A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
psicometria 14-05 e 18-05

Pré-visualização | Página 2 de 3

ou falso, ou algo similar. 
• Exemplo: - MMPI: Inventário Multifásico de Personalidade de Minnesota; - 
BDI: Inventário de Depressão Beck (BDI); 
Técnicas projetivas de personalidade 
• Examinando tem que executar uma tarefa relativamente simples, porém 
isolada de contextos mais significativos. Espera-se então que as respostas do 
examinando revelem algo a respeito da sua personalidade. 
• Exemplo: 
• Teste das Manchas de Tinta de Rorschach 
• técnicas de desenhar figuras humanas, de completar sentenças e de reações 
a imagens 
Outras abordagens 
• Nas medidas de personalidade, pode-se também incluir uma terceira 
categoria, simplesmente classificada corno "outras abordagens", para cobrir a 
miríade de outras maneiras que os psicólogos tem elaborado para satisfazer ao 
nosso fascínio ilimitado pela personalidade humana. 
 
Interesses, Atitudes e Valores 
Interesses Vocacionais 
• propósito de orientar os indivíduos a buscarem atividades que sejam 
pertinentes aos seus interesses. 
Escalas de Atitudes 
• medidas de atitudes em relação a tópicos, a grupos e a praticas. Por 
exemplo, há medidas de atitude em relação a pena de morte, em relação aos 
idosos, e assim por diante. 
Estruturas de Valor 
• tenta identificar a Ênfase relativa que uma pessoa dá a diferentes valores 
(por exemplo, em estética, na ciência ou na religião) 
Testes neuropsicológicos 
• São planejados para fornecer informações a respeito do funcionamento do 
sistema nervoso central, especialmente do cérebro. 
TIPOS DE TESTES PSICOLÓGICOS 
• São vários os tipos de classificação dos testes; 
 • Vamos utilizar as categorias: testes psicométricos e testes projetivos; 
• Dicotomização que auxilia na escolha do teste; 
• Objetivo a ser alcançado deve estar na base da escolha do teste; 
TESTES PROJETIVOS 
• Categoria ampla que engloba subcategorias como os testes expressivos, 
estruturais e temáticos. 
• Trabalham com o conceito de projeção; 
• Critérios para interpretar são subjetivos (dinâmicos e não observáveis); 
• Envolve tarefas pouco estruturadas; 
• Correção e interpretação sujeitas à subjetividade do avaliador; 
• Considera os comportamentos do processo de respostas (verbais e não 
verbais); 
EXEMPLOS TESTES PROJETIVOS 
• HTP: Casa-árvore-pessoa; 
• Método de Rorschach 
• TAT: Teste de apercepção temática para adultos; 
• CAT: Teste de apercepção para crianças (versão com animais); 
• Desenho de uma casa ou figura humana; dizer o que você vê num borrão de 
tinta; desenhar uma árvore; 
TESTES PSICOMÉTRICOS 
• Objetiva mensurar o atributo ou construto que está avaliando; 
• Critérios objetivos (concretos e observáveis); 
• Envolve tarefas padronizadas; 
• Foco no resultado final, mais do que no processo de produção de respostas; 
• Correção mecânica e interpretação estatística; 
• Estruturados na forma de inventários, escalas, etc; 
EXEMPLOS DE TESTES PSICOMETRICOS 
• D2; 
• AC; 
• WISC; 
• WAIS; 
• BFP; 
• Escalas Beck; 
• Testes de atitudes, nos quais você deve responder se está de acordo ou não 
(numa escala de 3,5 ou mais pontos de intensidade de concordância); 
COMPARAÇÃO ENTRE OS INSTRUMENTOS PSICOMÉTRICOS E PROJETIVOS 
ESTATÍSTICA. 
NORMATIZAÇÃO PSICOMÉTRICO 
• Uso obrigatório da estatística Descrição 
“fazem a suposição de que os traços que eles medem são dimensões, isto é, 
atributos que possuem diferentes magnitudes, grandezas estas que são 
expressas através dos números” (Pasquali, p.26). 
 PROJETIVO 
• Menor ênfase nos dados normativos Maior uso da validade clínica, que busca 
caracterizar a adequação da informação a um sujeito particular, 
PADRONIZAÇÃO 
 PSICOMÉTRICO 
• MAXIMAMENTE PADRONIZADO EM SUA TAREFA, APLICAÇÃO E 
INTERPRETAÇÃO 
 - Respostas fechadas; 
- Permite avaliação coletiva; 
- Mais rápidos e fáceis de interpretar: utilização de crivos para levantamento, 
utilização de programas informatizados para levantamento e interpretação, 
