser implantada e o meio físico onde esta se encontra inserida.
3.4.4 Arquitetura
3.4.4.1 O projeto arquitetônico deve atender às recomendações de segurança e de saúde, às 
recomendações do Corpo de Bombeiros e às exigências do código sanitário, do código 
de obras e edificações da Prefeitura, bem como demais exigências e recomendações 
técnico-legais aplicáveis.
3.4.4.2 Do projeto arquitetônico devem constar: plantas, fachadas, coberturas, cortes, etc., 
devidamente cotados, com detalhamento em grau suficiente para a identificação dos 
diferentes materiais de acabamento, das cores, dimensões e tratamento termoacústico, 
quando necessário.
3.4.5 Urbanismo
3.4.5.1 Do projeto urbanístico devem constar todas as construções, vias de acesso e demais 
equipamentos arquitetônicos (passeios, escadas, rampas, canteiros, barreiras acústicas, 
etc.), devidamente identificados, amarrados e cotados.
3.4.6 Paisagismo
3.4.6.1 Para a elaboração do projeto de paisagismo, devem ser consultados os técnicos da 
Cagece, para definição conjunta das diretrizes básicas. Deve ser apresentado, além do 
nome científico, o nome popular das espécies vegetais especificadas e a quantidade de 
cada espécie a ser plantada, devendo ser utilizadas, preferencialmente, plantas nativas 
Data Substitui Assinatura
09/07/2010 SPO-005 - 17/4/2009
NORMA INTERNA Identificação Versão Folha
SPO-005 2 8/12
Título
APRESENTAÇÃO DO PROJETO TÉCNICO
da região. Devem ser apresentados detalhes dos elementos arquitetônicos que 
complementam o projeto (jardineiras, espelhos d’água, escadas, etc).
3.5 PROJETO DE INSTALAÇÕES PREDIAIS
3.5.1 Todas as unidades integrantes dos sistemas que necessitarem de instalações 
hidráulicas, sanitárias e pluviais, as mesmas deverão ser elaboradas.
3.5.2 Este projeto será constituído de memorial descrito, plantas e cortes, de acordo com as 
normas da ABNT, inclusive perspectiva isométrica com indicações de diâmetros, 
comprimentos, peças e conexões, relação de materiais e especificações de serviços.
3.6 PROJETO ELÉTRICO e de AUTOMAÇÃO 
3.6.1 O projeto elétrico e de automação deverá atender às exigências da concessionária de 
energia elétrica, às Normas da ABNT e aos critérios e padrões da Cagece abaixo 
discriminados:
3.6.1.1 TR-00 – Termo de Referência para Projetos Elétricos;
3.6.1.2 TR-01 – Termo de Referência para aquisição de painéis elétricos com partida direta;
3.6.1.3 TR-02 – Termo de Referência para aquisição de painéis elétricos com soft-starter;
3.6.1.4 TR-03 – Termo de Referência para aquisição de painéis elétricos com inversor;
3.6.1.5 TR-04 – Termo de Referência para aquisição de grupo gerador;
3.6.1.6 TR-05 – Termo de Referência para Projetos de Automação. 
3.6.2 O projeto elétrico deve compor volume específico e apresentar os seguintes elementos:
3.6.2.1 Memória descritiva;
3.6.2.2 Diagramas elétricos (unifilar, funcional, de interligação);
Data Substitui Assinatura
09/07/2010 SPO-005 - 17/4/2009
NORMA INTERNA Identificação Versão Folha
SPO-005 2 9/12
Título
APRESENTAÇÃO DO PROJETO TÉCNICO
3.6.2.3 Quadro de cargas;
3.6.2.4 Especificações técnicas de materiais, componentes e equipamentos elétricos, conforme 
padrões da Cagece;
3.6.2.5 Desenhos das instalações de iluminação, de força, de comunicação, de proteção contra 
descargas atmosféricas, de aterramento e de comando;
3.6.2.6 Plantas de situação e localização com indicação do ponto da Coelce (informar código);
3.6.2.7 Lista de materiais;
3.6.2.8 Orçamento conforme tabela da Seinfra;
3.6.2.9 Quando houver subestação esta deve ser aprovada pela COELCE.
3.6.3 Deve ser apresentado memorial descritivo da solução adotada, descrevendo o 
funcionamento das unidades projetadas e apresentando uma descrição resumida dos 
equipamentos. Se for o caso, as interfaces com o sistema existente devem ser 
perfeitamente identificadas. No caso de ampliação de instalação, deve ser apresentado 
um roteiro de procedimentos para que seja evitado, ao máximo, interrupções no 
sistema existente.
