A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
179 pág.
MANUAL-CENTRO-CIRURGICO_FINAL

Pré-visualização | Página 28 de 31

descartável da 
SO 
Na limpeza 
terminal o uso de 
hipoclorito a 1% 
é restrito para 
matéria orgânica. 
Semanal: 
conforme rotina 
do setor(escala 
de serviço) 
Auxiliar de 
enfermagem 
 
Limpar gavetas 
de 
medicamentos e 
nichos de caixas 
de material 
descartável; 
Trocar almotolias 
e soluções; 
 Limpar balcões 
de impressos e 
soros; Limpar 
Verificar validade 
dos 
medicamentos. 
. 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS DE 
ENFERMAGEM DO CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO E CENTRAL DE 
MATERIAL 
 
Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva 
Vila Nova Cachoeirinha 
PMSP-SMS 
137 
prateleiras e 
armazenamento 
dos materiais do 
almoxarifado; 
Alcoolizar 
armários de 
medicamentos e 
descartáveis; 
Limpar aparelhos 
guardados na 
sala de 
equipamentos; 
Recolocar 
mobiliário. 
Semanal: 
conforme rotina 
da limpadora 
Equipe da 
limpadora 
Na limpeza 
semanal a 
limpadora efetua 
limpeza do piso, 
paredes, portas, 
teto e ar 
condicionado de 
todas as áreas 
do CCO. 
 
 
 
 
 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS DE 
ENFERMAGEM DO CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO E CENTRAL DE 
MATERIAL 
 
Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva 
Vila Nova Cachoeirinha 
PMSP-SMS 138 
10.6. ATENDIMENTO EM SALA CONTAMINADA 
 
Nº AGENTE AÇÃO 
1 Enfermeiro • Receber o Aviso de Cirurgia, certificando-se tratar 
de cirurgia contaminada; 
• Designa a SO para realização da cirurgia; 
• Escala uma circulante para a sala e outra para o 
corredor. 
2 Circulante 
Interna 
• Procede a montagem da SO, deixando na sala 
somente materiais indispensáveis ao ato anestésico-
cirúrgico. 
3 Circulante 
Externa 
• Providencia propés, gorros, máscaras e aventais 
para saída da equipe, bem como material para coleta 
de roupas e instrumentais contaminados. 
4 Circulante 
Interna 
• Recolhe todo o material contaminado, acondiciona 
e o entrega à circulante externa conforme rotina. 
• Realiza a limpeza terminal do mobiliário e equipa-
mentos. 
• Identifica os materiais contaminados. 
5 
Circulante 
Externa 
• Conduz o material ao expurgo. 
6 Funcionário 
da 
Limpadora 
• Procede a limpeza do piso e das paredes, 
conforme técnica da limpeza terminal. 
7 Circulante • Recoloca mobiliário na SO 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS DE 
ENFERMAGEM DO CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO E CENTRAL DE 
MATERIAL 
 
Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva 
Vila Nova Cachoeirinha 
PMSP-SMS 
139 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
 
1. ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE EPIDEMIOLOGIA E CONTROLE DE 
INFECÇÃO RELACIONADA À ASSISTÊNCIA À SAÚDE. Limpeza, 
Desinfecção e Esterilização de Artigos em Serviços de Saúde, 1 ª Edição, 
São Paulo, 2010, 339p. 
 
2. ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE ESTUDOS E CONTROLE DE 
INFECÇÃO HOSPITALAR (APECIH). Esterilização de Artigos em 
Unidades de Saúde. São Paulo, 1998. 
 
3. ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE ESTUDOS E CONTROLE DE 
INFECÇÃO HOSPITALAR (APECIH). Limpeza, Desinfecção de Artigos e 
Áreas Hospitalares e Anti-Sepsia, 2 ª Edição, São Paulo, 2004, 60p. 
 
4. AVELAR, M.C.Q.a., SILVA, A. Assistência de enfermagem 
Perioperatória; Ensino em cursos de enfermagem. 
Rev.Esc.Enf.USP;2005;39(1);46-52. 
 
5. BELO HORIZONTE, Prefeitura Municipal, Secretaria Municipal de 
Saúde. Projeto sobre Central Distrital de Esterilização e Serviço Distrital de 
Processamento de Roupa. Comissão Técnica de Elaboração, Belo 
Horizonte, 1989. 
 
6. BELO HORIZONTE, Prefeitura Municipal. COPAGRESS. Manual de 
Gerenciamento de Resíduos e Serviços de Saúde de Belo Horizonte - MG, 
1999, 55p. 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS DE 
ENFERMAGEM DO CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO E CENTRAL DE 
MATERIAL 
 
Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva 
Vila Nova Cachoeirinha 
PMSP-SMS 140 
 
7. BLOCK, S.S., Desinfection, Sterilization and a Preservation. 
Philadelphia, Lea & Fabiger, 4ª edição, 1991. 
 
8. BRASIL. Ministério da Saúde, Secretaria de Assistência à Saúde. 
Departamento de Normas Técnicas. Normas para Projetos de 
Estabelecimentos Assistenciais de Saúde, Brasília, 1994. 144p. 1- 
Arquitetura Hospitalar. 
 
