Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
42 pág.
Simulado Parcial Simulado Geral e Avaliação ED- Responsabilidade social

Pré-visualização | Página 1 de 12

Iniciado em
	terça, 10 set 2019, 16:46
	Estado
	Finalizada
	Concluída em
	terça, 10 set 2019, 17:03
	Tempo empregado
	17 minutos
	Notas
	5,00/5,00
	Avaliar
	10,00 de um máximo de 10,00(100%)
Parte superior do formulário
Questão 1
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
O texto abaixo é um trecho do discurso “Guerra contra a pobreza”, realizado por Martin Luther King Jr., em 1968.  Nesse momento, a figura do pastor batista já não era tão consensual entre a militância dos EUA, e seu discurso foi alvo de ataques na imprensa.
 
Leia o trecho a seguir para responder à questão apresentada:
 
A recém instaurada lei dos direitos civis aproxima o Negro americano do limiar de se tornar um membro de primeira classe em nossa sociedade. Mas até que ele seja liberado da privação econômica, ele não poderá ser considerado completamente liberto. Os Negros ainda ocupam o último nível da escada econômica. Eles estão acorrentados aos últimos degraus por uma fechadura dupla: uma o aprisiona por princípios de cor de pele, enquanto a outra o prende a uma cultura de pobreza. [...]
A pobreza nos EUA tende a se concentrar entre grupos em desvantagem. Metade de todas as famílias negras nos Estados Unidos é considerada pobre pela definição de renda anual abaixo de 3.000 dólares. [...]. Em resumo, Negros na América passam mais tempo desempregados, tem menores ganhos quando estão empregados e tem menos educação [...].
Infelizmente, eu acho que a tendência é o aumento do desemprego do Negro. É irônico que no mesmo dia em que o presidente assinou a Lei dos Direitos Civis, 2 de Julho de 1964, o Departamento de Trabalho tenha informado o fato de que o desemprego de junho tinha ido de 5,1 para 5,3 por cento. Em termos humanos – pessoas, não porcentagens – isso representou um aumento de um milhão e cem mil pessoas, das quais um quarto são negras.
O negro hoje não está lutando por alguma noção abstrata, vaga de direito, mas pelo concreto e pronto melhoramento de sua vida.  Em que ele lucrará por poder mandar seus filhos para uma escola integrada [sem segregação racial] se a renda da família é insuficiente para comprar-lhes roupas para irem à escola? O que ele ganhará por ser permitido mudar-se para um bairro integrado se ele não pode pagar porque ele está desempregado ou tem um emprego com baixo salário e sem futuro? De que vantagem é para o negro estabelecer que ele pode ser servido em restaurantes integrados ou se hospedar em hotéis integrados, se ele está preso ao tipo de servidão financeira que não o permitirá tirar férias ou até mesmo levar a sua esposa para jantar fora? Negros não devem apenas ter o direito de ir a qualquer estabelecimento aberto ao público, mas eles também devem ser absorvidos em nosso sistema econômico de tal maneira que eles possam custear o exercício desse direito. (LUTHER KING, 1968). Disponível em: <https://goo.gl/D7trgg>. Acesso em: 05 out. 2018. Tradução do autor.
A partir do texto apresentado e da história da luta pelos direitos civis, é correto afirmar que:
Escolha uma:
a.
 Ao afirmar “Infelizmente eu acho que a tendência é o aumento do desemprego do Negro”, Martin Luther King Jr. aponta para o fato de que empregadores se recusavam a contratar empregados negros apesar dos níveis de escolaridade similares entre afro-americanos e brancos naquele país.
b.
No trecho apresentado, Martin Luther King Jr. aponta a falta de educação de qualidade disponível para a população negra como um empecilho na luta pela igualdade, pois os afro-americanos ainda tinham em mente uma “noção abstrata, vaga de direito”.
c.
Podemos encontrar uma crítica de Martin Luther King Jr. ao capitalismo quando ele afirma que Negros “também devem ser absorvidos em nosso sistema econômico de tal maneira que eles possam custear o exercício desse direito”.
d.
No discurso apresentado, Martin Luther King Jr. aponta para impasses da sociedade posterior à conquista da Lei dos Direitos Civis, no ano de 1964, pois afirma que a desigualdade se mantém por meio de fatores econômicos. 
e.
Ao apontar para a ironia presente no fato de que, enquanto se assinava a Lei dos Direitos Civis, o Departamento de Trabalho informava o aumento do desemprego, Martin Luther King Jr. mostra que toda a luta anterior foi em vão.
Questão 2
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
A notícia abaixo trata de um espetáculo encenado no Rio de Janeiro em 2018:
 
