A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
levantamento FATIMA pronto

Pré-visualização | Página 1 de 2

�
FÁTIMA APARECIDA LEMOS BRAZ
LEVANTAMENTO DE DEMANDAS:
(CRAS- CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL- NEY BRAGA)
Levantamento de Demandas apresentado à disciplina de Estágio II do Curso de Serviço Social – do Centro Universitário Leonardo da Vinci – UNIASSELVI, como requisito parcial para avaliação.
Nome do Tutor Externo – Ana Cristina da Silva
Nome do Supervisor de Campo – Márcia Faraum dos Santos
Maringá
2019
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO ..................................................................................................................
1 LEVANTAMENTO DE DEMANDAS............................................................................
2 DESCRIÇÃO DO PROCESSO................................................................................
3 DEMANDA A SER TRABALHADA............................................................................
4 CONSIDERAÇÕES fINAIS..........................................................................................
5 REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA..................................................................................
INTRODUÇÃO
O intuito deste levantamento de demanda é apresentar o CRAS (CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL) e o trabalho realizado pelos profissionais que compõe o quadro de funcionários.
 No estágio supervisionado do curso de Serviço Social, tem- se o objetivo de estudar a instituição, analisar, fazer relatos, participar de atendimentos técnicos, reuniões, visitas, encaminhamentos, juntamente com a supervisora de campo.
 O CRAS é uma unidade onde se organizam os serviços de proteção básica, como gestor local, onde se faz um trabalho social dentro das normas, leis, diretrizes e ética profissional, realizando um atendimento visando a família.
 Centro de Referência de Assistência Social- CRAS é uma unidade de proteção social básica do SUAS, que tem por objetivo prevenir a ocorrência de situações de vulnerabilidades e riscos sociais nos territórios, por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, e da ampliação do acesso aos direitos de cidadania. Para se fazer um trabalho de qualidade no CRAS deve-se planejar e conhecer bem a localidade e as famílias e suas demandas, seus potenciais, mapeando o local de maior ocorrências de risco e de maior vulnerabilidade, conhecendo o que já é ofertado no local. Além da oferta de serviços e ações, possui as funções exclusivas de oferta pública do trabalho social com famílias do PAIF e de gestão territorial da rede socioassistencial de proteção social básica.
 O PAIF é o principal serviço de Proteção Social Básica, ao qual todos os outros serviços desse nível de proteção devem articular- se, pois confere a primazia da ação do poder público na garantia do direito à convivência familiar e assegura a matricialidade sociofamiliar atendimento socioassitencial, um dos eixos estruturantes do SUAS.
    O Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família - PAIF é o principal serviço desenvolvido pelo CRAS. Este serviço envolve: trabalho com as famílias, com a finalidade de fortalecê-las em sua função protetiva; prevenir rompimentos de vínculos familiares comunitários; promover a autonomia das famílias; entre outras. As ações do PAIF incluem:
          - Acolhida (Escuta e atendimento qualificado);
          - Visita técnica em domicílio;
          - Orientação, encaminhamentos para serviços, programas (como Projovem Adolescente, PETI, BPC (Benefício de Prestação Continuada para Idosos e Pessoas com Deficiência), Passe livre para pessoa com deficiência e doenças crônicas, Cadastro Único, Programa Bolsa Família, Programa de qualificação profissional para inclusão produtiva, Carteira do Idoso) com devido acompanhamento das famílias;
          - Grupos de famílias;
          - Acompanhamento Familiar;
          - Promoção ao acesso à documentação civil (RG, CPF, …);
          - Organização e articulação de recursos disponíveis na rede local;
          - Concessão de benefícios eventuais (auxílio natalidade, auxílio-funeral, cota de alimentos, vale transporte, foto para documentos).
          - SCFV - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.
1 LEVANTAMENTO DE DEMANDAS
O levantamento da Demanda é o resultado do estudo e análise de instituição e do público usuário, a fim de criar estratégias para maior visibilidade do público, usuário do benefício BPC (Benefício de Prestação Continuada. Trazer informações básicas como: O que é? Quem tem direito? Quais documentos são necessário? enfim envolver o público num diálogo para debater, criando assim um envolvimento maior para se criar estratégias para um aprimoramento das políticas públicas. Sensibilizar e conscientizar sobre seus direitos.
No Serviço Social o Levantamento de demandas é necessário para que se crie estratégias de enfrentamentos que possibilitem a solução, emancipação, prevenção, reabilitação priorizando uma qualidade de vida ao usuário.
Conhecendo melhor as demandas é possível mostrar que o trabalho do Assistente Social deve sempre estar voltado ao coletivo, implantando novas ações para atuar junto aos usuário e seus familiares prestando um atendimento com ações socioeducativas juntamente com os outros profissionais do CRAS.
2 DESCRIÇÃO DO PROCESSO
.No CRAS- NEY BRAGA são atendidas demandas de várias natureza.
 - Acolhida (Escuta e atendimento qualificado);
 - Visita técnica em domicílio;
 - Orientação, encaminhamentos para serviços, programas (como Projovem Adolescente, PETI, Benefício de Prestação Continuada (BPC) para Idosos e Pessoas com Deficiência, Passe livre para pessoa com deficiência e doenças crônicas, Cadastro Único, Programa Bolsa Família, Programa de qualificação profissional para inclusão produtiva, Carteira do Idoso) com devido acompanhamento das famílias;
 - Grupos de famílias;
 - Acompanhamento Familiar;
 - Promoção ao acesso à documentação civil (RG, CPF, …);
 - Organização e articulação de recursos disponíveis na rede local;
 - Concessão de benefícios eventuais (auxílio natalidade, auxílio-funeral, cota de alimentos, vale transporte, foto para documentos).
 - SCFV - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.
2.1 DEMANDAS DO CRAS- NEY BRAGA
	Demanda
	Causas
	Consequências
	Ações de Enfrentamento e Estratégias
	Atores Envolvidos
	Crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social
Crianças e adolescente de 6 a 14 anos.
Idosos com deficiência e doenças crônicas.
Deficientes. 
Gestantes.
Usuários sem documentação, entre outras demandas que vão surgindo de acordo com as questões sociais.
	 Desigualdade.
Precariedade no acesso escolar.
Evasão escolar.
Desemprego.
Falta de moradia.
Falta de oportunidades devido o sistema capitalista.
	Crianças e adolescente fora do ambiente escolar
Aumento de criança e adolescente em situação de risco social
Desemprego
Fome
Falta de moradia
Enfermidades crônicas
Drogas 
Tentativas de suicídio
	Inclusão das crianças e adolescentes no serviço de convivência e fortalecimento de vínculos
Intervenção social planejada para orienta os usuários na construção e reconstrução de suas histórias e vivências individuais, coletivas e familiares
Programas de capacitação profissional
Atendimento psicológico
Acompanhamento das famílias atendidas.
	O público atendido, os profissionais da área social, área administrativa da cidade do Estado e do país. 
	Pontos fortes
	Pontos fracos
	Recursos Necessários
	Responsáveis
	Prazos
	As leis e projetos que dão proteção
Amparo
Acolhimento
Direção
Reabilitação
Prevenção
Integração através de profissionais

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.