A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
Apol 2 Temas Contemporâneos

Pré-visualização | Página 1 de 5

Questão 1/10 - Temas Contemporâneos: da Diversidade de Gênero à Faixa Geracional
Leia o extrato de texto a seguir:
“O passo seguinte foi cada turma realizar práticas que caracterizassem envolvimento e novas atitudes em relação à preservação do patrimônio escolar, tais como mutirão de limpeza; coleta de lixo no pátio e nas proximidades da escola; estímulo às lideranças estudantis (líderes de turmas e Grêmio Estudantil) para seu engajamento no trabalho edificante; alunos realizando pequenos reparos no que foi depredado do patrimônio; apoio dos pais em todas as ações de conscientização”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: <http://www.ufrgs.br/revistabemlegal/edicoes-anteriores/vol1n1-2011/1-4%20-%20Valorizacao%20do%20patrimonio%20publico%20e%20escolar.pdf>. Acesso em: 29 mar. 2017.
De acordo com o texto-base O bê-á-bá da intolerância e da discriminação, é possível afirmar que a valorização do patrimônio escolar pode ocorrer quando:  
Nota: 10.0
	
	A
	ocorre uma mudança de gestão no ambiente escolar, realizada por meio da intervenção do Estado na indicação de um gestor (diretor) mais rígido.
	
	B
	ocorre uma imposição de regras disciplinares e castigos mais severos aos infratores.
	
	C
	ocorre a administração do ambiente escolar por uma empresa terceirizada, ou seja, quando ocorre a privatização da gestão escolar.
	
	D
	ocorre a implantação de um módulo policial próximo à escola e/ou com a presença contínua de policiais específicos para o atendimento escolar.
	
	E
	ocorre uma mudança física do ambiente escolar, realizada por intermédio do envolvimento e participação direta dos alunos e da comunidade.
Você acertou!
“Vale assinalar, ainda, os relatos de redução dos atos de vandalismo em conseqüência da mudança física do ambiente escolar, realizada por intermédio do envolvimento e participação direta dos alunos e da comunidade. Isso leva a uma valorização do patrimônio escolar, que passa a ser visto como bem coletivo” (Artigo: “O bê-á-bá da intolerância e da discriminação”, p. 48-49)
Questão 2/10 - Temas Contemporâneos: da Diversidade de Gênero à Faixa Geracional
Leia o trecho a seguir:
“Na escola transita a fala: ‘todos aqui são iguais’. ‘Não tem essa de brancos, pretos, amarelos, pobres, ricos, bonitos e feios’. ‘Esquece’ que todos os seres são diferentes (aliás a diferença é uma característica intrínseca a nós, de acordo com a genética [...]; e, negando as diferenças, instituem-se as desigualdades, as hierarquias, o racismo enquanto negação do outro”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: <http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/8948/000304120.pdf?sequence=1>. Acesso em: 29 mar. 2017.
A partir do trecho lido e dos conteúdos do texto-base O bê-á-bá da intolerância e da discriminação, sobre o racismo na escola, leia as sentenças a seguir, assinalando V para as afirmativas verdadeiras e F para as afirmativas falsas.
I. ( ) O racismo no ambiente escolar brasileiro é realizado por formas complexas, não sendo admitido conscientemente pela maioria da população.
II. ( ) O racismo no ambiente escolar brasileiro ocorre inclusive de forma estrutural.
III. ( ) O racismo no ambiente escolar brasileiro tem como público-alvo exclusivo os afrodescendentes.
Marque a alternativa com a sequência correta:
Nota: 10.0
	
