Buscar

Relatório de Estágio em Gestão Esportiva

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 16 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 16 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 16 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Continue navegando


Prévia do material em texto

Roteiro para Elaboração do Relatório Final do Estágio 
Professora: Mariela de Santana Maneschy
· ORIENTAÇÕES:
1. Pré-textuais
1.1. Capa: Modelo em anexo;
1.2. Folha de rosto (Modelo em anexo): Deve conter o nome e matrícula do aluno, área do estágio, local com endereço, período, carga horária realizada, nome do Supervisor (Profª Mariela de Santana Maneschy), nome do Orientador (professor que acompanhou no local do estágio), local e a data da elaboração do Relatório (modelo em anexo);
1.3. Sumário; 
2. Texto
2.1. Apresentação: Caracterização resumida da organização (localização do estágio) e do ambiente, período do estágio, carga horária;
2.2. Introdução: Delimitação do assunto tratado, objetivos do relatório e outros elementos necessários ao assunto. Os objetivos devem estar situados no último parágrafo; 
2.3. Desenvolvimento: Relatar detalhadamente as atividades desenvolvidas, objetivos e metas. Descrever a rotina do local, dos estagiários e dos orientadores; 
2.4. Conclusão: O aluno deve fazer uma síntese da importância do estágio, das vantagens e desvantagens na realização do mesmo e tudo aquilo que representou acréscimo no seu desenvolvimento enquanto futuro profissional.
3. Referências bibliográficas: 
Devem ser listados todos os autores utilizados para citações durante a elaboração do relatório.
4. Anexos:
Consiste em informações adicionais que podem ser apresentadas em forma de documentos e/ou fotos tiradas durante o estágio.
Obs: O trabalho deverá ser redigido todo de acordo com as regras da ABNT vigentes. Assinar ao final do trabalho (assinatura do aluno).
 
