Prova Online a ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO
8 pág.

Prova Online a ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO


DisciplinaAspectos Antropológicos e Sociológicos da Educação4.529 materiais36.589 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Prova Online  ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO
Disciplina: 100955 - ANTROPOLOGIA DA EDUCAÇÃO
baixo estão as questões e as alternativas que você selecionou:
Parte superior do formulário
QUESTÃO 1
Leia o texto abaixo e analise as afirmativas.
A escola é vista como espaço de cruzamento de culturas, ainda que tenha dificuldade para lidar com a diferença e a diversidade cultural. Mas não é mais possível aceitar que essas diferenças sejam silenciadas ou neutralizadas e para que essas discussões se concretizem na escola é preciso promover uma educação em direitos humanos. Mas o que são direitos humanos? Referem-se ao direito à vida e a luta contra a tortura e qualquer outro tratamento cruel que comprometa a dignidade humana e a integridade do indivíduo. Incluem-se os direitos sociais, civis, ambientais, e muitos outros que surgiram, e continuam surgindo, como construção histórica. 
A partir do que estabelecem as diretrizes educacionais e de forma contextualizada, a educação em direitos humanos deve respeitar todas as características dos educandos e seus professores, independentemente de sua origem, etnia, sexo, religião, orientação sexual. Deve ser um dos pilares orientadores das políticas públicas, da prática pedagógica e das relações sociais estabelecidas dentro e fora da escola, com vistas à formação do cidadão crítico e consciente de seus direitos.
I. Onde houver qualquer tipo de violação aos direitos humanos haverá necessidade de se implementar uma educação em direitos humanos.
II. Violência contra a mulher, crianças e jovens, perseguições e repressão por motivações políticas ou religiosas, violência de motivação socioeconômica, étnico-raciais ou de gênero, são violações contra as quais a escola deve se posicionar concretamente.
III. A elite dominante é a maior interessada em atender às necessidades das camadas mais pobres, que em geral são aquelas cujos direitos são mais desrespeitados.
IV. As desigualdades e a violência decorrentes da omissão do Estado ou dos equívocos em termos de políticas públicas devem ser objeto de crítica para que sejam possíveis todas as transformações que forem necessárias.
Com base no texto e no que aprendeu, assinale as alternativas que melhor resumem essa discussão sobre educação em direitos humanos.
a )
I, II, IV.
b )
I, II.
 
c )
I, II, III.
d )
II, III, IV.
e )
II, IV.
Ver justificativa da resposta
QUESTÃO 2
Se o que nos caracteriza é a miscigenação e a diversidade, a luta pela igualdade deve ter na escola um espaço de discussão, pois só leis não bastam para construir uma sociedade justa. A começar pela Constituição de 1988, a legislação antirracismo (Lei 7.716/89) e o aumento da pena para o racismo e a injúria racial, já conseguimos várias conquistas, mas seremos nós, cidadãos, que faremos as mudanças acontecerem.
PORQUE
Ainda que a miscigenação seja uma das características da população brasileira, sabemos que o mito da democracia racial que muitos, como Gilberto Freyre, afirmaram existir no Brasil não se sustenta, especialmente quando analisamos a realidade braseira em relação à questão das relações étnico-raciais. 
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
a )
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.
 
b )
A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
c )
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa da I.
d )
A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
e )
As asserções I e II são proposições falsas.
Ver justificativa da resposta
QUESTÃO 3
A partir dos anos 1960, na Inglaterra, os ______________ propõem uma análise das relações de poder existentes entre cultura e educação, assumindo também a importância de se reconhecer e valorizar a linguagem, os sistemas simbólicos e as práticas culturais daqueles grupos sociais que, por diferentes razões, têm sido historicamente excluídos da escola. Promovem, também, a tentativa de explicar nosso mundo atual, por meio da articulação entre a antropologia e a educação. O diálogo entre os dois saberes se dará por meio da inter e da transdisciplinaridade, retomando e revisando o conceito de _____________ de forma crítica, considerando sua historicidade e seu aspecto político.
 
