A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
25 pág.
Revisado - unidade1_linguagemaudiovisual

Pré-visualização | Página 1 de 4

1. Apresentação da Disciplina 
 
 
Olá estudantes! 
Bem-vindo àa disciplina de Linguagem aAudiovisual! 
Neste espaço, você irá entrar entrará em contato com o sentido da linguagem 
audiovisual, da forma como as imagens e os sons se articulam para construir 
uma forma de narrativa. As imagens captadas do mundo real ou produzidas 
artificialmente. 
 
A disciplina de linguagem audiovisual é o espaço onde no qual você irá 
estudarestudará: 
 
Unidade 1 
Características da Imagem e do som - Som 
Tempo no audiovisual – Diegese - Profundidade de campo – eixo de gravação - 
Estruturas de captação da Imagem e do Som – Ttipologia dos enquadramentos 
Estruturas de captação da Imagem e do Som – Movimentos de câmera 
Estruturas de captação da Imagem e do Som – Aplicação das estruturas - 
Decupagem técnica 
 
 
Unidade 2 
Elementos de composição da imagem em movimento - Iluminação - Cores 
Elementos de composição da imagem em movimento – Figurino, maquiagem, 
cenário – efeitos especiais 
 
Unidade 3 
Montagem/ Edição 
 
 
Unidade 4 
Metáforas e referencias no cine audiovisual 
O audiovisual e o espectador 
Gêneros narrativos 
 
 
Então, vamos lá! 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
[ECM1] Comentário: Aqui, fica 
referências ou referenciais¿ 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
2. Ementa e Objetivos 
 
 
 
Curso FIC/EAD Módulo: I 
Componente 
Curricular: 
Linguagem 
Audiovisual 
Bloco de 
componentes: 
01 – Fundamentos do 
Audiovisual 
Carga horária 
(aulas): 
60 aulas Carga horária 
(relógio): 
50 horas/relógio 
Habilidades Bases Tecnológicas 
 Conhecer os 
fundamentos da 
linguagem audiovisual. 
 Analisar a Estrutura da 
linguagem audiovisual. 
 Compreender os 
aspectos da estética 
audiovisual. 
 Fundamentos da Linguagem 
audiovisual. 
 Estrutura da linguagem audiovisual. 
 Estética audiovisual: aspectos 
históricos, inovações tecnológicas, 
estética por janelas de exibição, 
gêneros narrativos. 
Bibliografia básica 
AUMONT, Jacques et al. A Estética estética do Filmefilme. Campinas, SP: 
Papirus, 2002. 
MARCEL, Martin. A linguagem cinematográfica. São Paulo: Brasiliense, 
2007. 
XAVIER, Ismail. A experiência do Cinemacinema. Rio de Janeiro: Edições 
Graal- Embrafilmes, 1983. 
 
Bibliografia complementar 
BAZIN, André. O que é o cinema? São Paulo: Cosac Naify, 2014. 
JOLY, Martine, Introdução à análise da imagem. Campinas: Papirus, 1996. 
DELEUZE, Gilles. A imagem-tempo. São Paulo: Brasiliense, 2007. 
MACHADO, Arlindo. Pré-cinemas e pós-cinemas. Campinas - SP: Papirus, 
1997. 
AUMONT, Jacques. A imagem. Campinas - SP: Papirus, 1993. 
AUMONT, Jacques. As teorias dos cineastas. Campinas - SP: Papirus, 
2008. 
XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. São Paulo: Paz e Terra, 
2008. 
BORDWELL, David. Sobre a história do estilo cinematográfico. Campinas 
- SP: Editora da Unicamp, 2013. 
FLUSSER, V. Filosofia da caixa preta: ensaios para uma futura filosofia 
da fotografia. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2001 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Unidade 1 
 
 
Olá estudantes, 
 
nesta Nesta unidade, iremos tratar sobre a respeito das características da 
imagem e e do som, do tempo e do espaço no audiovisual., sobre Sobre a 
profundidade de campo, a tipologia dos enquadramentos, os movimentos de 
câmera, o eixo de gravação e a aplicação de decupagem técnica. 
Estes conhecimentos são fundamentais para o desenvolvimento de qualquer 
trabalho audiovisual e são constitutivos da linguagem que cria e constrói 
narrativas audiovisuais. 
 