	A
	F – F – V
	
	B
	F – V – V
	
	C
	F – V – F
	
	D
	V – F – V
	
	E
	V – V – F
Você acertou!
As afirmativas I e II são verdadeiras.
A Afirmativa III é falsa. Comentário: “Depoimento colhido em grupo focal de pais mostra que se considera a existência de preconceito na escola até mesmo contra uma estudante branca, que se percebe discriminada pelos colegas negros. Além do acesso diferenciado segundo a dependência administrativa das escolas, brancos e não brancos também se distinguem pelos turnos de estudo. Os maiores percentuais de não brancos estão no turno da noite” (Artigo: “O bê-á-bá da intolerância e da discriminação”, p. 39).
Questão 3/10 - Temas Contemporâneos: da Diversidade de Gênero à Faixa Geracional
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Já em 1940, o número de mulheres empregadas nas fábricas atingiu a capacidade máxima. A quantidade de órgãos militares praticamente dobrou e, em todos os cantos do mundo, elas apareceram como soldadoras, enfermeiras, pilotos de aviões, motoristas, secretárias, datilógrafas etc. Enfim, estavam em toda parte. As funções femininas eram específicas em cada país. Na maioria dos países aliados, as mulheres eram convocadas para todas as frentes de trabalho, desde o setor industrial até os exércitos”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: <http://pre.univesp.br/as-mulheres-na-guerra#.WOVCvm_yvIU>. Acesso em: 05 abr. 2017. 
De acordo com o texto-base Gênero, sexualidade e educação: das afinidades políticas às tensões teórico-metodológicas, segundo Donna Haraway, pode se atribuir que o fato histórico que permitiu a construção de mulheres como um sujeito em processo coletivo histórico foi:
Nota: 10.0
	
	A
	A Revolução Industrial
	
	B
	A Revolução Francesa
	
	C
	A Grande Guerra
	
	D
	A Segunda Guerra Mundial
Você acertou!
“Deste texto, o que me interessa destacar é o fato de que ela entende que, ‘apesar de suas importantes diferenças, todos os significados feministas modernos de gênero partem de Simone de Beauvoir e de sua afirmação de que ‘não se nasce mulher’. Ela acrescenta: ‘[partem] das condições sociais posteriores à segunda guerra mundial que permitiram a construção de mulheres como um sujeito-em-processo coletivo histórico’. O que se segue funciona como uma possível compreensão abreviada: ‘Gênero é um conceito desenvolvido para contestar a naturalização da diferença sexual em múltiplos terrenos de luta’ (Haraway, 1995, p. 221)” (Artigo “Gênero, sexualidade e educação: das afinidades políticas às tensões teórico-metodológicas”, p. 4-5)
	
	E
	A Independência do Brasil
Questão 4/10 - Temas Contemporâneos: da Diversidade de Gênero à Faixa Geracional
Leia o trecho a seguir:
“Nas grandes escolas, a impessoalidade do ambiente aumenta e com isso os adultos dão menor atenção aos jovens com problemas. Simultaneamente, nessas grandes escolas há uma menor capacidade por parte dos adultos de controle dos comportamentos juvenis. Além disso, o tamanho das salas de aula tem como consequência a possibilidade da convivência de um maior número de alunos com problemas de comportamento, o que contribui para que o problema se agrave. Estes estudos indicam também que a exacerbação da disciplina contribui para piorar a incidência da violência escolar”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-40602010000500013>. Acesso em: 29 mar. 2017.
Considerando o texto acima e principalmente os conteúdos do texto-base O bê-á-bá da intolerância e da discriminação, é possível afirmar que uma das consequências de um ambiente escolar violento, comum tanto para alunos quanto para professores, é:
Nota: 0.0
	
	A
	o medo de ter um objeto pessoal roubado.
	
	B
	a sensação de impunidade.
	
	C
	a falta de concentração nas atividades.
“Entre os alunos entrevistados, quase metade sustenta que a violência no ambiente escolar faz com que não consigam se concentrar nos estudos. [...] No que se refere aos membros do corpo técnico-pedagógico, a primeira consequência é a perda de estímulo para o trabalho. Em segundo lugar, vem o sentimento de revolta e, em terceiro, a dificuldade de concentração nas aulas” (Artigo: “O bê-á-bá da intolerância e da discriminação”, p. 47).
	
	D
	o desejo de mudar de profissão ou migrar para uma instituição privada.
	
	E
	a falta de perspectiva de mudança da realidade escolar brasileira.
Questão 5/10 - Temas Contemporâneos: da Diversidade de Gênero à Faixa Geracional
Leia o trecho a seguir:
“Ao focalizar os jovens negros e brancos que passam cada vez mais a frequentar a EJA nos últimos anos e localizá-los