A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
LESÕES POTENCIALMENTE MALIGNAS

Pré-visualização | Página 1 de 1

Lesões potencialmente 
malignas
LEUCOPLASIA; ERITOPLASIA; QUELITE ACTÍNICA E CEC
Definição:
• Lesões que podem ou NÃO progredir para canceres.
• Alguns canceres são precedidos por essas lesões que normalmente 
são solitárias e assintomáticas. Levando a falta de cuidado do 
paciente. 
• Deve ser cuidadosamente acompanhado para não evoluir para 
algum câncer de boca. 
Lesões Comuns
❑ Eritroplasia 
❑ Quelite Aquitinica
❑ Leucoplasia
❑ Lesões Liquenoides
85%
10%
5%
1/5%
Risco de magnilização
Câncer de boca
• Rápido Crescimento
• Evolução gradual
LPM
Carcinoma 
in situ
Câncer 
invasivo
Metástase 
linfonodais / 
distancia
Preso em epitélio
Atinge tecido conjuntivo
Leucoplasia
Definição
• Totalmente clínico, não é citado a leucoplasia em laudos patológicos. 
• Necessita excluir possíveis diagnósticos para defini-lo como leucoplasia. 
• Menor chances de desenvolver tumores malignos. 
• Causa multifatorial 
• Mesmo que menos maligna é a mais comum de encontrar.
Espessamento da camada de ceratina ou acantose
Possíveis causas 
• Tabaco 
• Álcool 
• Sanguinária (dentifrícios com ervas sanguinárias (gengival)
• Radiação Ultravioleta (Normalmente em lábios inferiores)
• Microrganismos (HPV, Sífilis, Candidíase)
• Traumas 
Características Clínicas 
• Prevalência maior aos 40 anos
• Mais prevalente em homens
• Concentração: Vermelhão do lábio inferior, assoalho de boca, mucosa 
julgal, gengiva e língua.
Leucoplasia leve: Placa de 
mancha branca quase 
translúcida, com limites bem 
definidos. Menor displasia
Leucoplasia Espessa/fissurada: 
Apresenta uma heterogenia e 
algumas fissuras em sua 
superfície – aparência de 
couro 
Leucoplasia :verruciforme Já 
apresenta uma grande 
heterogenia, com superfície 
desregular e com muitos 
relevos em formas de papilas. 
Pior prognostico. 
Características histopatológicas
• Hiperceratose ou acantose
Para – Não existe camada de células granulares e os núcleos
epiteliais encontram-se retidos na camada de ceratina
Orto - o epitélio demonstra uma camada de células granulares e os
núcleos estão ausentes na camada de ceratina.
• Pode apresentar atrofia do epitélio
• Células inflamatória crônica
• Displasia: depende do grau da alteração.
o Hipercromatite nuclear
o Nucléolos evidentes
o Aumento da relação núcleo citoplasma
o Disceratose (perda da noção da célula)
o Aumento da atividade mitótica
• Projeções pontiagudas e papilares. (LPV)
Leucoplasia Verrucosa Proliferativa
• Múltiplas placas ceratóticas com projeção de superfície áspera
• Maios prevalente em mulheres, podendo ter menor relação com o 
tabaco (HPV)
• Fica indistinguível com um carcinoma verrucoso
• Desenvolve células displásicas – carcinoma de células escamosas. 
Tratamento
• Biopsia Excecional / Incisional
• Acompanhamento a longo prazo
• Eliminação dos fatores de risco
Prognostico: 
Magnilização
• Displasia leve: 1-7%
• Displasia moderada: 4-15%
• Displasia grave: 18-47%
Eritroplasia 
Definição: Placa avermelhada não destacável a raspagem e não 
pode ser diagnosticado como qualquer outra alteração. 
• Tratamento:
• Biopsia incisional da pior área 
• Acompanhamento a longo prazo
• Eliminação dos fatores de risco 
Prognostico:
Maglinização (18% - 47%) 
Carcinoma in sito e microinvasor (maioria dos casos)
Características clínicas
• Diagnostico por exclusão
• Predileção em homens 
• Incidência cresce em homens maiores de 60 anos. 
• Mais displasia que a leucoplasia. 
Características histológicas
• Atrofia epitelial.
• Muita displasia epitelial
• Presença de vasos congestionados
• Linfócitos em quantidade moderada e grave. 
Quelite Actinica
Definição
• Exposição solar crônica 
• Mais prevalente no sexo masculino, ou inversão dependendo da 
quantidade de exposição solar da mulher. 
• Comum em trabalhadores rurais e pescadores
• Cresce de acordo com a idade (exposição solar cumulativa)
Tratamento
• Acompanhamento 
• Diminuir exposição solar com uso de chapéu e protetor labial 
• Biopsia para verificar o grau de displasia.
Característica Clinica 
• Atrofia da borda do lábio inferior 
• Apagamento da margem entre epitélio e 
vermelhão do lábio
• Áreas ásperas cobertas por escamas (cascas)
• Ulceração crônica. 
Característica Histológicas
• Epitélio atrófico 
• Hiperceratose
• Esteatose solar (alterações basófilas acelular)
• Infiltrado inflamatório crônico leve. 
Carcinoma de células escamosas 
• A principal neoplasia encontrada em cavidade oral. Responsável 
por 95 de neoplasias em boca. 
• Apresentam grandes variedades de características clinicas. 
Podendo ser grandes ou bem pequenas. 
Detecção em estágios precoces:
• Melhor prognostico
• Tratamento menos invasivo
• Evita tratamentos avançados
Tratamento
• Cirurgia
• Radioterapia
• Quimioterapia
Características clinicas 
• Avermelhadas / esbranquiçadas 
• Regiões ulceradas indolores 
envoltas por bordas elevadas em 
rolete.
• Comumente endurecidas e firme 
a palpação
• Necessita biopsia urgente.
• Bordas irregulares
• Endofiticas: crescimento para 
dentro
• Exofiticos: Crescimento para fora
• Limites imprecisos
• Comum: ulcera com centro 
necrótico
Aspecto radio: ruído em traça
Lesão
leucoplasia
Eritroplasica
leucoeritroplasica
Características histológicas
Similaridade com células epiteliais com características displasias. Muita mitose, 
muita célula hiper cromática e com Disceratose. (Invasão de tecido conjuntivo) 
• Gradação histológica
• Bem diferenciado (I) – células malignas parecidas com 
epitélio em ilhotas bem circunscrita. 
• Moderadamente diferenciado (II e III) – não apresenta 
queratina, com mais displasia e mais polimorfismo. 
• Pobremente diferenciado (IV) – não lembra o epitélio e não 
produz queratina e apresenta muita displasia. 
Epidemiologia 
• Incidência crescente com a idade
• Aumento do numero de casos diagnosticados
• Predileção por sexo masculino. 
• Mulheres por infecção de HPV 
• Etiologia
• Fumo, Álcool, radiação UV, deficiência de ferro e vitamina A, 
infecções (HPV, sífilis), imunossupressão e genética. 
• Localização: Língua e assoalho de boca > lábio, 
gengiva, palato, mucosa jugal.