A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
51 pág.
TCC BALANÇO SOCIAL - PÓS CONTROLADORIA E FINANÇAS SENAC

Pré-visualização | Página 6 de 11

a empresa uma oportunidade de formação do goodwil, a expansão do mercado, redução de conflitos com o governo local e outros grupos da sociedade, e evitaria diversos desgastes políticos.
A conseqüência desta atitude a empresa alcançará um maior crescimento, além de promover uma maior estabilidade para o seus lucros. 
A elaboração e divulgação da demonstração do valor adicionado pelas empresas, não devem se restringir a empresas multinacionais, pois enriqueceria muito a informação contábil econômico-financeira e social das empresas nacionais. Trinando-se de importância vital para todos que se dedicam à atividade de analise de demonstrativos contábeis das organizações.
	  DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO
	DESCRIÇÃO
	 R$ Mil
	1 – RECEITAS
	 
	1.1) Vendas de mercadorias, produtos e serviços
	 
	1.2) Provisão p/ devedores duvidosos – Reversão / (Constituição)
	 
	1.3) Não operacionais
	 
	2 – INSUMOS ADQUIRIDOS DE TERCEIROS (inclui ICMS e IPI)
	 
	2.1) Matérias-primas consumidas
	 
	2.2) Custo das mercadorias e serviços vendidos
	 
	2.3) Materiais, energia, serviço de terceiros e outros
	 
	2.4) Perda / Recuperação de valores ativos
	 
	3 – VALOR ADICIONADO BRUTO (1-2)
	 
	4 – RETENÇÕES
	 
	4.1) Depreciação, amortização e exaustão
	 
	5 – VALOR ADICIONADO LÍQUIDO PRODUZIDO PELA ENTIDADE (3-4) 
	 
	6 – VALOR ADICIONADO RECEBIDO EM TRANSFERÊNCIA
	 
	6.1) Resultado de equivalência patrimonial
	 
	6.2) Receitas financeiras
	 
	7 – VALOR ADICIONADO TOTAL A DISTRIBUIR (5+6)
	 
	8 – DISTRIBUIÇÃO DO VALOR ADICIONADO*
	 
	8.1) Pessoal e encargos
	 
	8.2) Impostos, taxas e contribuições
	 
	8.3) Juros e aluguéis
	 
	8.4) Juros s/ capital próprio e dividendos
	 
	8.5) Lucros retidos / prejuízo do exercício
	 
	* O total do item 8 deve ser exatamente igual ao item 7.
	 
Quadro 1 – Modelo de demonstração do valor adicionado
Assim deve-se entender que a DVA é um demonstrativo da riqueza que foi conseguida pela empresa e pela sociedade, já que esta passa a visualizar os benefícios aferidos por esta riqueza, pelos pontos revertidos a seu favor. A importância da DVA como componente do Balanço Social está implícita, pois este tipo de informação deve fazer parte do sistema de informação e de gestão das organizações, sendo considerada estratégica.
3.1 Benefícios e Contribuições à Sociedade
A Responsabilidade Social das empresas e o comprometimento dela com a sociedade têm um aspecto moral de obrigatoriedade, dada a importância dos dados nela contidos.
Verifica-se que de acordo com a posição defendida por Wright, Kroll e Parnell apud Rodrigues (2001,p.27), a responsabilidade social tem por objeto não apenas atender os interesses da organização, mas também atuar de maneira a atender os interesses públicos. Tanto que segundo estes autores delineia-se que: “sociedade espera que as empresas ajudem a preservar o ambiente, vendam produtos seguros, tratem seus funcionários com igualdade, sejam verdadeiros com seus clientes e cheguem até mais longe, ajudando a revitalizar áreas urbanas onde há concentrações de favelas”.
Raupp (2001, p.148) se dedicou a explanar a cerca do Balanço Ambiental, salientando que seu objetivo é a ampla divulgação de qualquer atitude que as entidades praticam, com ou sem finalidade lucrativa, e que seja quantificável em moeda, que de alguma forma possa influenciar ou vir a influenciar o meio ambiente, mensurando seus custos, passivos ou ativos ambientais, reconhecendo-se a sua identificação, respeitando os princípios fundamentais da contabilidade:
a) Os custos ambientais serão reconhecidos, independentemente de desembolso, (Princípio Contábil da Competência) e imediatamente incorporados ao bem e/ou serviço que vise única e exclusivamente à preservação do meio ambiente, no momento de sua ocorrência, sendo que sua classificação contábil se dará no ativo permanente imobilizado ambiental ou ativo permanente diferido ambiental, desde que tais custos e/ou serviços aumentem a vida útil do bem incorporador por prazo superior a 365 (trezentos e sessenta e cinco) dias;
b) Os ativos ambientais, todos decorrentes de investimentos na área do meio ambiente, deverão ser classificados em títulos contábeis específicos, identificando de forma adequada, os estoques ambientais, o ativo permanente imobilizado ambiental e o diferido ambiental; e
c) Os passivos ambientais, todos relacionados a financiamento específicos, contingências vinculadas ao meio ambiente, desde que claramente definidas, deverão ser classificados no passivo circulante ou realizável em longo prazo, em contas contábeis específicas. (Resolução 750-93 do Conselho Federal de Contabilidade - CFC).
Identifica-se que a empresa passa por momentos em que se envolve com os problemas sociais locais, visando contribuir com a comunidade, trazendo benefícios, incluindo os seus empregados, possibilitando que estas ganhem espaço, reconhecimento e respeito, seguindo os padrões culturais atuais, exigindo que as empresas respondam pelos atos por elas praticados.
Essa visão da organização como entidade ética e socialmente responsável, faz com que as organizações passem a se envolver mais com os problemas sociais da comunidade, por meio de participação em campanhas beneficentes, programas proteção ambiental, contribuição a programas assistenciais e culturais, programas de saúde, alimentação e educação para os funcionários e seus dependentes. (RODRIGUES, 2001, p.26)
 
