A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
20 pág.
Câncer de Mama e Câncer de Pele Resumo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Câncer de Mama e Câncer de Pele
O que é o câncer de mama?
O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células da mama. Esse processo gera células anormais que se multiplicam, formando um tumor.
Causas e fatores de risco
O câncer de mama não tem somente uma causa. A idade é um dos mais importantes fatores de risco para a doença (cerca de quatro em cada cinco casos ocorrem após os 50 anos).
Como prevenir?
Cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como:
Praticar atividade física;
Alimentar-se de forma saudável;
Manter o peso corporal adequado;
Evitar o consumo de bebidas alcoólicas;
Amamentar
Evitar uso de hormônios sintéticos, como anticoncepcionais e terapias de reposição hormonal.
O câncer de mama pode ser percebido em fases iniciais, na maioria dos casos, por meio dos seguintes sinais e sintomas:
Nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor: é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher
Pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja
Alterações no bico do peito (mamilo)
Pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço
Saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos
Esses sinais e sintomas devem sempre ser investigados por um médico para que seja avaliado o risco de se tratar de câncer.
Diagnostico 
Para se descobrir um câncer de mama, ele pode ter sido notado no exame clínico (médico) ou por exame de imagens (mamografia, ultra-som ou ressonância). Uma vez tendo a suspeita o médico mastologista realizará uma biópsia. Esta biópsia pode ser uma pequena cirurgia ou com agulhas.
tratamento
O tratamento depende da fase do Câncer. Pode envolver quimioterapia, radioterapia e cirurgia.
O que é câncer de pele?
O câncer de pele é o tumor que atinge a pele, sendo o câncer mais freqüente no Brasil e no mundo. Ele ocorre quando as células da pele se multiplicam sem controle. Pode ser classificado de duas formas:
câncer de pele melanoma: tem origem nas células produtoras da melanina, substância que determina a cor da pele, e é mais freqüente em adultos brancos;
câncer de pele não melanoma: mais freqüente no Brasil, responsável por 30% de todos os casos de tumores malignos registrados no País.
Tipos de câncer de pele
Não melanoma: O câncer de pele não melanoma é o mais frequente no Brasil e corresponde a cerca de 30% de todos os tumores malignos registrados no país.
Melanoma:
O câncer de pele melanoma tem origem nos melanócitos (células produtoras de melanina, substância que determina a cor da pele) e é mais frequente em adultos brancos. O melanoma pode aparecer em qualquer parte do corpo, na pele ou mucosas, na forma de manchas, pintas ou sinais. Nos indivíduos de pele negra, ele é mais comum nas áreas claras, como palmas das mãos e plantas dos pés.
Quais são os sintomas do câncer de pele?
O câncer de pele ocorre principalmente nas áreas do corpo que são mais expostas ao sol, como rosto, pescoço e orelhas. Se não tratado adequadamente, pode destruir essas estruturas.
Os principais sintomas do câncer de pele são:
Manchas pruriginosas (que coçam), descamativas ou que sangram.
Sinais ou pintas que mudam de tamanho, forma ou cor.
Feridas que não cicatrizam em 4 semanas.
prevenção
Cuidado com a exposição solar
É extremamente importante evitar a exposição solar sem proteção adequada para prevenir o câncer de pele. Para isso, é necessário adotar uma série de hábitos:
Usar filtro solar FPS no mínimo 30, diariamente. Reaplique-o pelo menos mais duas vezes no dia e espere pelo menos 30 minutos após a aplicação para se expor ao sol
Procure evitar os momentos de maior insolação do dia (entre 10h e 16h) e fique na sombra o máximo que você puder. O sol emite vários tipos de radiação, sendo os tipos UVA e UVB os mais conhecidos. Os raios UVB são os mais prejudiciais, responsáveis por aquela pele avermelhada, que fica ardendo, e sua concentração é maior nos horários centrais do dia, quando o sol está mais forte. Já os raios UVA são aqueles que deixam a pele bronzeada e oferecem menos risco
Além do protetor solar, use protetores físicos, como chapéus e camisetas
Tratamento de Câncer de pele:
O tratamento mais indicado para o câncer de pele é a cirurgia para retirada do tumor.