 UNIVERSIDADE DA AMAZÔNIA – UNAMA
 CENTRO DE CIÊNCIAS BIOLÓGICAS E DA SAÚDE
 CURSO DE BACHARELADO EM EDUCAÇÃO FÍSICA
SEMANA DA OFICINA PROFISSIONALIZANTE TEMA: GESTÃO ESPORTIVA DO SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA (SESI/PA) NO PROJETO DE CORRIDA E CAMINHADA EVENTO REALIZADO NA CIDADE DE BELÉM DO PARÁ
NOME: FRANKLIN DIAS DA COSTA
MATRÍCULA: 26146710 TURMA : 8NNA NOITE 
DISCIPLINA : Marketing Esportivo DATA : 22/10/19
PROFESSOR : Christian Pinheiro da Costa
BELÉM-PA
2019
NOME: FRANKLIN DIAS DA COSTA
MATRÍCULA: 26146710
LOCAL: SALA DE AULA PERÍODO NOTURNO 
DATA: 22/10/19 
PALESTRANTE : ÉDER DO VALE PALHETA CREF :000782/-G/PA
RELATÓRIO DA SEMANA DA OFICINA PROFISSIONALIZANTE TEMA: GESTÃO DESPORTIVA DO SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA (SESI/PA) NO PROJETO DE CORRIDA E CAMINHADA EVENTO REALIZADO NA CIDADE DE BELÉM DO PARÁ 
 Foi-nos apresentada um palestra no dia 22/10/19 na sala de aula da turma 8NNA período noturno da nossa semana de oficinas profissionalizantes da UNAMA campus alcindo cacela , pelo palestrante ÉDER DO VALE PALHETA , um profissional na área da Educação Física registrado pelo CREF 000782-G/PA , com o tema na gestão desportiva do evento da corrida e caminhada do SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA (SESI/PA) realizado na cidade de Belém do Pará em 1/05/19.
 Nos primeros minutos de apresentação , o profissional palestrante contou sua trajetória no SESI/PA, onde começou como office boy e, posteriormente foi evoluindo na entidade ganhando mais ascensão . conquistou vários cargos onde na atualidade se encontra como gerente ná área da Cultura , Esporte e Lazer do SESI/PA totalizando seus 38 anos de serviços prestados(na ativa) ao SESI/PA . assume , outrossim, o cargo de 1º vice- presidente do CONSELHO REGIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA DA 18ª REGIÃO PA-AP . Ao decorrer da palestra , podemos aprender sobre a missão do SESI//PA, onde se trata de prestar serviços de Educação, Sáude e Lazer , visando a melhoria da qualidade de vida do trabalhador e seus dependentes , estimulando socialmente responsável da indústria do Pará. Verificamos também , a visão do SESI/PA onde objetiva ser a referencia estadual na promoção da melhoria da qualidade de vida do trabalhador e seus dependentes , consolidando a gestão socialmente responsável da indústria e ,também , as comuniades em geral .
 Nesse contexto, podemos averiguar sobre a entidade o projeto de ação estratégica da corrida e caminhada ocorrida no dia 1/05/19 . O gestor desportivo Éder do Vale nos informa que existe um portal de transparência adotada pela entidade onde é de total importância para a população as suas ações transparentes do SESI/PA . Apesar de ser uma entidade privada, o SESI - PA sempre teve a sua gestão - contábil, financeira, orçamentária, operacional e patrimonial - controlada e fiscalizada pelo Tribunal de Contas da União, assim como o seu orçamento ratificado pela República.Mesmo não estando sujeito às regras que regem a contratação pública, o SESI - PA adotou, já na década de 90, regulamento de licitações e contratos próprio. Antes mesmo de a Lei de Diretrizes Orçamentárias exigir, a entidade já publicava na internet dados de sua execução orçamentária.
 Ao disponibilizar agora os dados e as informações , o SESI - PA assume publicamente, o compromisso de elevar o nível de transparência de sua gestão e de ampliar o conhecimento geral de suas realizações.
· Orçamento e Execução Orçamentária
· Informações de Dirigentes e Empregados
· Demonstrações Contábeis
· Licitações e Editais
· Contratos e Convênios
· Gratuidade
· Integridade
· Dados de Infraestrutura
· Serviços de atendimento ao cliente (SAC)
 O SESI-PA realizou mais uma edição da Corrida e Caminhada do SESI, com largada e chegada no Portal da Amazônia. foram 5 mil vagas para inscrição, divididas entre 3.500 para a Corrida e 1.500 para a Caminhada. O evento é uma iniciativa do Serviço Social da Indústria – SESI Pará, em parceria com a Prefeitura de Belém e TV Liberal.
 A Corrida tem percurso de 10 km e é destinada aos praticantes regulares de corrida de rua, em bom condicionamento físico. Já a Caminhada percorreu apenas 4 km, distância ideal para quem precisa manter um ritmo mais lento, mas ainda assim não abre mão da atividade física regular.
 Em 2019 a prova custou R$ 60 para a corrida, com desconto de 50% para trabalhadores da indústria, e R$ 30 a caminhada, valor único para todas as categorias.
Premiação – Cada uma das 34 categorias, separadas entre Indústria, Comunidade, Cadeirante, Deficiente Visual Masculino e Sistema FIEPA receberá premiação do 1º Lugar (R$ 600), 2º Lugar (R$ 500), 3º Lugar (R$ 400).
Grupos com maior número de participantes inscritos também ganham prêmio. Podem concorrer indústrias e academias/grupos de corrida e a ideia é valorizar os incentivadores da prática esportiva.
Percurso – Av. Portal da Amazônia; Rua dos Mundurucus até a José Bonifácio; Avenida Conselheiro Furtado; Praça Amazonas, Cesário Alvim, Avenida Bernardo Sayão e Portal da Amazônia.
 Com isso, no decorrer da palestra , vimos o orçamento do projeto aprovado para o evento da corrida e caminhada que ficou em um total de R$ 354,786,87 reais . foi nos apresentado o cronograma de atividades do projeto para esse evento da gestão esportiva na corrida e caminhada do SESI/PA como forma de planejar o evento onde segue vários parametros com datas de inicio e fim .
Belém-PA
2019
	ITENS A SEREM AVALIADOS PELO SUPERVISOR NO RELATÓRIO
	I – Aspectos Gerais
	Pontuação
	1 – Apresentação geral do trabalho
	0 a 10
	
	2 - Capa, folha de rosto e sumário
	0 a 10
	
	3 - Cumprimento das Normas da ABNT
	0 a 10
	
	4- Adequação as normas indicadas para elaboração do relatório pela IES.
	0 a 10
	
	5- Coesão e coerência textual
	0 a 10
	
	6 - Utilização de termos técnicos de forma adequada
	0 a 10
	
	7 – Visão crítica construtiva do serviço
	0 a 10
	
	8 - Relação entre as atividades desenvolvidas no estágio e as disciplinas correspondentes. 
	0 a 10
	
	9 - Conclusão do relatório. 
	0 a 10
	
	10 – Referência bibliográfica
	0 a 10
	
	• SUB – TOTAL I
	0 a 100
	
Belém, ________ de ____________________ de 2019
________________________________________
Assinatura do(a) Aluno(a)
SUMÁRIO
1. APRESENTAÇÃO.................................................................................................3
2. INTRODUÇÃO......................................................................................................43. DESENVOLVIMENTO...........................................................................................7
4. CONCLUSÃO.....................................................................................................16
5. REFERÊNCIAS...................................................................................................19
1. APRESENTAÇÃO
 
