A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
67 pág.
Teoria da História (Questionário Completo)

Pré-visualização | Página 17 de 19

toda memória é criação de um acontecimento já 
passado. 
Certo A memória, por sua vez, não é uma construção mecânica do passado, mas sim uma representação criativa da 
experiência pretérita. 
 
13a Questão 
Entre as opções abaixo, assinale aquela que não apresenta um exemplo de fonte textual. 
Certo A gravação de uma música datada da década de 1930. 
Os textos de um escritor que foram publicados em um grande jornal francês sob a forme de folhetins ao longo dos 
anos 1880. 
 Cartas trocadas entre dois artistas ao longo dos anos 1870. 
 Um livro publicado no século XVIII. 
 O diário de bordo de um navegador do século XVI. 
 
14a Questão 
A derrocada dos paradigmas estruturalistas possibilitou que o sujeito se tornasse novamente o objeto privilegiado da 
análise historiográfica. Com isso o uso o trabalho do historiador passou a ser modificado em que sentido: 
Com a queda do estruturalismo o sujeito relacionado aos grandes feitos passa a ser tema central da análise 
historiográfica. 
Certo As formulações subjetivas, como a memória, passaram a atrair de forma mais sistemática a atenção dos 
historiadores profissionais. 
Os relatos orais passam a ser dispensados pelos historiadores, pois a estrutura dos mesmos não inspira confiança 
pela subjetividade 
 As formulações subjetivas foram colocadas como fontes de um fazer historiográfico de segunda categoria 
Os documentos oficiais passaram a ser mais atraentes para os historiadores, pois com isso a visão sobre história 
passa a ser mais verdadeira. 
 
15a Questão 
O historiador deve saber distinguir entre os diversos tipos de fontes que poderão ser utilizados em sua pesquisa. As fontes 
iconográficas estão definidas em qual alternativa: 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
 são objetos usados no passado; 
Certo são imagens sobre um acontecimento passado registradas em fotos, DVDs, quadros, cartões; 
reproduzem em CDs, MP3, DVDs ou anotações escritas as lembranças que uma pessoa conta sobre um 
acontecimento ou tempo passado; 
 são casas, monumentos e outras construções edificadas no passado. 
 são documentos escritos em papéis ou digitalizados que registram um acontecimento passado; 
 
16a Questão 
São exemplos de fontes sonoras: 
 A Monalisa, quadro de Leonardo Da Vinci 
Certo Cálice de Chico Buarque 
 Davi de Miguelangelo 
 Carta Testamento de Getúlio Vargas. 
Manifesto dos Mineiros ( carta aberta publicada em 24 de outubro de 1943 carta aberta publicada em 24 de 
outubro de 1943) 
 
17a Questão 
Um historiador especializado na análise da arte barroca deve priorizar as fontes: 
Certo Iconográficas. 
 Seriais. 
 Escritas. 
 Orais. 
 Diplomáticas. 
 
18a Questão 
Entre as opções abaixo, assinale aquela que apresenta um exemplo de fonte iconográfica. 
 Textos publicados em jornal. 
 Cartas pessoais. 
 Testemunhos orais. 
Certo Fotografia. 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
 Textos publicados sob a forma de livros. 
 
Aula 10 - CINEMA E HISTÓRIA 
1a Questão 
¿ Filmes como ¿Tropa de Elite 1 e 2¿ ¿Cidade de Deus¿ e séries como ¿Narcos¿ podem ser entendidas como: 
 O filme pode ser usado em relação a história, mas essa afirmativa só serve em relação a documentários. 
 História e filmes não podem ser visto como possibilidade de compreensão histórica. 
 O cinema é tido como a sétima arte, mas não pode ser usado de forma alguma em relação a história. 
Certo Filmes que de alguma forma traduzem e interpretam o ambiente histórico no qual eles estão inseridos 
O cinema pode ser usado em relação a história, mas somente quando há um envolvimento muito grande de 
diversos profissionais relacionados a disciplina. 
 