A respeito do encontro entre os personagens mostrados, é correto dizer que:
Escolha uma:
a.
A militância do nacionalismo cristão de Malcolm X caminhava para uma aproximação daquela realizada por Luther King Jr., quando este último foi assassinado por membros do movimento negro – o que impediu uma maior aproximação entre as lideranças.
b.
O discurso apaziguador de Martin Luther King Jr. sobre a não-violência deu lugar a ideia de ação direta após o encontro e a influência marcante de Malcolm X.
c.
Malcolm X e Martin Luther King Jr. discordavam em alguns aspectos da militância, mas, em geral, concordavam com a possibilidade de integração entre brancos e negros nos EUA como a solução para os problemas da segregação racial. 
d.
A divergência central entre as lideranças tinha um fundo religioso: enquanto Martin Luther King Jr. sonhava com um país unido sob o cristianismo, Malcolm X, juntamente dos “nacionalistas negros”, defendia a conversão de todo o país ao islamismo.
e.
O encontro descrito na cena acima foi um acontecimento raro na história, já que, durante muito tempo, as militâncias de Malcolm X e Martin Luther King Jr. eram opostas em muitos sentidos tanto nas metas quanto nas estratégias.
Questão 3
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Para responder à questão, leia abaixo um trecho do mais famoso discurso de Martin Luther King Jr:
 
Cem anos atrás um grande americano, em cuja sombra simbólica nos encontramos hoje, assinou a proclamação da emancipação [dos escravos]. Este decreto momentoso chegou como grande farol de esperança para milhões de escravos negros queimados nas chamas da injustiça abrasadora. Chegou como o raiar de um dia de alegria, pondo fim à longa noite de cativeiro.
Mas, cem anos mais tarde, o negro ainda não está livre. Cem anos mais tarde, a vida do negro ainda é duramente tolhida pelas algemas da segregação e os grilhões da discriminação. Cem anos mais tarde, o negro habita uma ilha solitária de pobreza, em meio ao vasto oceano de prosperidade material. Cem anos mais tarde, o negro continua a mofar nos cantos da sociedade americana, como exilado em sua própria terra. (LUTHER KING JR, 1963.) Disponível em: <https://exame.abril.com.br/mundo/veja-na-integra-o-historico-discurso-de-martin-luther-king/>. Acesso em: 02 out. 2018.
A partir do discurso de Luther King Jr. e da história da segregação racial nos EUA, é correto afirmar que:
Escolha uma:
a.
 No trecho “Cem anos mais tarde, a vida do negro ainda é duramente tolhida pelas algemas da segregação”, Martin Luther King Jr. faz uma crítica à segregação na época, que só acabaria com a aprovação das Jim Crow Laws.
b.
A referência ao “grande americano” realizada por Luther King remete a Abraham Lincoln, presidente da União durante a Guerra Civil, quando os escravizados foram libertados. 
c.
Ao afirmar “Mas, cem anos mais tarde, o negro ainda não está livre”, Martin Luther King Jr. se refere à contínua existência da escravidão ilegal no interior dos Estados Unidos daquela época.
d.
O discurso de Martin Luther King Jr. reitera uma visão de vitimização do negro que espera privilégios da sociedade, pois, a partir da abolição da escravidão, todos passaram a ser iguais diante da lei.
e.
Ao afirmar “Cem anos mais tarde, o negro habita uma ilha solitária de pobreza”, Martin Luther King Jr. se refere às cidades pobres dos EUA habitadas exclusivamente pela população negra.
Questão 4
Correto
Atingiu 1,00 de 1,00
Marcar questão
Texto da questão
Angela Davis: “Quando a mulher negra se movimenta, toda a estrutura
Página123456789...12