 Dando conclusão à primeira etapa do Estágio Supervisionado I do curso de Bacharelado em Educação Física, tendo em vista a necessidade de uma experiência prática onde aplicou-se grande parte dos fundamentos aprendidos ao longo dos períodos anteriores com os princípios teóricos estudados, agora estagiando na academia, neste momento, aliou-se a teoria à prática, demonstrando, assim, o quanto é enriquecedor e importante esta etapa na formação acadêmica e profissional do futuro docente.
 
 O Estágio Supervisionado I foi realizado na academia Companhia Athletica turno noturno no horário de 18:00h às 23:00h, localizado à rua da Municipalidade, 489 –Reduto, Belém-PA, cep : 66053180, com carga horária de 60 horas, teve início no dia 09 de outubro e terminou no dia 24 de outubro de 2017, com carga horária semanal de 30 horas, totalizando duas semanas de segunda a sábado .
 
 O Estágio Supervisionado I teve o objetivo de observar e aplicar os conhecimentos adquiridos nas disciplinas estudadas, bem como confrontá-los com a prática na educação física propriamente dita, buscando firmar uma prática que seja significativa.
 
 Este relatório é composto da descrição das observações e das experiências vivenciadas no período observacional na academia, baseou-se nos quatro pilares da educação e também na tendência sociointeracionista do processo de ensino-aprendizagem.
 
