Buscar

ESTABILIZAÇÃO DE TALUDE EM OBRAS RODOVIARIAS

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 7 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

ESTABILIZAÇÃO DE TALUDES UTILIZADOS EM OBRAS RODOVIARIAS
01 – INTRODUÇÃO
Talude é um terreno inclinado que serve para dar sustentação e estabilidade ao solo próximo de um platô.
Também conhecidos por morros, encostas ou rampas, os taludes podem ser de origem natural, ou seja, criados pela natureza, ou artificiais, quando feitos pelos seres humanos.
Para que o talude forneça uma estabilidade satisfatória, a sua inclinação deve ter no máximo 45º. Não é aconselhado um número superior, pois pode comprometer a estrutura do platô, fazendo com que desabe.
De acordo com o comprimento do talude ainda é aconselhável a construção de curvas de nível, que têm a função de evitar erosões provocadas pela chuva, por exemplo. Outra característica dos taludes artificiais é a presença de vegetação que sirva para forrar as encostas, desta forma o solo ganhar maior estabilização.
O talude natural, como dito, costuma ser formado pelas forças da natureza (chuva, vento, sol e demais ações geológicas).
02 – DESENSOLVIMENTO
O que é um muro de gabião?
O muro de gabião é uma estrutura de contenção muito utilizada no mercado nacional é composto por pedras empilhadas em gaiolas de arame cozido hoje atualmente estas gaiolas são de arame galvanizado e revestido de pvc, possui características importantes para uma estrutura de contenção, como boa resistência aos esforços solicitantes, permeabilidade e baixo impacto ambiental, comparado com outros tipos de muros de arrimo o gabião possui um ótimo custo benefício.
Tipos gabião: 
· Gabião tipo caixa
Tipo Caixa é uma peça com formato de paralelepípedo, constituída de telas em malha hexagonal de dupla torção que formam a base, as paredes verticais e a tampa. As paredes verticais laterais são presas à tela de base e às demais paredes por processo mecânico de torção ou por um fio em espiral contínua, que garante perfeita união e articulação entre as telas. A caixa é dividida em células ao longo do comprimento por diafragmas colocados a cada metro e presos à peça principal pelo fio.
· Gabião tipo colchão
O tipo colchão tem formato de paralelepípedo, grande no comprimento e na largura, porém pequeno na altura. São utilizados em barragens em terra, revestimento para canais e escadas dissipadoras, estrutura que controla a carga hidráulica de um curso de água, permitindo que a velocidade de escoamento seja compatível com o material que o revestem, evitando assim erosões e surgimento de voçorocas (fendas produzidas na terra por forte enxurrada). Ou seja, essa estrutura dissipa a energia de um curso de água quando há necessidade de vencer grande diferença de nível em uma curta distância.
· Gabião tipo saco
Já o tipo saco possui sua forma estrutural que se assemelha a um saco, com aspecto cilíndrico. Para que suas extremidades sejam tampadas, são utilizados arames de aço posicionados de forma alternada nas malhas das bordas que estão livres. Esse tipo é utilizado para a fundação das estruturas dos Gabiões em geral, em obras hidráulicas, instalações com grande profundidade, como as subaquáticas e onde o solo é muito frágil.
Estabilização com retaludamento
Solução não estrutural e, portanto, simples e de baixo custo. Aplicável para qualquer tipo de rocha ou solo e adaptável a todas as situações de esforços, sendo utilizado em larga escala para contenção de taludes que correm risco de deslizamento. É um processo de terraplanagem através do qual se alteram, por cortes ou aterros, os taludes originalmente existentes em um determinado local para se conseguir uma estabilização do mesmo. O retaludamento é muito usado devido a sua simplicidade e eficácia. É associada a obras de controle de drenagem e proteção superficial, de modo a reduzir a infiltração de água no terreno e disciplinar seu escoamento, inibindo os processos erosivos.
Estabilização com proteção superficial
É um método que tem papel fundamental na estabilização de taludes de corte ou aterro, pois a sua função é evitar perda do material devido a erosões e diminuir a infiltração de água no solo nas superfícies desprotegidas. O método consiste na aplicação de gramíneas, as quais, apresentam-se como revestimento de melhor capacidade regenerativa para a estabilidade da estrutura do solo, sendo indicadas para a proteção de talude de cortes e aterros quando se deseja uma rápida cobertura, com máxima eficiência. 
Para proteger os taludes pode-se utilizar materiais naturais ou artificiais, onde a escolha do tipo de material deverá ser feita em relação aos critérios técnico-econômicos, em função das características do solo, topografia no local, disponibilidade de material e qualificação da mão de obra. O uso do material natural deverá ser feito com espécies nativas e com acompanhamento de um profissional qualificado, onde deve-se utilizar vegetação de pequeno porte.
Estabilização com muro de alvenaria
O muro de alvenaria armada é um muro de flexão com funcionamento similar ao de concreto armado, formada por uma parede de alvenaria armada assentada com argamassa de cimento e areia (1:3), apoiada em uma base de concreto enterrada.
A sua utilização é recomendada para alturas inferiores a 2 metros.
Devem ser previstos dispositivos de drenagem constituídos por drenos de areia ou barbacãs, para reduzir a pressão da água sobre o muro e para aliviar as poropressões na estrutura de contenção, aumentando a vida útil da obra.
03 – CONCLUSÃO 
Podemos concluir que o talude é algo encontrado na maioria dos trechos que construímos rodovias, principalmente em região montanhosa ou serrana, por isso é importante o estudo e compreensão em cima dos taludes, pois são ele que dão a devida sustentação e estabilidade ao solo, por onde será constituído os trechos rodoviários. 
Conforme estudo realizado sobre os taludes podemos observar a necessidade de termos um profissional especializado na área, para assim instruir o cliente o melhor serviço a ser aplicado naquele local, levando em conta custo benefício e durabilidade do serviço.
Dentre os fatores a serem observados podemos citar alguns critérios técnicos, como: rapidez e facilidade de execução, disponibilidade de recursos e mão de obra, flexibilidade e acomodação da estrutura, permeabilidade e sustentabilidade são de suma importância para a determinação do melhor tipo de estrutura a ser adotado para uma obra de recuperação de talude.
04 – REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
Bibliografia 
https://www.significados.com.br/talude/
http://www.ufjf.br/nugeo/files/2009/11/togot_Unid04EstabilidadeTaludes01.pdf
http://www.der.sp.gov.br/WebSite/Documentos/Geotecnia.aspx
https://belgogeotech.com.br/gabiao/?gclid=Cj0KCQjwu6fzBRC6ARIsAJUwa2QmZ688AAtlJbDOizHUqLMQYM148kY-ZTUno2xi2G7ImPZvEt7tPBcaAsnkEALw_wcB
http://www.geotecgeo.com.br/img/representadas/belgo-informe-tecnico.pdf
https://www.riuni.unisul.br/bitstream/handle/12345/3690/TCC-%20Conten%C3%A7%C3%A3o%20de%20Taludes%20Rodovi%C3%A1rios%20em%20Situa%C3%A7%C3%B5es%20Emergenciais.pdf?sequence=1
7

Continue navegando