3.6.4 Devem ser anotados os dados do profissional responsável pelo projeto elétrico. No 
projeto de pára-raios, deve-se evitar a utilização de eletrodutos plásticos, quando 
estiverem em local sujeito à ação dos raios solares. 
3.6.5 O projeto elétrico deve atender às exigências da concessionária de energia elétrica, aos 
critérios e padrões da Cagece e às Normas da ABNT.
3.7 PROJETO ESTRUTURAL
3.7.1 Será constituído de memorial de cálculo, planta de forma e ferragens e das diversas 
plantas necessárias ao perfeito entendimento de todas as estruturas a executar. Serão 
seguidas as Normas ABNT para estrutura de concreto armado e em estruturas de 
material diferente, deverão ser apresentadas as normas específicas de Entidades 
Data Substitui Assinatura
09/07/2010 SPO-005 - 17/4/2009
NORMA INTERNA Identificação Versão Folha
SPO-005 2 10/12
Título
APRESENTAÇÃO DO PROJETO TÉCNICO
Nacionais ou Estrangeiras.O projeto deve ser acompanhado de lista de materiais e 
quantitativo. O responsável técnico pelo projeto de estrutura deve tirar a ART e colocar 
em anexo ao projeto;
3.8 ESTUDOS AMBIENTAIS
3.8.1 Os estudos ambientais deverão seguir as definições da norma SPO 010 - Estudos 
Ambientais.
3.9 ESTRUTURA PARA PROJETOS SIMPLIFICADOS
3.9.1 Serão considerados projetos simplificados àqueles vinculados à Programas específicos 
do Governo;
3.9.2 A estrutura deverá atender ao Termo de Referência do programa ao qual está 
vinculado. Na falta de especificação, adotar a estrutura referente ao item ESTRUTURA 
DO RELATÓRIO TÉCNICO PARA PROJETOS BÁSICO E EXECUTIVO;
3.10 ESTRUTURA PARA PROJETOS DE TERCEIROS
3.10.1 Os projetos destinados à operação e execução pela Cagece, deverão necessariamente 
atender a norma SPO 005 - Apresentação de Projetos e SPO 006 - Elaboração e 
Apresentação de Peças Gráficas;
3.10.2 Projetos de terceiro que não forem executados pela Cagece mas serão recebidos para 
operação não precisam apresentar cronograma e orçamento;
4.0 Procedimento
4.1 PARA PROJETOS DESENVOLVIDOS NA GPROJ:
4.1.1 O desenvolvimento do projeto deverá atender ás normas SPO 029 - Emissão do Termo 
de Aprovação de Projetos - TAP e SPO 004 – Diretrizes Gerais para elaboração de 
Projetos;
4.1.2 Adotar modelo padrão de relatório disponibilizado no servidor da Gerência;
Data Substitui Assinatura
09/07/2010 SPO-005 - 17/4/2009
NORMA INTERNA Identificação Versão Folha
SPO-005 2 11/12
Título
APRESENTAÇÃO DO PROJETO TÉCNICO
4.1.3 O relatório técnico e as peças gráficas poderão configurar um ou mais volumes e 
tomos, a serem encadernados em formato A4, de forma a propiciar organização e 
melhor manuseio destes;
4.1.4 Não serão aceitas peças gráficas enroladas ou soltas, sem a devida encadernação;
4.1.5 A ausência de alguma informação acima prescrita será objeto de cobrança nos laudos 
de análise;

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.