 Encontra-se descrito neste trabalho as observações não só do processo em sala de aula, como também, do ambiente ar como um todo. Dentro deste pressuposto, procurou-se conviver e observar uma forma de direcionar a prática de ensino como uma ação sustentada em fundamentos que englobam uma linha filosófica de aprendizagem e sua efetividade.
 2. INTRODUÇÃO
 O Estágio Supervisionado I em Educação Física constitui-se em um quesito de grande relevância para nós acadêmicos de Educação Física durante a nossa formação, por nos proporcionar um elo entre a teoria estudada e a prática, permitindo-nos adquirir uma experiência na docência e até mesmo termos certeza de que estamos ou não no caminho certo.
 Para Sacristán (1999), a prática é institucionalizada; são as formas de educar que ocorrem em diferentes contextos institucionalizados, configurando a cultura e a tradição das instituições. Essa tradição seria o conteúdo e o método da educação. E, para Zabala (1998), a estrutura da prática institucional obedece a múltiplos determinantes, tendo sua justificação em parâmetros institucionais, organizativos, tradições metodológicas, possibilidades reais dos professores e das condições físicas existentes.
 A compreensão da relação entre teoria e prática, conforme explicitado anteriormente, possibilitou estudos e pesquisas que têm iluminado perspectivas para uma nova concepção de estágio. Pimenta e Gonçalves (1990) consideram que a finalidade do estágio é a de propiciar ao aluno uma aproximação à realidade na qual atuará. Assim, o estágio se afasta da compreensão até então corrente, de que seria a parte prática do curso. Defendem uma nova postura, uma re-definição do estágio que deve caminhar para a reflexão, a partir da realidade.
 É possível o estágio se realizar em forma de pesquisa? A pesquisa no estágio é uma estratégia, um método, uma possibilidade de formação do estagiário como futuro profissional. Ela pode ser também uma possibilidade de formação e desenvolvimento dos professores da escola na relação com os estagiários.
Essa visão mais abrangente e contextualizada do estágio indica, para além da instrumentalização técnica da função docente, um profissional pensante, que vive num determinado espaço e num certo tempo histórico, capaz de vislumbrar o caráter coletivo e social de sua profissão (cf. Lima, 2001)
 Para Silva (2005) no cotidiano acadêmico é perceptível que os graduandos se envolvam com muita disposição e ânimo quando a universidade lhes proporciona a participação em que consiga colocar conhecimentos teóricos em prática, acompanhados de um profissional supervisor ou quando possui uma instituição conveniada que estão em permanente contato com a universidade. É necessário que o estagiário aprenda a observar e identificar os problemas, estar sempre aprendendo e buscando informações, questionar o que encontrou além de buscar trocar informações com professores mais experientes (OLIVEIRA, s.d).
 De acordo com Francisco e Pereira (2004) o estágio surge como um processo fundamental na formação do aluno estagiário, pois é a forma de fazer a transição de aluno para professor “aluno de tantos anos descobre-se no lugar de professor”. Este é um momento da formação em que o graduando pode vivenciar experiências, conhecendo melhor sua área de atuação. “O Estágio Supervisionado consiste em teoria e prática tendo em vista uma busca constante da realidade para uma elaboração conjunta do programa de trabalho na formação do educador (GUERRA, 1995)”. Este “possibilita ao graduando desenvolver a postura de pesquisador, despertar a observação, ter uma boa reflexão crítica, facilidade de reorganizar as ações para poder reorientar a prática quando necessário (KENSKI, 1994:11 citado por LOMBARDI, 2005)”.
 De acordo com Freire (2002) “o profissional precisa valorizar a busca de conhecimentos, lutar pelo desenvolvimento da profissão, levar seus serviços a toda população, sem qualquer tipo de descriminação, visando o bem-estar do seu aluno/cliente”.
 “O aluno bacharelado em Educação Física é preparado para aturar na manutenção e promoção de saúde, elaborando, executando, avaliando e coordenando projetos e atividades físicas para diferentes populações” (USP, s.d). Esse visa Recreação e lazer, Esportes de alto nível, Exercício e saúde e Educação Física adaptada (VIEIRA, 1997).
 De acordo com Lima (1994) citado por Massa (2002) “compete à Educação Física produzir um novo conhecimento que ofereça a integração e sistematização dos resultados de pesquisa, o que torna importante na atuação profissional”. Esta deve “integrar o aluno na cultura corporal do movimento, formando-o capaz de produzir, reproduzir e transformar usufruir do jogo, atividades, ginásticas em benefício da qualidade de vida” (BETTI E ZULIANI, 2002). Verenguer (1997) ressalta que ao se pensar em Educação Física deve-se considerar o conhecimento acadêmico do profissional, pois este deve corresponder às expectativas, elaborar e desenvolver os respectivos programas.
3 DESENVOLVIMENTO
5 . REFERÊNCIAS
BARBANTI, V.J. Dicionário de Educação Física e Esporte. Barueri, Editora Manole Ltda., 2003.
COOK G, BURTON L. FMS: Functional Movement System. São Paulo: Instituto. Mauro Guiselini, 2009. 
FELSHIN, J. Physical Education: An introduction in physical education: An interdisciplinary approach. Editor Robert N. Singer, New York, Macmillan, 1972.
FRANCISCO, C. M. e PEREIRA, A.S. Supervisão e Sucesso do desempenho do aluno no estágio, 2004. Disponível em internet. http://www.efdeportes.com/efd69/aluno.htm. Acesso em 11 Out. 2017.
FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, Freire, 2002.
GALLAHUE, D.; OZMUM, J. Compreendendo o desenvolvimento motor. São Paulo, Phorte, 2005.
GLASSMAN, G. What is fitness. CrossFit Journal. p.1-11. 2002.
LIMA, M. S. L. e SALES, J. C. B. Aprendiz da Prática Docente. Fortaleza: Demócrito Rocha, 2002.
MASSA, Marcelo. Caracterização Acadêmica e Profissional da Educação Física. Revista Mackenzie de Educação Física e Esportes. Barueri, v.1, n. 1 p 29-38, Setembro, 2002. Disponível em internet http://www.mackenzie.br/editoramackenzie/revistas/edfisica/edfis/n1/art2_edfis1n1.p df. Acesso em 10 Out. 2017.
PIMENTA, S. G. e GHEDIN, E. (orgs.). Professorreflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. São Paulo:Cortez, 2002.
SACRISTÁN, J. G. Poderes instáveis em educação. Porto Alegre, Artes Médicas, 1999.
SILVA, Sheila Aparecida Pereira dos Santos. Estágios Curriculares na Formação de Professores de Educação Física: o Ideal, o Real e o Possível. Revista Digital. Buenos Aires, v.10, n.82 p. 3-5, Março, 2005. Disponível em internet. http://www.efdeportes.com/efd82/estagios.htm . Acesso em 05 Jul. 2006.
USP. Educação Física – Página do curso de Bacharelado. São Paulo: USP, s.d. Disponível em internet. http://www.usp.br/prc/uniprof/descricao_edufis.htm. Acesso em 15 Out. 2017.
VIEIRA, Elaine Cristina. Socialização, opção profissional e representação na Educação Física. Revista Motriz. Rio Claro, v. 3, n. 1 p 44-49, Junho, 1997. http://www.rc.unesp.br/ib/efisica/motriz/03n1/premia5.pdf. Acesso em 15 Out. 2017.
ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre:ArtMed ,1998.