QUESTIONARIO UNIDADE II INSTITUIÇÕES DE DIREITO
6 pág.

QUESTIONARIO UNIDADE II INSTITUIÇÕES DE DIREITO


DisciplinaInstituição de Direito100 materiais480 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Curso
	INSTITUIÇÕES DE DIREITO
	Teste
	QUESTIONÁRIO UNIDADE II
	Iniciado
	11/09/19 03:09
	Enviado
	11/09/19 03:11
	Status
	Completada
	Resultado da tentativa
	3 em 3 pontos  
	Tempo decorrido
	1 minuto
	Resultados exibidos
	Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários, Perguntas respondidas incorretamente
Pergunta 1
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	É entidade dotada de personalidade jurídica de Direito privado, com patrimônio próprio e capital exclusivo da União, criada por Lei para a exploração de atividade econômica necessária aos imperativos estatais e de relevante interesse coletivo, que o governo seja levado a exercer por força de contingência ou conveniência administrativa a:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
Empresa pública.
	Respostas:
	a. 
Autarquia.
	
	b. 
Autarquia especial.
	
	c. 
Fundação pública.
	
	d. 
Sociedade de economia mista.
	
	e. 
Empresa pública.
	Feedback da resposta:
	Resposta: E
Comentário: A empresa pública é entidade dotada de personalidade jurídica de Direito privado, com patrimônio próprio e capital exclusivo da União, criada por Lei para a exploração de atividade econômica necessária aos imperativos estatais e de relevante interesse coletivo, que o governo seja levado a exercer por força de contingência ou conveniência administrativa. Exemplos: Correios, BNDS, entre outros.
	
	
	
Pergunta 2
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	É excludente de responsabilidade civil, pois afasta o nexo causal e dispensa o dever de indenizar:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
A culpa exclusiva da vítima.
	Respostas:
	a. 
A ofensa a direito alheio.
	
	b. 
A culpa exclusiva da vítima.
	
	c. 
A agressão excessiva.
	
	d. 
A cláusula unilateral de não indenizar.
	
	e. 
O abuso de direito.
	Feedback da resposta:
	Resposta: B
Comentário: A culpa exclusiva da vítima é, entre outras, excludente de responsabilidade civil, afastando o nexo causal. Muito embora tenha existido o dano, não haverá dever de indenizar.
	
	
	
Pergunta 3
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
A venda casada.
	Respostas:
	a. 
O atendimento do consumidor dentro dos limites do estoque.
	
	b. 
O envio de produtos com prévia solicitação.
	
	c. 
A venda casada.
	
	d. 
Reforçar os esclarecimentos sobre produtos ou serviços, verificada a fraqueza ou ignorância do consumidor, tendo em vista sua idade, saúde, conhecimento ou condição social, evitando, assim, imposições de consumo.
	
	e. 
Colocar, no mercado de consumo, produto em conformidade com as normas expedidas pelos órgãos oficiais competentes.
	Feedback da resposta:
	Resposta: C
Comentário: É vedado ao fornecedor de produtos ou serviços, dentre outras práticas abusivas, condicionar o fornecimento de produto ou de serviço ao fornecimento de outro produto ou serviço, ou seja, a venda casada.
	
	
	
Pergunta 4
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	A modalidade de licitação própria para contratos de grande valor, nas concessões de Direito real de uso e nas licitações internacionais, podendo participar quaisquer interessados que preencham os requisitos de qualificação fixados no edital denomina-se:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b. 
Concorrência.
	Respostas:
	a. 
Leilão.
	
	b. 
Concorrência.
	
	c. 
Tomada de preços.
	
	d. 
Concurso.
	
	e. 
Convite.
	Feedback da resposta:
	Resposta: B
Comentário: A modalidade licitatória denominada concorrência é própria para contratos de grande valor, nas concessões de Direito real de uso e nas licitações internacionais. Pode ser nacional ou internacional e podem participar quaisquer interessados que preencham os requisitos de qualificação fixados no edital.
	