Destaca-se a obra de Perottini (2001, p.110-111) que construiu um rol de indicadores que garantem o atendimento das necessidades dos usuários, incluindo neste demonstrativo além dos dados contábeis como Receita Líquida, Lucro Operacional, total da Folha de Pagamento e valor pago a Prestadores de Serviços (terceiros), contém informações de cada uma dos indicadores. Tais indicadores se agrupam em Laborais, Sociais e do Corpo Funcional. 
Os Indicadores Laborais demonstram o quanto a empresa investiu em sua força de trabalho e seus respectivos dependentes em: alimentação, transporte, remuneração, encargos sociais compulsórios, previdência privada, saúde, educação, participação dos lucros, treinamento e capacitação segurança no trabalho e outros benefícios. Já os Indicadores Sociais se dedicam a apresentar os investimentos da empresa na sociedade e no meio ambiente em: educação, cultura, saúde, esporte e lazer, meio ambiente e outros investimentos. No caso dos indicadores de Corpo Funcional contém informações quantitativas e qualitativas da força de trabalho da empresa, tais como, número de empregados no início e no fim do período, número de empregados portadores de deficiência, número de acidentes de trabalho, nível de escolaridade e outras informações.
Realizando-se a analise destes indicadores pode-se reconhecer qual é a política adotada pela empresa em aspectos relacionados a cultura organizacional das mesmas e também o grau de comprometimento delas com a coletividade.
Não se pode deixar de identificar que existe um relatório importante que está relacionado ao Balanço Social que é o Demonstrativo do Valor Adicionado – DVA, representando de forma resumida a riqueza criada pela empresa em contrapartida aos gastos despendidos e a maneira como foram distribuídos.
           Conforme Gelbcke, Iudícibus e Martins (2000,p.32), o Balanço Social tem evidenciado a importância da empresa em termos de benefícios sociais e as contribuições realizadas a entidades assistenciais e filantrópicas. Neste ponto a ação realizada pela entidade também deve estar inclusa no demonstrativo das riquezas geradas pelas atividades já que foi destinado um recurso destinado a beneficiar a comunidade na qual está inserida.
Tinoco (2001,p.116):
A responsabilidade social pressupõe o reconhecimento da comunidade e da sociedade como parte interessada da organização, com necessidades que precisam ser atendidas. Significa, ainda, a responsabilidade pública, ou seja, o cumprimento e a superação das obrigações legais decorrentes das próprias atividades e produtos da organização. É também o exercício de sua consciência

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.