A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
6 pág.
avaliação Sociolinguistica

Pré-visualização | Página 1 de 2

Disciplina:
	Sociolinguística (LED02)
	Avaliação:
	Avaliação Final (Objetiva) - Individual Semipresencial 
	
	
	Nota da Prova:
	10,00
	
	
Legenda:  Resposta Certa   Sua Resposta Errada  
Parte superior do formulário
	1.
	Há na língua portuguesa inúmeros tipos de variação. A língua varia, pois os falantes fazem uso dela, tornando-a viva e dinâmica. Sendo assim, considerando as diversas regiões geográficas, a idade dos falantes, o grau de instrução, bem como outros elementos que influenciam, analise os exemplos de variação linguística a seguir:
A- Assimilação de nd em n e de mb em m:
Cantando - cantano
Também - tamém 
B- Redução de ditongo ei em e:
Queijo - quejo
Deixe - dexe
C- Rotacização do L nos encontros consonantais:
Claro - craro
Anglo ? angro
Analise as sentenças a seguir:
I- A, B e C são exemplos de variação fonológica.
II- A e B são exemplos de variação fonológica, já C é exemplo de variação morfossintática. 
III- B e C são exemplos de variação fonológica, já A é exemplo de variação morfossintática. 
IV- B é exemplo de variação fonológica, já A e C são exemplos de variação morfossintática.
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	Somente a sentença III está correta.
	 b)
	Somente a sentença IV está correta.
	 c)
	Somente a sentença II está correta.
	 d)
	Somente a sentença I está correta.
	2.
	A linguagem é a característica que nos difere dos demais seres, permitindo-nos a oportunidade de expressar sentimentos, revelar conhecimentos, expor nossa opinião frente aos assuntos relacionados ao nosso cotidiano, e, sobretudo, promovendo nossa inserção ao convívio social. Todas as línguas possuem variações linguísticas. Estas variações são causadas por inúmeros fatores. No que se refere à variação diatópica, analise as seguintes sentenças:
I- As diferenças existentes entre a língua portuguesa falada e escrita nas diferentes regiões do mundo e dentro do Brasil são exemplos de variação diatópica. 
II- O termo "diatópico" origina-se do grego dia, "através de", e topikos, "relativo a lugar". 
III- Para os estudos linguísticos, a variação diatópica somente é caracterizada pelas diferenças que ocorrem na língua portuguesa falada. 
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e III estão corretas.
	 b)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 c)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 d)
	Somente a sentença I está correta.
	3.
	Existe uma maneira correta para se comunicar? Todos os falantes de uma língua falam e escrevem da mesma forma? Existem situações em que podemos optar por uma linguagem ou outra? São muitas as questões que vêm a nossa cabeça quando o assunto é comunicação. Você já deve ter ouvido falar em norma padrão, norma culta, norma popular ou vernacular. Sobre a norma popular, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) A norma popular é o conjunto de práticas linguísticas pertencentes ao lugar ou à classe social de maior prestígio num determinado país.
(    ) Frases de norma popular são aquelas que expressam o jeito de falar de determinado grupo social.
(    ) A norma popular é a variante linguística que engloba a fala da população menos escolarizada. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - V.
	 b)
	V - V - F.
	 c)
	F - F - V.
	 d)
	F - V - V.
	4.
	Quando nos expressamos oralmente, existe certo ou errado? Existe apenas uma maneira correta para se comunicar? Todos os falantes de uma língua falam e escrevem da mesma forma? Ao refletirmos sobre esses aspectos da comunicação, muitas questões vêm a nossa cabeça. Você já deve ter ouvido falar que não existe ?erro? quando nos expressamos oralmente, e sim variações da língua. Sobre a noção de erro, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) As noções de errado e correto estão relacionadas a algumas crenças culturais e sociais que as pessoas têm. 
(    ) As noções de errado e correto estão relacionadas a visões de mundo que as pessoas têm. 
