A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Sistema Tegumentar

Pré-visualização | Página 1 de 1

Sistema Tegumentar 
Se refere à pele e anexos da pele, o maior órgão do corpo humano, formado por um grupo de 
tecidos. 
As estruturas anexas à pele são os pelos, glândulas sebáceas, glândulas sudoríparas e unhas. 
A função do sistema tegumentar é de revestimento e proteção, que delimita o meio interno e 
externo do corpo, proteção física contra atrito e choques, proteção imunológica contra 
microrganismos, proteção contra radiação solar, proteção contra a desidratação, ajuda na regulação da 
temperatura corporal e sensações 
 
Pele 
É composta por duas camadas, a epiderme e 
derme 
A epiderme é muito fina, e é dividida em 4 ou 
5 camadas, formada por tecido epitelial 
A derme, camada mais interna da pele, é 
formada por tecido conjuntivo, e apesar de 
mais espessa que a epiderme, é dividida em 2 
camadas 
O tecido subcutâneo é formado por tecido 
adiposo 
Epiderme 
É formada por tecido epitelial; possui células 
justapostas, conferindo proteção contra 
microrganismos e choques.; é avascularizado, 
então elas recebem nutrientes da 
vascularização do tecido conjuntivo; tem alta 
taxa mitótica e está sempre se renovando. 
É formada pelos epitélios pavimentoso, 
estratificado e queratinizado. 
Na epiderme existem 4 tipos de células, os 
queratinócitos, os melanócitos, células de 
Langerhans e as célula de Merkel 
Os queratinócitos são células que formam a 
queratina, que garante a proteção dos tecidos. 
Os melanócitos produzem a melanina, que nos 
protege contra a radiação, e dá cor à pele. São 
células que possuem projeções, que entram 
nos queratinócitos, e se envolvem em volta dos 
núcleos dos queratinócitos, os protegendo da 
radiação 
 
As células de Langerhans atuam na defesa 
imunológica da epiderme 
A células de Merkel, inseridas na parte mais 
profunda da epiderme, tem função de 
sensibilidade. 
As camadas da epiderme são: 
Camada basal, a mais profunda, conhecida como 
germinativa, pois é onde ocorre a mitose, onde 
as células estão se multiplicando, são formadas 
por uma camada de queratinócitos, também é 
onde é encontrada os melanócitos e as células 
de Merkel 
Acima da camada basal está a camada 
espinhosa, formada por aproximadamente 10 
fileiras de queratinócitos, que possuem 
projeções semelhantes à espinhos, é 
encontrada as projeções dos melanócitos e as 
células de Langerhans 
Acima da camada espinhosa está a camada 
granulosa, possui aproximadamente 5 fileiras de 
queratinócitos, nesta camada os queratinócitos 
já estão mais achatados. 
A última camada é a camada córnea, nesta 
camada existe certa de 30 fileiras de 
queratinócitos planos e mortos. 
Conforme as células vão se multiplicando, as 
células são empurradas para cima, produzindo 
cada vez mais queratina e ficando cada vez 
mais achatadas, até serem eliminadas do corpo 
Derme 
Abaixo da epiderme, formada por tecido 
conjuntivo, possui grande quantidade de fibras 
colágenas e elásticas, também possui algumas 
células como fibroblastos, macrófagos e alguns 
adipócitos. Todas essas fibras, formam uma 
malha, dando ao tecido conjuntivo uma grande 
elasticidade. 
É composta por apenas 2 camadas, a papilar e 
a mais profunda, reticula. 
A camada papilar é a camada mais superficial e 
estreita, é constituída por papilas de tecido 
conjuntivo frouxo, rico em fibras elásticas, que 
atuam na fixação da derme com a epiderme, 
cada uma dessas papilas, possui uma intensa 
vascularização, que formam o plexo subpapilar, 
importante para o suprimento de oxigênio e 
nutrientes das células da epiderme 
A camada reticulas é constituída por tecido 
conjuntivo denso não modelado, constituído por 
fibras mais espessas, sendo mais resistentes e 
elásticas. Possui o plexo cutâneo importante 
para a nutrição das células da própria derme, 
ambos os plexos tem função de temperatura 
corporal, pois regulam a quantidade de sangue 
na pele. 
Além de intensamente vascularizada, a derme é 
inervada, e possui uma série de receptores 
especializados, como os corpúsculos de 
Meissner, os corpúsculos de Ruffini, corpúsculos 
de Pacini, e terminações nervosas livres. Essas 
estruturas são responsáveis pela sensibilidade 
da nossa pele. 
Os corpúsculos de Meissner estão presentes 
na derme papilar e são responsáveis pelas 
sensações de tato. 
Os corpúsculos de Rufini estão presentes na 
derme reticular, responsáveis pelas sensações 
de distensão. 
Corpúsculos de Pacini, também na derme 
reticular, estão relacionados à sensação de 
vibração. 
As terminações nervosas livres captam as 
sensações mecânicas, térmicas e de dor. 
Além destes receptores, a derme possui 
nervos, vasos linfáticos, células do sistema 
imunológico e anexos da pele como glândulas e 
folículos e células musculares lisas. 
 