a )
estudos sociológicos / cultura
b )
positivistas / etnocentrismo
c )
antropólogos / pluralidade
d )
estudos culturais / diversidade
e )
estudos culturais / cultura
Ver justificativa da resposta
QUESTÃO 4
Enquanto educadores, em sala de aula, ao entrarmos em contato com um grupo de alunos, muitas vezes bastante diferentes entre si, adotamos vários "filtros" para analisá-los. Levamos para a sala de aula nossa vida pessoal, nossos valores, costumes, hábitos e visão de mundo, mas ainda assim precisamos estar abertos a cada uma dessas realidades e histórias de vida, em geral bem diferentes da nossa. E nesse momento também a criança toma consciência da diferença, uma vez que irá encontrar entre seus colegas crianças de outra cor, com comportamentos, gostos, hábitos e desejos que não são iguais aos seus.
Diante dessa realidade, como deve agir o professor?
 
a )
O professor deve estar aberto às diferenças e estimular a troca de experiências entre os alunos. Isso é básico quando se pensa na educação, porque a escola é, antes de tudo, um espaço de socialização, e portanto, deve favorecer o intercâmbio e estimular o diálogo e a aprendizagem entre os diferentes.
b )
O professor deve se orientar por seus valores, crenças e visão de mundo para poder mostrar aos alunos o que é certo, uma vez que ele é a autoridade em sala de aula. Isso porque, se não estabelecer a ordem em sala de aula, perderá o controle sobre os alunos.
c )
O professor deve tentar evitar qualquer tipo de conflito que possa ocorrer porque o contato com o diferente quase sempre gera mudanças indesejadas. Portanto, precisa ensinar aos alunos que julgar as práticas culturais diferentes das suas é normal, já que somos todos diferentes uns dos outros.
d )
O professor deve entender que conflitos podem ocorrer porque o contato com o diferente acaba promovendo algum tipo de mudança em ambos os lados, ainda que nem sempre essas mudanças sejam desejadas. Portanto, precisa ensinar aos alunos que julgar as práticas culturais diferentes das suas é normal, já que somos todos diferentes uns dos outros.
e )
O professor deve entender que não sabe tudo, que é preciso captar as percepções, histórias de vida e visões de mundo do outro. Entretanto, precisa ter claro que destacar e valorizar as diferenças pode estimular conflitos em sala de aula, os quais terá dificuldade em resolver. Assim, é melhor não estimular a discussão sobre a diversidade.
Ver justificativa da resposta
QUESTÃO 5
Um dos fatos históricos que marcaram a história do Brasil e que serve de exemplo de choque cultural e do quanto o etnocentrismo pode ser danoso foi a violência cometida em relação aos negros africanos transformados em escravos. Essa era uma prática comum entre os colonizadores.
PORQUE
Sob o peso do não reconhecimento do outro, essa atitude foi levada ao extremo, pois para os colonizadores aquelas pessoas nem eram consideradas humanas, o que demonstra um exemplo do desrespeito à diferença e a forma como ela era pensada.
A respeito dessas asserções, assinale a opção correta.
 
a )
A asserção I é uma proposição falsa e a II é uma proposição verdadeira.
b )
As asserções I e II são proposições falsas.
c )
As asserções I e II são proposições verdadeiras e a II é uma justificativa da I.
d )
A asserção I é uma proposição verdadeira e a II é uma proposição falsa.
e )
As asserções I e II são proposições verdadeiras, mas a II não é uma justificativa da I.
Ver justificativa da resposta
QUESTÃO 6
Hoje, no contexto da globalização, a facilidade de deslocamento (no espaço
Antonia Maria Magalhaes
Antonia Maria Magalhaes fez um comentário
alguem tem as respostas desta prova, por favor
0 aprovações
Carregar mais