(    ) As noções de errado e correto estão relacionadas a juízos de valor que as pessoas fazem. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - V - F.
	 b)
	V - V - V.
	 c)
	V - F - V.
	 d)
	F - V - V.
	5.
	Marcos Bagno (2007), linguista, distingue os traços linguísticos que os falantes das variedades mais estigmatizadas utilizam, bem como os traços usados pelos falantes urbanos escolarizados. Sendo assim, associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Traços graduais. 
II- Traços descontínuos. 
(    ) Esses traços se fazem presentes principalmente na fala dos brasileiros de origem social mais humilde, de origem rural, com pouca ou nenhuma escolaridade. 
(    ) São os traços presentes na fala de todos os brasileiros, mesmo de origem regional ou social distinta. 
(    ) São traços nos quais estão presentes fenômenos linguísticos alvos de preconceito e mais discriminados. 
(    ) São traços que apresentam a não nasalização de sílabas postônicas: homem ~ home; comem ~ come; leram ~ lero. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
FONTE: BAGNO, Marcos. Nada na língua é por acaso: por uma pedagogia da variação linguística. São Paulo: Parábola, 2007.
	 a)
	II - II - I - II.
	 b)
	II - I - II - II.
	 c)
	II - II - II - I.
	 d)
	I - II - II - II.
	6.
	A sociolinguística tem por objeto de estudo os padrões de comportamento linguístico observáveis dentro de uma comunidade de fala e os formaliza analiticamente através de um sistema heterogêneo, constituído por unidades e regras variáveis. Com base no exposto, o papel da sociolinguística variacionista é sistematizar a variação linguística. Sobre essa sistematização, analise as seguintes sentenças:
I- É um levantamento detalhado de dados da língua falada para fins de análise, e estes dados relatam fielmente o vernáculo da comunidade. 
II- Consiste num encaixamento da variável no sistema linguístico, sem se preocupar com o nível social da comunidade em que a variável pode ser colocada. 
III- Procura fazer uma projeção histórica da variável no sistema linguístico da comunidade. 
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I e III estão corretas.
	 b)
	As sentenças II e III estão corretas.
	 c)
	As sentenças I e II estão corretas.
	 d)
	Somente a sentença III está correta.
	7.
	A dialetologia é uma área de muita abrangência estudada pela Sociolinguística. É um estudo conjunto da geografia linguística e dos fenômenos de diferenciação dialetal (dialetação), que produzem mudanças em uma língua relativamente homogênea, até se constituírem diversos dialetos ou mesmo novos idiomas. Acerca da dialetologia, analise as seguintes sentenças:
I- A dialetologia não tem relação com o estudo dos dialetos linguísticos. 
II- O enfoque dos estudos da dialetologia volta-se para a variação decorrente nas diferentes regiões geográficas.  
III- A dialetologia surgiu na intenção de realizar uma descrição das diferenças linguísticas no Brasil. 
IV- A obra ?O Dialeto Caipira?, de autoria de Amadeu Amaral, é considerada um dos marcos principais dos estudos da dialetologia no Brasil. 
Agora, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	As sentenças I, III e IV estão corretas.
	 b)
	As sentenças I, II e III estão corretas.
	 c)
	Somente a sentença IV está correta.
	 d)
	As sentenças II, III e IV estão corretas.
	8.
	Etnografia é o estudo descritivo da cultura dos povos, sua língua, raça, religião, hábitos etc., como também das manifestações materiais de suas atividades. É a ciência das etnias. Em outras palavras, a etnografia estuda e revela os costumes, as crenças e as tradições de uma sociedade, que são transmitidas de geração em geração e que permitem a continuidade de uma determinada cultura ou de um sistema social. O interesse da etnografia da comunicação é fazer a descrição e análise das formas dos "eventos de fala". Com relação a esta corrente da Sociolinguística, analise as seguintes sentenças:
I- Dell Hymes deu início a esta corrente nas

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.