 
Anexos da Pele 
São estruturas que auxiliam nas funções da 
pele, como pelos, glândulas e unhas. 
↠ Pelos e folículos pilosos: são estruturas 
anexas à pele presente em praticamente toda 
ela, esses pelos estão inseridos nos folículos 
pilosos. Existem dois tipos principais de pelos, os 
velos, mais finos e menos pigmentados, e os 
terminais, mais longos e mais pigmentados e 
folículos pilosos mais profundos. 
Os pelos tem função de proteção, auxiliam na 
manutenção da temperatura corporal, e 
sensibilidade. 
Os pelos são formados por células 
queratinizadas mortas, que são unidas por 
proteínas. O pelo contem a raiz e haste, e 
envolvendo a raiz do pelo, existe o folículo 
piloso, formado por tecido epitelial. 
Na base do folículo piloso, existe uma região 
mais dilatada, o bulbo, onde se localiza as células 
germinativas do pelo que sofrem mitose para 
que haja o crescimento do pelo, então essas 
células precisam de nutrientes, que são nutridas 
pela papila pilosa ou dérmica, estrutura 
altamente vascularizada. 
Associadas aos folículos pilosos, também 
observamos glândulas sebáceas e um feixe de 
musculo eretor, responsável pelo arrepio do 
pelo. 
As glândulas sebáceas secretam substancias 
oleosas chamadas sebo, que recobrem os pelos. 
As glândulas sudoríparas produzem o suor, 
importante para a regulação da temperatura 
corporal. As glândulas ecrinas, espalhadas por 
quase todo o corpo, possui a parte secretora 
na derme, e o ducto excretor atravessa a 
derme e termina em um poro da pele. As 
glândulas apocrinas estão presentes em regiões 
como as axilas, barba e virilha, seu ducto 
excretor se abre num folículo piloso. O suor 
apocrino possui mais lipídios e proteínas em 
suas composições. As glândulas apocrinas estão 
inativas até a puberdade, e são ativadas a partir 
da ação hormonal. 
O suor não possui cheiro, e o que acaba 
causando um odor, é a ação de bactérias 
naquele suor. Ao interagirem com o suor 
apocrino, acabam metabolizando suas 
substancias, e gerando o odor característico., o 
bromidrose. 
 
 
↠ Unhas ou lâminas ungueais: são placas de 
células queratinizadas mortas, duras e bem 
compactadas, com função de proteção e 
apreensão de objetos. 
A unha mais interna a pele, se chama matriz 
ungueal, composta por células vivas, 
responsáveis pelo crescimento da lâmina. 
 
 
por: @pahju