interpretação estatística; 
PROJETIVO 
• ESTÍMULOS VAGOS E AMBÍGUOS, COM MARGEM PARA INTERPRETAÇÃO - 
Hipótese de que a interpretação do material reflete aspectos fundamentais do 
funcionamento psicológico do individuo; 
- Menor reação defensiva tente a fazer com que a atenção do sujeito se desvie 
de sua pessoa; 
- Eficiente para ‘quebrar o gelo’; 
- Tarefas interessantes e agradáveis; 
RESPOSTAS 
PSICOMÉTRICOS 
• PREFERÊNCIA POR RESPOSTAS DE ESCOLHA FORÇADA, COMO: ESCALA likert 
- Maior confiabilidade: resultados mais facilmente replicáveis; 
- Repostas podem transparecer a forma como a pessoa se percebe ou como 
gostaria de ser vista, sendo mias suscetível a manipulações; 
- Número limitado de alternativas; 
PROJETIVOS 
• PERMITE VARIEDADE QUASE ILIMITADA DE RESPOSTAS POSSIVEIS 
 - Maior riqueza de informações; 
- Menor reação defensiva. Apresenta pequena ou nenhuma ameaça, pois não 
existem respostas certas e erradas; 
- Podem ser muito úteis com crianças pequenas e analfabetos; 
- Eficientes em revelar aspectos inconscientes, latentes e ocultos da 
personalidade (quanto mais desestruturado o teste, maior a sensibilidade a 
esse material oculto) 
FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA 
 PSICOMÉTRICOS 
• CONSTRUÍDOS COM BASE EM DIVERSAS TEORIAS; 
 PROJETIVOS 
• INFLUÊNCIA DE CONCEITOS PSICANALÍTICOS E PSICODINÂMICOS, EM 
ESPECIAL O CONCEITO DE PROJEÇÃO; 
ÊNFASE 
 PSICOMÉTRICOS 
• ÊNFASE NO INSTRUMENTO 
- Aplicação e interpretação altamente padronizadas; 
 - O uso do teste exige menos experiência do avaliador, que encontra todas as 
informações necessárias no manual; 
- Diversas vezes os instrumentos se utilizarão de autorrelato, o que diminui 
significativamente a influência do avaliador na testagem; 
PROJETIVOS 
• ÊNFASE NO AVALIADOR 
 - O psicólogo necessita de um bom treinamento, pois mesmo com instruções 
idênticas, examinadores com atitudes diferentes podem influenciar as 
respostas do sujeito; 
 - Quando não existe um treinamento adequado, conhecimento profundo da 
técnica e mesmo o autoconhecimento por parte do avaliador, a interpretação 
dos resultados pode ser tão projetiva quanto os estímulos do teste; 
- É possível que dois avaliadores com pouca experiência cheguem a diferentes 
resultados administrando os mesmos instrumentos, algo que mais dificilmente 
ocorreria quando testes psicométricos são utilizados, reforçando assim a 
importância da expertise do aplicador e conhecimento profundo da técnica; 
• “descreve-se o psicólogo psicometrista como um fotógrafo, porque do 
mesmo objeto sempre e qualquer um pode tirar a mesma fotografia; do 
psicólogo impressionista se diz que é um artista, um sábio, porque um pode 
produzir descrições melhores ou piores que outro sobre o mesmo sujeito 
avaliado” (Pasquali, p. 27). 
“A tabela seguinte sintetiza anedoticamente as distinções entre teste 
psicométrico e teste impressionista” 
PSICOMÉTRICO 
• Fotógrafo; 
• Medida; 
• Padronização; 
• Pobreza; 
• Produto; 
• Objetividade; 
IMPRESSIONISTA 
• Artista; 
• Descrição; 
• Não-padronização; 
• Riqueza; 
• Processo; 
• Subjeividade; 
SÍNTESE TESTES PSICOMÉTRICOS EPROJETIVOS 
TIPOS DE TESTES 
• PSICOMÉTRICO; 
• PROJETIVO / EXPRESSIVO (inclui expressivos, estruturais e temáticos); 
• “Essa dicotomização quanto aos tipos de testes é fundamental para a escolha 
do instrumento, pois auxilia o psicólogo a identificar se o seu objetivo é 
alcançado utilizando instrumentos psicométricos, projetivos ou ambos” 
(Serafini, et al, p. 58). 
TESTES PSICOMÉTRICOS 
• “buscam mensurar, através de critérios objetivos (concretos e observáveis), o 
atributo ou construto que estão avaliando (p. ex., quociente de inteligência ou 
nível de depressão)” (ibidem). 
• Tarefas padronizadas; 
• Foco no resultado final é maior que o interesse pelo processo; 
• “a análise dos resultados se utiliza de formas como correção mecânica e 
interpretação

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.