EDUCAÇÃO EMOCIONAL E APRENDIZAGEM: O CAMINHO PARA O SUCESSO ESCOLAR
31 pág.

EDUCAÇÃO EMOCIONAL E APRENDIZAGEM: O CAMINHO PARA O SUCESSO ESCOLAR


DisciplinaPedagogia131.100 materiais751.486 seguidores
Pré-visualização8 páginas
CENTRO UNIVERSITÁRIO UNICARIOCA
EDUCAÇÃO EMOCIONAL E APRENDIZAGEM: O CAMINHO PARA O SUCESSO ESCOLAR
RIO DE JANEIRO
2019.1
EDUCAÇÃO EMOCIONAL E APRENDIZAGEM: O CAMINHO PARA O SUCESSO ESCOLAR
Trabalho de conclusão de curso apresentado ao Centro Universitário Carioca, como requisito parcial para obtenção do grau de Licenciado em Pedagogia
Rio de Janeiro
2019.1
RESUMO
Este trabalho teve como objeto de estudo a Educação Emocional nas escolas, com o objetivo de compreender como esta influencia no processo de desenvolvimento infantil. Desta forma, é possível afirmar que a realização da pesquisa tem grande relevância e destaca-se por contribuir para esclarecer as dificuldades emocionais e de conduta que afetam o processo de desenvolvimento acadêmico e pessoal de cada criança, diagnosticando suas possíveis causas. A partir das informações coletadas, foram analisadas e discutidas alternativas práticas na abordagem da Educação Emocional nas escolas, os efeitos da Educação Emocional, e conclui-se que a Educação Emocional ao permear as relações no espaço escolar consiste em conduzir em uma convivência mais saudável e uma grande facilitadora em melhoria no desempenho das crianças, em redução da evasão escolar, má conduta, bem como no desenvolvimento e aprimoramento das habilidades sócio emocionais de todos os envolvidos. Se está, portanto, diante de um tema amplamente disseminado na literatura, discutido em congressos e seminários por todo Brasil, onde muitas áreas do conhecimento estão envolvidas. A tarefa da Educação consiste em conduzir e em tornar produtivo, do ponto de vista pedagógico. Esse processo de relação participativa e interativa e, com isso, promover o desenvolvimento do homem. A Educação torna-se, assim, a mediadora entre teoria e prática, entre o sujeito e sua interação com o meio ambiente no qual está inserido.
Palavras-chave: Educação emocional; Aprendizagem; Desenvolvimento acadêmico.
INTRODUÇÃO 
Esta pesquisa tem como objetivo analisar a importância da Educação Emocional no processo de aprendizagem e pontuar a Inteligência Emocional, mediante à influência das emoções vivenciadas dentro do processo de desenvolvimento infantil. Elucidando a importância da Educação Emocional a fim de esclarecer sua eficácia na construção da relação entre docente e discente, para que não ocorra o fracasso escolar, consequentemente, Realçando a ideia da educação como valor básico e fundamental para a igualdade coletiva. 
Contudo, é visto que no Brasil há uma grande defasagem educacional, principalmente por falta de profissionais qualificados, por não possuírem a assessoria necessária para desenvolver um trabalho de qualidade, integrado, construtivo e principalmente motivador. Para tanto, precisa-se entender o cenário escolar para privilegiar a reflexão e o estudo sobre Educação Emocional e Aprendizagem. 
O fracasso escolar no Brasil, tem sido o objeto de várias análises de pesquisas e proposições nos sistemas de ensino. Assim, com base nos dados da UNESCO (2010) e do INEP (2018) sobre o fracasso escolar, entende-se que milhões de crianças brasileiras vão mal na escola, repetem o ano ou param de estudar antes de terminar o ensino fundamental, evidenciando que o principal problema atualmente na educação não é quantitativo, mas diz respeito à qualidade do ensino oferecido, e desempenho dos alunos. Esses dados são úteis no que tange ao monitoramento dos sistemas de educação, a permanência na escola e a aprendizagem de todos os alunos.