9. BRASIL. Ministério da Saúde, Secretaria Nacional de Assistência à 
Saúde. Processamento de Artigos e Superfícies em Estabelecimentos de 
Saúde, 2ª edição, Brasília, 1994. 50p. 
 
10. COSTA, A.O.. et al. Esterilização e Desinfecção. Fundamentos Básicos, 
Processos e Controles, Cadernos de Enfermagem 4. Cortez. Ed.1990, p. 
65-83. 
 
11. FAVERO, M.S. Principles of Sterilization and Desinfection. 
Anestesiology Clinics of North America, vol 7, nº 1989, p. 941-949. 
 
12. GOMES, L.P. et al. Atualização em Processamento de Artigos e 
Superfícies. Secretaria Municipal de Saúde, Belo Horizonte, 1993, 14p. 
 
13. GOMES, L.P. Oficina de Atualização em Processamentos de Artigos e 
Superfícies em Estabelecimentos de Saúde para os Enfermeiros das 
CDME's - Textos de Apoio. Belo Horizonte. 1996, 106p. 
 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS DE 
ENFERMAGEM DO CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO E CENTRAL DE 
MATERIAL 
 
Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva 
Vila Nova Cachoeirinha 
PMSP-SMS 
141 
14. NANDA I, Diagnóstico de enfermagem: Definições e Classificações 
2009-2011. Porto Alegre – RS; Ed. Artmed Editora S.A – 2009. 
 
15. ROSA, R.B., LIMA, M.A.O.S. Concepções de acadêmicos de 
Enfermagem sobre o que é ser enfermeiro. Acta Paul Enferm.2005; 
18(2):125-30. 
 
16. SILVA, M.D.A., RODRIGUES, A.L., CEZARETI, I.U.R. Enfermagem na 
Unidade de Centro Cirúrgico. 2ª Ed. São Paulo: EPU; 1997. 
 
17. SOCIEDADE BRASILEIRA DE ENFERMEIROS DE CENTRO 
CIRURGICO, RECUPERAÇÃO PÓS ANESTÉSICA E CENTRAL DE 
MATERIAL E ESTERILIZAÇÃO- SOBECC, Manual de Práticas 
recomendadas, 5ªed. São Paulo: 2009. 
 
18. TIPPLE, A.C.F.V., SOUZA, T.R. ,BEZERRA, A.L.Q., MUNARI, D.B. O 
trabalhador sem formação em enfermagem atuando em central de material 
e esterilização: Desafio para o enfermeiro. Rev. Esc. 
Enf.USP;2001;39(2):173-80. 
 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS DE 
ENFERMAGEM DO CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO E CENTRAL DE 
MATERIAL 
 
Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva 
Vila Nova Cachoeirinha 
PMSP-SMS 142 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS DE 
ENFERMAGEM DO CENTRO CIRÚRGICO, RECUPERAÇÃO E CENTRAL DE 
MATERIAL 
 
Hospital Municipal e Maternidade Escola Dr. Mário de Moraes Altenfelder Silva 
Vila Nova Cachoeirinha 
PMSP-SMS 
143 
ANEXO I 
ABREVIAÇÕES MAIS UTILIZADAS NO BLOCO 
CIRÚRGICO 
 
• GERAIS: 
 
ABREVIAÇÃO DEFINIÇÃO 
AIG ADEQUADO PARA IDADE GESTACIONAL 
BCF BATIMENTO CARDIO FETAL 
CCG CUIDADOS CONTROLES GERAIS 
CPE CONFORME PRESCRIÇÃO DE ENFERMAGEM 
CPM CONFORME PRESCRIÇÃO MÉDICA 
CTB CARDIO TOCOGRAFIA BASAL 
CTG CURETAGEM UTERINA 
CVP CATETER VENOSO PERIFÉRICO 
DHEG DOENÇA HIPERTENSIVA ESPECÍFICA DA 
GESTAÇÃO 
DLE DECÚBITO LATERAL ESQUERDO 
DM1 DIABETES MELLITUS TIPO I 
DM2 DIABETES MELLITUS TIPO II 
DMG DIABETES MELLITUS GESTACIONAL 
DPP DESCOLAMENTO PREMATURO DE PLACENTA 
DU DINÂMICA UTERINA 
EMLD EPISIOTOMIA MEDIANA LATERAL DIREITA 
EMLE EPISIOTOMIA MEDIANA LATERAL ESQUERDA 
G_P_A GESTAÇÃO/PARIDADE/ABORTO 
COLEÇÃO PROTOCOLOS HMEC 2012 – MANUAL DE ROTINAS

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.