2a Questão 
Marc Ferro foi um pioneiro na incorporação do cinema como fonte para a compreensão das ideologias e mentalidades dos 
sujeitos da História. Através dos filmes este autor passou a buscar evidências que pudessem ajudá-lo a perceber e 
compreender determinados eventos e períodos históricos. Marque a alternativa abaixo que NÃO representa a importância 
do cinema para a História. 
Os historiadores devem procurar fazer uso do cinema como meio de comunicação de suas concepções, através de 
filmes e documentários históricos. O trabalho dos historiadores seria importante e poderia acontecer tanto em 
colaboração com jornalistas e cineastas como em documentários históricos. 
Certo O cinema como não pode ser considerado como um agente da História, uma vez que os documentários, assim 
como as obras ficcionais, não representam discursos, mas manipulações de informações. 
Através dos filmes, é possível buscar evidências que podem ajudar a perceber e compreender determinados 
eventos e períodos históricos. 
É importante que o historiador perceba nas entrelinhas do filme também aquilo que não se queria mostrar, como 
os modos de narrar uma história, a maneira utilizada para marcar as passagens do tempo e os planos de câmera 
por exemplo. 
O filme é uma importante fonte para revelar aquilo que o autor busca expressar ¿ que está contido na narrativa, as 
idéias sobre determinados personagens, fatos, práticas ou ideologias. 
 
3a Questão 
Quando o filme ¿Tropa de Elite 2¿ foi lançado no Brasil, havia a preocupação de uma crítica da atuação da Instituição da 
Polícia Militar carioca. Isso pode ser visto, pois: 
Certo Filmes que de alguma forma traduzem e interpretam o ambiente histórico no qual eles estão inseridos 
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
JHºNJHºN
Realce
O cinema pode ser usado em relação a história, mas somente quando há um envolvimento muito grande de 
diversos profissionais relacionados a disciplina. 
 História e filmes não podem ser visto como possibilidade de compreensão histórica. 
O filme não pode ser visto como produto de sua época, pois é feito sempre ou visando o passado ou o futuro, não 
tendo nenhuma interferência sobre a realidade. 
 O cinema é tido como a sétima arte, mas não pode ser usado de forma alguma em relação a história. 
 
4a Questão 
A partir do movimento conhecido como Nova História o cinema passa a ser visto como uma construção que altera a 
realidade através de uma articulação entre a imagem, a palavra, o som e o movimento. Os vários elementos da confecção 
de um filme - a montagem, o enquadramento, os movimentos de câmera, a iluminação, a utilização ou não da cor - são 
elementos estéticos que formam a linguagem cinematográfica, conferindo-lhe um significado específico que transforma e 
interpreta aquilo que foi recortado do real. 
Marque a alternativa que melhor interpreta o trecho acima: 
Certo Após o surgimento da Nova história, o filme adquiriu de fato o estatuto de fonte preciosa para a compreensão dos 
comportamentos, das visões de mundo, dos valores, das identidades e das ideologias de uma sociedade ou de um 
momento histórico. 
O filme não pode tornar-se um documento para a pesquisa histórica, na medida em que articula apenas os 
interesses econômicos da indústria cinematográfica. 
Alguns tipos de registros fílmicos - ficção, documentário, cinejornal e atualidades não podem ser vistos como meio 
de representação da história, pois refletem de forma particular sobre esses temas. 
Registros de imagem refletem, sobretudo, a compreensão do modo de vida dos personagens e não dos atores, 
diretores e produtores. 
Após o surgimento da Nova História os historiadores passaram a relacionar o cinema a compreensão das estruturas 
naturais da sociedade, uma vez que o filme é recortado do real. 
 
5a Questão 
O trabalho do historiador é sempre lidar com fontes, há necessidade de análise, de compreensão, de reflexão. Observando 
os filmes podemos dizer que é uma fonte histórica. Dentre