A pesquisa abordará o primeiro ciclo do ensino fundamental (1° e 2° ano), tendo como objetivo alertar os professores e toda equipe pedagógica, inclusive as famílias sobre o papel que cada um representa na formação da criança sendo importante a participação de todos nesse processo de desenvolvimento, a fim de que possa contribuir no aumento da eficiência da escola \u2013 professor \u2013 alunos.
Consideram-se, nessa pesquisa, contribuições de autores que falam sobre a inteligência emocional, problemas emocionais e de conduta, e o olhar pedagógico.
Objetivos 
Objetivo Geral
O objetivo do presente estudo é o de investigar como a Educação Emocional pode influenciar na aprendizagem escolar. Uma vez que a emoção é fator preponderante em toda a aprendizagem. 
Objetivos específicos
Conceituar inteligência emocional, bem como apresentar, brevemente a influência das emoções no processo de desenvolvimento infantil.
Identificar como alguns problemas emocionais, e de conduta que afetam o processo de desenvolvimento acadêmico e pessoal da criança.
Explicar a importância da Educação Emocional para o processo de desenvolvimento escolar e da aprendizagem, a fim de estabelecer a sua eficácia na construção da relação professor e aluno.
Justificativa 
O interesse pelo tema surgiu, quando a pesquisadora realizando estágio em escolas privadas vivenciou, dificuldades de aprendizagem de alunos em aprender por enfrentarem obstáculos que causaram perturbações, que atentaram contra a normalidade deste processo.
Entende-se de primordial importância alertar a família, professores e toda equipe pedagógica, sobre o papel que cada um representa na formação da criança e a importância da participação de todos nesse processo de aprendizagem,pois a dificuldade de aprendizagem é apresentada ou percebida no momento do ingresso formal da criança na escola. 
É pela avaliação que o professor acompanha os avanços e eventuais retrocessos dos alunos, e poderá ajudá-lo a progredir na aprendizagem. Avaliando como ele se comporta, o professor percebe muitas vezes que embora esse aluno tenha grande potencial, alguma coisa o impede de aflorar a inteligência que se esconde através de um modo alheio ou até mesmo agressivo, motivo pelo qual. incentivou a escolha do tema: \u201cA EDUCAÇÃO EMOCIONAL E APRENDIZAGEM : O CAMINHO PARA O SUCESSO ESCOLAR\u201d. Assim, o presente trabalho é grande relevância na atualidade pois no ambiente escolar, a criança recebe as avaliações de seus professores, colegas e pais sobre suas habilidades e sucessos acadêmicos e, com base nisso, se constrói uma visão de si . A vivência de situações influenciam na capacidade produtiva do indivíduo, e no desenvolvimento interpessoal. Nesse sentido,a ausência da educação emocional e a insuficiência da aprendizagem podem trazer consequências negativas no futuro. 
Metodologia
A pesquisa é de caráter exploratório e descritivo, pois apresenta familiarização com tema e descreve relações entre as variáveis, ou seja, por ser uma pesquisa relacional, apresenta informações, dados e elementos construtivos, porém terá caráter bibliográfico com estudo desenvolvido com base em material publicado em livros, revistas, jornais e redes eletrônicas, isto é material acessível ao público em geral. 
Segundo Rovigati (2009, p.127-128), a pesquisa exploratória se atém a um problema para fornecer informações que possibilitem uma investigação mais precisa, e quando descritiva visa descrever algo fazendo uma análise geral.
 De acordo com Rovigati (2009), a definição de uma pesquisa qualitativa investe-se na coleta de dados, interpretação de fenômenos e atribuição de significados. 
A pesquisa bibliográfica apoia-se nos principais autores: Philippe Àries, Vygotsky, Daniel Goleman, Vítor da Fonseca. Simone da Silva Braga; Maria Luiza Puglisi Munhoz. 
Organização do Trabalho 
Este trabalho está assim dividido: introdução, parte na qual se apresenta o trabalho e demonstra a sua importância; pressupostos teóricos, na qual se exploram as teorias que embasam o trabalho; resultados e discussões, onde se discute os dados coletados e os seus resultados; conclusão onde se apresentam as considerações finais sobre o trabalho e sobre os principais resultados obtidos e referências, onde são citadas as referências utilizadas no desenvolvimento do trabalho.
REFERENCIAL