	
	
Pergunta 5
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Analise as seguintes assertivas a respeito dos negócios jurídicos:
I.Nos negócios jurídicos onerosos, ambos os contratantes auferem vantagens às quais corresponde uma contraprestação, como no caso de um contrato de compra e venda.
II.Ao interpretar um negócio jurídico atenderseá mais à sua intenção do que ao sentido literal da linguagem ali posta.
III.O silêncio imposta sempre anuência, pois quem cala consente.
IV.Os negócios jurídicos devem ser interpretados de maneira menos onerosa ao devedor.
V.O prazo de um negócio jurídico é o espaço de tempo entre o termo inicial e o final.   
Assim, podemos afirmar que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	a. 
Uma assertiva é falsa e quatro são verdadeiras.
	Respostas:
	a. 
Uma assertiva é falsa e quatro são verdadeiras.
	
	b. 
Uma assertiva é verdadeira e quatro são falsas.
	
	c. 
Todas as assertivas são verdadeiras.
	
	d. 
Duas assertivas são verdadeiras e três são falsas.
	
	e. 
Duas assertivas são falsas e três são verdadeiras.
	Feedback da resposta:
	Resposta: A
Comentário: O silêncio importa anuência quando as circunstâncias ou os usos o autorizarem, e quando não for necessária a declaração de vontade expressa.
	
	
	
Pergunta 6
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Indivíduo induzido, pelo outro contratante, a efetivar negócio jurídico por manobras maliciosas que afetem sua vontade, pode requerer a anulabilidade do pactuado, em razão da configuração do vício de consentimento:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
Dolo.
	Respostas:
	a. 
Erro.
	
	b. 
Estado de perigo.
	
	c. 
Lesão.
	
	d. 
Dolo.
	
	e. 
Coação.
	Feedback da resposta:
	Resposta: D
Comentário: O vício de consentimento dolo torna o negócio jurídico anulável, pois um dos contratantes induz o outro a efetivar negócio jurídico através de manobras maliciosas que afetam sua vontade, sem as quais não teria realizado tratativa alguma.
	
	
	
Pergunta 7
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Não sendo o vício do produto sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d. 
A substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso.
	Respostas:
	a. 
A restituição da quantia paga, monetariamente atualizada, excluídas eventuais perdas e danos.
	
	b. 
A substituição do produto por outro de melhor espécie, em condições de uso mais luxuosas.
	
	c. 
O abatimento de setenta por cento do preço pago pelo produto.
	
	d. 
A substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso.
	
	e. 
A restituição da quantia paga, excluídas a correção monetária e as eventuais perdas e danos.
	Feedback da resposta:
	Resposta: D
Comentário: Não sendo o vício sanado no prazo máximo de trinta dias, pode o consumidor exigir, alternativamente e à sua escolha, a substituição do produto por outro da mesma espécie, em perfeitas condições de uso; a restituição imediata da quantia paga, monetariamente atualizada, sem prejuízo de eventuais perdas e danos; ou o abatimento proporcional do preço.
	
	
	
Pergunta 8
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	O pagamento não se presume, mas há exceções, entre elas:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	c. 
Quando o pagamento for em quotas periódicas, a quitação da última estabelece, até prova em contrário, a presunção de estarem pagas todas as anteriores.
	Respostas:
	a. 
O cumprimento da obrigação.
	
	b. 
A ausência de quitação.
	
	c. 
Quando o pagamento for em quotas periódicas, a quitação da última estabelece, até prova em contrário, a presunção de estarem pagas todas as anteriores.
	
	d. 
O pagamento com objeto diverso do pactuado.
	
	e. 
A permanência do título de crédito em poder do credor.
	Feedback da resposta:
	Resposta: C
Comentário: Quando o pagamento for em quotas periódicas, a quitação da última estabelece, até prova em contrário,