Nesta unidade, s você irá estudarestudará: 
 
 
1.1. Características da Imagem e do som - Som 
 
1.2. Tempo e Espaço no audiovisual 
 
1.3. Profundidade de campo 
 
1.4. tipologia Tipologia dos enquadramentos 
 
1.5. Movimentos de câmera 
 
1.6. eixo Eixo de gravação 
 
1.7. Decupagem técnica 
 
 
 
1.1. Características da Imagem e do som - Som 
 
Nosso primeiro contato será para compreender os sentidos da imagem e do som, 
nossa matéria prima de trabalho na linguagem audiovisual. O conceito de 
imagem é amplo, . aqui Aqui, neste espaço, trataremos da imagem fílmica, da a 
imagem que é captada por um determinado dispositivo técnico e cria a ilusão do 
movimento. 
 
Vamos conhecerConheceremos uma reflexão que analisa analisará o sentido da 
imagem no audiovisual, do autor Marcel Martim: 
 
“A imagem constitui o elemento básico da linguagem cinematográfica. Ela é a 
matéria prima fílmica e desde logo, porém, uma realidade particularmente 
complexa. Sua gênese, com efeito, é marcada por uma ambivalência profunda: 
resulta de uma atividade automática de um aparelho técnico capaz de reproduzir 
exata e objetivamente a realidade que lhe é apresentada, mas ao mesmo tempo 
essa atividade se orienta no sentido preciso desejado pelo realizador.” (MARTIN, 
p. 21) 
 
Vamos extrair dessa reflexão alguns pontos importantes. 
 
1. A imagem constitui o elemento básico da linguagem cinematográfica. 
Neste curso, trabalharemosestamos trabalhando como construir imagens e sons 
para obras audiovisuais, a imagem é a nossa matéria prima – o que não significa 
que seja destacado a ela um grau de importância maior – ou seja, precisamos 
entender e decodificar as imagens para construir narrativas audiovisuais com 
elas. 
 
2. Sua gênese, com efeito, é marcada por uma ambivalência profunda: resulta 
de uma atividade automática de um aparelho técnico capaz de reproduzir 
exata e objetivamente a realidade que lhe é apresentada, mas ao mesmo 
tempo essa atividade se orienta no sentido preciso desejado pelo realizador. 
Referências ¿ 
 
Quando captamos uma imagem do mundo real o que obtemos? A realidade ou 
uma representação da realidade? A câmera é operada por alguém que define o 
que será registrado ou não, . As as imagens e os sons passam por vários 
tratamentos até chegarem aos espectadores como “produto final” ,ou seja, desde 
a captação, a imagem é a escolha de alguém sobre determinado tempo e espaço e 
poderá ainda, passar por vários tipos de cortes e processamentos até adquirir o 
seu formato final. 
Uma imagem, neste sentido, não é a realidade objetiva e sim a representação de 
algo que foi captado. 
 
 
Fique Ligadoligado! 
 
Quando tratamos das imagem em movimento consideramos que: 
 A imagem em movimento é o elemento básico da linguagem audiovisual; 
 A imagem em movimento resulta da atividade de um aparelho técnico; 
 A imagem em movimento é o resultado desejado pelo realizador. 
 
Em relação ao som no audiovisual, vamos destacar algumas características 
importantes:. 
 
O som sempre acompanhou o audiovisual, mesmo no começo, as salas de cinema 
contavam com o acompanhamento de um instrumentista, geralmente, ao piano, 
ou a figura do explicador, que é registrada no início do cinema como alguém que 
explicava a narrativa dos filmes. 
 
Mas comCom o desenvolvimento tecnológico, o som passou a ocupar um espaço 
fundamental nas construções fílmicas, por isso, que o autor Marcel Martim 
destaca que os sons apresentam características importantes aos audiovisuais: na 
construção da impressão de realidade, , realizam , também a continuidade sonora., 
os Os diálogos e entrevistas acrescentaram acrescentaram aos filmes, a utilização 
normal da palavra, e a inclusão do som levou o explicador para dentro das obras 
com a voz em off., com Com o sons, a inclusão de silêncios dentro das obras são 
feitas de forma a criar um impacto e os sons também são responsáveis pela 
inclusão de possíveis elipses, além da música, com trilhas compostas 
especificamente para as obras ou não desempenham funções rítmicas, 
dramáticas ou líricas nas obras. 
 
Nossos elementos básicos de trabalho são a reunião entre o áudio e o vídeo, que 
juntos, constituem as estruturas básicas da linguagem audiovisual. 
 
 
1.2. Tempo e Espaço no audiovisual 
 
 
Tratamos sobre o sentido da imagem e do som na construção da linguagem 
audiovisual. Agora vamos a à construção do tempo e do espaço fílmicos como 
elementos constitutivos da linguagem. 
 
1.2.1. O Tempo no audiovisual 
 
Vamos refletir agora sobre a noção